História I Need U Girl (Imagine V-BTS) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Taehyung
Exibições 61
Palavras 3.451
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie~~

Capítulo 13 - Capítulo 13: Armadilha


E em passos ágios subo a escada e vou direto para o meu quarto mas ao me aproximar da maçaneta da porta do meu quarto, uma voz calma e rouca surge atrás de mim.

Yoogi: Onde você tava?

Eu: Não te interessa!

Me virei pra ele que estava encostado na entrada do seu quarto (que é em frente ao meu)

Yoongi: Mas interessa pra sua mãe! Ela ficou preocupada... e tentou te ligar mas você não levou seu celular.

Ele estava de braços cruzados e pegou algo do bolso que parecia ser um... MEU CELULAR!

Eu: O que você tá fazendo com o meu celular????

Falei tentando pegar o mesmo mas ele é mais alto que eu.

Eu: Yoongi me devolve pelo amor de deus!!!!!!

Yoongi: Só depois de dizer onde estava!

Eu: Que diferença isso vai fazer????

Yoongi: Nenhuma, mas eu quero saber!!!

Eu: AISH! Você é um chato!

Yoongi: Você também!

Eu: Mas Você se tornou um chato primeiro!

Yoongi: Por culpa sua! Ninguém mandou você invadir o meu quarto!

Eu: Eu não acredito que que a gente tá discutindo por causa disso! Eu já falei pra você que eu não invadi! Eu bati várias vezes na porta e você que não escutou!

Yoongi: Eu te odeio...

Eu: Eu não ligo... me devolve o meu celular agora!

Yoongi: Me conta aonde você foi e eu te dou o seu celular! Se não...

Eu: Se não o que? 

Perguntei tentando mais uma vez pegar o celular mas não deu muito certo.

Yoongi: Se não acontece isso...

Ai meu deus... ele jogou meu celular no chão! AAAAAAAAAAHHHHHH! MEU FILHO!!!!!!!!!!!!!!! ELE JOGOU MEU TESOURO NO CHÃO!!! E A TELA RACHOU... AQUELE... AAAAAAH!!!

Eu: EU TE ODEIO MAIS!

Ele deu de ombros

Yoongi: Eu. Não. Ligo!

Falou pausadamente me provocando e logo em seguida entrou no seu quarto fechando a porta na minha porta. Ahhhh~~~ que ódio desse garoto! Sorte que só foi uma trincadazinha e o touchscreen ainda tá pegando... se não eu ia dar descarga no celular dele! Ainda falei uma série de xingamentos na frente da porta dele e fui para o meu quarto. Só depois que eu lembrei que eu tinha dito pra minha mãe que eu NÃO levaria meu celular e que eu deixaria ele no meu quarto... o Yoongi tava me chantageando!!!! Aquele mentiroso... a partir de hoje, sempre que e eu sair eu vou trancar o meu quarto. E um dia eu ainda vou descobrir onde ele guarda o celular dele, e quando eu achar eu vou jogar na privada e dar descarga, e ainda vou filmar tudinho! Eu vou fazer isso sem dó nem piedade igual quando ele jogou o MEU celular no chão! Agora eu preciso tomar um banho e dormir que nem uma pedra... se amanhã não fosse ter aula eu iria dormir até  8:00 AM, porque eu não consigo acordar muito tarde. O máximo que eu consigo é 8:30. Tiro a roupa e vou em direção ao meu banheiro tomar um banho bem rápido pra dormir logo. Assim que eu saio do banheiro, coloco uma roupa bem leve e me jogo na cama.

*No dia seguinte...*

Acordo com o som do meu despertador que estava marcando 6:00 AM em ponto. Me levanto da cama e me espreguiço. Faço minha higiene matinal e tomo um banho um tanto demorado. Logo, saio do banheiro e visto o meu uniforme. Depois de trancar o meu quarto e descer as escadas para tomar o café e ir pra escola, vejo que Yoongi já estava lá mas não foi como ontem, ele já estava usando o uniforme e estava tomando café. 

Eu: Bom dia...

Yoongi: Bom dia.

Percebo também que a tia Seolin e a mamãe ainda não tinham acordado então só estava eu e Yoongi lá.

Eu: Que milagre...

Yoongi: O que?

Eu: Você acordando cedo... e você também já está de unifome!

Falei me sentando na mesa para tomar o café.

Eu: Foi... você quem fez o que café?

Yoongi: Sim... eu queria me desculpar por ter invadido o seu quarto ontem, ter pegado seu celular e ter jogado ele no chão...

Eu: Acho que agora estamos quites.

Yoongi: É...

Eu: Mas eu ainda estou com raiva... como você pôde sequestrar o meu celular e ainda por cima agredi-lo daquela forma!!?

Yoongi: Sabe... bem que o seu celular  podia ter explodido...

Ele ri. Não acredito que ele disse isso bem na minha cara!

Eu: De qualquer forma ele ainda está vivinho... e com um mini-terremoto bem no canto da tela MAS... posso conviver com isso... 

Olho para o meu relógio de pulso e vejo que já são 6:29 AM

Eu: Yoongi temos que ir... já vai dar 6:30!

Yoongi: Mas você não comeu nada... toma!

Ele me deu um pedaço de bolo e depois se  levantou da mesa pra pegar sua mochila.

Yoongi: Vamos... ah...

Eu: O que foi?

Perguntei com a boca cheia de bolo, estava muito bom!

Yoongi: Esqueci de pegar o meu caderno... espera ai que eu vou lá em cima pega-lo.

Eu: Tá...

Fiquei esperando lá fora, quando eu tenho uma visão geral do Tae saindo de sua casa, indo pra escola já que ele estava de uniforme. Para a minha surpresa ele me vê e ao passar perto de mim, me entrega um papel.

Tae: Abra quando estiver sozinha...

Ele falou com uma voz rouca como se estivesse triste com algo me deixando preocupada e eu nem pude ver direito seu rosto já que ele estava o tempo todo de cabeça baixa. Logo, Yoongi voltou com o caderno em mãos.

Yoongi: Agora podemos ir... 

Ele falou guardando o mesmo na mochila.

Yoongi: Anna, tá tudo bem?

Ele falou percebendo que eu estava inquieta com algo.

Eu: Tá... tudo bem...

Yoongi: O que é esse pa...

Eu: Não é nada!

Falei guardando rapidamente o papel que Tae havia me dado.

Yoongi: Você é muito estranha...

Eu: Olha quem fala! Voce é muito mais chato, estranho e irritante que eu!

Yoongi: Ei! Eu só falei que você era estranha!

Eu: Mas você também acha isso de mim!

Yoongi: Tem razão... eu acho mesmo!

Ele riu e eu empurrei ele e ele fez o mesmo que eu. Ficamos discutindo e empurrando um ao outro o caminho inteiro até chegarmos na escola.

Yoongi: Eu tenho aula de história agora tchau chata!

Ele bagunça meu cabelo e sai sem me dar a chance de retruca-lo! Só ai eu lembro do papel que o Tae tinha me dado, então eu pego ele e o leio.

"Anna, me encontre às 10:00 AM, no terraço da escola. Precisamos conversar. É urgente.

-Tae"

Meu coração começa a disparar ao ler aquilo. O que será que ele quer conversar comigo? Estou nervosa... *olho para a hora* meu deus eu to super atrasada pra aula de química! Saio correndo para a sala 800 ode será a minha aula, ufa, a aula ainda não começou. Passei a aula inteira pensando na carta do Tae e eu prestei mais atenção no relógio de parede que estava em cima do quadro, do que no professor. Já eram 8:00 e a minha próxima aula seria de língua coreana. Depois já era aula de inglês, que seria às 9:00. E depois de uma hora o sinal toca, anunciando a hora do intervalo. Já eram 10:00 AM, E eu tava super nervosa pra encontrar o Tae. To tão nervosa que esqueci que tinha trazido um lanche pra mim e eu esqueci de come-lo. Mal sai da sala 765 e fui correndo em direção ao terraço com a esperança de não chegar atrasada. Chego no terraço com a respiração ofegante e meus olhos vão rapidamente a procura dele. Mas ele não estava lá... 

Eu: Onde você está...

Falei pra mim mesma, enquanto andava pelo terraço procurando ele. Depois de um tempo eu paro, e fico lá em pé. Quando uma mão tapa a minha boca me deixando sem ar. Então eu fico inconsciente. 

*Uma hora depois*

Acordo com uma forte dor de cabeça. Ai meu deus... o que foi que aconteceu? Eu to sangrando... meu deus... eu to toda machucada! Mas que raios aconteceu comigo? Começo a sentir fortes dores na região do meu abdomen e principalmente na minha perna, e lágrimas já estão caindo de meus olhos e logo não consigo ficar mais em pé.

*PDV YOONGI* On

O intervalo já tinha acabado e eu já estava indo para a minha aula de educação física. Que estranho... a Anna ainda não apareceu. Será que aconteceu alguma coisa? Passo a aula inteira pensando nela, que nem se quer apareceu. Assim que a aula acabou, rapidamente vou para o vestuário masculino trocar de roupa e ir procurar ela sem me preocupar se ia perder aula ou não. Aish, onde essa idiota se meteu? Já rodei a escola toda e não achei ela, mas ainda falta o terraço. Subo as escadas rapidamente indo em direção para o terraço, e vejo um corpo jogado no chão... era ela!

Eu: ANNA!!!

Anna: ...

Ela nem conseguia falar direito, ela estava muito ferida e seu uniforme estava todo manchado de sangue. Posicionei cuidadosamente sua cabeça em minhas pernas e ela começou a chorar.

Anna: Yoongi... me ajuda... eu não sei o-oque a-aconteceu... dói demais... ah...

Ela começou a gemer de dor e eu estava ficando aflito e estava suando frio. Rapidamente peguei ela no colo e a levei para a enfermaria. Chegando lá a moça arregalou os olhos e disse para eu deixa-la na maca que ela ia ligar para a ambulância. Minutos depois ela voltou e começou a fazer uma série de perguntas sobre o que tinha acontecido.

Eu: Eu não sei! Eu achei ela jogada no chão do terraço!!!

Enfermeira: Ela está gravemente ferida... com certeza vai demorar para se recuperar...

Minutos depois os paramédicos chegam e a colocam na ambulância. Eu liguei para a mãe e ela disse com um tom de preocupação que estava vindo ver ela  e eu disse que não precisava pois ficaria com ela.

*PDV YOONGI* OFF

*PDV ANNA* ON

Acordo novamente só que dessa vez não estou na escola e sim numa maca de hospital cheia de curativos e também um gesso na perna. Pera... eu quebrei a perna? O que tá acontecendo? Não consigo me lembrar de nada. Começo a olhar em volta tentando me lem e me deparo com um ser dormindo que nem um anjo do meu lado. Era o Yoongi. Ele fica tão fofo dormindo! Fico observando ele e sinto uma estranha vontade de acariciar seu rosto pálido. Quando menos percebo já estou fazendo carinho em seu cabelo e ele já tava acordado só me olhando ... merda... porque comigo?

Eu: Desculpa...

Falei tirando minha mão machucada e cheia de curativos de seu rosto, assim, corando.

Yoongi: Porque parou? Tava tão bom...

Ai meu deus... minhas bochechas devem estar parecendo dois tomates agora.

Eu: O que aconteceu? Porque eu to aqui... e porque a minha perna tá quebrada??? 

Eu estou realmente muito assustada porque nunca tinha quebrado nenhuma parte do meu corpo antes... só as minhas unhas! 

Eu: Meu deus... já é de noite!

Falei olhando para a janela e percebi que Yoongi ainda estava de uniforme.

Yoongi: Você passou um bom tempo inconsciente. Tempo suficiente para operar a sua perna. 

Eu: E você ficou aqui... o tempo todo? Nossa, nem parece que você me odeia!

Ele sorriu docemente para mim.

Eu: Mas... o que aconteceu?

Yoongi: Pra falar a verdade... nem eu sei! Eu encontrei você caída no chão do terraço da escola. E você já tava ferida.

Engoli a seco enquanto ele falava a última frase.

Yoongi: Você não lembra de nada?

Eu: Na verdade não... só de...

Comecei a fitar o chão, na tentativa de lembrar de alguma coisa.

Eu: Lembro que eu tinha... marcado de me encontrar com o... Tae... no terraço e...

Yoongi: PORQUE VOCÊ IA SE ENCONTRAR COM AQUELE DESGRAÇADO???

Yoongi gritava com um tom de raiva.

Eu: Yoongi para de gritar! A gente tá num hospital!

Yoongi: Mas eu sei o que aquele imbecil fez!

Eu: Mas... pera... como você sabe?

Ele parou de me encarar e engoliu a seco.

Yoongi: É que eu meio que...

Eu: Você... o que?

Yoongi: Eu meio que... li o seu... di-diário.

Eu: VOCÊ O QUE?

Yoongi: Agora é você que tá gritando!

Eu: Não interessa! Você não devia ter lido meu diário!!! Como você soube onde eu guardava ele? 

Yoongi: É que ontem quando eu peguei seu celular... eu sem querer achei seu diário jogado no chão, então eu não me controlei e li.

Eu: Ah... eu tinha deixado ele cair no chão... mas você não devia ter lido ele! 

Yoongi: Mas eu só li a página que falava do que tinha acontecido entre você e ele. Afinal, porque vocês iam se encontrar?

Eu: Eu não sei! Ele me deu um papel dizendo que era pra gente se encontrar e que queria falar algo urgente comigo... e quando eu cheguei lá... eu não achei ele. E eu não lembro de nada a partir dai.

Yoongi passou a encarar o chão pensativo. Logo ele fez uma cara de espanto.

Eu: O que foi?

Yoongi: ...

Ele não me respondeu e eu tive que cutuca-lo duas ou três vezes até ele me escutar.

Eu: Ei!

Falei cutucando seu ombro.

Yoongi: Anh... ah... foi mal. Eu só tava pensando que... ah esquece.

Eu: Hm... depois eu é que sou a estranha! 

Yoongi: Boba!

Ele bagunçou meu cabelo mas percebi que ele ainda estava com distraído com algo.

Eu: Yoongi! 

Yoongi: O que foi sua chata?

Eu: Você tá muito estranho! Fala logo o que tá acontecendo! Não tá escondendo nada de mim né?

Yoongi: Não! 

Eu: Então porque você tá assim?

Yoongi: É que... esse seu amigo...

Eu: EX-amigo!

Yoongi: Tá tanto faz... deixa eu continuar?

Eu: Tá...

Yoongi: Eu nem conheço ele mas sei o quão imbecil ele é e o que ele fez com você e... acho que foi ele que fez... isso com você.

Eu: O que? Tá doido? Eu posso até estar com raiva dele mas... acho que o Tae não faria isso!

Yoongi: Mas e se isso tudo foi uma armadilha? 

De repente tudo o que o Yoongi tava falando, tava começando a fazer sentido. Pode até parecer loucura mas e se foi mesmo uma armadilha? Se foi... com certeza deve ter alguma coisa haver com a Sonya. Agora estou me sentindo pior do que antes... estou começando a achar que realmente... isso foi uma armadilha...

Yoongi: O que foi?

Yoongi me perguntou percebendo minha tristeza.

Eu: Nada...

Yoongi: Estranha!

Eu: Você é que é!

Yoongi: Tá com fome? Tá sem comer desde as 10:00 da manhã.

Eu: Eu to.

Yoongi: Tá então espera ai que eu vou lá em baixo comprar algo pra você.

Eu: Tá.

Logo ele havia saido do quarto me deixando sozinha. A possibilidade de o Tae ter armado uma armadilha pra mim... ainda está na minha cabeça. Será que ele faria isso comigo...? Quando menos esperava já estava chorando novamente. Pra ser sincera... o Tae não sai mais da minha cabeça. Toda vez que eu penso nele eu choro... tipo agora. Estava tão machucada que nem conseguia chorar direito pois as feridas do meu rosto ardiam sempre que uma lágrima passava por cima. Doia, tanto por dentro quanto por fora. Mas era a única forma de eu me sentir melhor. A dor era a única forma de eu me expressar. Logo vejo alguém abrir a porta lentamente e então rapidamente enxugo as lágrimas. 

Kook: Anna!!!

Kook corre para cuidadosamente me abraçar, pois eu estava muito machucada.

Kook: Eu estava tão preocupado! Olha pra você... 

Ele me olhou todo preocupado, até assim ele fica fofo!

Eu: Não precisa se preocupar comi...

Kook: Como não? Você está toda machucada eu tenho que ficar despreocupado? 

Começei a rir da preocupação exagerada dele.

Kook: Como foi que você se machucou? 

Eu: ...

Fiquei pensativa mas logo resolvi contar tudo para ele que ainda parecia muito preocupado.

Kook: ENTÃO FOI ELE? AH ELE VAI VER SÓ...

Ele se levantou e foi em direção a porta mas antes eu segurei sua mão. 

Eu: Ei! O que você pensa que vai fazer?

Kook: EU VOU MATAR KIM TAEHYUNG!!!!!

Eu: Kook... eu ainda nem sei se foi ele! Você está tomando decisões precipitadas!

Kook: Aish! Tá... 

Eu: Como foi que você soube que eu tava aqui?

Kook: Eu liguei pra você e mandei várias mensagens depois da aula mas você não atendeu nem respondeu! E eu fiquei preocupado. Então de tarde resolvi ir até a sua casa e a sua mãe disse que você estava aqui, mas eu só pude vir agora.

Eu: Hm... Yoongi tinha ido comprar alguma coisa pra eu comer e até agora ele ainda não voltou!

Kook: Yoongi ficou com você esse tempo todo?

Eu: Sim... não vai dizer que está com ciúmes?

Kook: Talvez... 

Comecei a rir.

Eu: Realmente você fica muito fofo com ciúmes! 

Kook: Aish garota! 

Ele sorriu pra mim

Kook: Anna eu tenho que ir...

Eu: Mas já?

Fiz um biquinho.

Kook: É que eu tinha ido comprar algumas coisas no supermercado pra omma, e na volta eu resolvi fazer uma visita. E ela vai me matar por demorar tanto.

Eu: Ah~! mas promete que você vem me visitar amanhã!

Kook: Ok! Eu prometo

Ele me deu um beijo na testa e saiu acenando pra mim e logo em seguida saindo pela porta e fechando a mesma. Minutos depois Yoongi chega com uma caixa de pizza na mão.

Yoongi: Oi.

Eu: Porque demorou tanto?

Yoongi: É que só tem comida ruim na cantina do hospital então eu resolvi ir numa pizzaria aqui perto mesmo.

Eu: Mas se era perto não tinha porque demorar tanto! Eu quase morri de fome!

Yoongi: Na volta eu passei em casa só pra tomar um banho e trocar de roupa sua esfomeada!

Eu: Então passa pra cá que eu to morta de fome.

Comi três grandes pedaços de pizza e comi tudo tipo, muito rápido.

Eu: Eu to cheia...

Yoongi: Lógico! Você come que nem um foguete.

Ele falou comendo o seu último pedaço de pizza. 

Yoongi: A médica disse que você vai ter que ficar um tempo aqui...

Eu: Mas quanto tempo?

Yoongi: Uma semana... ou duas já que a sua perna tá quebrada.

Eu: Aish! Eu quero ir pra casa... e tirar esse maldito gesso, ele agonia demais! 

Yoongi: Você não devia ter ido se encontrar com aquele idiota...

Eu: Mas se eu soubesse que isso iria acontecer eu não teria ido... além do mais... quem é que vai me fazer companhia? Você vai ter que ir pra escola amanhã! Não vai poder ficar comigo o tempo todo!

Yoongi: Eu posso vir aqui depois da aula...

Eu: Mas tem que ser 24hrs por dia!

Yoongi: Eu já combinei com a sua mãe e com o... JungKook. Nós vamos ficar revezando...

Eu: Você já falou com o Kook? Sério isso?

Yoongi: É... afinal a sua mãe também não lode ficar com você 24hrs por dia porque ela trabalha... então o Jungkook era a única pessoa de confiança pra ficar com você...

Eu: Estou impressionada... vocês se odeiam!

Yoongi: Eu também não acredito que tive uma conversa serena com ele mas... era o único jeito.

Eu: E quem vai passar a noite aqui?

Yoongi: Eu!

Eu: Hm...

Eu corei ao fazer aquela pergunta. Não sei porque mas corei. 

Eu: E onde você vai dormir?

Yoongi: Droga... esqueci de pegar o colchonete...

Eu: Você pode ir lá em casa pegar.

Yoongi: Tá eu vou lá... 

Ele saiu novamente do quarto só que  dessa vez ele tava apressado. Ok... agora como eu vou conseguir dormir com esse meu pé quebrado? Algo me diz que ess noite vi ser longa... 

*Minutos depois*

Yoongi: Voltei...

Eu: Nossa dessa vez foi rápido...

Yoongi: Eu peguei um táxi.

Eu: Hm

Ele ajeitou o colchonete do lado da minha maca e logo depois se deitou no mesmo. Ele desligou a luz do quarto pois já eram 9:30 e nós já íamos dormir.

Yoongi: Boa noite.

Eu: Boa noite!

Admito... eu continuei acordada pois não conseguia dormir, e por incrível que pareça não era por causa do meu pé quebrado. Eu estava pensando no Tae. Ele não saia da minha cabeça. Eu estava ficando louca... então resolvi chamar o Yoongi.

*PDV YOONGI* On

Anna: Yoongi...

Ela me chamou e eu continuava dormindo.

Anna: Yoongi...

Chamou novamente.

Anna: Yoongi! 

Ela me cutucou e eu respondi.

Eu: Aish... o que foi?

Falei com os olhos ainda fechados.

Anna: Eu não consigo dormir...

Eu: E eu com isso?

Continuei com os olhos fechados.

Anna: Aish você é um chato! 

Eu: O que você quer que eu faça?

Falei só que dessa vez com o olho direito aberto e o outro fechado.

Anna: Ah sei lá... 

Eu: Você nem se quer sabe o que quer que eu faça!

Anna: Aish... então vamos conversar...

Eu: Tá... só que eu vou ficar de olhos fechados.

Anna: Tá... Yoongi?

Eu: O que?

Anna: Você já teve namorada?

Eu: Porque quer saber?

Anna: Não sei... só por curiosidade...

Eu: Sim... 

Anna: Hm...

Eu: E.. você?

Anna: Já... mas ele me traiu...

Eu: Ele deve ser um mala...

Anna: É...

Eu: Ele era brasileiro?

Anna: Sim

Passamos um tempo em silêncio mas eu me manifestei.

Eu: Anna...

Anna: O que...?

Eu: Você... não tem raiva de mim ou... algo do tipo né?

Anna: Não... porque eu teria?

Eu: Acho que as vezes eu sou muito... grosso com você.

Anna: As vezes você é um chato... mas não é sempre... você tá sendo muito legal em passar a noite aqui...

Eu: Mas eu posso te fazer uma pergunta?

Anna: Hm?

Ela falou bem baixo e sonolenta. Acho que ela já tava pegando no sono.

Eu: Você go-gosta de mim? 

Anna: ...

Ela ficou em silêncio e então resolvi ver ela. Ela já tinha dormindo e consequentemente não tinha escutado o que eu tinha perguntado.

Eu: Boa noite Anna...

Dei um beijo na testa dela e voltei para o meu colchonete, acho que agora vou dormir que nem uma pedra.


Notas Finais


Bye~♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...