História I NEED U | Imagine Jeon JungKook - Capítulo 60


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Rap Monster, V
Visualizações 144
Palavras 1.557
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA LEITURA!!! ❤❤❤😘😘😘😘

Capítulo 60 - Nova etapa


Fanfic / Fanfiction I NEED U | Imagine Jeon JungKook - Capítulo 60 - Nova etapa

[...]

A caminho do hospital, Jisoo não parava de chorar, isso me deixava mais desesperado. 

- Shhh, calma meu amor... Mamãe está bem! - olhei para o banco de trás. 

Parecia que Jisoo sabia de tudo, ela não parava um minuto de chorar. 

No hospital... 

Saio do carro com Jisoo em meu colo. 

Entro no hospital e vejo a emergência. 

Pego um copo de água e tento me acalmar. Começo a fazer carinho em Jisoo, e a mesma está se acalmando. A balanço levemente de um lado para o outro. 

[...]

Depois de duas horas. 

Médico: Senhor Jeon Jungkook? - diz se aproximando. Eu estava quase pegando no sono com Jisoo em meu colo. 

- Hã... Sim. 

Médico: Temos uma ótima notícia. 

Senti meu coração se alegrar. 

Médico: Min Yoongi se encontra em ótimo estado. - suspirei aliviado. 

- E a S/N? 

Médico: Tentamos de tudo, mas infelizmente ela não resistiu... - disse tristonho. 

Era tudo o que eu não queria ter ouvido. 

De imediato meus olhos arderam e lágrimas novamente rolam pelo meu rosto. 

- Co-como assim? - sorri forçado não querendo acreditar. - Não doutor, me diz que é mentira. - sorri enquanto chorava. 

Médico: Eu sinto muito, ela estava muito ferida... Fique calmo... 


Uma semana depois depois. 

Jungkook on 

5:00 PM, sábado. 

Acordei com Jisoo chorando. 

- Tudo bem minha pequena, papai está aqui. - a pego do seu bercinho. 

A mesma chorava. 

- Shhhh. - peguei sua mamadeira que estava em cima da mesinha do meu quarto. 

Jisoo rejeita a mamadeira. 

Flash back on 

S/N: Ahhh Jungkook, você tá piorando a situação assim. - pegou Jisoo do meu colo. 

- Foi mal tá? É a minha primeira vez sendo pai. - reviro os olhos. 

A mesma prepara chá para a menor. Me fazendo pensar que Jisoo estaria com cólica. 

Flash back off 

Sorri ao lembrar. 

- Minha princesinha está com cólica. Ok! - desço com a menor em meu colo. 

A coloco no bebê conforto e ligo a televisão. 

Enquanto ele se interte vou até a cozinhar preparar o chá. 

Após alguns minutos, pego o chá pronto e dou para Jisoo. 

A pego no colo a levando para dar uma volta no jardim. 

É aqui que me vem a lembrança da S/N. 

Posso sentir, ela está aqui. 

- Ahh minha querida Jisoo, mamãe nos amava e ainda nos ama. Vai ficar tudo bem, prometi que eu não iria mais chorar. - falo para mim mesmo caminhando com Jisoo. 

Aposto que se S/N me vesse chorando iria me bater, até por quê ela odiava me ver chorando. Então por ela, prometi não chorar. 

Erminando o chá, massageio sua barriguinha. A fazendo soltar gases. 

- Ahh sua safada, acho que alguém está melhor. - deu um risada. 

A mesma dá uma gargalhada gostosa. 

Senti uma leve brisa bater em meu rosto me fazendo arrepios. 

- Bom, já que você está melhor, vamos entrar e fazer você dormir novamente. - falo com Jisoo. 

Sigo para o quarto nanando Jisoo. 

Acabo me deitando na cama junto com a menor. Fazendo ela dormir e eu cair no sono junto. 

[...] 

8:00 PM 

Abro meus olhos vendo Jisoo desacordada ainda, então resolvo tomar um banho, pois Yoongi viria aqui em casa, daqui a pouco. 

[...]

Banho tomado, visto uma calça jeans, um moletom cinza e um tênis preto. 

O dia estava meio frio. 

Desço e vou preprar meu café da manhã. 

Cozinhando, ouço a campainha. 

- Entra.. - falo um pouco alto. 

Yoongi: Bom dia. - disse vindo até mim. 

- Oii Yoongi, bom dia. - ele se senta o balcão de mármore onde dividia a sala da cozinha. 

Yoongi: Como você está? - coloco o café no balcão. 

- Estou tentando viver e você? 

Yoongi: Eu ainda me sinto culpado por tudo, não durmo desde o dia... 

- Aigo, não foi sua culpa. Você não sabia que o seu carro estava com defeitos no freios. Não se culpe! Nunca iríamos saber que tudo aquilo iria acontecer. 

Yoongi: Mas eu não deveria ter chamado a S/N pra sair, é minha culpa sim. 

- Olha... Chega de falar nesse assunto. Ela está em um luger melhor, nos olhando lá de cima. E eu aposto que ela não iria gostar de ouvir essas palavras que saíram da sua boca. Não foi culpa de ninguém. - ele suspira, dando um gole de seu café. 

Yoongi: Tudo bem... E a Jisoo? 

- Ela está dormindo. Me acordou às seis da manhã. - Yoongi sorriu de canto. 

Yoongi: Você a levou na casa dos avós da S/N? 

- Sim, fui com ela ontem. Enfim, eles ainda não estão muito bem... 

Yoongi: E o Tae e a Yuky? Sabe deles? 

- Eles estão em uma viagem de férias... Mas eles já sabem de tudo. Tae conversou comigo, me deu conselhos... Sabe, ele é como se fosse meu irmão mais velho. 

Yoongi: É, ele realmente é muito gente boa. 

- Ele me disse que Yuky passou mau após saber do ocorrido. 

Yoongi: Até por quê ela era melhor amiga... É, horrível mesmo perder alguém... 

- É, mas vida que segue... Nada é perfeito mesmo, o quê podemos fazer é aceitar. S/N só quer nossa felicidade, então pra que chorar ou se lamentar? 

Yoongi: Você tem razão, nunca iremos esquecê-la. 


[...]


QUATRO ANOS SE PASSAM. 

• FÉRIAS •

8:30 PM 

Jisoo: Papai, papai, acorda! - disse pulando em cima de mim. 

Eu poderia estar dormindo, mas Jisoo me acordou. Que legal! 

- Aigo baixinha, deixe seu papai dormir. - ela se deita sobre mim. 

Jisoo: Não e não. - diz rindo. - Hoje é dia das crianças e o vovô disse para nós ir visistar eles. Vai papai, por favor. 

- Só mais quinze minutos. - a abraço. 

Jisoo: Seu preguiçoso, acorda. - deu beijinhos em meu rosto. 

- Não me aguento de fofura. Ok, eu levanto. - a pego a no colo saindo da cama. 

Jisoo: Vai escovar os dentes eu já estou pronta. 

- Meu Deus! Você acordou bem humorada hoje. Tá elétrica. - demos uma gargalhada. 

A coloco no chão. 

Vejo Jisoo caminhar com um salto alto em seus pés. 

Espera... 

- Ei ei! - vou até a mesma a fazendo parar. 

Jisoo: O quê? Eu peguei os saltos da mamãe. Deixa eu ir com eles?

- Não, de jeito nenhum. Vai guardar, se não eu não vou. 

Jisoo: Para de gracinha, por favor. 

- Kim Jisoo. 

Jisoo: Aish, aish... - saí do meu quarto retirando os saltos de seus pequenos pezinhos. 

Tiro minha roupa e vou para o banho. 

[...]

Já vestido desço as escadas e vejo Jisoo tomando seu leite deitada no sofá, enquanto via televisão. 

- Que folga hein. - pego meu celular. 

Jisoo: Eu estava com fome. 

Eu esqueci de alimentar minha filha, meu Deus. - pensei. 

- O tio Yoongi está vindo. - falo da cozinha pegando uma maçã. 

Jisoo: Ebaaaa, o tio Yoongi! - bateu palminhas. 

Me sento ao lado da menor e ela se escora em meu braço. 

Jisoo: Papai, a mamãe conhecia o tio Yoongi? 

- Sim, meu amor. 

Jisoo: Você quase não me fala muito da mamãe... - disse meio tristinha. - Sabe... Eu não lembro muito dela, isso deixa meu coraçãozinho apertado. É ruim ir pra escolinha e todos me perguntarem da minha mamãe. É horrível não ter alguém pra mim passar carinho e pra mimar como os meus amigos

Me desculpa filha... - pensei. 

- Quem é o amor da minha vida e quem eu não troco por nada? - senti meus olhos marejados. 

Jisoo: Sou eu, papai... - suspirou. 

- A mamãe está conosco o tempo todo e tenho certeza que ela está te guiando no caminho certo, junto com o papai do céu, tudo bem? Confia no papai, você não precisa ser igual os seus amigos. Você tem a mim baixinha. - a abraço. 

Jisoo: Nunca me deixe, tá papai? - ela gruda em meu pescoço. Pude sentir meu ombro molhar e perceber que Jisoo estava chorando. 

- Shhhh, nunca vou te deixar. 

Ela me encara e então limpo seu rostinho. 

A campainha toca e Yoongi adentra.

Ainda bem que ele chegou, a situação estava tensa. 

Yoongi: Olha quem chegou. 

Jisoo: Tio Yoongi. - disse saindo do meu colo correndo. 

A mesma abraça Yoongi, que a pega no colo. 

Yoongi: Que saudade da minha cria. 

- Ei ei. Ela é minha. 

Jisoo: Eu sou dos dois, pronto. - sorrimos. 

Yoongi: Vamos pra casa da vovó, então? 

Jisoo: Vamos. - falou animada. 

Saímos de casa e então tranco a porta adentrando no carro do Yoongi, pois iríamos com o mesmo. 


[...] 


É tão difícil para mim... Perder S/N... Com palavras não sei descrever, a perda foi enorme. Jisoo, tão pequena e sem entender nada, não tem culpa de ter perdido a mãe tão cedo. Jisoo é tão encantadora, cada detalhe de seu rostinho e de seu jeito me lembra a ela... S/N. Como é ruim acordar e ter que relembrar tudo que passamos, me sinto tão mau de não ter aproveitado mais tempo com ela... Nosso amor? Ainda sinto que ela existe. Em minha volta vejo o sorriso dela por toda a casa. Aquele silêncio e o arrepio, junto com os olhos marejados, lágrimas existem em cair. Não estou sozinho, ela está junto a mim. Não foi fácil e nunca vai ser... Ela era o amor da minha vida. 



                 CONTINUA... 



Notas Finais


Foi isso, não me matem :")
Até o próximo cap, estamos na reta final da fic 😪❤

GENTEEEEE, NÃO SE ESQUEÇAM DE VOTAR NO BTS NO TWITTER OU NO SITE

Tag: #VOTE_BTS_NOW

EU SEI Q SOMOS CAPAZES 🌸🌱🌸

AMO VOCÊS, MUITO OBRIGADA POR TUDO, ESSE CAP QUE EU FIZ FOI DIFÍCIL, CHOREI MUITO TAMBÉM. ESPERO QUE NINGUÉM TENHA CHORADO. 🌸❤🌸❤🌸❤🌸❤

BEIJOS E FIQUEM COM DEUS. ❤😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...