História I need u (Imagine Jungkook) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 90
Palavras 1.010
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Reabrindo a ferida


Fanfic / Fanfiction I need u (Imagine Jungkook) - Capítulo 8 - Reabrindo a ferida

Já se fazia um mês desde que me mudei para Seoul, eu estava indo bem no trabalho e eu recebia bem, Yangi Mi tem se mostrado uma ótima amiga, ela tem me ajudado muito. Eu decidi contar a ela sobre Sun Hee e ela se tornou meu ombro amigo, ela ouviu tudo com paciência e tem me ajudado a superar a morte dela, a única coisa que não fiz foi contar a ela sobre Jungkook, aí seria demais, principalmente pelo fato dela ser fã do grupo dele, então deixei quieto, aos poucos eu estou conseguindo tirá-lo da minha cabeça, não está sendo fácil óbvio, mas pelo menos não penso nele 24h por dia.


– AMIGAAAAAAA! – gritou Yang Mi ao entrar no meu apartamento.


– aish Yang o que foi? Por que toda essa animação?


– entãooo, senta aqui porque eu tenho um convite a te fazer é você vai ter que aceitar! – falou se sentando no sofá.


– e o que é? – sentei ao seu lado.


– você vai comigo para o show do BTS. – Arregalei meus olhos.


– o quê? Tá doida? Isso nem foi um convite foi mais uma afirmação!


– exatamente! Você ainda tá me devendo um favor, lembra?


– ah não Yang Mi, isso não por favor!


– pois vai ser isso mesmo, vai que assim você passa a gostar deles.


– não é que eu não goste deles, eu até gosto das músicas deles, mas é que… ah.. – o que eu digo? Tenho que encontrar uma desculpa. – humm.. você sabe que eu não gosto de sair.


– esse é um dos motivos também, e você vai comigo sim, você me deve isso!


– aish tá bom. – dei um suspiro convencida.


– ótimo! Ah antes que me esqueça – falou ao se levantar. – nós temos ingressos VIPs e vamos falar com eles depois do show.


– O QUÊ? – gritei.


– tchauzinho – riu e saiu correndo.


Puta merda era só o que me faltava, agora eu terei que ver ele de novo, ah isso não vai ser bom, por que isso tem que acontecer comigo Deus?


[...] QUEBRA TEMPO [...]


Estávamos no local do show e sinceramente eu estava com um frio na barriga, eles estavam incríveis, são realmente muito bons, e Jungkook.. ah Jungkook estava tão perfeito, abaixei minha cabeça.


– você tá bem? – ouvi Yangi Mi gritar ao meu lado.


– estou – gritei de volta.


Eu já estava pra ficar surda com tantas garotas gritando no pé do meu ouvido, mas vou confessar eu até que tava amando aquele show, o único problema é que já estava acabando e eu teria que vê-lo de perto novamente.


– vem! – Yang gritou e me puxou pelo pulso.


– para onde estamos indo?


– temos que sair logo pra não pegar uma fila enorme.


Andamos muito, parecia que nunca iríamos chegar no lugar onde iríamos vê-los. Depois de mais ou menos 15 minutos andando chegamos ao local e já tinha bastante gente, esperamos mais meia hora e seríamos as próximas, minha respiração estava descompassada, meu coração acelerado e eu estava usando frio. Chegou a nossa vez, engoli em seco, Yang me puxou e entramos na sala, só nós duas e lá estavam eles e então o vi, ele sorriu pra mim, prendi a respiração.


– MEU DEUS! – Yang gritou e pulou no colo do Yoongi, sim agora eu sei os nomes deles, bem de alguns pelo menos, Yang Mi me fez aprender.


Eu me sentei no sofá que tinha no fundo da sala, tudo o que eu menos queria era contato com eles, principalmente Jungkook. Fiquei assistindo Yang Mi abraçar todos eles, ficar falando umas coisas e olhei a hora no meu celular, já eram 23:46h.


– olá! – me espantei e olhei pro lado, não consegui reconhecer ele. Merda.


– ahn oi.


– você está bem?


– sim, obrigada.


– hum então porque não falou com a gente?


– ah porque.. eu.. eu não conheço muito vocês, só estou aqui por causa dela. – falei olhando para Yang.


– ah então deixe-me apresentar. – ele sorriu, um sorriso quadrado muito bonito. – eu sou o V.


– __________ , é um prazer conhecê-lo – sorri.


– o prazer é meu. Ei! – chamou atenção dos outros.. ah ótimo. – ela não conhece a gente vamos nos apresentar!


– ah okay! – falou o Namjoon, ele eu conheci, é o líder deles se não me engano. – 1..2..3


– Olá nós somos Bangtan boys! – falaram juntos.


– eu sou Jin, o hyung mais velho.


– Suga.


– o mais pálido de nós. – falou V e rimos.


– o seu cu. – disse Suga e deu o dedo pra ele.


– eu sou J Hope, o seu Hope. – sorri.


– Eu sou Rap Monster, o líder.


– Rap Monster? Hum.. nome legal. – falei e ele riu.


– obrigado.


– eu sou Jimin, o que você quase esbarrou no aeroporto. – sorriu fazendo um eye smile, que fofo.


– e o mais baixinho. – ah esse V.


– vai te catar Taehyung!


– eu você já conhece. – faliu V ao meu lado.


– e eu sou Jungkook, o maknae do grupo. – no mesmo instante desmanchei meu sorriso e abaixei minha cabeça. Suspirei.


– você está bem? – perguntou ele se aproximando. Me espantei e me levantei rápido.


– sim! Estou! Nosso tempo acabou Yang Mi, temos que ir! – falei pegando o pulso dela. – foi um prazer conhecer vocês. – puxei ela.


– hey espera eu.. – ela tentou falar mas eu fui mais rápida e a puxei para fora da sala. – o que deu em você? Ficou doida?


– não, é só que nosso tempo já tinha acabado.


– tá mas você nem deixou eu me despedir deles!


– você já tinha tido tempo suficiente pra isso. Só vamos embora, está bem? – ela suspirou.


– tá bom sua estraga prazeres, vamos logo.


Fomos embora, assim que cheguei no meu apartamento corri para o meu quarto e me joguei na cama, ouvir sua voz, vê-lo tão perto, quando ele perguntou se eu estava bem.. ah isso doeu tanto, foi como se estivesse abrindo a ferida no meu coração novamente. Voltei a chorar, chorei até cair na escuridão.


Notas Finais


Ai ai, quando essa ferida vai se curar por completo?

--------------------------------------------------------------------

Imagine com o Jimin:
https://spiritfanfics.com/historia/--imagine-jimin-6546452


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...