História I Need U (Imagine Park Jimin) - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Block B
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Kyung, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, Zico
Exibições 102
Palavras 1.239
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Lemon, Orange, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cap novo pra vocês matarem a saudade do Jimin 💙
Espero que gostem

Capítulo 25 - Passeio


Fanfic / Fanfiction I Need U (Imagine Park Jimin) - Capítulo 25 - Passeio

_____POV

Ums 20 min depois que o Jungkook estava no quarto com o Namjoon ele saiu e veio falar comigo

-Eai? - perguntei

-Ele reagiu muito bem, se não se importa ei vou ficar com ele o resto do dia

-Tem certeza?

-Sim, aproveita o resto do dia, vai se divertir, sai com seu noivo

-Tá bom então, to indo, tchau

-Ok, tchau

Ele me deu um beijo na bochecha e eu fui pra casa do meu vô e quando cheguei lá o preguiçoso do Jimin tava dormindo e eu não pude resistir em acordar ele com um beijo

-Acorda belo adormecido -falei

-Acordei - ele falou com voz de sono - não tá cedo de mais não?

-Jimin são 13:52

-Não acredito que eu dormi tudo isso

-Pois é, parece até o Yoongi

-Tá reprendido em nome de Jesus

-Agora levanta e se arruma por que vamos sair

-Pra onde?

-Surpresa, vai logo

-Tá né

Ele reclamou por ter que levantar mas acabou levantando e indo se arrumar

-Meu deus Jimin, você tá muito lindo - falei

-Para de me iludir - riu

-Seu bobo, vamos

-Onde vamos?

-Num parque de diversões aqui perto que eu ia sempre quando era pequena

-Haha falou, você disse que era surpresa - falou rindo - estragou a surpresa

-Não besta a surpresa é onde a gente vai anoite

-Pelo amor de deus me diz que é um motel - fez aquela carinha e riu

-HAHA não, vamos logo

Fomos pro parque andando mesmo de tão perto que era e quando chegamos lá, meu deus, tava completamente diferente de como eu me lembrava, ele tava muito maior, tinha muito mais coisas

-Wow - eu disse entrando

-Eai, quer ir onde primeiro

-Na casa mal assombrada, por nostalgia - ri e ele tambem

-Tá certo, vamos lá comprar os bilhetes

Compramos alguns bilhetes e fomos pra casa mal assombrada, era assustadora quando eu era pequena agora é até engraçado e depois fomos no carrinho de bate bate e eu sou pessima nisso, empaquei muitas vezes que perdi a conta e quando saimos eu vi algo que fez meus olhor brilharem

-Como eu não vi antes - falei - amor quero ir naquele - falei apontando

-Nossa amor eu não vou em um desse desde que eu era criança

-Eu tambem

-Então vamos

Ele pegou a minha mão e fomos em direção da entrada com um gorila gigante do lado e em cima escrito com letras luminosas "A CASA DA MONGA: A MULHER GURILA", vou confessar que mesmo sabendo o truque ver uma mulher se transformar em gurila e sair correndo atacando o povo fez meu coração desparar com um pouco de medo mas finalmente acabou

-Vou confessar, foi um pouco assustador

-Verdade e agora quer ir em qual?

-Naquele ou naquele - apontei pra largatinha e o carrossel, eram os unicos brinquedos que não era alto que sobrou

-Amor você não acha que tá muito grandinha pra esses brinquedos não?

-Não - falei fazendo aegyo

-Tá amor vamos

Fomos na largatinha e a melhor parte foi rir da cara de tédio do Jimin lá tambem não é pra menos, é brinquedo de criança, depois fomos no carrossel e mais uma vez o Jimin ficou com cara de tédio

-Agora minha vez de escolher - Jimin disse

-Tá e o que sugere?

-Um brinquedo do parque que todo casal tem que ir, a roda gigante

E eu pensava, não eu não quero, a roda gigante não pelo o amor de deus mas eu olhei nos olhos do Jimin e minha boca disse

-Vamos

FODEO, eu morro de medo de altura, vou ter um ataque cardiaco lá, de qualquer forma fomos lá, entramos e aquele negicio começou a subir e o meu coração desparou, quando estavamos vem no topo ouvimos um "BOOOM" bem alto e a roda gigante parou

-Ué - Jimin falou - deve ter quebrado

-Será?

-É o que parece

-TIVEMOS UM PROBLEMA NA RODA GIGANTE, ELA QUEBROU, MAS CALMA QUE UM TECNICO JÁ ESTÁ A CAMINHO PRA CONCERTAR E RAPIDINHO ELA VOLTA A FUNCIONAR NOVAMENTE - disse uma voz saindo dos altos falantes

Na hora senti meu coração quase parando e a vontade de chorar batendo, eu entrei em desespero

-Você tá bem? - Jimin perguntou

-Não Jimin, eu tenho medo de altura, eu to apavorada

-Ohh meu deus, vem cá - ele disse se aproveitando do momento pra me apertar forte contra o corpo dele enquanto eu o abraçava e de repente o medo foi em bora, o Jimin fez com que eu me sentisse tão protegida, tão bem, mesmo estando a metros do chão

Demorou horas até que a roda gigante finalmente ser concertada e podermos descer

-Prometo que nunca mais te faço ir na roda gigante - ele falou rindo

-Besta - falei e mostrei a lingua - que horas são amor?

-Vai dar 20:00 agora

-Tá na nossa hora, vamos

-Aé, o lugar misterioso, vamos

De novo o lugar era tão perto que fomos andando

-Me fala onde vamos

-Bom - falei já vendo que estávamos chegando - quando eu fico longe de casa por dois dias eu já sinto uma falta enorme e fico pensando, e você que tá a anos longe da coreia, deve sentir muita falta

-Só da música e da comida

-Eu imaginei, por isso te trouxe aqui, olha - apontei pra frente e ele olhou enxergando na nossa frente um restaurante coreano

-EU NÃO ACREDITO! M-MEU DEUS COMO EU TE AMO! - ele disse me abrançando - VAMOOS - gritou me puxando pela mão pra dentro

-Annyeonghaseyo - disse a recepcionista

-Annyeong eotoque? - respondi e o Jimin me olhou com olhos arregalado

-Desde quando você fala coreano?

-Aprendi algumas palavras com os meninos, nada de mais - rimos - eu tenho uma reserva é _____

-Ok, me sigam - a recepcionista disse e seguimos ela até uma mesa - logo o garçom vem anotar os pedidos

-Obrigado - falamos

-Eai o que vamos comer? - Jimin perguntou

-Você é o coreano aqui, me surpreenda

-Tá, você tem que experimentar o kinchi, a melhor comida do mundo

-Kinchi então, e pra beber?

-Pode ser um refrigerante?

-Pode

Logo o garçom vemos e fizemos o pedido, tava realmente bom, estavamos indo em bora quando eu vi um karaoke

-Jimin - falei - você viu que aqui tem karaoke?

-EU QUERO CANTAR!!

-Vai lá e seja feliz - ele me deu um beijo e saiu correndo pro palco

-Amor - ele falou no microfone - a musica que eu vou cantar é uma musica que eu mesmo fiz pra você - ele conectou o celular dele no som e colocou o instrumental da musica - _____ saranghae, eu te amo - ele didse e começou a cantar uma musica linda com uma melodia muito relaxante (Hold Me Tight) assim que terminou correu do palco e me deu um beijo - gostou

-Amei amor - dei mais um beijo nele

-Vamos pra casa?

-Vamos!

Peguei na mão dele e fomos em bora, chegamos tomamos um banho e fomos deitar

-Boa noite amor - falei

-Ué? Boa noite? A gente tem mais coisas pra fazer ainda

-O que?

-Chega mais perto e descubra

 Fui pra perto dele e ele me beijou e me jogou na cama e subiu em cima de mim e começou a chupar meu pescoço e o resto não precisa nem falar né? Haha


Notas Finais


Então foi isso
Até o proximo cap
Beijo no kokoro 😽
E até o proximo cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...