História I Need You - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Comedia, Drama, Família, Hentai, Horror, Luta, Original, Romance E Novela, Sexo, Suspense, Terror, Violencia
Visualizações 94
Palavras 1.293
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um capítulo pra vocês, sei que esse shipper não pode morrer...
Boa leitura.
-lil.

Capítulo 20 - Recaída.


Fanfic / Fanfiction I Need You - Capítulo 20 - Recaída.

Dia seguinte 06:20.

Acordei com o despertador tocando loucamente e só não joguei longe porque era meu celular, me arrumei e depois acordei a Lara pois logo o Matthew estaria na minha porta. Já iria dar sete da manhã e o Matthew ainda não tinha chegado aqui, tentei ligar pra ele mas só caia na caixa postal, Chris acordou e eu perguntei se ele podia me deixar na casa do Matthew pra deixar a Lara lá, ele disse que sim, se arrumou e nós fomos.

Chris - Tem certeza que não quer que eu te espere? - perguntou estacionando em frente à casa do Matthew.

 - Tenho, se ele não estiver aí eu levo a Lara pra escola.

Chris - Você que sabe, se mudar de ideia é só me liga - me deu um beijo de despedida e por sorte a Lara estava cochilando, acordei ela e saímos do carro - até mais tarde... - e saiu com o carro.

Lara - Será que ele tá em casa? - perguntou ainda sonolenta.

- Não sei, mas se não estiver eu te deixo na escola, já perdi aula mesmo... - a porta estava aberta então entramos, fui procurar o Matthew pela casa e achei ele jogado no chão todo vomitado, mandei a Lara se arrumar e quando terminou deixar a mesma na escola que era perto dali.

Voltei e fui ajudar o Matthew né. Por mais que ele tenha feito o caralho a quatro comigo, eu não consigo guardar rancor dele, ajudei ele a levantar e levei ele até o banheiro, tirei a roupa do mesmo e percebi umas manchas de sangue em sua camisa branca, ele tinha se metido em briga, terminei de tirar a roupa dele o deixando completamente nu e enfiei ele debaixo da água gelada fazendo o mesmo despertar, dei banho nele e o enchuguei, coloquei ele na cama e fui pra cozinha, fiz um sopa da ressaca e fiquei esperando ele acordar, fiquei vendo série e mexendo nas minhas redes sócias. Ele acordou e se assustou ao me ver no sofá dele.

- Vou esquentar a sopa pra você. - levantei e fui fazer o que falei.

Matt - O que você tá fazendo aqui? - perguntou se sentando na cadeira que tinha ali na cozinha.

- Ta cego? Não tá vendo que estou fazendo?

Matt - Você entendeu a pergunta...

- Você disse pra mim que iria buscar a Lara de manhã, fiquei te esperando e nada de você chegar, vi pra cá junto com ela e e te achei no chão do teu quarto todo vomitado, levei a Lara pra escola, voltei, te dei banho e te coloquei na cama, fiz essa sopa pra você, e esperei tu acordar, você acordou às - olhei as horas no meu celular - duas da tarde e ainda me fez perder aula. Porque? Porque eu me importo com você. - droga, não era pra eu falar isso.

Matt - Fiquei resolvendo umas coisas até tarde, desculpa...

- Sabe, na hora em que eu fui tirar a sua roupa pra te dar banho, tinha manchas de sangue na sua blusa... você se meteu em briga? 

Matt - Eu? Não, eu não me meti em briga nenhuma...

- Olha, toma logo a sua sopa. Tenho que voltar pra casa. - disse saindo da cozinha e indo em direção a sala.

Matt - Agora? Não - se levantou vindo atrás de mim - espera eu terminar de comer pra poder te levar pra casa, ou se você quiser pode chamar aquele seu amiguinha de ontem...

- Ainda em que você sabe que ele é meu amiguinho. - sai de lá e fui pra minha casa, cheguei na frente de casa e vi o carro do Tyler, entrei e encontrei a Charlie, Tyler e Chris conversando.

Charlie - Porque não foi pra escola hoje?

- Depois te conto, mas então, o que estão fazendo aqui? - perguntei me sentando ao lado do Chris que me beijou, sim, do nada.

Tyler - Esperando você chegar.

Ficamos conversando até tarde e depois eles foram embora, tomei um banho e logo assim que sai o Chris entrou pra tomar banho também é depois deitou do meu lado.

Chris - Sua mãe ligou hoje.

- O que ela disse?

Chris - Que daqui a três meses elas estão de volta...

- Três meses? Mas já vai ser final do ano... - e se ela não chegasse a tempo pra minha formatura?

Chris - Calma, vai passar voando.

[…] sexta-feira / dia de role.

- Aaron acabou de mandar mensagem perguntando se nós queremos ir com ele pro role, nós queremos? Porque eu quero.

Charlie - Eu quero e você amor? 

Tyler - É sexta-feira, né gente. Quer ir Chris? - perguntou o mesmo que estava deitado ao meu lado me fazendo cafuné.

Chris - Pode ser, mas é agora? To com a maior preguiça de sair da cama.

- Claro que não, mais tarde. Aah, Charlie, você pode perguntar se a Tiffany quer ir?

Charlie - Ta. - levantou e foi no quarto da minha prima, voltou e ela disse que sim.

Ficamos conversando até da a hora pra se arrumar, eu, Charlie e Tiffany nos arru,amos primeiro e depois os meninos, assim que terminamos fomos direto pro felps, nosso lugar de encontro. Chegamos e todos estavam lá, até o Matthew.

Aaron - Quem é esse? - apontou pro Chris.

- Esse é o Christian, ele tá morando comigo enquanto nossas mães estão de viajem, Chris esse é o Aaron, ele estuda comigo. Vamos? Eu quero beber.

Rachel - Vê se controla a sua vadia. - falou passando por mim e pelo Chris.

- Rachel, quer levar outro soco?

Rachel - Cala a boca, sua vadia suja.

- Repete. - mandei chegando bem perto dela.

Rachel - Sua. Vadia. Suja.

- Isso mesmo, a dona manda é a cachorra obedece. - dei as costas e ela meio que rosnou me fazendo rir.

Começamos a beber, e como eu sou um pouco fraca com bebida, já estava rindo atoa e o que não esperava, eu estava conversando com o Matthew, Chris já estava pegando alguém que eu não sei quem era e eu estava conversando com o Matthew.

- Matthew, porque? Porque me traiu? - meu Deus, me faz calar a boca. Em nome de Jesus.

Matt - Lolla, tudo o que eu falar tu não vai lembrar amanhã.

- Eu ainda gosto tanto de você... - o que? Eu estava chorando? - eu sinto tantas saudades de você.

Matt - Pode acreditar, eu também.

- Eu só fiquei chateada por duas coisas: por vocês ter me traído com a Rachel e por você não ter esperado o meu tempo. - eu estava falando tudo embolado.

Matt - Me arrependo de tudo do que fiz com você, se eu pudesse voltar atrás... eu faria tudo diferente.

- Então faz, corre atrás, porque quem realmente ama não desiste tão fácil. - Lolla, cala a porra da boca.

Matt - Deixa eu fazer.

- Faz. - Ele me beijou e eu, idiota, cedi. 

[…]

Acordei em um quarto, mas não era o meu, era o do Matt, eu estava deitada na cama com ele, com o Matthew. Droga, eu to de ressaca, na cama do Matthew, com o moletom dele e com e ele do meu lado. O que foi que eu fiz?

Catei as minhas coisas e fui pra casa, com o moletom dele mesmo, cheguei e não tinha ninguém lá. Tomei banho, tomei um remédio, comi e fui pra minha cama, fiquei tentando lembrar o que aconteceu ontem, mas não ia, eu não conseguia, aí chegou a seguinte mensagem no meu celular.

 

- Precisamos conversar sobre ontem.

 

Continua...

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


To vendo se a fic acaba no capítulo 25 ou 30. Já estou providenciando a segunda parte da fic. Mas ainda tem coisa demais pra acontecer até chegar a formatura da Lolla.
KISSES.
-lil.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...