História I Need You - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 7
Palavras 1.570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii Gente!
Espero que gostem.
Boa leitura.
E me perdoem se existir algum erro.

Capítulo 8 - Muitas explicações


Acordei cedo para arrumar a bagunça do meu apartamento e tentar fazer umas compras básicas, até por que eu não posso viver de vento e nem de fast-food. Tinha me esquecido das ligações que recebi ontem a noite, liguei meu celular é tinha mais de 130 mensagens e umas 20 ligações perdidas, fiquei surpresa com aquilo, ninguém costuma me ligar e muito menos me mandar mensagens. Me joguei no sofá e comecei a ler aquelas mensagens. A maioria delas era do Taehyung perguntado se eu estava bem. Cada mensagem dele continha um emoticon diferente, li atentamente cada uma delas e  sorri por isso, ele me mandou desde mensagens românticas à piadas sem graça que me fez ri muito com aquilo. Respondi um "Oiii" animada e  verifiquei as outras mensagens. A Sunnie e a Yonnie queriam falar comigo, pediam desculpas por não terem se despedido na noite anterior, enviei um "tudo bem" e joguei o celular no sofá.

"Ainda tenho que ir no mercado"

Levantei contra gosto pra procurar minha bolsa, apesar de ter arrumado tudo a pouco tempo, eu não me lembro onde deixei minha bendita bolsa. Vesti algo  confortável e achei a bolsa em cima do sofá  (cabeça de vento), ri de mim mesma enquanto calçava o tênis.

Para a minha alegria, tem um mercadinho a menos de duas quadras, perto do prédio. Comprei tudo o que precisava e o que não precisava. Voltei pra casa pensando em tudo o que estava acontecendo comigo e todas essas mudanças repentinas. Abri a porta com certa dificuldade por conta das sacolas. Coloquei tudo na cozinha e voltei pra fechar a porta. Eu tenho sérios problemas com meu celular, nunca estou com ele quando preciso ou quando alguém precisa de mim, ele tocava incessantemente em algum lugar da sala , o qual não me lembrava. Eu vou comprar uma bola de cristal, assim quando eu perder alguma coisa, vou saber onde está.

Fechei a porta e corri até a sala, pegando o celular que estava em cima do sofá.

-Ai! -Bati o pé  na mesinha de centro, que doeu muito. -Oi.- Atendi o telefone quase chorando de dor.

"Oi, até que enfim. Atendeu."- Ouvi a risada da Yonnie, ela parecia super animada.

-Desculpe, meu celular estava desligado e eu estava arrumando a casa.

"Não precisa se desculpar."- Pude vê-la sorrir sem ao menos estar em sua frente.

- Você queria falar comigo? "- Tentei ir direto ao ponto.

"Sim, sim. Eu queria saber se eu e a Sunnie podemos ir a sua casa, pra conversar. Ontem não deu pra nos falarmos direito."

- Claro, pode sim. - Sorri. - Vou adorar ter vocês na minha casa. Assim não fico sozinha. - Falei um pouco tímida.

"Não sai daí, ouviu ? Já está vou indo, até daqui a pouco."- Afirmei e desliguei a chamada.

Me joguei no sofá e fiquei encarando o teto com o celular ainda em mãos. Ele vibrava indicando as mensagens chegando, olhei para tela do celular e as várias mensagens eram do Taehyung. Sorri boba e abri o chat respondendo no mesmo instante. Em menos de um minuto ele havia me respondido.

"Min, que saudades! Pensei que nunca fosse me responder."

"Claro que não seu bobo. Vou te responder sempre."- Sorri.

"Eu sou de umas coisas."

"Que 'coisas' ?"- Cruzei as pernas em forma de índio e me arrumei no sofá.

"O Jungkook te levou pra casa ontem ?"- Gelei ao ler o nome dele.

"Sim, ele me trouxe ontem. Por quê? "- Perguntei curiosa.

"Ele tentou alguma coisa? "- Taehyung ignorou minha pergunta fazendo outra e parecia ser ameaçadora.

" Por que a pergunta? "

"Só queria saber não consigo confiar em nenhum MENINO que leva minha garota para casa."- Ele continuava a me chamar dessa forma e isso me deixava confusa em relação a ele e ao Jungkook, pois os dois me deixava assim, cheia de dúvidas e  mega confusa.

"Posso te levar pra sair esse final de semana ?"- A campainha tocou, levantei e fui teclando abril la.

"Claro irei adorar, depois a gente combina direitinho, ok ? Agora eu preciso ir depois eu te ligo ou te mando uma mensagem. Beijos."- Abri a porta ainda teclando.

-Min!- Yonnie me surpreendeu com um abraço na hora que enviei a mensagem, retribui o abraço e guardei o celular no bolso da blusa de moletom, não estava frio mas era um 

Costume meu andar de blusa de frio e um short pra variar.

-Oi meninas.- Abracei Sunnie e as convidei para entrar.- Fiquem a vontade. - Fechei a porta e me sentei no de frente para elas.- É então, a notícia é boa ou ruim?- Abracei minhas pernas e fiquei observando as duas com sorrisos enormes no rosto, sorri com aquilo e apoiei meu queixo no joelho.

-A minha com certeza é boa. E com certeza a da Sunnie é melhor ainda.

-Então conte tudo.-Fiz um sinal para que continuasse, ainda com um sorriso no rosto.

-Eu e o Hoseok, ficamos juntos ontem. Sério, foi incrível. - Yonnie dizia com um sorriso super fofo, seus olhos brilhavam toda vez que dizia o nome do amado.- Ele  me chamou pra sair amanhã. Isso Z não é legal ?

- Claro que é. Fico feliz de saber que estão juntos. - Sorri alegremente. - É você Sunnie? - Ela parecia distante, muito pensativa, parecia que algo a incomodava. - Diga a coisa boa que lhe aconteceu.

-Eu é... Como posso dizer.- Olhou pra mim depois escondeu o rosto entre as mãos. - Aigo... preciso mesmo contar? - Olhou sugestiva com uma "animação" não evidente em seu rosto, dissemos sim com um sorriso de orelha a orelha.-  A notícia boa é que ontem meu sumiço  não foi por querer, fui pega de surpresa , Yoongi me levou a um lugar muito lindo e fiquei com ele, só isso.- Deu um suspiro cansada, apertando seus dedos quando dizia sobre o Yoongi, ficou sem jeito e abaixou a cabeça, encarando sua mão e abaixando seu tom de voz.

-SÓ ISSO?!-Yonnie gritou olhando para a amiga, levei um susto com o ato mas não deixei de sorrir.- Conta a história toda Su.

-Sunnie, não precisa contar se não quiser. - Sugeri aperta do ainda mais o abraço em minhas pernas.

-Aí gente.- Passou a mão nos cabelos jogando eles para trás.- Eu e ele tivemos um tarde muito quente e romântica, pronto. - Ela bateu as mãos nas pernas jogando a cabeça pra trás. Olhei pra Yonnie com um sorriso torto que foi retribuído no mesmo instante, olhamos pra Sunnie e voltamos a nos olhar, parece que houve um momento de telepatia ali pois no minuto seguinte, já estávamos fazendo cócegas na mesma, que por incrível que pareça, estava vermelha, de vergonha. A menina não sabia se ria ou chorava, começou a implorar para que aquela tortura super animada parasse. Deixamos ela respirar e sentamos do seu lado ainda rindo de toda situação. Encaramos a parede e caímos na risada de novo. "Como é bom dividir momentos como esse com pessoas que amamos", pensei comigo.

-Estou feliz que você esteja com meu irmão Sunnie.-Yonnie olhava carinhosamente para a amiga e a abraçou.

-Obrigada,  também estou feliz por você.

-Ontem também aconteceu uma coisa comigo.- Soltei sem pensar. Agora é tarde demais para voltar. Fechei os olhos e respirei fundo.

-O quê? - Yonnie perguntou curiosa.

-Hã, ontem o Taehyung e o Jungkook estavam discutindo...- Abaixei a cabeça, escolhendo cada palavra antes de falar.

-Isso é normal, eles vivem brigando.-Sunnie disse passando a mão em minhas costas.

-É mas eles estavam brigando por minha causa.- Olhei em seus olhos.- Taehyung é super fofo comigo e eu acho que tanto ele quanto o Jungkook gostam de mim Sunnie.- Yonnie pareceu ficar surpresa, Sunnie não.

-Meu irmão é assim com todo mundo, relaxa. Agora Jungkook gosta de implicar com ele as vezes.

-Não, Jungkook disse que gosta de mim, nós até se beijamos ontem. E Taehyung também disse e me chamou pra sair e ambos ficam me chamando "minha garota".- Soltei de uma vez, Sunnie ficou encarando o chão, Yonnie batia palmas e sorria como nunca.

-Como ele disse isso?

-Jungkook disse que eu mexia com ele e que não queria me forçar a nada por que quando um coisa está destinada a ser dele, ele não gosta de dividir com ninguém, mais ou menos isso. Devo me preocupar ?- Olhei sugestiva pra a Yonnie que estava super feliz, Sunnie continuava olhando para o chão, já estava ficando com medo.- Sunnie, você está bem ?- Toquei seu ombro mas ela se levantou bruscamente me olhando nervosa. Coisa que não estava entendo nada.

-Não. E estou surpresa por saber disso. Sei que meu irmão é meloso e tudo mais, mas não Achei que fosse me trocar por você. Sinto muito se soou estranho mas tenho muito ciúmes, ainda mais dos meus irmãos.- Fiquei sem entender nada, só vi ela saindo quase correndo do apartamento, olhei pra a Yonnie e ela abaixou a cabeça.

- Desculpa Min. Ela não disse isso por mal, depois eu te ligo tudo bem. - Ela deu as costas e foi atrás da amiga furiosa, fechei a porta com um ponto de interrogação na testa, meu celular começou a tocar, não liguei, só me joguei no sofá e fiquei pensando no que havia acontecido e tentando entender toda aquela confusão.

O que eu fiz? 


Notas Finais


Até a próxima. :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...