História I Need You - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Lobos, Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Exibições 349
Palavras 4.933
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 21 - Fim do conflito


I Need You

 

Hinata sentiu um alívio no peito, se soltou do abraço e encheu sua irmã de beijos, fazendo a mesma começar a sorrir. Tudo estava bem agora.

— Ainda não acredito que fugimos. — Deidara resmungou de cara fechada ao lado de Tobi. Eles estavam chegando próximo ao local onde estavam as bruxas.

Hinata ficou séria ao ouvir a voz do loiro e colocou Hanabi atrás de si. Logo seu olhar bateu nos dois vampiros que estavam mais a frente, os reconheceu de imediato.

— Fugir é melhor do que a morte. — Tobi retrucou e eles pararam ao sentir o cheiro das bruxas.

Os olhares se encontraram e Hinata os olhou séria. Deidara desviou o olhar para mais atrás onde o fogo queimava um de seus companheiros, o mesmo constatou ser Kisame.

O loiro trincou os dentes e sorriu irônico.

— Sabe o que me deixa irritado Tobi? — Ele perguntou para o moreno ao seu lado.

— Acho que sou eu, você vive se irritando comigo. — Tobi resmungou fazendo bico.

— Também, mas o que me deixa mais irritado do que você? — O loiro continuo a falar encarando Hinata friamente.

— Deixa eu pensar...já sei, o que te deixa irritado é não conseguir assumir que é gay. — Tobi gritou recebendo um soco que o fez cambalear.

— Idiota. O que me deixa irritado é quando seres inferiores se acham melhores do que nós. — Disse entre dentes.

— Ai minha cabeça. — Tobi resmungou.

Hinata olhava atentamente os movimentos dos vampiros a sua frente. Ao ver da garota eles pareciam dois idiotas.

— Já matou uma bruxa Tobi? — Deidara perguntou pegando algumas bombas dentro do seu casaco.

— Não e nem pretendo, elas são traiçoeiras. — Tobi respondeu fazendo careta.

— Então olhe e aprenda. — O loiro disse com um sorriso de canto.

Hinata empurrou Hanabi para o lado e fez um aceno de cabeça para que a mesma se afastasse. A garota se afastou a contra gosto e Hinata encarou o loiro que vinha em sua direção.

— Você tem duas opções, eu te explodo com minhas bombas onde você irá voar em mil pedacinhos ou eu te mordo e chupo até a última gota do seu sangue. Eu acho que a primeira é mais divertida, mas o critério é seu. O que você acha? — Ele perguntou sorrindo em frente a ela que o olhou enojada.

— Eu acho que você fala de mais. — Ela retrucou entre dentes.

— Você é tão estraga prazeres, só estava tentando tornar sua morte mais divertida. — Ele revirou os olhos e jogo um bomba em direção a garota que pulo para trás caindo no chão.

A explosão foi grande para o tamanho da bomba o que surpreendeu Hinata.

— Merda. — Ela praguejou se levantando. Não achou que simples bolinhas farinham uma explosão daquele tamanho.

Levantou trincando os dentes e criou um campo de força quando ele jogou outra bomba. O campo de força acabou segurando a explosão deixando o loiro irritado começando a jogar bombas sem parar.

Hinata colocou força fechando os olhos, não aguentaria segurar por muito tempo. Deidara jogou sua última bomba quebrando o campo de força e Hinata voo alguns metros de distância caindo no chão rolando até bater em uma árvore.

— Hinata. — Hanabi gritou correndo em direção a irmã.

— Isso esta fácil demais. — O loiro resmungou puxando Hanabi pelos braços fazendo a mesma se debater.

— Me solta. — ela gritou tentando morde-lo.

Hinata se levantou sentindo seu corpo dolorido e com alguns arranhões. Ficou em pé começando a ir em direção a eles.

— Solta ela. — A morena gritou irritada.

— Com muito prazer. — O loiro jogou a garota no ar fazendo a mesma bater em uma árvore e cair no chão.

Hinata apertou os punhos com força e gritou fechando os olhos. Logo uma energia azul começou a fluir em torno de si se concentrando em seus punhos. Deidara deu um passo para trás quando a mesma abriu os olhos furiosos em direção a si.

Logo ela começou a lançar bolas de fogo no tom azulado em direção ao loiro que começou a desviar com dificuldade. Tobi arregalou os olhos se afastando e Hanabi se levantou se escondendo atrás da árvore.

Hinata foi se aproximando cada vez mais de Deidara que tentava se desviar das bolas de fogo com sua velocidade sobre humana. Logo Hinata fechou os olhos e gritou mandando uma bola maior e mais forte em direção ao loiro que não consegui desviar.

Ele soltou um grito de dor e seu corpo caiu na neve em chamas, Tobi olhava incrédulo para o corpo do amigo que virava cinzas.

O fogo desapareceu e só restou as cinzas de Deidara no chão. Hinata olhou em direção a Tobi e o mesmo estava com a boca escancarada. Ele balançou a cabeça e desapareceu dali, sabia que não tinha chances e não podia fazer mais nada por Deidara. Acabou.

Hinata caiu de joelhos no chão se acalmando e voltando ao seu estado normal. Hanabi correu até a irmã e lhe abraçou respirando fundo. A morena soltou um suspiro e retribuiu o abraço com o olhar perdido. Já fazia muito tempo que não se descontrolava daquela forma. Mas o loiro fez por merecer.

 

oOo


       Os olhares eram firmes e atentos a qualquer movimento. Tenten estava ofegante em frente de Hidan que mirava sua espada em direção a loba. Ela havia conseguido desviar de todos os golpes que o mesmo tinha dado até agora, mas não conseguira fazer nenhum arranhão no vampiro. Tinha que admitir que o mesmo era muito bom e já estava frustrada por isso.

— Chega de brincadeiras. — Ele gritou atacando a loba que desviou de seu ataque, mas por descuido acabou sendo atingida nas costas.

Ela gritou voltando a sua forma humana e se contorceu no chão. A dor era grande r o sangue escorria pela suas costas caindo na neve branca.

Do outro lado da floresta Neji que lutava com dois vampiros trincou os dentes sentindo uma dor no peito. Seu ar foi embora e o mesmo abandonou a luta correndo a toda velocidade em direção ao acampamento. Sentiu a dor de sua companheira e sentiu a aflição lhe invadir.

— Tenten — Ele gritou o nome da companheira pelos pensamentos, mas não obteve resposta.

Ela só conseguia gemer de dor.

Hidan sorriu satisfeito para a garota e se virou indo em direção a confusa que estava acontecendo no acampamento. Parou o olhar em Sakura que estava socando um vampiro. Estreitou os olhos vendo seus companheiros perdendo a luta para uma garota e trincou os dentes.

Sakura matou o último vampiro que a atacou e respirou fundo olhando para a floresta.

Sasuke — O moreno não saia de seus pensamentos. Temia pelo pior.

Sem perder tempo correu em direção a Floresta entrando na mesma, seu coração estava acelerado e estava prestes a sair pela boca. Desviava das árvores correndo a toda velocidade, nem mesmo sabia onde estava indo. Era guiada pelo seu coração.

— Onde pensa que vai com tanta pressa? — Hidan apareceu em sua frente fazendo a mesma tombar em seu corpo e cair no chão.

Sakura trincou os dentes e quando pensou em fazer qualquer movimento, Hidan a puxou pelos cabelos fazendo a mesma ficar de costas para ele, e colocou sua espada no pescoço da mesma.

— Faça qualquer movimento e eu corto o seu pescoço. — Ele sussurrou no ouvido da garota fazendo a mesma engolir em seco, sentido aquela lamina gelada em sua pela.

— O que você quer? — Ela rosnou fechando os olhos, sua respiração estava descompassada.

— Só estou cumprindo ordens boneca. Se bem que esse cheiro delicioso esta me enlouquecendo. — Ele sorriu cheirando o pescoço da garota.

Sakura fez uma cara de nojo e apertou os punhos. Não podia fazer nada, qualquer movimento em falso aquela lamina lhe furaria.

— Vai se arrepender se fazer algo comigo. — Ela disse séria o fazendo sorrir.

— Arrepender? esta me ameaçando boneca? sabe eu fiquei surpreso com toda aquele força. Deixa o Sasori descobrir que você não é humana. — Ele comentou pensativo e sorriu começando a correr em alta velocidade com a garota.

Sakura fechou os olhos com força perdendo ar. Sentiu seu corpo parar e abriu os olhos os arregalando ao se deparar com a cena em sua frente.

Sasuke estava lutando com muitos vampiros ao mesmo tempo, olhou para o lado e viu o ruivo traidor sentado no chão com a perna decepada com uma mulher de cabelos roxos ao seu lado.

— Sasuke. — Gritou atraindo a atenção de todos.

O Uchiha que estava estrangulando dois vampiros olhou alarmado para a garota. Tremeu de raiva olhando para a espada em seu pescoço. Fez de tudo para protege-la e agora ela estava ali, preste a morrer.

— Olha o que eu encontrei na floresta. — Hidan disse friamente.

— Bom trabalho Hidan. — Sasori disse ficando em pé com a ajuda de Konan.

Sasuke rosnou começando a ir em direção a eles mas Hidan apertou a espada no pescoço da garota fazendo o lobo parar no lugar.

— Estávamos enganados Sasori a garota não é humana. — Hidan continuo falando atraindo olhares interessados.

— O que esta dizendo? — O ruivo perguntou fixando o olhar na garota.

Desceu o olhar para a garota a avaliando. Konan bufou ao seu lado e virou a cara. Sakura cerrou os dentes e olhou para Sasuke que a olhava profundamente. Ainda não tinha se acostumado com a sua forma de lobo.

— Ela estava dando um show no acampamento, matou quase todos os nossos companheiros.

— O que? — Sasori perguntou não acreditando.

— Essa garota é mais forte do que você imagina. — Hidan disse sério.

Sasuke olhou para a rosada por inteiro não encontrando nenhum arranhão. Não sabia se acreditava no que o vampiro disse, sua garota era frágil e inocente não mataria ninguém. Porem logo se lembrou das palavras de Chiyo quando a mesma disse que a rosada tinha uma força sobre humana. Ela tinha despertado seus poderes?

— Pare de palhaçada Hidan, olha pra essa garota. É só uma humana fraca. — Konan disse com desprezo.

— Cuidado com as palavras Konan. Seu eu solta-la é capaz da mesma matar todos nós com apenas um soco. — Hidan disse segurando firme a garota.

Todos estavam distraídos olhando para Sakura. Sasuke aproveitou a distração e atacou Sasori, o que ele não esperava era que Konan entrasse na frente do ruivo e o furasse com um punhal.

Soltou um rosnado caindo no chão voltando a sua forma humana. Sakura gritou sentido um aperto no coração, e seus olhos marejaram. O mesmo trincou os dentes e se sentou colocando a mão no machucado tentando conter o sangramento. O punhal havia o perfurado na barriga.

— Não, Sasuke. — Sakura gritou desesperada sentindo as lágrimas descerem pelo seu rosto.

Sentia a dor do mesmo, o desespero era tanto que poderia fazer uma loucura.

— É isso que dá me desafiar Uchiha. — Sasori disse o olhando friamente.

— Desgraçado. — O moreno rosnou tentando ficar em pé.

— Me solta. — Sakura gritou se debatendo chamando a atenção para si.

— Traga a garota aqui. — Sasori ordenou e Hidan a levou até ele parando com a mesma a sua frente. — Pode tirar a espada.

— Mas Sasori. — Hidan exitou recebendo um olhar frio.

— Eu mandei tirar a espada. — Ele disse entre dentes e Hidan bufou.

— Você é idiota? olha pra você, só tem uma perna. Quer acabar de morrer? — Hidan retrucou irritado com a burrice do seu líder.

— O que você disse? se não soltar essa garota agora quem vai morrer será você. — O ruivo disse o fuzilando com os olhos.

— Você quer matar todos nós? — Hidan gritou.

— Não acredito que esta com medo de uma simples garota Hidan. — Konan disse revirando os olhos.

Hidan trincou os dentes e soltou a garota a jogando no chão fazendo a mesma cair de joelhos. Konan a puxou pelos cabelos fazendo a mesma ficar em pé, segurou o pulso da garota com força o quebrando em um único movimento.

— Ahhhhhhh. — O grito de Sakura foi alto e ela fechou os olhos com forças caindo de joelhos não chão.

— Sakura. — Sasuke gritou avançando em Konan, mas Hidan o segurou no caminho.

O moreno socou o vampiro o fazendo cair no chão, pegou a espada do mesmo e a enfiou em seu coração. Os olhos de Hidan se arregalaram e logo não tinham mais vida.

A dor de Sasuke havia ido embora e o ódio o dominou por inteiro. Seus olhos estavam vermelhos e o mesmo deu um sorriso sádico indo em direção a Sasori, uma mão tampava sua ferida que sangrava e a outra arrastando a espada na neve.

Sasori apertou os punhos e olhou para Konan que olhava para a rosada que gemia de dor.

Os outros vampiros tentaram impedir Sasuke de se aproximar de seu líder e foram todos decepados. Sasori rangeu os dentes vendo seus vampiros morrendo cada vez mais. Estavam acabando e logo seria ele.

Sakura levantou o pulso e levou a outra mão até o mesmo fechando os olhos com força sentindo a dor aumentar. Contou até três e em um único movimento o puxou colocando no lugar. Outro grito de dor foi ouvido.

A mesma se levantou olhando friamente para Konan e foi a passos lentos até a vampira. Konan a olhou de cima a baixo com um olhar de nojo e pegou seu punhal.

— Eu vou te matar garota. — A mulher disse friamente.

Logo a vampira avançou em direção a Sakura conseguindo levar a mão ao pescoço da garota. Konan sorriu erguendo a garota no ar a enforcando. Sakura se debatia tentando se soltar mas parecia em vão. Konan levantou o punhal em direção o coração de Sakura mas Kiba que estava mais a frente pulo na vampira fazenda a mesma soltar Sakura que caiu tossindo no chão.

Konan rosnou e foi até o lobo lhe dando um chute fazendo o mesmo voar e cair deitado, logo a vampira sobe em cima do mesmo enfiando seu punhal no coração do logo que rugiu alto perdendo sua vida.

Sakura arregalou os olhos se levantando e correu até a vampira lhe dando um chute na barriga fazendo a mesma arregalar os olhos e voar a metros de distância.

A rosada passou por Sasori que a olhava admirado e fui até Konan que tentava se levantar. A mesma viu Sakura se aproximando e tentou se arrastar na neve. Sakura ergueu o punho dando um soco em direção a ruiva que desviou e acertou o gelo próximo ao seu rosto o rachando.

Konan a olhou assustada e ergueu o braço mas Sakura pisou no mesmo fazendo a mulher gritar. Logo a rosada a puxou pelos cabelos erguendo a cabeça da vampira, Konan cerrou os dentes e Sakura lhe deu um soco.

Sasuke que havia acabado de decepar a cabeça do último vampiro olhou surpreso para Sakura. Ele estava paralisado olhando a cena, sua garota era mais forte do que pensava. Só saiu dos seus pensamentos quando viu o gelo começando a se rachar em todos os socos que a rosada dava. Se continuasse assim ela logo cairia na água congelada.

Sentiu a dor da sua ferida voltar, trincou os dentes olhando para o corpo de Kiba. Seu companheiro havia morrido salvando sua garota. Desviou o olhar para Sasori que estava sentado olhando admirado para Sakura. Pegou a espada indo a passos lentos até o ruivo, quando estava próximo o suficiente a ergueu pronto para decepar sua cabeça.

— Isso é por mim, pelo meu acampamento e por minha garota. — Disse friamente atraindo o olhar assustado do ruivo e logo deu o golpe final decepando sua cabeça.

Largou a espada no chão olhando para a cabeça decepada do ruivo, olhou em volta vendo todos os corpos sem vida cobrindo todo o gelo que estava rachando aos poucos. Parou o olhar em Sakura que deu um soco forte em Konan fazendo a cabeça da mesma voar.

Abriu a boca chocado, precisava tomar cuidado com aquela garota.

Sakura caiu sentada no gelo sentindo um nó na garganta. Não sabia o que tinha acontecido, quando percebeu já não tinha controle do seu corpo. Sentiu as lágrimas caindo desesperadamente.

Sasuke vendo seu estado começou a ir em sua direção com certa dificuldades. Quando estava próximo o suficiente se abaixou a abraçando.

— Sasuke. — Sussurrou com o rosto molhado pelas lágrimas.

— Ta tudo bem pequena acabou. — Ele disse tentando acalma-la.

Ela balançou a cabeça olhando para o ferimento do mesmo que sangrava muito. levou suas mãos até o corte e tentou cura-lo. Porem estava tão nervosa que não estava funcionando.

— Droga funciona. — Ela gritou fechando os olhos com força, estava muito nervosa e desesperada.

— Sakura fica calma, precisamos sair daqui o gelo esta rachando. — Ele tentou levantar mais ela impediu.

— Eu preciso curar você antes. — Ela disse tentando se acalmar e se concentrar no ferimento.

Depois de alguns segundos tentando acalmar o seu coração uma luz verde saiu de suas pequenas mãos e ela se concentrou no ferimento que estava se fechando aos poucos. Sasuke a olhava admirado por tanto poder.

— Você esta bem? — Ele perguntou tocando no pulso da garota que estava vermelho.

— Shii preciso me concentrar. — Ela disse ignorando seu machucado e depois de alguns segundos o ferimento estava curado.

Sakura o ajudou ficar em pé e Sasuke tocou no local no sentindo mas nada. Estava curado.

— Vai ficar tudo bem agora. — Ele disse a puxando para ele colando seus lábios em um singelo beijo.

Sakura retribuiu o beijo sentindo seu coração acelerar. O medo foi embora e ele estava com ela de novo. Tudo havia dado certo no final.

— Vamos temos que sair daqui. — Ele sussurrou olhando para o gelo que estava se quebrando cada vez mais.

Ela assentiu e ele se afastou dando impulso e se transformando. Sakura abriu a boca e ele a olhou fazendo sinal com a cabeça para que a mesma subisse em suas costas. A garota se aproximou tocando em seu pelo quente, ele era mais alto do que ela. O lobo se abaixou e a garota segurou em seus pelos e deu impulso para cima subindo em suas costas.

Logo ele começou a correr e Sakura segurou firme, olhou para o gelo ao seu redor que estava quebrando cada vez mais rápido derrubando os corpos sem vida na água. Sentiu o vento em seu rosto balançando seus cabelos e o abraçou fechando os olhos, sabia que tudo estaria bem agora.


oOo


Os gritos de Tenten acabou atraindo todos que estavam por perto. Mikoto ao reconhecer a voz da garota arregalou os olhos correndo até a mesma sendo seguida por Naruto.

— Tenten. Minha menina. — A mulher gritou empurrando todos e se abaixando perto da garota que se contorcia no chão.

Os olhos da mulher marejaram e a mesma tocou no rosto da garota desesperadamente.

— Droga. — Naruto gritou chutando tudo o que via pela frente. Estava se sentindo culpado por deixar isso acontecer com a morena.

— Alguém faça alguma coisa. — Lee gritou no meio da multidão.

Neji chegou no acampamento voltando a sua forma humana e correu em direção a sua companheira.

— Tenten. — Ele gritou empurrando todos parando o olhar na garota ferida no chão.

Engoliu em seco sentindo o aperto cada vez mais forte. Ela não podia morrer, não podia o deixar.

— O que estão fazendo? ajudem ela. — Ele gritou desesperado para as pessoas ao redor, logou pegou a garota nos braços.

— Calma Neji não faça movimentos bruscos. — Lee gritou desesperado no meio da multidão. Lee era muito amigo do casal e estava muito preocupado com a morena.

— Então façam alguma coisa, ela esta morrendo. — Ele gritou tremendo de ódio.

Sua garota estava morrendo em seus braços e ninguém sabia o que fazer.

— Precisamos da ajuda de uma bruxa. Alguém vai chamar Chiyo por kami. — Mikoto gritou se levantando com lágrimas nos olhos.

— Neji. — A garota sussurrou tremendo.

— Vai ficar tudo bem, eu esto aqui. — Ele disse passando a mão no rosto suado da garota.

— Arg ta doendo muito. — Ela grunhiu soando frio.

— Vou leva-la para casa, ela precisa de uma cama. — Ele disse e se levando com a mesma nos braços.

— Eu vou pegar água quente e panos limpos. — Mikoto disse correndo para sua casa.

Todos começaram a se espalhar e Naruto respirou fundo colocando as mãos na cabeça. Olhou para a bagunça que estava o acampamento e viu algumas pessoas começarem a limpar. Os vampiros haviam sido todos mortos, o conflito tinha acabado.

— Façam uma fogueira e joguem todos os corpos. — Ordenou para o povo e eles assentiram.

Sentiu um cheiro familiar e olhou rapidamente para uma árvore onde Hinata estava parada com sua irmã ao lado. Suspirou aliviado correndo até a morena e a abraçou levantando do chão.

— Ainda bem que esta viva, eu estava preocupado. — Ele sussurrou no ouvido da garota e ela fechou os olhos o abraçando.

— Esta tudo bem. — Ela disse sentindo o conforto de esta nos braços do loiro.

— Você esta machucada. — Ele disse olhando para o braço enfaixado da garota e para alguns arranhões no corpo da mesma.

— Isso não foi nada. — Ela disse abaixando o olhar.

Naruto segurou o rosto da garota e a beijou. Hinata arregalou os olhos mas retribuiu o beijo. Era um beijo calmo cheio de sentimentos. Ambos sentiram seus corações dispararem e uma corrente elétrica passar por seus corpos.

Hanabi olhava de boca aberta para os dois. Nunca vira sua irmã beijar alguém, e o loiro parecia tão preocupado, a garota se perguntava quem era ele.

Outro grito de Tenten chegara aos seus ouvidos, Hinata se separou do beijo olhando séria para o loiro.

— Alguém se machucou? — Ela perguntou alarmada.

— Hinata você precisa ajudar Tenten, ela levou uma facada. — Ele respondeu exaltado.

Hinata não pensou duas vezes e correu em direção aos gritos sendo seguida por Naruto e Hanabi.

Tenten se contorcia na cama sujando os lençóis de sangue, a mesma suava e já estava perdendo o ar.

— Tenten por favor não me deixa. — Neji suplicou sentindo um nó na garganta.

A porta de sua casa foi escancarada e Hinata correu até o quarto entrando no mesmo. Não se preocupou com mordomias, Tenten estava precisando de ajuda.

— O que faz aqui? vai embora. — Neji gritou exaltado ao ver a garota parada na soleira da porta.

— Neji ela pode ajudar. — Naruto gritou aparecendo ao lado da garota.

Hinata correu até a cama olhando para o ferimento de Tenten. Olhou o estado da garota e deu a lista das coisas que precisava para Naruto que logo correu para conseguir.

— Vou limpar o ferimento e você tente abaixar a febre com água quente. — Ela disse para Mikoto que chegou com água quente e alguns pedaços de panos.

Neiji ficou em silêncio olhando para Tenten, queria impedir a bruxa de tocar em sua garota, mas estava tão desesperado que não conseguiu fazer nada, só queria que ela se salvasse.

— Converse com ela e não a deixe dormir. — Hinata ordenou começando a limpar o ferimento, Neji olhou para a companheira que estava prestes a fechar os olhos.

— Sua louca por que foi descuidada ao ponto de levar uma facada? Eu não disse que mulheres são fracas? — Ele sabia que só conseguiria mantela acordada se a provocasse.

— Cala a boca...eu estava protegendo o acampamento e Sakura. — Ela disse com a voz fraca fazendo uma careta de dor.

— Deveria ter ficado trancada em casa, assim não estaria morrendo agora. — Ele repreendeu a olhando sério.

— Eu fiz o que pude. — Ela murmurou começando a tossir.

— Não fez o bastante se não estaria viva.

— Neji eu vou te dar um soco. — Ela gritou começando a se irritar.

Ele sorriu pra ela e Hinata olhou para o casal constatando que eles tinha uma relação bem estranha. Deu um pequeno sorriso e olhou para a porta onde Naruto lhe trazia o que havia pedido.

— Mikoto preciso que pise essas folhas para mim e coloque esses ingredientes. — Hinata disse separando em uma vasilha os ingredientes entregando para Mikoto, que logo assentiu indo em direção a cozinha.

Hinata se virou para Naruto e o mesmo lhe entregou a agulha e linha que havia pedido. Naruto olhou para Tenten e suspirou saindo do quarto, não queria ver aquela cena.

— Terei que costurar. — Ela disse exitante olhando para Tenten que assentiu.

— Só acabe com essa dor horrível. — Tenten suplicou fechando os olhos.

Hinata assentiu e se abaixou colocando a linha na agulha. Logo ela começou a costurar a pele da garota que apertava os punhos com força e cerrava os dentes soltando alguns gritos agudos. Neji tentava acalma-la fazendo um leve carinho em seu rosto. Vê-la sofrer daquela maneira o partia o coração.

Hanabi estava sentada do lado de fora da casa, a mesma olhava para o fogo em que os homens jogavam os vampiros mortos. Sentiu seu coração apertar e o medo lhe invadir quando um homem a olhou.

— Olhem, esqueceram uma. — O homem gritou fazendo todos a olharem.

A garota engoliu em seco e arregalou os olhos. Alguns homens começaram a ir em sua direção e seu corpo paralisou. Iria morrer?

— Ninguém toca na garota. — Naruto apareceu olhando sério para todos.

— Mas ela é uma vampira. — O Homem gritou indignado.

— Ela não fara mal a ninguém, se alguém tocar nessa garota será acusado de traição. — Ele gritou e todos abaixaram as cabeças indignados.

Naruto era o Beta do Alpha. Ele cuidava de tudo naquele acampamento e quando Sasuke não estava, ele dava as ordens e todos tinham que lhe obedecer.

— Por que fez isso? — Hanabi perguntou depois que todos se viraram indo embora.

— Por que você é inocente e é minha cunhadinha. — Ele disse divertido fazendo a garota abrir a boca incrédula.

— Cunhadinha? você...eu não acredito. — A garota disse indignada.

— Hinata é minha companheira. — Ele disse se sentando ao lado da garota.

Hanabi o olhou surpresa. Sua irmã tinha muito que lhe explicar.

— Sou Naruto Uzumaki. — O loiro estendeu a mão em comprimento dando um grande sorriso.

— Hanabi Hyuuga. — A garota devolveu o comprimento e deu um leve sorriso.

Dentro do quarto Hinata cortou a linha terminado de costurar o ferimento. Mikoto surgiu com o remédio pisado e Hinata derramou em um pano, logo em seguida amarrou na cintura de Tenten.

— Isso vai ajudar a curar mais rápido, eu vou fazer um chá para aliviar a dor. — A Hyuuga disse e saiu do quarto indo em direção a cozinha.

Mikoto se sentou ao lado da garota deitada na cama e passou a mão nos seus cabelos castanhos.

Tenten já estava melhor, só sentia um pouco de dor. A mesma estava deitada com a respiração mais calma. Os cabelos estavam espalhados pelo travesseiro e a mesma estava apenas de sutiã e calça.

— Você esta bem minha menina? — Ela perguntou preocupada.

— Estou melhor, só sinto um pouco de dor. — Ela respondeu soltando suspiro fraco.

Neji a olhou aliviado, ela estava fora de perigo. Não queria admitir mas, teria que agradecer Hinata pois a mesma salvou a vida de sua companheira.

— Você deixou todos preocupados. — Mikoto disse dando um pequeno sorriso.

— Desculpa mãe. — A voz da morena saiu baixa.

— Tudo bem filha, você agiu como uma guerreira e ajudou a salvar o nosso acampamento. — A mulher disse orgulhosa.

Sempre teve orgulho da determinação e coragem da sua filha.

— Nunca mais deixo você lutar sozinha. — Neji disse balançando a cabeça.

— Neji, e o Sasuke? — Mikoto quase gritou lembrando do seu filho.

— Sasori trapaceio e vários vampiros interferiram na luta, Kiba e eu também entramos. Mas eu tive que sair quando senti que Tenten estava machucada. — Ele disse sério. Havia se esquecido da batalha que estava acontecendo.

— Sakura, Kami eu a deixei sozinha onde ela esta? — Tenten gritou se sentando rapidamente sendo segurada por Neji e Mikoto.

— Calma Tenten, a Sakura ajudou matar os vampiros, ela matou quase todos sozinha. Mas eu a não a vi mais. — Mikoto respondeu deitando a garota..

— Como assim ela matou quase todos sozinhas? — A morena perguntou confusa.

— Sakura não é Humana. É uma portadora do Byakugou. — Hinata disse entrando no quarto com um copo de chá em mãos.

Não tinha visto a luta de Sakura, mas pelo o que estavam falando já imaginava o que tinha acontecido.

— Por isso toda aquela força, Kami que incrível. Pensei que elas estivessem extintas. — Mikoto disse surpresa.

A mesma lembrava-se do clã mas poderoso que reinou a muitos anos atrás. Estava surpresa e incrédula por sua nora ser uma Portadora.

— Nossa. — Tenten murmurou surpresa e pegou o chá começando a bebe-lo.

Todos ficaram em silêncio perdido em seus próprios pensamentos.

— Será que ela foi atrás do Sasuke? — Mikoto perguntou quebrando o silêncio.

— Creio que sim. — Tenten comentou entregando o copo vazio para Hinata.

— Obrigada. — Ela agradeceu e Hinata lhe deu um sorriso.

— Obrigada Hinata, você salvou minha filha. — Mikoto a abraçou agradecida.

— Fiz o que devia. — A morena disse retribuindo o abraço.

Estava constrangida por tantos agradecimentos.

— Bom eu vou deixar vocês sozinhos, agora você vai melhorar Tenten. — Hinata disse e acenou para todos saindo da casa.

Naruto conversava com Hanabi sobre o a acampamento, Hinata parou ao lado deles e o loiro se virou para a mesma a olhando ansioso.

— Ela vai ficar bem? — Ele perguntou tocando nos braços da garota.

— Sim, ela não corre mais riscos, agora é só esperar a ferida cicatrizar. — Ela respondeu soltando um suspiro.

— Obrigado Hinata. — Ele agradeceu a abraçando.

— Agora que tudo esta resolvido, acho que já esta na hora de partir. — Ela murmurou e o loiro a soltou rapidamente.

— O que você disse? — Ele perguntou ficando sério.

— Nós vamos embora. — Ela respondeu o óbvio sentindo um nó na garganta.

Naruto a olhou incrédulo sentindo um aperto no peito. Ela não poderia deixa-lo, não depois de todos esses anos sozinho. Ele não conseguiria viver sem ela, a distância seria pior do que a morte. Ela seria tão egoísta ao ponto de ir embora?

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...