História I Need You - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Lobos, Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Exibições 280
Palavras 2.591
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Akatsuki


 

I Need You


        Como a queria para si naquele momento, ela estava tão perto e tão desejosa. Era a primeira vez que a tocava depois de anos, não sabia explicar o que estava sentido só sabia que seu lobo estava louco para possui-la. Ela era tão linda, os lábios rosados carnudos e chamativos, os olhos verdes brilhantes e cheios de vida.

A garota estava perdida naquele olhar obscuro que a olhava intensamente, se sentia nua com aquele olhar  devorador. Soltou um gemido involuntário quando começou a sentir sensações estranhas em seu corpo, deixando o moreno mas louco.

Como queria controlar aqueles pensamentos impuros, porem não conseguia. Queria fazer tantas coisas com aquela garota que o levava a loucura. Queria se perder em cada pedaço daquele corpo pequeno feito só para ele, queria faze-la gritar seu nome a noite inteira e saciar seu desejo de anos.

— Sakura — O casal saiu do transe quando Chiyo apareceu chamando a rosada, que se assustou e empurrou o moreno atordoada.

— De..sculpa — Gaguejou mordendo os lábios, o Moreno fechou os olhos com força tentando se controlar e soltou um grunhido assustando a garota.

— Sakura acho melhor entrar — Chiyo pegou a garota pelo braço e a puxou para dentro de casa mandando um olhar irritado para o moreno.

Eles conversaram e Chiyo conseguiu faze-lo esperar mas um tempo, pois Sakura ainda estava assustada com tudo o que aconteceu, leva-la agora só iria deixar a garota mas assustada e a mulher tinha certeza que a garota não iria embora com um desconhecido ainda mas sendo um lobisomem.

Sasuke apertou os punhos e respirou fundo começando a ir em direção a Floresta a passos rápidos e se transformando. Precisava se acalmar e esfriar a cabeça ou cometeria uma loucura voltando para aquela casa e pegando aquela garota para si a possuindo por inteira.

Sakura estava atordoada parada no meio da sala, ela reconheceu que aquele moreno era o homem que estava a encarando na festa. Ele era lindo, nunca tinha visto um homem daqueles em sua vida, aquele corpo musculoso e aqueles olhos negros que a olhavam intensamente a fizera sentir uma sensação estranha em seu corpo.

— Sakura — Chiyo balançou a mão na frente da garota que acordou do transe.

— O que? — Ela perguntou atordoada e Chiyo soltou uma bufada revirando os olhos.

— Efeito Uchiha — A mulher resmungou.

— Do que esta falando? — A garota perguntou colocando sua mochila no sofá.

— Nada, por que veio mas sedo e sozinha? — A mulher perguntou séria.

— As aulas acabaram mas cedo por causa do acontecido, a cidade esta um caus e todos estão com medo — Sakura respondeu se sentando no sofá.

— Devem esta mesmo, tem muito tempo que isso não acontece — A mulher disse perdida em pensamentos.

— Isso já aconteceu? — A rosada perguntou assustada.

— Sim a muito tempo quando não tinha regras — A mulher respondeu e logo se arrependeu de ter falado de mas.

— Regras? que regras — Sakura perguntou confusa.

— Nada, esquece eu não sei o que estou falando — A mulher disse ligeiramente.

— Tá...vovó o que aquele homem estava fazendo aqui? — A rosada finalmente perguntou o que estava martelando em sua cabeça.

— Ele é um amigo — Chiyo disse tomando cuidado com as palavras.

— Eu acho que o vi na festa — Sakura disse lembrando do moreno que a secava.

— Bem a cara dele esta naquela festa — Chiyo disse irônica.

— Ele me olhava de uma forma diferente, como se...— Sakura tentou entender suas próprias palavras.

— Como se fosse te devorar — Chiyo soltou em um resmungo fazendo Sakura a olhar surpresa.

— Como? — Ela perguntou se levantando.

— Sakura eu não estou me sentindo bem, acho que vou fazer um chá — A mulher disse fugindo para a cozinha deixando Sakura parada no meio da sala com uma expressão surpresa e confusa.

— Me devorar? — Ela murmurou engolindo em seco se lembrando daqueles olhos obscuros a olhando por inteiro.

Não muito longe dali Yamato encerrou as buscas pelo lobo pois não avia encontrado nada e a neve estava se intensificando, seus homens estavam prestes a congelar de frio.

Por tanto Yamato resolveu passar na casa da mulher mas velha da vila, ele achava estranho a mulher morar afastada quase dentro da Floresta além de ser muito perigoso era suspeito, mas o que uma Senhora de idade e uma adolescente poderiam fazer? O Homem bateu na porta e esperou alguns minutos até a mesma ser aberta por Sakura.

— Xerife — A garota fez um comprimento com a cabeça.

— Olá, gostaria de ter uma breve conversa com sua avó se não for incomodo — O Homem disse sério.

— Claro, entre — A garota deu espaço para o homem que entrou analisando a pequena casa.

— A que devo a Honra do xerife na minha humilde casa — Chiyo apareceu com um olhar sério.

— Senhora Chiyo, como estas? — O homem estendeu a mão e a mulher o cumprimentou.

— Muito bem senhor Yamato, e o senhor? — Ela perguntou analisando o homem.

— Não muito bem, por isso vim aqui, deve já saber o que aconteceu e a vila inteira está um caos — O homem disse colocando as mãos no bolso.

— Sim, o ataque do lobo — Ela disse exitante.

— Eu queria saber se esta tudo bem, já que vocês moram próximo demais da Floresta e isso é perigoso — Ele disse trocando olhares entre a mulher e a garota.

— Estamos perfeitamente bem não se preocupe — Ela disse dando um sorriso convencido.

— Isso é bom — Ele disse as olhando com um olhar desconfiado, principalmente pela expressão angustiada no rosto da rosada.

— E como está seu filho? — Ela perguntou casualmente.

— Ele está bem, só teve um corte no braço — Ele respondeu voltando o olhar para a mulher.

— Ótimo — Ela respondeu balançando a cabeça, Yamato deu mas uma olhada em volta e começou a caminhar em direção a porta.

— Bom só tomem cuidado, obrigada pela atenção — Ele disse abrindo a porta.

— Não se preocupe, não acontecerá nada — Ela respondeu e ele concordou.

— Tudo bem, Tchau — Ele disse saindo.

— Tchau — Chiyo disse quando o mesmo fechou a porta.

— Vovó, eu não acho seguro morarmos tão próximos da Floresta — Sakura murmurou  e Chiyo sorriu.

— Não se preocupe querida, nada de mal vai lhe acontecer — Sua voz saiu tão convicta que a rosada se perguntava de onde vinha tanta segurança, pois se aparecesse um lobo ali mataria as duas sem dificuldade alguma. Sua avó era um pouco estranha, talvez estranha até demais.


oOo


           Há alguns quilômetros de distancia de Konoha ficava Kirigakure ou Vila da Névoa. Uma vila cercada por montanha e névoas o clima era frio e como estava no inverno, ficava mas frio ainda. Nessa vila era onde a Akatsuki ficava, eles eram os vampiros mas poderoso de todos os tempos, porém eles eram cautelosos e evitavam matar os Humanos de sua vila, pois chamariam muita atenção.

A  grande mansão da Akatsuki ficava próxima as montanhas e a Floresta. A mansão era cheia de vampiros que eram liderados por Sasori Akasuna. O mesmo ficava sentado em um trono em um grande salão, juntos de seus companheiros fiéis Deidara, Hidan, Tobi, Kisami e Konan sua namorada.

— Ahahahah eu vou rir para o resto da vida — O loiro de cabelos amarrados em um  rabo de cavalo entrou no grande salão sendo seguido por um moreno de cara emburrada.

— Tobi não gosta que riam dele — O moreno resmungou fazendo bico.

— Você é uma vergonha para nossa espécie nem pra morder um pescoço você presta — Deidara disse ficando sério.

— Ela era legal — O moreno retrucou.

— Ela era seu jantar — O loiro revirou os olhos.

— Mas ela também gostava do Michael Jackson — Tobi disse com os olhos brilhando.

— Michael Jackson morreu a muito tempo, e graças a mim ela irá encontrar com seu ídolo no inferno — Deidara disse com um sorriso maldoso.

— Deidara Senpai é mal — Tobi disse triste.

— Dá para vocês calarem a boca pelo menos um minuto? — Sasori que até agora estava em silencio rosnou.

— Tá de mal humor? que bicho te mordeu?  — O loiro provocou e recebeu um olhar mortal.

— Deidara é melhor parar de  provocar Sasori se não quiser ter a cabeça arrancada — Konan disse revirando os olhos. O loiro abriu a boca para retrucar porém a porta foi aberta e Kisame entrou arrastando uma garota que se debatia e gritava.

— Me solta seu sangue suga miserável — A Morena de olhos perolados rosnou se debatendo. A garota vestia uma roupa velha e estraçalhada, a mesma estava suja e seus cabelos estavam bagunçados e seu rosto estava abatido.

— O que é isso Kisame? — Sasori perguntou analisando a garota a sua frente.

— Encontrei essa belezinha no nosso território, é uma bruxa — O homem responde apertando ainda mas o braço da garota.

— Bruxa, e por que a trouce? — O ruivo perguntou com um olhar entediado.

— Ela não é uma bruxa qualquer, é uma Hyuuga ela pode ver o futuro — O Homem respondeu com um sorriso perverso e Sasori se levantou.

— Hyuuga, pensei que não tinha sobrado ninguém daquele clã — O ruivo disse com a mão no queixo.

— Essa é a última — Kizame respondeu com um olhar maldoso.

Sasori foi a passos lentos até a garota que o olhava com um olhar de ódio. Ele deu uma volta ao redor da garota e a anlizou por inteiro. Olhou os olhos da garota e ficou pensativo dando um pequeno sorriso depois de um tempo.

— Sasuke Uchiha, quero que veja o Futuro e me diga se vou matar esse infeliz — Ele disse com ódio no olhar ao se lembrar do Uchiha.

— Pensa que é só eu querer que acontece? as visões vem quando querem eu não controlo isso — Ela disse dura e ele ficou a encarando por um tempo.

— Então trate de achar um jeito de controlar — Ele disse apertando o queixo da garota.

— Tira essas mãos imundas de mim — Ela rosnou cuspindo na cara dele.

— Como ousa cometer uma audácia dessas sua bruxa imunda? — Konan rosnou ficando em pé encarando a morena com ódio.

— Vão pro inferno — Hinata rosnou.

— Como agente vai pro inferno se já morremos? — Tobi sussurrou para Deidara que revirou os olhos e lhe deu um soco na cabeça.

— Cala a boca só fala merda — O loiro disse bufando.

A porta foi aberta outra vez chamando a atenção de todos para  o homem que tinha a  metade da pele preta e outra branca. Zetsu era um meio bruxo ele era filho de um vampiro com uma bruxa porém o mesmo  só despertou o lado bruxo, ele era o novo informante de Sasori.

— Até que enfim, consegui algo? — Sasori perguntou um pouco curioso.

— Aconteceu uma coisa estranha. Na noite passada o Uchiha se descontrolou e matou um homem que estava querendo violentar uma garota e logo depois ele atacou o filho do Xerife, isso causou um caos naquela vila. — Zetsu disse deixando todos pensativos.

— O Uchiha matou um humano? isso nunca aconteceu, ele é tão controlado é difícil imaginar aquele fracote matando um humano — Sasori disse desconfiado.

— Eu não sou tão inútil, claro que notei que o mesmo sempre vai a uma casa como se estivesse vigiando-a e para minha surpresa a garota que ele salvou mora lá junto com uma bruxa — Zetsu disse atraindo a atenção de todos para ele inclusive Hinata.

— Interessante, o que uma Humana faria com uma bruxa? e por que o Uchiha se interessaria por uma humana? será seu novo jantar? — Sasori murmura enquanto andava em círculos.

— Eu não sei, a certeza é que essa Humana o fez perder o controle e o mesmo matou um homem — Zetsu respondeu.

Todos ficaram em silencio e pensativos, Sasori fazia caras e bocas tentando intender seu inimigo.

— Você disse que ele sempre vigia a casa? — Dessa vez quem perguntou foi Konan.

— Sim, e sempre a acompanha até ao colégio também — Zetsu lembrou.

— Interessante ele a protege — Hidan que até agora estava calado se manifestou.

— Mas por que? — Sasori deixou a pergunta no ar.

— Provavelmente por que ela deve ser a marcada dele seus burros — Hinata disse revirando os olhos, vampiros eram tão burros, e ainda querem ser a espécie dominante.

Sasori a olhou surpreso e confuso pois uma Humana não poderia ser uma marcada de um lobo era contra as regras. Então o Uchiha estava quebrando as regras, Sasori sabia que poderia esperar tudo de Sasuke.

— Eu acho esse negócio de marcada entre os lobos tão legal, por que nós também não temos marcadas? — Tobi perguntou pulando e recebeu um olhar mortal de Deidara.

— Isso é contra as regras eles não podem se relacionar com Humanos — Konan disse séria.

— Não importa, essa foi a melhor descoberta que você já fez Zetsu, aquele cachorro fedorento vai me pagar por tudo o que me fez — O ruivo disse com um sorriso sádico.

— O que pensa em fazer? mata-la?— Konan perguntou curiosa.

 — Não tenho uma ideia melhor —  Sasori pensou um pouco e olhou para Hinata.

— Você bruxa, vai para Konoha e dará um jeito de conseguir a confiança da garota. Zetsu disse que ela mora com uma bruxa, será fácil se fingir de coitada e conseguir a confiança dela. Depois você dará um jeito de traze-la para mim e eu vou fazer aquele infeliz pagar do jeito mas doloroso possível, usando o sentimentalismo. Ele deve gostar muito dela a ponta de matar alguém, lobos são tão patéticos — Ele disse soltando uma gargalhada.

— Eu não vou fazer nada disso — A morena disse indignada.

— Você vai, ou morre — Ele disse encarando no fundo de seus olhos com um olhar sombrio.

— Por que você mesmo não pega a garota? ou manda um desses otários? — Ela rosnou.

— Agora ela ofendeu geral — Tobi sussurrou e Deidara revirou os olhos.

— Não podemos, assim que entrarmos na vila aqueles cachorros sentiriam nosso cheiro e uma guerra começaria. — Sasori respondeu sério.

— E por que não manda esse projeto de meio bruxo? — Ela apontou para Zetsu.

— Eu sou só um informante, não estou afim de me envolver em lutas de lobos — Zetsu disse se defendendo, pois o mesmo sabia que o Uchiha iria ficar possesso.

— E eu também não quero me envolver nisso — Hinata disse olhando para Sasori, ela sabia que não se deve mexer com a marcada de um lobo.

— Não tem que querer nada, ou faz ou morre — Ele disse se sentando em seu trono.

— Eu não tenho medo de você, pode me matar eu não ligo — Ela disse séria e Sasori ficou a encarando.

— Não se importa de perder essa vida medíocre? — Ele perguntou desconfiado.

— Não — Ela disse amargurada, na verdade se importava mas só por causa de alguém especial, alguém que estava a esperando.

— Não querendo me meter mas já me metendo, ela tem uma irmã, uma irmã mas nova as duas são as últimas Hyuugas vivas — Zetsu disse recebendo um olha mortal de Hinata.

— Desgraçado — A morena rosnou tentando avançar no Homem porem Kisame a segurou mas firme.

— Você disse que ela era a última — Sasori disse com um olhar acusador para Kisame.

— Foi mal, acho que me enganei — Ele disse abaixando o olhar.

— Incompetente, bom vou falar só uma vez, você vai fazer o que eu mandei o sua querida irmã morrerá — Ele disse sombrio e Hinata apertou os punhos de ódio.

Ela só vivia  por Hanabi sua irmã mas nova que estava em uma pequena cabana no meio da Floresta, ela fazia de tudo para dar o que comer para a irmã inclusive usar seu poder de ver o futuro como meio de ganhar dinheiro, estava atrás de comida quando foi capturada por aquele sangue suga. E agora se meteria em uma briga de lobos e vampiros, tudo por ela, tudo por Hanabi a única família que restara pois não tinha mas nada.

Continua...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...