História I Need You - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Lobos, Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Exibições 273
Palavras 3.298
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Desejo


 

I Need You

 

Ele rosnou, a mesma era mais viciante do que pensava. Seus lábios tinha gosto de cereja e ele estava indo a loucura  com aquele misero beijo. A colou em seu corpo com força levando as mãos por debaixo da blusa de frio e apertando a pequena cintura da garota fazendo a mesma arfar. 

Quando a rosada perdeu o ar ele puxou aqueles deliciosos lábios rubros com os dentes e foi em direção ao pescoço da mesma começando a mordiscar e a chupar com certa força, ela era tão cheirosa, podia sentir seu cheiro doce a quilômetros.

Ela revirou os olhos abrindo a boca soltando um suspiro, seu corpo estava pegando fogo e a mesma não sentia mais nem um quesito de frio. Em um momento de lucidez o moreno tirou a blusa de frio da garota a deixando com uma blusa de manguinhas preta, ele a pegou no colo e a apertou contra o seu corpo a prensando em uma árvore próxima começando a passar as mãos por todo o seu corpo. Ela pode sentir que o mesmo era tão quente como fogo, Ela estava tão alucinada que seu corpo tremia por inteiro.

Estava descontrolado e não sabia se conseguiria parar. Voltou a beija-la como se sua vida dependesse disso, e ela levou as mãos aos  cabelos do moreno os puxando enquanto o mesmo apertava firmemente as coxas da garota a fazendo gemer.

 O moreno soltou outro rosnado mordendo os lábios da garota que ofegou apertando o braço dele com certa força. Era notável a diferença de tamanho deles, pois a garota era pequena e toda delicada, já o mesmo era grande e musculoso e não tinha nem um pouco de delicadeza.

— Minha — Ele rosnou mordendo os lábios da mesma que gemeu fazendo o moreno se descontrolar. Os gemidos dela eram como música para seus ouvidos. A garota o olhou nos olhos e se assustou com aquela imensidão vermelha que a olhava como se fosse a devorar.

— Se..us olhos es..tão vermelhos — Ela sussurrou com a voz entrecortada o olhando de olhos arregalados.

— Droga — Rugiu a soltando bruscamente e se afastou passando as mãos nos cabelos arrepiados.

Sakura se apoio na árvore ofegante, sua mente estava girando e a mesma estava confusa e com o corpo queimando em desejo. Não estava conseguindo se manter em pé pois suas pernas estavam bambas.

— O que esta acontecendo? — Sussurrou para si mesma colocando a mão no peito sentindo seu coração acelerado.

Sasuke soltou um suspiro e tentou se acalmar, não podia perder o controle agora, iria assusta-la e talvez machuca-la. Deveria ser proibido uma garota ser tão perfeita daquela maneira. Ele olhou para frente e viu a casa da garota a poucos metros, voltou o olhar para ela e a mesma o olhava confusa e envergonhada.

— Eu preciso ir agora, vá para casa depois nos falamos — Ele disse sério e se virou indo em direção a floresta a passos rápidos. Essa ideia de acompanha-la todos os dias até o colégio não daria certo, ele iria perder o controle.

— O que? — Ela perguntou atordoada porem já era tarde pois o moreno já avia desaparecido e a mesma estava sozinha. 

O que aconteceu ali? ele tinha a beijado? Como ele teve a audácia de roubar seu primeiro beijo? aquele beijo foi tão..tão avassalador, ele parecia que iria a devorar.

Os olhos deles estavam vermelhos, como os olhos dele mudaram de cor? seria possível uma coisa dessas?

A garota fazia uma guerra interna tentando entender o que estava acontecendo, só despertou quando sentiu o frio lhe tomando por inteiro e olhou para o chão a procura de sua blusa de frio. 

Se abaixou pegando a blusa e quando foi a vesti seus olhos bateram em sua cintura, ela levantou um pouco a  blusa e engoliu em seco olhando as marcas de dedo avermelhadas. Ele tinha a apertado tão forte assim? Que audácia e sua parte fazer aquilo com ela e a deixar igual idiota para traz. Balançou a cabeça e pegou sua mochila começando a andar em direção a sua casa a passos lentos tentando acalmar seu coração.

— Ele roubou meu primeiro beijo, o que ele quis dizer com minha? — Murmurou pensativa com a mão nos lábios.

Chegou em sua casa e abriu a porta entrando pensativa, passou pela sala e nem reparou a garota que a avaliava por inteiro.

— Olá — Hinata disse entortando a cabeça observando a rosada.

— Quem é você? — Sakura perguntou se virando assustada. Hinata avaliou a garota e percebeu que a mesma era muito bonita, a rosada tinha um cheiro doce que poderia se sentir ao longe e aura dela, era pura.

— Sou Hinata, desculpa assusta-la — A morena disse com a voz baixa.

— Tudo bem eu estava distraída — A rosada disse dando um pequeno sorriso e Hinata a olhou de esguelha. 

"Ela parece ser  fraca e sonsa, não sera difícil arrasta-la daqui" — Hinata pensou avaliando a garota a sua frente.

— Sakura — Chiyo apareceu com um copo de água.

— Oi vovó — Sakura disse se virando para a mulher.

— Já conheceu Hinata? ela ficara conosco por um tempo — Chiyo disse entregando a água para Hinata que agradeceu.

— Sim, conheci — Sakura disse e parou para analisar a morena e viu que ela estava em péssimo estado.

— Sakura querida, será que você poderia emprestar uma roupa para ela? — Chiyo perguntou se virando para a rosada.

— Claro, vem comigo acho que você precisa de um banho — Sakura disse e Hinata concordou e se levantou começando a seguir a rosada com dificuldades.

Elas subiram a pequena escada e Sakura guiou Hinata até seu quarto. A rosada foi até o guarda roupa e Hinata parou no meio do quarto o analisando. A morena pode sentir o cheiro de um lobo no quarto, ela olhou para a rosada e constatou de quem o cheiro era. 

Pelo que Zetsu disse ele sempre vigiava a casa não seria surpresa nenhuma ele ter entrado no quarto. E em falar em lobo ela sabia que ele era o único   problema dela, era perigoso pois a mesma sabia que estaria mexendo com algo valioso de um lobo e se não tomasse os devidos cuidados poderia acabar morrendo por um lobo. As imagens de sua visão vieram atona e ela balançou a cabeça assustada.

— Aconteceu algo? — Sakura perguntou vendo a morena balançando a cabeça.

— Não, era só uma mosca — A morena disse dando um sorriso torto e Sakura assentiu entregando muda de roupa para a garota.

— Aqui esta, Tem toalha no banheiro. — Sakura disse e levou Hinata até o banheiro.

— Obrigada — A morena agradeceu e fechou a porta.

Sakura ficou parada por um tempo em frente a porta e depois se virou indo para seu quarto. Ela fechou a porta e se jogou na cama fechando os olhos, aquele beijo não iria sair de sua cabeça tão cedo. Queria entender de onde vinha todo aquele desejo que ardia feito chamas em seu corpo, ela não sabia o por que mais queria sentir aquela sensação outra vez.

— Sakura querida, o almoço esta pronto — Chiyo apareceu na porta fazendo a garota despertar de seus pensamentos.

— Ah claro, Hinata ainda está no banho e eu queria falar com você vovó — A garota disse se sentando na cama e Chiyo entrou no quarto indo em direção a menina.

— Diga minha filha, o que lhe aflige? — A mulher perguntou se sentando na cama olhando a garota atentamente.

— Eu queria falar sobre o seu amigo que esteve aqui outro dia — A garota disse inquieta.

— O Sasuke? — Chiyo perguntou já sabendo a resposta e Sakura concordou com a cabeça.

— É que hoje ele me acompanhou até o colégio — Ela disse e Chiyo assentiu já sabendo de tudo isso.

— Sim eu sei, acho que ele lhe acompanhará todos os dias agora — A mulher disse revirando os olhos.

— Todos os dias? — A garota perguntou surpresa, se no primeiro dia aconteceu aquele beijo devorador o que aconteceria nos outros dias?

— Sim, o que aconteceu? parece assustada. — Chiyo perguntou a analisando e a garota corou.

— É..eu..é...ele...ele é estranho — Ela disse nervosa e Chiyo a olhou desconfiada.

— O que ele fez com você? — Chiyo perguntou tendo muitas coisas em mente.

— Ele?..é..nada não foi nada — Ela disse balançando a cabeça rápido demais, como contaria a sua vó que ele roubou seu primeiro beijo? e que parecia que iria a devorar a qualquer momento?

— Tem certeza? — Ela perguntou erguendo uma sobrancelha.

— Tenho — Ela sussurrou mordendo os lábios.

— Ele te beijo — Chiyo constatou soltando um suspiro.

— Como você..? — A garota perguntou de olhos arregalados.

— Aquele Uchiha não perde tempo mesmo — Chiyo sussurrou em um resmungo.

— Vovó olha eu.. — Sakura tentou falar algo gesticulando com as mãos.

— Tudo bem querida, você não tem culpa do descontrole daquele homem, mais me diga, ele fez mais alguma coisa? — Chiyo perguntou preocupada.

— Não..ele..eu não sei...de repente ele me beijou falando que eu era dele — A garota disse confusa.

— É, bem típico dele — A mulher disse irônica.

— Por que ele fez isso? por que ele esta agindo dessa forma comigo? não faz sentido eu. estou confusa — A garota disse começando a andar pelo quarto.

— Sakura, a muitas coisas na vida que não são como nós imaginamos — A mulher disse se levantando e a garota parou de andar e a olhou.

— Do que esta falando? — A garota perguntou confusa.

— Você irá entender um dia, mais saiba que eu te amo muito — A mulher disse e a abraçou deixando a garota surpresa.

Do outro lado da porta Hinata escutava tudo, isso era loucura até para a ela. Como uma humana poderia ser marcada de um lobo? aquela garota deveria morrer pois estava colocando em risco a vida de todos os seres sobrenaturais. 

A garota era frágil e boba, ela não iria se acostumar com aquela realidade, ela poderia dar com a boca nos dentes e uma guerra não só entre os seres sobrenaturais aconteceria, mais também uma guerra em toda a humanidade.


oOo

 

O moreno correu as passos pesados ofegando até chegar em sua casa, passou por todos sem dar atenção a nada e nem reparou quando Naruto o chamou. Entrou apressado em sua casa tirando a roupa e foi para o banheiro. Estava pegando fogo e precisava de um banho de água fria urgente. Estava tão exitado que chegava a doer porem não iria se saciar com sua mão nem com outras mulheres, ele queria sua rosada pois só ela poderia saciar todo o desejo que o mesmo avia reprimido por anos. Ele estava irado de raiva, raiva dele mesmo e do desejo enlouquecedor que sentia.

Depois de longos minutos no banho de água fria saiu do banheiro enrolando uma toalha na cintura e com outra secava os cabelos os bagunçando ainda mais. Porem estancou no lugar quando viu algo indesejado em sua cama.

— O que faz aqui Karin? — Perguntou sério para a ruiva que estava deitada em sua cama.

— Sasuke — Ela se levantou e olhou para o corpo do moreno mordendo os lábios.

— Como entrou aqui? — Perguntou terminando de secar os cabelos e jogou a toalha em um canto qualquer.

— Você deixou a porta aberta quando entrou desesperado, por que perde seu tempo com aquela humana fraca que não pode dar o prazer que você merece? — A ruiva disse levantando da cama e foi a passos lentos até o moreno que não tinha uma expressão nada legal.

— O que você disse? — Ele perguntou começando a se irritar.

— A pura verdade, ela não vai te satisfazer Sasuke, você precisa de uma mulher  e não de uma criança apavorada — A ruiva disse colando as mãos nos peito exposto dele.

— Pare de falar asneiras e saia daqui. — Ele rosnou se soltando da mulher e saiu de perto dela.

— Eu posso dar todo o prazer que você merece Sasuke, eu sou toda sua, faça o que quiser comigo. — A ruiva disse tirando o vestido que vestia o deixando cair nos pés ficando completamente pelada.

Sasuke a encarou sério e depois desceu o olhar para o corpo da mesma, ele já tinha experimentado tudo naquele corpo porem nunca se sentiu satisfeito, ela não era feia, tinha pernas torneadas, barriga lisinha, seios grandes e uma bunda arredondada. Mais isso não adiantava de nada por que ele não sentia nada por ela, ele não sentia aquele desejo avassalador que senti por sua pequena.

— Vista sua roupa e saia daqui Karin, eu não tenho tempo para idiotices — Sua voz saiu fria e a ruiva não se deixou levar pelo fora e foi a passos rápidos até o moreno, ela parou em sua frente e levou uma mão até o sexo do moreno por cima da toalha e com a outra mão ela levou a mão dele até seu seio.

— Eu sou toda sua Sasuke, faça o que quiser comigo. — Ela disse com uma voz sensual e ele fechou os olhos com força ao sentir o apertou em sua parte intima que estava doendo de tanta excitação. 

 — Me use Sasuke — Ela sussurrou e ele abriu os olhos a olhando ferozmente. 

— Karin ponha se no seu lugar, como você ousa invadir minha casa e ficar nua na minha frente? e como tem a audácia de falar mal da minha marcada? eu sou líder dessa Alcateia e se você não sair daqui agora mesmo você terá sérios problemas. — Ele rosnou e ela o olhou surpresa engoliu em seco e pegou seu vestido no chão, se vestiu se sentindo rejeitada e se virou para o moreno que a fitava irritado.

— Sasuke — Ela tentou falar porem ele a impediu.

— Só saia daqui — Ele disse apontando para a porta e ela passou por ele de cabeça baixa se sentindo humilhada.

— Humana miserável, você me paga — Rosnou saindo da casa do moreno.

— O que fazia na casa do meu irmão Karin? — Tenten perguntou cruzando os braços olhando para a ruiva. Tenten fora adotada pelos Uchihas, Mikoto a tinha como filha e Sasuke a tratava como irmã.

— Estava lhe dando prazer. — A ruiva respondeu com um sorriso cínico.

— Deixe de ser mentirosa, Sasuke não precisa de você para dar prazer a ele — A morena disse revirando os olhos.

— Pois fique sabendo que ele implorou por mim e eu dei todo o prazer que ele precisava. — A ruiva disse sorrindo maliciosa e Tenten sorriu debochada.

— E por qual motivo você saiu com cara de mal comida e por que estava xingando a marcada dele? — A morena perguntou ficando séria e Karin a fitou surpresa.

— Não estava xingando ninguém, você esta vendo coisas Tenten — A ruiva disse revirando os olhos.

— Escuta aqui Karin pois eu vou falar só uma vez, eu sei que você é uma naja venenosa e invejosa que quer meu irmão a qualquer custo, mas saiba que ele já tem dona e para seu bem é melhor você se afastar dele e nem pense em fazer nada contra a Sakura está me ouvindo? Logo ela estará aqui conosco e se eu ver você como uma ameaça a ela eu acabo com você está me ouvindo? — A morena rosnou olhando seriamente para a ruiva que fechou a cara e ergueu a cabeça.

— Eu não tenho medo de você e nem das suas ameaças — Ela disse firmemente.

— Pois é bom ter, por que eu posso ser o seu pior pesadelo — A morena disse e se virou indo embora deixando a ruiva se remoendo de raiva para trás.

— HORA DO ALMOÇO PESSOAL — Mikoto gritou e todos começaram a ir em direção a grande cantina, ela era como uma tenda porem era de madeira cheias de mesas ao ar livre.

— Nossa já estava na hora, eu to morto de fome. — Naruto disse com a mão na barriga.

— Você sempre ta com fome Naruto. — Neji disse revirando os olhos e os dois entraram na fila para pegar a comida.

— Claro eu sou um lobo e tenho que estar sempre alimentado. — O loiro disse e Neji balanço a cabeça.

— Naruto acho melhor você dar um jeito na sua prima ou eu vou quebrar todos os dentes dela. — Tenten apareceu cortando fila e ficando ao lado de Naruto.

— Ei você não pode cortar fila. — Uma garota resmungou e Tenten a olhou mortalmente.

— Eu não estou cortando fila, meu namorado guardou o lugar pra mim — Ela disse irônica abraçando as costas de Neji que estava a sua frente e a garota bufou.

— O Neji não guardou lugar pra você. — Naruto disse e Tenten lhe deu um soco.

— Vai cuidar da sua vida loiro aguado — A garota resmungou.

— Neji da um jeito nessa garota. — Naruto resmungou passando a mão no ombro.

— Ela ta de TPM o único jeito e se afastar dela até essa fase passar. — Neji disse e Tenten se soltou dele o olhando mortalmente.

— ENTÃO É ISSO QUE VOCÊ PENSA DE MIM RAPUNZEL? QUE EU SOU UM MOSTRO QUE DEVE SER EXCLUÍDO PELA SOCIEDADE? — A morena gritou chamando a atenção de todo mundo.

— Eu não disse nada disso. — Ele respondeu revirando os olhos.

— NÃO REVIRA OS OLHOS PRA MIM SABE QUE EU ODEIO QUANDO FAZ ISSO. —  Ela gritou e ele abaixou a cabeça escultando as risadas das pessoas da fila.

— Ainda bem que eu não tenho namorada. — Naruto sussurrou olhando pra Neji com um olhar penoso.

— CALA A BOCA SEU PROJETO DE LOBO — A morena gritou apontando os punhos para o loiro.

— PODE PARANDO AI QUE EU NÃO SOU NENHUM PROJETO EU SOU UM LOBO ORIGINAL AO CONTRÁRIO DE VOCÊ — Naruto gritou apontando o dedo na cara de Tenten.

— MAIS O QUE É ISSO AQUI? SILÊNCIO OS DOIS OU EU VOU DEIXA-LOS DE CASTIGO, SEM COMIDA POR HORAS —  Mikoto apareceu com uma colher de pal apontando para os dois brigões.

— NÃO POR FAVOR TUDO MENOS FICAR SEM COMIDA — O loiro gritou juntando as mãos quase chorando.

— ENTÃO CALEM A BOCA, SERÁ QUE NÃO PODEM PARAR DE BRIGAR NEM NA HORA DA REFEIÇÃO? — Ela gritou e eles abaixaram a cabeça.

— Desculpa mãe — Tenten disse fazendo bico.

— Desculpa Tia — Naruto disse de cabeça baixa.

— Hum, ótimo agora esperam em silêncio na fila — Mikoto disse erguendo a cabeça e saiu deixando os dois de cabeça baixa e Neji com a mão na testa de vergonha.

— Vocês só me trazem vergonha — Neji resmungou balançando a cabeça.

Tenten iria abrir a boca para falar porem Sasuke apareceu na cantina atraindo a atenção de todos. O moreno estava com uma cara horrível e todos sabiam que não seria legal mexer com ele naquele estado. Ele passou por todos e pegou uma bandeja com comida e se sentou em uma mesa afastada começando a comer com certa brutalidade.

Naruto olhou para Neji que recebia um olhar mortal de Tenten e depois para Sasuke, o loiro balançou a cabeça e constatou que ele sim tinha sorte por estar sozinho.

— É, eu estou muito bem sem mulher, nós dois somos felizes não é mesmo meu amor? — O loiro disse sorrindo para o grande prato de comida.


oOo


            Enquanto isso na vila da névoa Hanabi era mantida dentro de uma sela. A mesma estava sentada  abraçada em seus joelhos com a cabeça entre as pernas. As lágrimas desciam de seus olhos e pingavam no chão gélido, ela ainda não tinha acreditado que sua irmã tinha feito tal crueldade com ela. Hinata a entregou de bandeja na mão do inimigo, ela a abandonou.

Escutou passos e a porta da sela foi aberta, ouviu o barulho de um metal caindo chão porem não ousou olhar.

— Aqui esta seu almoço — Ouviu uma voz fria e logo a sela foi fechada e os passos foram ficando distantes.

A garota levantou o olhar e avistou uma vasilha de metal com algo dentro. Se aproximou lentamente e rangeu os dentes ao ver a vasilha cheia de lagartas mortas. A garota rosnou e deu um baque surdo na vasilha a fazendo voar longe.

— Eu nunca vou te perdoar Hinata — A voz da garota saiu gélida se tornando um eco distante.

Continua...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...