História I Need You Boy- Imagine Jimin - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 324
Palavras 1.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não sei vocês mas.... EU ESTOU AMANDO DE FAZER ESSA FIC😄😄😄💜💜💜

Boa leitura 💜💜😊

Capítulo 5 - Punição...


Fanfic / Fanfiction I Need You Boy- Imagine Jimin - Capítulo 5 - Punição...

~Sinta meu toque, quero te deixar louca apenas com meus toques...Sim, eu te amo... mas não posso deixar que isso me domine...~

Park me olhava com um fúria que me dava medo. Meu corpo se contrai ao ver ele dessa forma.

- O que está fazendo aqui S/N!.-Me puxa dos braços do Jin.

- Vim me divertir um pouco.-Digo embolada por conta do álcool.

Naquele momento eu não fazia idéia do que eu estava falando apenas dizia o que vinha na minha cabeça.

- Olá... Você deve ser o irmão da S/N.-Diz Jin se apresentando.

- Irmão?.-Diz inconformado.

- Sim!. Prazer eu sou Kim SeokJin.-estende a mão.

- Não me interessa que è você. Eu quero saber o que você está fazendo com ela, seu bastardo!.-Puxa Jin pela gola de sua camisa fazendo com que todos olhassem 

- Ya! Park! larga ele.-Digo zonza indo para cima dele mas quase caio.

- Vem! vamos pra casa.-Me põe em seus braços. 

Sou carregada por Park até seu carro.Ali eu ja não sabia aonde está Yuno e nem sabia o que falava.

- Preciso procurar minha irmã.-Digo bêbada saindo cambaleando do carro.

- S/N! Volta aqui!.-Me agarra com suas mãos fortes.

- Eu preciso cuidar dela.- Tento sair de seus braços. 

- Jungkook já está cuidando dela.-Diz tentando me segurar.

- Park... Você è forte.-Digo passando meus dedos em suas veias expostas.

Park da uma risada nasal e diz.

- Vem! você precisa de um banho.- Me pega no colo.

O caminho foi rápido, Park não dizia nem uma palavra e então eu encostei minha cabeça no vidro tentando para a dor de cabeça. 

⏰Quebra do Tempo⏰

Ao chegar em casa vejo que a luz do quarto de Yuno estava acesa então eu queria ver se ela estava bem.

- Minha irmã chegou... quero ver como ela está. -Digo cambaleando.

- Não queria ir lá. Jungkook está cuidando ela.-Me segura pelo braço. 

Park me leva até minha cama e me deitar e fica me olhando. Park suspira fundo e diz.

- O que eu faço com você hein S/N?.-Coloca as mãos na cintura.

- Me beija.-Me levanto ficando em sua frente.

- Vá tomar um banho!.-Diz olhando pra mim.

- Park!Park!Park!... Por que você è tão mandão?.-Digo subindo na cama e ficando em pé.

- Por que eu sou o domador. Você è minha submissa.-Se aproxima de mim.

- Não sou sua submissa.-Protesto.

- Vem vou te dar banho.-Me joga em seus ombros.

- Park... Você tem um bumbum gostoso.-Digo apertando.

Park ri e me põe no chão. Ele começa a abaixar o zíper do meu vestido em minhas costas e deixa o mesmo cair em meus pés. Park desabotoando meu sutiã e os tira de mim jogando no chão. Ele me virando e olha meus seios com olhar de luxúria. E por fim tira minha última peça.

-Gosta do que ver?.-Digo com um sorriso sapeca. 

Simplesmente não era eu em que estava em meu corpo. A S/N santinha tinha sumido. Me arrependo amargamente de ter bebido tanto.

- Todo homem gostaria ver você desse jeito.-Diz.

- Toma banho comigo.

- Senhorita... não deve dizer essas coisas.- Morde o lábio inferior 

- Por que não?.-Digo quase caindo.

- Por que não quero tomar banho com você inconsciente.-Sussurra em meu ouvido

Park me põe no chuveiro e liga na água gelada meus pelos arrepiam todo, a agua gelada ardia minha pele.

Depois de muita luta eu tomei banho Park me carrega pelos braços até minha cama e me seca. 

- Tome! coloque isto.-Diz ele tirando sua camisa social branca.

- Nossa... seu corpo... è...Excitante.-Digo sentada olhando cada gominho.

- S/N, S/N, S/N...-Sorri

- Sabe, Park...Você deveria sorrir mais.-Me aproximo colocando sua blusa.

- Por que?.- Me fita.

- Gosto do seu sorriso.-Digo ficando bem próximo de seu corpo.

- Voce merece uma punição senhorita.-Cola nossos corpos.

Sinto sua ereção em minha intimidade, meu corpo se contrai minhas pernas fraquejam. Fico excitada apenas com seu olhar.

- P-puniçao?.-Gaguejo 

- Acho que alguém está ficando consciente.-Diz malicioso . 

- P-park...-Sussurro.

Park me pega no colo entrelaçando minhas pernas em sua cintura, e logo me choca conta a parede.

- Por que saiu escondida S/N?.-Diz sério. 

- M-me desculpe senhor.-Digo 

- Voce me desobedeceu S/N. E o que tenho que fazer quando você quebra alguma regra?.-Passa seu dedo em meus lábios.

- M-me punir?.-Digo receosa. 

- Oh,S/N....-Geme.- Por que beijou aquele cara?.-Diz sério. 

- Estava bêbada.-Digo.

Ainda com minhas pernas entrelaçadas em sua cintura ele me guia até a cama e me joga com uma certa força e sobe em cima de mim.

- Voce ainda está com o gosto do beijo horrível desse cara.-Sussurra em meu rosto.

- Me desculpe...-Digo olhando sua audácia.

- Sabe como irei tirar esse gosto de sua boquinha?.-Diz mordendo seu lábio inferior.

- N-nao...

Park se aproxima de meus lábios e bem beija ferozmente. seu beijo era de desejo e ousadia. Sem aviso ele invade minha boca com sua língua. Ele mordendo meu lábio inferior e suga a minha língua. Com séries de beijos Park estimula estocadas sob minha intimidade e rapidamente solto um gemido.

- P-park...-Gemi seu nome.

- Voce não sabe quanto tempo esperei por você gemendo meu nome.-Sussurra rouco.

Ele desce sua a mão até minha intimidade e passa seu dedo em minha entrada molhada.

- Tão molhadinha. Você não sabe a vontade que tenho de brincar com você S/N.-Chupa seus dedos

Por desejo eu Digo. 

- Então brinque.-Sussurro.

- Não. Hoje não... Esse será uns de suas punições. 

Park se levanta e diz.

- Vai dormir senhorita. Já está tarde. Amanhã quero ver você bem disposta para trabalhar, pois terei um  almoço especial aqui.-Diz saindo do quarto.

S/N Off*

Yuno On*

- Jeon... Me solta você è muito chato e mandão. -Digo já nua depois do banho em que me deu.

- Yuno! Vem até aqui!.-Diz sério. 

- Não!  vem você me pegar.-Digo batendo o pé.

- Se eu te pegar te deixo de cadeira de rodas.-Se aproxima de mim.

- Voce não è de nada Jeon.-Digo

- Aposto que sou melhor do que aquele cara que você estava te beijando. 

- Não se garante tanto assim Jeon.-Passo meus dedos em seus lábios. 

- Voce não está bem Yuno.-Diz me puxando pelo braço e pegando uma blusa grande e colocando em mim.

- Jeon.... Por que você è assim?.-Digo me sentando na cama.

- Assim como?.- Me olha.

-Voce me lembra um amigo meu.-Digo me deitando por conta da dor de cabeça. 

- E como ele è?

- Não sei... só sei que ele se parece com você. Seus dentes de coelhinho me lembra muito ele.-Digo o olhando

- Voce è louca. -Sorri

- Jeon...-Digo manhosa.

- Hum?

- Dorme comigo hoje?.-Digo manhosa.

- Não posso.-Diz 

- Pode sim.-Digo puxando ele é o mesmo cai na cama.

Jeon deita comigo e cola nossos corpos. Sentir os toques do Jeon era excitante, sua respiração quente em meu pescoço me causava arrepios. Jeon me vira para seu lado e diz.

- Por que você deixou aquele cara passar a mão no seu corpo?.-Diz sério. 

- Por que se importa ?  Você não è nada meu.-Digo e já me arrependo pelo seu olhar.

- Voce è minha Yuno!... È você sabe disso!.-Sussurra.

- Não não sou.-Sorrio sapeca.

- Vou te ensinar a não me desobedecer.-Diz se levantando e me colocando em seu colo de bruços.

- Diz que você è minha Yuno!.-Ordena.

- Não!  Não sou sua Jeon. 

Jeon levanta minha blusa e da um tapa forte em minha bunda.

- Diz que è minha!.-Ordena.

-Não!.-Digo de olhos fechados

Jeon da três tapas fortes e diz.

- Diz Yuno.

- Eu sou sua Jeon.-Digo mordendo meu lábio inferior.

Sinto a ardência em minha bunda e isso doía, mal conseguia sentar.

- tenha uma boa noite Yuno.-Diz se levantando e saindo do quarto.

Yuno Off*

S/N On*

Na manhã seguinte....

Acordo com os raios do sol invadindo meu quarto, abro meus olhos e sinto uma dor de cabeça imensa. Me assusto ao lembrar da noite passada, olho para o lado e vejo que em cima do criado mudo tinha uma água e um remédio importante um bilhete do lado.

Bom dia senhorita... Espero que tenha pensado direito no que fez na noite passada... Você me desobedeceu e isso terá consequências... Beba esse remédio, não quero ver você com dor de cabeça... -Atenciosamente Park Jimin.

- Meu Deus...-Pulo da cama.

Procuro meu celular é vejo que está 11:45.

- O almoço que Park me avisou!.-Digo assustada.

Me arrumo em 10 minutos quando chego lá em baixo vejo Yuno correndo atrasada também. Ela me olha e apenas faz canal que tudo deu errado. Yuno e eu nos aproximamos de Diana que já estava arrumando a mesa para o tal almoço.

- Diana... tem um motivo para esse almoço tão especial?.-Digo pegando os pratos e  Yuno as taças. 

- Sim! São para as noivas do senhores que viram comemorar o início do noivado.-Diz ela.

- O QUE????.-Yuno e eu deixamos cair os pratos e taças que seguravamos.



CONTINUA... 






Notas Finais


Eitaaaaaaaa....
Como assim noivas ?????

😨😨😨😨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...