História I need your help. - (imagine Jeon JungKook) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Sehun, Suga, V, Xiumin
Tags Bts, Jeon, Jungkook, Kook
Visualizações 133
Palavras 858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - VIII


- Acho que já está tudo pronto. - falei pra mim mesma enquanto olhava ao redor da minha sala. Eu já tinha arrumado tudo para quando o garoto chegasse.

Olhei no relógio, quatro e vinte e três da tarde, faltavam exatamente sete minutos e trinta segundos para rever o meu garoto. Sim, eu estava contando até os segundos. Vocês devem estar se perguntando o por quê, bom, nem eu sei. Talvez seja... ansiedade?

Sentei em minha poltrona de couro preta afogada e me permiti relaxar enquanto esperava o garoto.


                          ☆


- Mas que merda! - exclamei baixo, porém frustrado. Eu não consegui dormir um minuto sequer essa noite. Toda vez que tentava, o rosto angelical da garota apareciam na minha mente. Só de pensar que em alguns míseros minutos eu estaria frente a frente com aquele rosto maravilhoso, minhas pernas pensam em fraquejar, meu estômago revira, meu corpo arrepia. - Será que ela está ansiosa para me ver também? - murmurei a mim mesmo. - Aigoo, eu tenho que parar de pensar essas coisas. Ela não deve sentir o mesmo. Nem eu sei o que sinto direito. Que saco!

- Hey, Kook. - ouvi uma voz doce feminina, me virei em direção à porta e vi ela. - Vim te buscar para a nossa sessão. - sorriu doce e veio até mim. - Vamos? - assenti com a cabeça e saímos.

No caminho eu só pensava se valeria a pena falar com ela normalmente. Só isso mesmo, eu estava com tanto sono, que mal podia pensar em algo. Quando chegamos em frente à sala, avistei Namjoon parado feito um poste.

- Nam. - ela o chamou. - Quero apenas avisar que a sessão será prolongada. - franzi o cenho. - Busque ele as oito e meia. Ah, e certifique-se que ninguém irá me atrapalhar ou ao menos passar pelo corredor. Preciso de privacidade para esse tratamento delicado. - tá, alguém me diz o que foi aquilo? Ela vai fazer o quê? Eletrochoque? - Vamos, JungKook, entre.

Entrei em passos lentos e pude ver um sofá-cama aberto com duas cobertas grossas e bem alinhadas, além de dois travesseiros que, aparentemente, eram macios. Tudo que eu queria naquele momento era deitar ali e só acordar no dia seguinte. Estava realmente um frio assustador.

- Gostou? - sorriu animada. Foi até sua mesa e se aproximou de mim com duas canecas que cheiravam ao chocolate-quente da minha omma. Peguei a caneca devagar e assoprei. A garota sorriu e se sentou em uma das poltronas olhando para mim. - Espero que goste. - bebeu um pouco do seu, repeti seu ato. Realmente estava muito bom. - Então, Kook, posso te chamar assim né? - assenti fraco. - Ótimo. Bom, eu sei que você não dormiu essa noite. - ué. - Por isso fiz essa cama improvisada para você e o chocolate. Eu tomava um pouco de noite quando minha omma fazia, me ajudava a dormir, pensei que ajudaria a você também. - sorriu. - Pode se deitar aí, não se preocupe, não irei te incomodar e nem ficar falando sozinha, já que você não quer falar comigo. - seu tom era triste, abaixei a cabeça. - Mas tudo bem. Você ainda não está confortável, esperarei por você. - por dentro eu dei um sorriso enorme, por fora, apenas um mínimo. - Então vá. - veio até mim e pegou minha caneca já vazia. - Descanse, e não se preocupe com o horário, se você precisar eu estendo a sessão para mais oito horas. - riu e colocou as canecas em cima da mesa, me olhou séria. - Eu só quero te ver bem.

Depois dessa frase eu deitei e me enterrei nas cobertas.


(...)


Acho que já fazia uns trinta minutos que eu estava tentando dormir e nada. A presença dela me deixava nervoso, acho que a mesma percebeu pois caminhou até mim e me olhou.

- Não consegue dormir? - perguntou. Balancei a cabeça. - Posso te ajudar com isso? - fiquei em silêncio. - Vou levar como um sim. - ela se sentou do meu lado em posição de índio e pôs um travesseiro em seu colo. - Deita aqui. - meio relutante, eu deitei, segundos depois senti um carinho em meus cabelos. Não demorou nada até que eu pegasse no sono profundo.


(...)


*toc toc*

Acordei com alguém batendo na porta, olhei ao redor e vi que ainda estava no colo da garota, ela dormia calmamente, mas pude ver que a mesma tremia de frio. Me levantei devagar para não acorda-lá, já em pé, coloquei as duas cobertas sobre ela. Observei seu rosto e vi que tinha uma mecha de cabelo atrapalhando minha visão, afastei delicadamente e passei meus dedos levemente em sua bochecha.

- Obrigada. - sussurrei. Sai devagar, encontrando o Namjoon do lado de fora me esperando. Voltei ao meu dormitório revigorado, quando finalmente fiquei sozinho, sorri como nunca, minhas bochechas chegaram a doer.


                        ☆


Acordei e percebi que meu garoto não estava mais no meu colo, mas eu estava toda coberta.

Será que ele que me cobriu?

Sorri com essa possibilidade e me ajeitei mais um pouco, fiquei olhando pro nada e pensando nele. 


Acho que estou apaixonada.


Notas Finais


Ignorem os erros, irei revisar depois <3
Bjos, e comentem o que acharam!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...