História I never fell in love again! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Piece
Personagens Bellemere, Boa Hancock, Donquixote Rosinante "Corazón", Eustass Kid, Franky, Jewelry Bonney, Koala, Koshiro, Kuina, Monkey D. Luffy, Nami, Nefertari Vivi, Nico Olvia, Nico Robin, Nojiko, Personagens Originais, Portgas D. Ace, Roronoa Zoro, Sabo, Sanji, Smoker, Tashigi, Tony Tony Chopper, Trafalgar D. Water Law, Trafalgar Law, Usopp, Viola
Tags Luhan, Sana, Zorobin
Exibições 87
Palavras 3.790
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa tarde pessoal, como vocês estão, eu to bem. Hoje eu trouxe um capitulo grande, espero que gostem, obrigado pelos comentários, espero mais huhu, bom sem enrola vamos lá huhu

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction I never fell in love again! - Capítulo 3 - Capítulo 3

Narrador por Luffy-

 

Acordei cedo com o barulho de panela da minha dadan, me sentei sobre a cama e encarei os lados. Percebi que nenhum dos meus irmãos se encontrava por ali, então provavelmente já estavam se arrumando.

-anda garoto, levanta logo e vai se arrumar - dadan puxou minha orelha.

-tudo bem, já estou indo - disse por fim.

Levantei-me e separei minhas coisas, primeiro peguei uma bermuda (não gosto de calça), depois peguei a minha blusa da escola, uma cueca, e logo depois meu chapéu de palha.

Assim que peguei lembrei-me daquela menina ignorante. Serio qual é o problema dela?

-ei Luffy vai logo para o banheiro - Sabo me tirou do trans

-o Ace não está lá? - perguntei

-não, o Ace já ta lá embaixo. É melhor você correr se não ele vai come tudo! - disse por fim

-tem razão

Sai correndo para o banheiro, entrei e comecei a fazer minha higiene matinal.

~Quebra de tempo~

 

Assim que já arrumado e de barriga cheia saio de casa e entro no carro que meu avô comprou para o Ace, Sabo e eu. Claro só eles podem dirigir, porque ainda to longe de ficar maior de idade, já que tenho apenas quatorze anos. O bom é que meus irmãos já são maiores de idade, ai fica tudo mais tranquilo.

~Quebra de tempo~

 

Ace estacionou o carro e nos saímos, trancamos a porta e logo encaramos a escola. Serio em minha opinião é um saco estudar, só faço isso por ser necessário.

-bem Luffy até mais tarde - disse Ace

-até - sorrir e logo fui para a minha sala

Narrador por Zoro-

 

Logo depois que cheguei à escola me despedi das minhas irmãs gemias Kuina e Tashigui. Elas ainda estavam rindo da minha cara por causa de ontem. Serio como é que podem achar engraçado uma historia de roubo.

Aquela garota é melhor que ela tenha uma boa explicação por te roubado a minha bike e é bom que ela esteja sem nenhum arranhão.

~Quebra de tempo~

 

Assim que coloquei minha mochila sobre a mesa e fui a procura do Luffy meu melhor amigo. Assim que ia sai da sala vejo o mesmo entrar.

-Eai Zoro - me chama com a mesma felicidade de sempre

-já ia atrás de você mesmo - sorri

-Ué, mas por quê?

-a só pra ir mesmo, mesmo assim, tenho que ver se encontro a doida que roubou a minha bike - disse por fim.

-ta falando da Nico Robin?

-sei lá quem é essa - não sabia mesmo

-ué, é a garota que pegou sua bike!

-como sabe se é essa garota mesmo?

-é a garota que anda mal falada por causa do ex - ele falou com uma expressão indiferente, não sabia o que ele pensava naquele estante, e se tratando do Luffy... Bem é sempre fácil saber o que ele pensa

-que historia e essa de ex dela?

-senta ai

-acho que agora não é hora o professor já vai chegar e você sabe o tanto que o Moria é chato - falei entediado

O saco, todo esse problema agora, o pior e quem nem encontrei a menina doida e nem a minha bike.

Narrador por Sanji-

 

Mas um dia nessa bendita escola, realmente eu não vejo o porquê de estuda em escola partícula, preferia mil vezes estuda da One Piece. Bem mais como eu tenho um pai rígido... Não da muito para escolher.

-anda Sanji vamos logo - Reiju chamou-me

-já estou indo

Assim que entramos seguimos caminho para a sala. Umas das coisas mais chatas e te que estudar com todos os meus irmãos na mesma sala, a única legal entre eles e a Reiju.

Devem ta se perguntando como assim estuda com todos os meus irmãos? Bem somos cinco e somos todos gêmeos.

~Quebra de tempo~

 

Assim que entro na sala me deparo com a minha namorada, a Viola, ela é uma garota muito linda e eu sou completamente apaixonado por ela, ela tem a pele morena, cabelos pretos e compostos por cachos, seu olho e castanho escuro e tem um corpo perfeito. Estamos namorando há um ano.

-bom dia amo - me depositou um selinho

-bom dia Viola

Sentei-me ao lado dela e Reiju ao meu lado, meus outros irmãos não gostam muito de mim, então se sentaram longe. Logo o professor Pika chega e começa a passa a matéria.

Por um leve momento eu me lembrei da garota do taxi, ela me parecia uma pessoa muito legal e gentil, acho que se eu a conhecesse melhor iríamos nós da muito bem. Mas claro só iria ser amigo dela se a minha dama aprovasse, porque eu não quero ter brigas com a Viola.

Desse último ano ela foi a melhor coisa que me aconteceu e não quero a perde nem briga com ela por nada.

~Quebra de tempo~

 

Depois que assistir as três aulas escuto o sinal soar, me levanto e logo vou de encontro a Viola, pego na mão da mesma e vamos para o refeitório. Chegando lá me sento à mesa que já se encontrava Law, Rebecca, me sento-me à mesa acompanhado de Viola e Reiju, que vive comigo.

-bom dia pessoal - disse Rebecca

Rebecca é uma menina bem legal e bonita, tem treze anos, mesmo assim não deixa de ter um corpo formado. Seus cabelos eram rosa, sua pele era pálida e seus olhos tinha a cor castanha, assim como o da Viola que era sua tia.

-bom dia Rebecca - disse entre risos

Logo após cumprimentei Law e começamos a conversar, falamos sobre filmes, esportes, receitas, tudo que você possa imaginar, a não ser sexos, evitamos fala isso pela presença da Rebecca, não acho muito legal fala sobre isso perto dela.

Narrador-

 

Já era intervalo na escola One Piece, Luffy estava sentado junto de Zoro, Ace, Sabo e Usopp, todos estavam conversando sobre assuntos aleatórios, mas logo o esverdeado se lembra do que o moreno tinha lhe falado mais cedo, e sim ele estava um pouco curioso, sem conta que ainda procurava a menina pelas redondezas.

-então Luffy, agora me conta ai... Como conhece essa tal de Nico Robin? - disse sem mostra muito interesse

-assim acabei até me esquecendo de te conta nem, bem eu também não a conheço direito, só fiquei sabendo da historia que foi publicada no jornal da escola.

-como assim? - agora o garoto estava um tanto confuso

-lembra-se daquele Frank que bateu no Usopp e nos nós vingamos? - acenou com a cabeça que sim - então. Esse mesmo garoto a traiu e disse pra escola toda que ela era uma puta - disse por fim

-que cara mais babaca, mesmo assim ela não tinha o direito de rouba a minha bike - o mesmo sentiu uma veia salta sobre sua testa.

Logo todos do refeitório pararam para admirar o grupo de garotas adentrarem o local, sobre ele estava Hancock, Robin, Nami, Vivi, Koala e Baby 5.

Não demorou muito para Luffy e Zoro reconhecer as duas morenas que se encontravam sobre o grupo. Sem demora o esverdeado levantou-se e caminhou até a morena, cutucou a mesma e já foi logo falando:

-cadê a minha bike - a garota virou-se e ao ver o rapaz suou fria, como ela iria explica que tinha deixado a bike do rapaz cair em um penhasco.

-então... - tentava evita fala, mas logo uma ruiva diz:

-ela de sem querer tacou em um penhasco - na hora pode se ver um rapaz pasmo e com veias saltando sobre toda sua testa

-COMO ASSIM DEIXOU DE SEM QUERER A MINHA BIKE CAIR DE UM PENHASCO? - gritou

-quem você acha que é pra grita com a minha amiga? - Hancock se alterou

-olha você ai não se mete se não vai sobra pra você - disse com um olhar maligno que não afetou em nada a menina morena alta

-como assim vai sobra pra mim? - por sua vez a menina lançou um olhar demoníaco, logo a menina da um chute no meio do estomago do menino, fazendo todos se espantarem

Mesmo com a raiva que o garoto estava deixou passa, mas um moreno que observava tudo não deixou barato.

-EI VOCÊ AI - chamou a atenção de Hancock - quem você pensa que é pra chuta o meu amigo? - podia se ver um olhar de raiva no moreno

-olha se não é o moleque de ontem - sorriu sarcástica

-Hancock é melhor você para - Vivi se pronunciou

-você também Luffy - Ace vinha se aproximando, juntamente de Sabo

Logo o olhar do garoto foi em direção a azulada de pele pálida e olhos acinzentados.

-Vivi, por favor, não se meta, quem esses caras pensão que são pra vim grita com a Robin - disse por fim

-ele só não tem razão de gritar comigo, mesmo assim está certo em senti raiva - enfim Robin se pronunciou - tem como você me seguir - a morena falou e o esverdeado não falou nada - vou entender isso como um sim.

Assim que ambos saiam podia notar alguns comentários desagradáveis para a morena.

-vai pagar um boquete pra pagar pela a bike não é - disse um rapaz que logo foi acertado por uma ruiva que manejava ódio

-te calas, se não você vai ver o que é apanha de verdade - disse em um tom que assustaria a qualquer um.

-vamos para com essa baderna - disse o coordenado Kuma ao entra ao refeitório - ouvir algumas reclamações de brigas por aqui, agora me falem o que esta acontecendo?

-não é nada senhor Kuma, já está tudo resolvido - Koala tentou amenizar a situação.

-para Koala... - protestou Hancock - não está nada resolvido, esse moleque aqui acha que pode se intrometer na conversa dos outros - referisse a Luffy

-NÃO ME CHAMA DE MOLEQUE - gritou o moreno

Todos ao redor estavam espantados, tanto as garotas quanto os rapazes nunca tinha visto ambos do jeito que estavam. Podia se ver um ódio grande no olhar de ambos.

-vocês dois agora para a minha sala - Kuma gritou

Logo os dois foram, sem falar nada, apenas seguiram caminho. Já os outros ainda estavam parados, tentando digerir tudo por ali.

-desculpe a Hanck é que ela odeia que tratem uma de nos mal - disse Vivi com um sorriso meigo

-claro, também foi mal pelo meu irmão, ele odeia que batem em algum de seus amigos - Ace falou levemente corado.

-vamos meninas - Nami as chamou

Então ambos se despediriam e seguiram caminho. Já no corredor para a coordenação podia ser ver mais uma briga no caminho.

-garoto idiota olha o que você fez - resmungou Hancock

-EU - Luffy riu irônico - faça-me o favor

Assim que chegou o coordenado pede para que os dois se sentem, mas os dois optarão por ficarem de pé.

-o que eu faço com vocês? - disse, mas pra si mesmo.

-bem que você podia da uma suspensão pra esse babaca e me liberar - disse Hancock de uma forma sensual

-desculpa Hancock, você pode até tenta seus truques, mas eu meio que tenho coração de preda - o coordenado falou sorrido pelo truque da menina não ter pegado.

-deveu sua trouxa – Luffy ria, mas logo uma morena com ódio nos olhos o jogou no chão e iriam começar uma luta por ela, mas Kuma ainda estava lá e pela sua cara poderia nota muita raiva da situação.

-chegam vocês dois - ambos se largaram e ficaram de pé, Hancock arrumou sua roupa e seu cabelo enquanto Luffy colocava seu chapéu de palha – vocês realmente conseguiram me deixa nervoso, por isso vou da uma suspensão de uma semana para os dois... - ele iria continua a fala, mas ambos dois começaram a falar.

-por favor, tudo menos isso, se meu avô souber que eu fui suspenso, não quero nem ver, e a Dadan me mataria, sem conta que meus irmãos também iriam reclama... - Luffy falava de um jeito desesperando

-não me der uma suspensão eu consegui a guarda das minhas irmãs por pouco, que descobrirem que eu levei uma suspensão com certeza tiraram elas de mim e darão de volta para a minha tia - Hancock já lagrimejava.

-muito engraçado a é mesmo - Kuma bufou - só porque eu gosto de vocês dois vou deixa passa - logo podia se ver um sorriso largo no rosto de cada um dos dois

-então podemos já ir não é? - Luffy falou

-calma lá - sorriu - eu liberei vocês da suspensão, mas não que dizer que vocês vão sair pune...

-tava bom de mais pra ser verdade - Hancock suspirou

-vocês dois ficaram de castigo por duas semanas depois da saída

-a não, eu não vou fica com esse moleque - Hancock já reclamava.

-nem eu com essa ignorante

-um mês

-O QUÊ? - ambos falaram juntos

-isso mesmo e se me provoca volto na decisão de da suspensão pros dois e ainda faço vocês ficaram de castigo depois

-não, não isso ta ótimo pra mim - Luffy falou suando frio, Kuma olha para Hancock e para a sua surpresa a mesma acena concordando com o menor.

-pois bem vocês começa semana que vem, agora pode se retira.

Ambos saíram de matando pelo olhar e logo trataram de toma caminho para as suas salas, pois o sinal já tinha tocado.

~Tempos antes~

 

Zoro e Robin tinham acabado de sair do refeitório, ambos foram para a quadra que era o lugar com menos pessoas nesse momento, ela pediu para que ele se sentasse e logo a mesma tratou de se senta.

-você ta calmo? - perguntou a morena

-considerando o chute que sua amiga me deu... É acho que sim, mas agora quero que me explique tudo - ela não entendeu - porque roubou a minha bike e como ela caiu de um penhasco? -falou serio

-tudo bem, primeiramente quero que você saiba que vou te da uma bicicleta nova. Ta eu peguei ela emprestada, iria te devolver, mas como a Nami disse... É ela caiu de um penhasco...

-ainda não respondeu minha pergunta - interrompeu

-porque você não me deixou termina - Zoro rosnou e logo falou baixo “garota irritante”, Robin por si não falou nada - ta eu peguei sua bicicleta porque acabei ficando nervosa com um garoto e não pensei na hora e peguei sua bicicleta, sobre ela ter caído do penhasco, acho que você já sabe.

Zoro negou com a cabeça, se tinha uma pessoa de mente lerda nesse mundo esse alguém era Roronoa Zoro. Robin bufou e logo votou a fala.

-a chuva tava forte, e eu acabei andando em um lugar bem alto, até agora não sei onde fica - a ultima parte falou mais pra si mesma - voltando, eu acabei sendo levada pelo vento, e pra poupa a minha vida me joguei da sua bicicleta na tentativa de me salva, algo que deu certo, mas sobre sua bicicleta... É não posso fala o mesmo

-você é burra mesmo em garota - Robin olhou o mesmo com reprovação e o mesmo apenas deu de ombros - não sabe que não pode anda que bike quando esta chovendo daquela maneira

-a é então porque você estava tirando o cadeado dela quando eu peguei - sorriu vitoriosa ao ver a cara do mesmo de besta - deixa pra lá, bom dez horas no shopping, sábado, em frente à loja de bicicletas, estarei te esperando lá pra mim paga essa droga logo.

Zoro não falou nada, pensava como assim ela marca as coisas da hora pra outra, que garota doida. Mesmo assim ele concordou com a cabeça.

-lembrando - Robin falou mostrando poder na voz - eu não gosto de atrasos, então é bom você não se atrasar – o rapaz suou frio com a resposta da garota.

-ta-ta bom

Assim ambos seguiram caminho o sinal tinha acabado de bater. Na cabeça de Robin podia ser ver uma tristeza muito grande, motivo? Teria que gasta toda sua mesada com a droga da bike.

Já Zoro comemorava pelo fato de uma bike novinha, não que a dele estivesse ruim, mas pensava ele, sempre bom ganhar coisa nova.

~Quebra de tempo~

 

Nami chegou em casa junto de Baby 5, a convidou pois iriam fazer trabalho, quando entrou não avistou ninguém, apenas um bilhete que sua mãe tinha deixado, ela abriu e leu.

 

Nami, Corazon e eu saímos para compra às coisas pra festinha surpresa do Law. Nojiko não voltou com você porque ela pediu para que eu a liberasse mais cedo pra fazer compras com nos também.

A e provavelmente o Law deve aparecer por ai, qualquer coisa tem comida dentro do micro-ondas, provavelmente chegaremos de tarde, então até lá não coloque fogo na casa, vem venda minhas roupas para ter dinheiro, te amo e até mais...

Ela olhou pra morena que ainda se encontrava parada e disse.

-então amo, minha mãe não ta, eu vou esquenta a comida que ela deixou no fogão enquanto isso você pode fica aqui, tudo bem? - perguntou com um sorriso simpático

-claro, estarei sentada aqui no sofá - sorriu a garota.

Assim que Nami vai para a cozinha a porta se abre e pode se ver Law adentra, ele já entra falando.

-Nami estou entrando - ele logo ver a morena que lhe encarava e fala - Baby?

-Law! - menina se levanta e da um abraço no mesmo - o que faz aqui? - diz ao solta o menino e ver o mesmo todo corada, a mesma sorriu

-Corazon falou que iria sai pra resolver umas coisas e falou para eu vir pra cá e você?

Law w Baby 5 se conheciam desde criancinhas, o fato e porque Baby 5 era filha adotiva de Doflamingo o irmão de Corazon que era pai adotivo de Law, mesmo sendo criados mais como primos ambos sentiam um sentimento diferente, mas que nenhuma revelava por medo de seus pais e de serem negados.

-vim fazer trabalho, a Nami esta na cozinha...

-não mais - disse a ruiva ao entra na sala - Law que bom que já chegou eu precisava mesmo te fazer uma pergunta

A mesma colocou a lasanha sobre a mesinha de centro, voltou à cozinha, pegou três pratos e garfos e volto.

-você é mesmo estranha Nami, diz que quer fala comigo e do nada volta pra cozinha - o moreno deixou sua mochila sobre o sofá e logo se senta no tapete ao lado da morena.

-besta - Nami fala aos risos acompanhada de Baby que observava tudo calada

-agora, sobre o que você que falar? - o moreno perguntou

-eu queria saber se você conhece um garoto emo loiro com a sobrancelha enrolada? - fui direto ao ponto

-hahahahha emo? Serio, acho que o Sanji iria ficaria ofendido.

-então você o conhecer?

-sim, ele é um colega de sala, a gente passa o intervalo juntos.

-então vocês são gays - falou espontânea e Baby que até então prestava atenção na conversa se surpreendeu, de alguma forma rápida ela ficou triste.

-claro que não - disse alterado, e logo as duas suspiraram

-assim - Nami falou aliviada, pensava ela que se aquilo fosse verdade estragaria com seus planos.

-eu já gosto de uma menina - a morena acabou se entristecendo novamente, dessa vez ela não poderia dizer que era mentira já Law mesmo que estava falando - e se você pensou em ter algo com ele, esquece.

A garota ficou com raiva no mesmo estante

-Por quê? - falou nervosa

-Sanji já tem namorada

Na hora a ruiva tinha ficado com raiva, como ela ficou com raiva, a mesma já pensava nos presentes que faria o loiro pagar, nas roupas que ela o faria compra, nas joias. Ela sabia que o loiro era muito rico, mesmo que o tinha visto uma vez e em um taxi, reconheceu pelas suas roupas, todas eram de marca e da mais cara, sem conta que pela a escola que o mesmo estudava não podia dizer que era pobre. Sabia bem disso pois tanto Vivi quanto Robin iriam estudar lá se não fossem por sua vontade, ambas recusaram estudarem lá, pois não queria se separa de suas amigas .

-não acredito - disse mesmo sabendo que era verdade, só queria conseguir mais informações.

-o Sanji já tem uma namorada, a Viola, os dois estudam na mesma sala, estão já a um ano, sem conta que quase não brigam e ainda são considerado o casal mais bonito da escola - Nami ficou de boca aberta, como poderia competi com um namoro de um ano que ainda por cima quase não brigam

-deve ser feia - Baby ria por ver a amiga de qualquer maneira se aproveita do garoto que até então não sabia quem era. A morena conhecia bem sua amiga e sabia que ela não iria desisti tão fácil de uma chance dessas.

-a Viola! Feia? Espera ai - o garoto se levantou e pegou seu iphone, abriu o WhatsApp e procurou o contato da garota, assim que colocou mostrou para as duas presentes na sala

-O QUÊ? - ambas falaram juntas

-ela é linda - Baby comentou

-eu disse - Law sorriu convencido

-mesmo assim eu sou mais - Nami falava serio

-Nami esquece, tem muito outros garotos que você pode se aproveita e além do mais, iria ser sacanagem você fazer o garoto termina só pra você se aproveita dele - Law comentou.

-eu to nem ai pro amor dele, escutem bem - os dois se olharam e olharam para a ruiva - eu não me chamo Nami se não conseguir acaba com esse namoro e fazer esse garoto pagar tudo que eu quiser pra mim

Logo os dois voltaram a se olhar, sempre acharam a Nami uma pessoa incrível, mas quando se tratava de dinheiro sua personalidade mudava o pior era que ambos não podiam fazer nada a não ser observa e torce pra que dessa vez a ruiva não conseguissem. Law a olhou de novo e perguntou:

-e como você vai fazer isso?

A garota sorriu e logo falou:

-me aguarde...

A única coisa que a garota falou logo os três se serviu e foi comer depois Law subiu pra dormi na cama de Nami enquanto as duas faziam o trabalho, nesse período Baby falou:

-Nami... - chamou-lhe receosa

-já sei o que você vai fala Baby, e já tenho uma ideia de como me aproxima desse menino - a morena se espantou.

-e como?

-Corazon fará uma festa pequena para o Law e tenho quaser certeza que esse Sanji vira para ela, ai sim, poderei começar o meu jogo haha

 

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, porque eu realmente gostei desse capitulo, a única coisa que me assustou um pouco foi a Nami, o que ela ira fazer, nossa coitado do Sanji.
E o Luffy mais a Hancock, huhuhu, esse castigo. Sem conta o Zoro e a Robin, pesado pra ela fica ouvindo essas coisas não acham, sem conta a química do Ace com a Vivi, e o Law com a Baby.
Se gostaram comentem ai, se não comentem o que eu tenho que melhora, espero vocês na próxima semana, e desculpem o capitulo grande demais huhu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...