História I never stopped loving you - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh
Tags Haleb, Pretty Little Liars, Spencer Hastings, Spoby, Toby Cavanaugh
Exibições 108
Palavras 1.367
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aqui estou eu com um capítulo bemmm interessante, o amor desses dois é tão grande <3 Boa leitura e desculpem os erros

Capítulo 11 - I'm just taking the place that is my


POV HANNA 

Uma hora e meia já haviam se passado desde que o doutor Miguel levou a Aria daqui e ainda não deram notícias, isso está nos desesperando. Caleb foi levar Isa na minha mãe pois não é bom uma criança ficar tanto tempo num hospital, os pais de Aria não estavam na cidade mas já haviam sido informados e esperavam por notícias, eu, Ali e Em conseguimos comer algo na lanchonete e fizemos Ezra comer um sanduíche, agora difícil era fazer Spence comer.

-Amiga, vamos lá, come só um sanduíche- disse Em

-Não quero, vou ficar aqui- ela disse decidida 

Eu e as meninas se afastamos um pouco de Spen porque eu estava recebendo uma ligação de Toby, ele ainda não sabia e deveria estar apavorado por chegar lá em casa e não ter ninguém.

LIGAÇÃO ON:

-Hanna? Pelo amor de Deus onde é que vocês estão? Já liguei 50 vezes pra Spencer e ela não me atende- ele disse preocupado

-Toby, estamos no hospital.

-O que? Tá tudo bem com a Isa, ou pelo amor de Deus, com a Spencer?- ele disse se desesperando

-Calma, é com a Aria, ela desmaiou lá em casa e trouxemos ela pra cá mas já faz uma hora e meia que levaram ela e ainda não nos deram notícias.- eu disse

-Ok, me espera que eu to indo para aí agora.- ele disse encerrando a ligação.

LIGAÇÃO OFF

-Ei, meninas, Toby já ta vindo, quando vê com ele a Spen melhora- eu disse e elas assentiram.

Em menos de 15 minutos vimos um Toby nervoso entrando pela porta do hospital.

POV SPENCER

Eu estava sentada esperando por notícias de Aria quando vejo Toby entrando pela porta do hospital e vindo até mim e o pessoal.

-Hey- ele disse me abraçando- Como você está?

Não respondi nada, só o abracei mais forte e ele apoiou o queixo na minha cabeça.

-Não tiveram nenhuma notícia ainda?- ouvi ele perguntar a Ali

-Nada, e essa espera é agoniante- Ali respondeu

-E ela?- ouvi Toby perguntar mais baixo e me apertar contra si.

-Está desse jeito ai desde que chegamos, tentamos levá-la até a lanchonete mais ela preferiu ficar- Han falou e senti ele passar a mão por meus cabelos

-Vamos lá Spence?- ele disse

-Não quero, vou esperar o médico com notícias da Aria- disse me soltando de seu abraço e me sentando em uma das cadeiras.

Mais meia hora e nada, eu já andava de um lado para o outro, já sentei, levantei, fui ao banheiro, voltei, sentei de novo, levantei e nada de notícias.

-Spencer, você ficar andando de um lado para o outro não vai apressar as coisas, relaxa ok?- disse Ezra sorrindo pela primeira vez em horas.

-É essa falta de notícias, me mata- eu falei se sentando- Vocês sabem como eu sou.

-Logo logo vamos ficar sabendo de algo tudo bem?- disse Toby e eu assenti, sentindo ele me abraçar de lado novamente.

Um tempo depois vi Miguel vindo em nossa direção.

-E então Miguel? O que ela tem?- perguntei levantando e todos me acompanharam

-Bom, ela está dormindo agora, demos um remédio pois ela estava com dor de cabeça e pelo jeito a dor passou. Estamos esperando o resultado do exame sair para mim ter certeza do diagnóstico- ele disse sorrindo

-E então doutor? É grave?- Ezra perguntou desesperado.

-Ainda não sabemos então não quero dar falsas esperanças, mas sinto que não é grave, absolutamente não.

-E quando poderemos vê-la?- perguntou Han

-Em breve. Bom, o jeito é esperar os exames saírem, eles já estão ficando prontos e assim que eu souber direitinho, aviso vocês- ele disse e se retirou.

Todos soltaram longos suspiros depois que ele saiu, graças a Deus não seria nada sério.

-Bom que tal se você comesse algo agora?- perguntou Toby passando o braço envolta de mim

-Não quero.

-Você sabe que mesmo que não seja nada de grave com a Aria se você comer quem ficará doente vai ser você, né?- disse Han

-Nossa, como vocês são chatos.- eu disse revirando os olhos

-Vem, você vai comigo- Toby disse e nós seguimos para a lanchonete.

 

Chegamos lá e eu pedi um café preto bem forte e um pão de queijo e fiquei esperando enquanto Toby escolhia o que comer, até que senti uma mão no meu ombro.

-Spencer.- a voz disse

-Doutor!- eu respondi sorrindo

-Por favor, sem formalidades, me conhece a anos, me chame só de Miguel, como está?- ele disse sorrindo

-Mais ou menos, queria tanto que minha gnominha estivesse bem.- falei

-Ah, ela vai ficar ótima, eu vou me dedicar muito para isso.- ele disse

-Obrigada Miguel, não sabe o quanto eu e minhas amigas ficamos agradecidas.

-Não me agradeça, é o meu trabalho. Mas eu vou ficar muito grato se voltar a ver você sorrindo.

-Eu vou, assim que souber que Aria está bem, eu e minhas amigas somos muito apegadas sabe?- eu disse e ele assentiu

-Sabe, estava pensando, depois que isso tudo acabar, você poderia sair comigo.-ele disse rindo

-Uhm, olha Miguel, eu cheguei a pouco tempo em Rosewood, nem sei se ficarei muito tempo, não pude nem resolver meus negócios ainda, quanto mais o meu coração, tenho assuntos mal resolvidos do passado e eles ainda mexem muito comigo.- eu disse

-Por que eu tenho a leve impressão que os seus assuntos mal resolvidos envolvem o rapaz que estava com você?

-Sim, envolvem.- eu falei tentando sorrir.

-Eu espero que você consiga achar uma solução, e quero que saiba que se forem mesmo só assuntos mal resolvidos o meu convite ainda está de pé.- ele disse, me deu um beijo na bochecha e se retirou.

-Abusado ele né?- Toby chegou atrás de mim e não estou brincando, me assustou.

-Hey, ele veio me dizer que está cuidando muito bem da Aria- eu disse tomando um gole do meu café

-Será que é porque ele adorou a melhor amiga dela?- ele disse rindo

-Não começa, ele é um ótimo médico.

-Ele pode ser o melhor médico do mundo Spencer, mas que está interessado em você ele está.- ele disse como se fosse a coisa mais óbvia do mundo.

-E se estiver? Eu estou solteira, tenho total liberdade, e ele é bonito e solteiro também.- eu falei colocando minha xícara na mesa

-Acontece, que ele não está nessa briga sozinho.- ele disse

-Que briga?- perguntei intrigada 

-A do seu coração, óbvio- ele falou rindo

-Você é meio bipolar.- eu falei dando risadas 

-Eu tenho muito controle sobre meu corpo, porque se não tivesse eu teria jogado você naquela cama ontem sem pensar muito.

-E você acha que eu deixaria isso assim?- perguntei rindo

-Você estava bêbada, nem coisa com coisa você disse, mas não sou um moleque, sou homem o suficiente para não me aproveitar de você.

-E passou pela sua cabeça se aproveitar de mim?- eu disse levantando uma de minhas sobrancelhas 

-Não, até porque quero que você esteja muito sóbria e consciente para lembrar no dia seguinte- ele disse e meu Deus, eu não esperava ouvir isso, não dele.

-O que? Toby acho que hoje quem está bêbado é você- eu falei rindo

-Não meu anjo, estou muito sóbrio, e você também vai estar quando deitar na minha cama outra vez- ele disse 

Eu estou sonhando, só pode. De onde Tobias Cavanaugh está tirando tudo isso?

-Não ache que pode vir chegando assim Sr. Tobias, ainda não esqueci que você me deixou arrasada sem motivos a alguns anos atrás.- eu falei

-Só estou tomando o lugar que é meu, Spence, sempre foi, você acha que não fiquei mal por tudo aquilo? Eu fiquei, arrasado, meu coração ficou em mil pedaços quando você foi embora pra New York,eu senti sua falta, eu queria você- ele disse nervoso- Mas estamos num hospital, não é a hora de colocarmos as cartas na mesa.- ele terminou suspirando e colocando uma mecha do meu cabelo atrás da orelha.

Depois dessa "conversinha", o clima ficou meio estranho então voltamos para junto do pessoal e esperar notícias da Aria, era muita coisa pra poucos minutos na minha cabeça então resolvi dar uma volta na rua para pensar, ninguém ousou me impedir.

-


Notas Finais


Ish, o que será que ta acontecendo com a nossa gnoma? Toby e Spencer já estão enrolando hsadyasu, o próximo talvez saia amanhã ou domingo! XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...