História I Promise - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Romance, Violencia
Visualizações 104
Palavras 695
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VIADOS
CHEGUEI NESSA PORRA
Me desculpem mesmo pela demora, depois de lerem
Podem me balear
Me esfaquear
eu deixo.
Enfim
Vamos logo ler (perdão pelo capítulo, tô escrevendo pelo celular)
Boa leitura <3

Capítulo 4 - Hope


Fanfic / Fanfiction I Promise - Capítulo 4 - Hope


Ah para, tu tá brincando. - Hoseok começou a rir escandalosamente.

- Jung Hoseok, pare de rir. - revirei os olhos - Foi só... eu me confundi. Achei que fosse sexta, quem nunca? - falei como se fosse óbvio.

- Eu nunca. - Tae e Hobi falaram juntos.

Eu, Hoseok e Tae estávamos na minha casa, largados no chão da sala, apenas conversando. Tae obviamente não estava muito a vontade com a presença de Hoseok.

- Ah... tanto faz. - bufei.

- Mas e você... Tae, né? - Tae assentiu. - Nos conte um mico que você já passou.

- Desculpa é que... eu tô tentando lembrar se eu te dei essa intimidade toda. - sorriu cínico. Hobi apenas olhou pra mim, sem graça.

- Menino. - bato na cabeça dele. - Tu para porque eu não te criei assim, seu porra!

Os ciúmes de Taehyung já está passando dos limites, essa já é a terceira patada que o Taehyung dá no coitado.

- Tudo bem S/N, da pra ver que ele não vai muito com a minha cara.

- Olha, ainda bem que ele é inteligente. 

- AI TAEHYUNG, JÁ DEU!

- Isso, defende ele.

- Mas ele não fez nada, qual o problema dele estar aqui? 

- Nenhum, o problema é você estar praticamente em cima dele. Oii? Eu existo sabia? 

- Ah, para. Ei Hoseok... - chamei, mas sem resposta. - Hoseok? - olhei para o lado e percebi que ele não se encontrava mais sentado ao nosso lado.

- Ótimo, ele já foi! 

- Vai se foder Taehyung, mal acabamos de voltar a nos falar, e você já  quer começar outra briga. - me levanto e saio de casa dando de cara com o Hoseok com as mãos no bolso de seu moletom, encarando o chão.

- Hey, Hobi. - o mais velho me encarou. - Não ligue pra ele, ele só está com ciumes, acha que eu vou abandonar ele, me casar com você e ir pra outro país. - sorriu.

Catálogo  (irei falar catálogo ao invés de caralho, vamos pegar leve nos palavrões)

Já disse que o sorriso dele é lindo? Pois é.

É muito lindo.

- Tá tudo bem, S/N. - andou em minha direção, parando bem na minha frente. - Já estou acostumado, sempre me dizem que eeu deveria ficar loge das pessoas, porque eu só estrago a vida delas. Normal. - falou como se fosse a coisa mais normal do mundo.

- Como assim? - perguntei incrédula. - Essas pessoas que te disseram isso... elas que tem que ficar longe dos outros seres humanos. Você é legal, engraçado, tem um sorriso lindo... A-ah... quero dizer...

- Tenho? - sorriu de novo.

- C-claro. - Deus... Não me faz corar agora. Por favor, nunca te pedi nada. - Enfim, o que eu quero dizer é que... Você é gente boa, sabe? É bom ter você como amigo, apesar de nos conhecermos a pouco tempo.

- S/N... - disse após um longo tempo sem dizermos nada.

- Sim?

- Eu... posso... - abriu um pouco os braços.

-Você... quer me abraçar? - assentiu um pouco vermelho. - Claro. - agora eu e ele somos dois tomates, que biurifú.

Me aproximei mais dele passando meus braços ao redor de seu pescoço, e ele passou seus braços ao redor da minha cintura.

Dama da noite que deu a luz (como eu disse, vamos pegar leve nos palavrões)

Abraçar o Hoseok é bom pra catálogo... ele é cheiroso... G-Dragon me leva.


Taehyung on-

É  isso mesmo que eu tô vendo? S/N e Hoseok se abraçando?

Olha...

É hoje que eu mato alguém.

Aí você me pergunta o por quê desse ciumes. E eu te respondo: eu gosto dela.

Mais do que como amiga. Eu... amo a S/N. Estava criando coragem pra contar tudo pra ela mas... e se ela não sentir o mesmo? E se ela não quiser mais falar comigo? É um risco que eu não sei se quero correr.

Então comecei a "namorar" a Hani. 

Sinceramente, eu mereço um Óscar. Se eu estivesse concorrendo, Leonardo Dicaprio ia ter que esperar mais um ano.

Hani é insuportável, faz um escândalo por uma unha quebrada.

Mas eu achei que se eu saísse por aí, beijando outras bocas, o que eu sentia pela S/N ia diminuir.

E olha só, deu certo não.

E agora eu tenho mais um problema: Jung Hoseok.


Notas Finais


CAPÍTULO MEIO BOSTA...
BEM BOSTA NA VERDADE
MAS TUDO BEM NÉ
É o que temos pra hoje.
FELIZ ANO NOVO VIADAS (OS)
Muitos oppas na vida de vcs, muito kpop, e vocês que estão na friendzone, espero muito que vocês consigam superar. Fighting <3
Enfim, é isso. Espero que tenham gostado.
Eu te amo vocês ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...