História I promisse - Capítulo 27


Escrita por: ~ e ~Queen_Isah

Postado
Categorias Christian Figueiredo, Gustavo Stockler (Nomegusta), Kéfera Buchmann, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?), Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Daniel Mologni, Gustavo Stockler, Kéfera Buchmann, Lucas "LubaTV", Lukas Marques, Mike, Pac, Personagens Originais
Tags Colegial, Drama, Paixão, Putaria Ke, Revelaçoes, Romance
Exibições 63
Palavras 1.199
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Opaa Chegay
Boa leitura

Capítulo 27 - Costumo lembrar...


Nervosa? Não, imagina

Saímos para fora do portão e eu soltei:

-Para onde vamos?- Perguntei ansiosa.

- Pensei em um shopping, uma sorveteria, o que quiser! - Sorriu de canto.

- Numa sorveteria do shopping!- Brinquei e nós rimos.

- Nem é indecisa...- Disse e entramos em seu carro.

-Não sou indecisa, só achei uma forma de aproveitar as duas opções! - Sorri e ele deu uma risada baixa.

-Bora? -Pôs seu cinto.

-Bora!

POV YASMIM

- ONDA, ONDA,  OLHA A ONDAA!-Rayne cantava ao meu lado enquanto eu apenas ria de sua dancinha.

- Se eu não te conhecesse, eu diria que você está bêbada, mas você só tá acordada mesmo.- Cruzei os braços e ela me encarou.

-Vou fingir que não tô magoada.- Rayne disse.

Um tempo depois

-CINCO PATINHOS FORAM PASSEAR, ALÉM DAS MONTANHAS PARA SARRAR!- Rayne e Julio cantavam e sarravam no ar.

- Eu sou a única que não sarro nesse lugar?- Perguntei e olhei para os lados.

-Sim!- Rayne e Julio responderam ao mesmo tempo.

-TOQUEI NO VERDE! -Rayne berrou encostando numa folha de uma planta.

Ainda não quer que chame de criança...

- Alguém me ensina?- Pedi e Rayne me encarou.

- E aquele papo de "Sarrar é coisa de funkeiro"?- Rayne cruzou os braços.

- Relaxa, Ray, sarrar é pra todos!- Julio disse e riu.

- Eu hein - Ray soltou.

POV JULIANA

-Luiza, o que vai fazer agora? Tua fama de boazinha tá indo pro lixo!- Suzane revirou os olhos e bateu seu pé esquerdo no chão.

-Calada! Me deixa pensar! - Luiza colocou sua mão direita na frente de seus olhos.

- Mas ainda tem a gente! Não fizemos nada de errado ainda! - Respondi para Suzane.

- Não, não, imagina! Eu só dei em cima de um cara comprometido e você só deu em cima do Lukas VÁRIAS vezes quando a Isadora não estava! - Suzane devolveu.

- Cadelas, mandei calarem a boca!!- Luiza rosnou.

Tudo ficou em silêncio até Luiza se manifestar novamente.

-Tem que ser uma por uma...- Falou.

-O que??- Suzane fez uma careta.

- Temos que derrubar uma a uma. Se não podemos ir ao mesmo tempo, que seja aos poucos! -Luiza raciocinou.

-Mas... Quem primeiro? Rayne é forte demais, não é a primeira vez que tentamos acabar com ela. A Yasmim está NAMORANDO, e a Isadora está conseguindo aos poucos o que quer!- Rosnei.

- Quem me parece mais fraca é a Isadora, mas ela é queridinha, todo mundo a apoia!- Suzane revirou os olhos.

Argh! Garota ridícula!

-Mas não podemos deixar de tentar acabar com elas! É nossa última chance! -Luiza afirmou.

POV CHRISTIAN

-Eu acabei com as minhas chances com a Rayne! -Escondi meu rosto em minhas mãos.

-Tenta falar direito com ela, num momento mais calmo, que ELA esteja mais calma...-Daniel aconselhou sentado ao meu lado.

- Nem sei, vacilei demais...- Olhei para baixo.

-Uma vez só. -Corrigiu.

-Com a inimiga dela!- Falei e ajeitei meu cabelo, em tom nervoso.

- Se quiser uma chance, melhor ir logo...- Daniel disse e saiu de perto, me deixando ali parado,  assistindo Leonardo e Rayne conversarem como se eu não existisse.

Isso é tão ruim e tão... justo?

POV RAYNE

-Lembra do dia do parque de diversões? - Perguntou com um sorriso de canto em seu rosto.

- Lembro! SENSACIONAL!- Fico lembrando de cada momento com ele no parque.

-E da festa?-Arqueou a sobrancelha esquerda.

- LEMBRO!-Dei um pulinho.-Dia em que nos conhecemos, 17 de agosto!

-Caraca...-Me encarou e eu senti-me corar.

- Lembro por causa que esse foi o dia em que me mudei...- Expliquei.

- Ah... Tá. ..-Pareceu constrangido como eu.

- Como nos falamos pela primeira vez mesmo? -Perguntei para descontrair.

- Pra ser sincero, não lembro direito, mas de uma hora pra outra eu e você ficamos tão próximos...- Sorriu para mim, me fazendo encarar seus olhos verdes.

- Posso te contar uma coisa? -Perguntei, já me arrependendo de ter abrido a boca.

- Pode!- deu de ombros e eu encarei o chão.

- Eu... Costumo lembrar, antes de dormir, de quando ficou me encarando na festa, naquele dia... Ou de quando me deu a rosa...

- E eu costumo lembrar de quando sonhei com você pela primeira vez, no mesmo "dia" em que a festa do dia 17. Depois disso são quase todas as noites em que quase não durmo pensando em... Você...- Admitiu e eu fiquei boquiaberta. 

- Engraçado que isso tudo foi tão rápido...- Olhei para baixo sorrindo. 

- Só não quero que acabe tão rápido quanto começou...- Beijou o canto de minha boca, me fazendo paralizar.- Já volto...

Saiu, me deixando ver meu coração indo junto com ele...

POV ISADORA

Chegamos ao shopping e ficamos andando, pensando onde iríamos. 

- Acho que se formos agora, podemos conseguir uma entrada pra uma sessão agorinha. -Olhou o horário em seu celular. 

- Vamos!- Segurei sua mão e corremos até lá. 

Tempo depois...

Compramos a pipoca e os refrigerantes e entramos na sala de cinema.

Eu estava com medo, ele iria me beijar? Por que estou pensando nisso?

Duh! Esquece!

O filme começou e ficamos um bom tempo sem ao menos encostar um no outro.

A pipoca estava dividida entre a minha perna e a dele. Continuei olhando pro filme, mas fiquei procurando a pipoca com a mão. Peguei a pipoca e coloquei no meu colo.

Depois de alguns segundos, Lukas fez a típica cena, ir me abraçando devagar, de lado. Não demorou para que eu o pegasse tentando pegar a pipoca do meu colo.

Filho da puta...- Pensei.

Me soltei dele e segurei o balde da pipoca, tentando impedi-lo de pegar, mas ele tentava puxar de volta. Até a hora que ele puxou forte de mais e eu acabei indo junto, parando com o rosto perto do dele.

Ai meu deus, e agora???

POV LEONARDO

Eu assistia Rayne e Yasmim cantarem Macarena de longe. Rayne fazia a dancinha direitinho enquanto Yasmim tentava imitar. 

Foi então que me perdi em pensamentos. 

Será que eu realmente gostei de Luiza? Foi tudo rápido demais. Tudo começou quando me obrigaram a ir naquela festa. Foi quando eu a vi. Vi aquela beleza diferente,  vi seus olhos, seu cabelo, seu corpo, sua boca, e aquilo não era algo comum. O melhor foi conhecê-la melhor. Percebi que ela não tinha só beleza, só aparência. Tinha caráter e ainda tem. Foi bom fazê-la feliz, ver seu sorriso, seu "obrigado", tudo. E foi a viagem que estragou tudo. A Luiza veio pra cima e de mim, e não, eu não quis de primeira. Eu tive o apoio do Paulo e do Daniel pra ficar com a Luiza, que por fim se arrependeram do conselho ao ver quem ela era. Doía ver a Rayne chorar, principalmente ver a Rayne ficar com o Christian. Aquilo me doeu de todas as formas, ver que aquela garota da festa tinha partido pra outro. Se pensar que cada vez que você fosse em uma festa com os amigos você achasse a pessoa certa, o mundo seria melhor. Tenho vergonha de ver que Lukas e Tarik conseguem ser alguém melhor pra Isadora e pra Yasmim e eu nem consigo chegar perto da Rayne sem começar a tremer. Eu queria não ter deixado ela com dúvidas se deveria me perdoar. Mas eu juro que eu tento. Tento ser alguém pra ela como o Tarik é pra Yasmim, sempre juntos, vivendo como se nunca houvessem problemas. A questão é: a Rayne me ama do mesmo jeito que eu sempre a amei?...

POV RAYNE

[...] A questão é: o Leonardo me ama do jeito que eu sempre o amei?...



Notas Finais


Espero que tenham gostado
Beijos da titia Isah

Lembrando:

Façam o urro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...