História I really love you - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 18
Palavras 682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Orange, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Conheci a Elena


 Ouvindo minhas músicas acabo pegando no sono e tendo um sonho que parecia muito real, eu estava em um canteiro de flores e começo a passear por lá até que vejo a minha mãe e como ela era linda, me abraçava e brincava comigo. Até se despedir de mim e dizer "Você vai encontrar sua felicidade minha filha tenha fé".
  Eu já estava meio que dormindo sorrindo, até uma pessoa que por acaso é meu pai me acorda falando que chegamos. Saímos do avião e já deu pra notar que lá era tudo diferente dos Estados Unidos, estavam todos de máscara e o ar lá era meio poluído, mas eu já estava acostumada com esse ar, afinal eu morava nos Estados Unidos.
  Pegamos nossa bagagem  (sem falar nada um com o outro), e pegamos um carro que a empresa disponibilizou para nós. Entramos e meu pai começou a dirigir para a nossa nova casa.
-Filha, porque você estava sorrindo enquanto dormia? Me pergunta
-É porque eu estava sonhando com a... deixa pra lá. Abaixo a cabeça
-Anda filha pode me falar.
-Eu sonhei com a mamãe. Digo meio sem graça
-Sua mãe? Filha, não fale da sua mãe nunca mais! Ele diz em um tom alto de voz
-Mas porque não? Já faz 11 anos que a mamãe morreu e você nunca me fala dela. Só sabe mudar de assunto porque ainda não a esqueceu! Digo gritando
  Ele me ignora completamente e seguiu o caminho no total silêncio que já não era mais incômodo para mim. A casa era bastante longe do aeroporto, depois de algumas horas dirigindo chegamos dei uma boa olhada por fora da casa e ela era bastante grande e ao lado tinha um estábulo, mas ele não seria tão útil, afinal, eu não ando a cavalo muito menos o meu pai.
-Então, é melhor arrumarmos nossas coisas! Ele diz tirando as coisas do carro
  Entramos dentro daquela casa enorme e subo para o meu novo quarto, meu Deus como ele é lindo, começo a arrumar meu quarto e desfazer as malas. Faço uma decoração meio gótica que era a minha cara e me jogo na cama. Amanhã eu começo o terceiro ano do ensino médio, sim eu estou muito nervosa não conheço ninguém nessa nova escola, só espero me enturmar rápido e que eu faça novos amigos.
  O dia foi se passando e eu fui dormir não comi nada, não tenho tanta fome então pra mim tanto faz comer ou não.
  Mal consigo dormir direito eu realmente estava ansiosa para o primeiro dia de aula. Acordo tomo um banho e vou vestir meu uniforme típico de escola japonesa, faço uma maquiagem básica, apenas um rimel e um brilho labial.
  Saio de casa e meu pai estava dormindo, nem o acordei só fui para a parada esperar o ônibus que não demorou em chegar e me levar para a nova escola.
  Chego lá e entro na minha sala onde só tinha uma garota muito linda por sinal.
-Oi você deve ser a novata. Diz sorrindo
-Ah sim, sou Amanda! Digo estendendo a mão
-Eu sou Jenny, representante de sala. Ela aperta a mesma
  Assinto com a cabeça e me sento ao seu lado, ficamos conversando até um grupo de três garotos entrarem na sala.
-Olha só gente, tem gatinha nova no pedaço! Um deles diz
  Eu fico envergonhada e abaixo a cabeça, mas eles me puxam para fora da sala.
-Me soltem! Digo tentando me soltar
-Calma princesa, vamos nos divertir um pouco.
  Estavam me levando pra fora da escola até uma menina super mega linda parar na nossa frente.
-Gente vocês são tão cafajestes, deixem a menina em paz! Ela diz
-Aff Elena você é tão chata! O mais alto diz
  Então o nome dela é Elena, amei.
-Soltem-na logo! Ela praticamente ordena
-Tá. Eles dizem me solta e saem
  Eu fico meio corada perto dela e sinto minhas bochechas queimando.
-Qual seu nome novata? Me pergunta com um sorriso maravilhoso
-Amanda!
-O meu é Elena, espero que sejamos amigas. Diz apertando minha mão
-Também espero. Digo corada



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...