História I Remember - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~parkchimchim83

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook Vhope Namjin Suga
Exibições 20
Palavras 1.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gostei muito de escrever esse capítulo, não me pergunte o porquê kkkk

Boa leitura
Desculpa os erros...

Capítulo 5 - 4 capítulo


Autora on


   O caminho foi totalmente animado, conversaram sobre várias coisas aleatórias, como foi a vida deles durante esse um ano sem se ver, com quem já ficaram, - só da parte de yoongi. - tinham assunto pra tudo, a conversa em nenhum momento "morreu" ou ficou chata. Realmente sentia falta um do outro.

- Nossa eu tinha me esquecido de como você é chato. - falou o loiro risonho.

- E eu tinha me esquecido de como você é um completo idiota.

- Ué - riu - porquê ?.

- Porquê?.

- Ah, só porque, a mina da lojinha te achou bonito?

- Não só por causa disso, -revirou os olhos- mas você não poderia falar que eu achei ela feia. Eu nem disse nada. -resmungou.

- Mas você iria querer ficar com ela?

- Claro que não, você sabe muito bem disso. -olhou para a janela do carro emburrado.

- Então me agradeça, eu te fiz um favor, me deve uma. -falou com um sorriso satisfeito nos lábios.

- Olha vai se fuder. - soltou e o loiro riu ainda mais.

   Eles tinha feito uma parada, em uma loja de doces e salgados, para comprar algo para comer. Mas yoongi fez o favor de praticamente gritar na loja, dizendo que jeon não tinha achado a mesma coisa da garota, -que trabalha no caixa- quando ela estava flertando com jeon e dizendo o quanto ele é bonito. E ainda acrescentou dizendo que jeon não gostava muito da "fruta" dela. Jeon deveria ficar irritado, mas não ficou, apenas saiu da loja se desculpando com a moça, e quando chegou no carro, fez cena.

- Chegamos.

- Esse não é o lugar onde você canta?

- Pelo jeito ainda se lembra.

- Claro, vinha direto com você. -sorriu.

   O loiro sorriu, enquanto procurava um local para estacionar o carro. Já era mais de seis horas, já estava escurecendo. Yoongi, praticamente "trabalhava" ali, pelo menos achava que sim, já que recebia uma boa quantia em dinheiro, quando era chamado para cantar.

   Já dentro do local, foram até o dono do lugar, que se encontrava em uns dos balcões.

- Yoongi, veio cantar hoje certo?

- Sim...ah, esse aqui -apontou para jeon- é meu amigo, jungkook.

- Sim, eu lembro dele. -o homem sorriu e acenou para jeon, que acenou de volta.- sou namjoon, Kim namjoon.

- Jeon jungkook. - sorriu. O homem a sua frente era um pouco mais alto que si, tinha um sorriso sádico nos lábios, e aparecia covinhas quando o mesmo sorria.

- Bom vou ir lá...preparar as coisas para você cantar essa noite, e enquanto a você jungkook, pode ficar a vontade. - sorriu e se afastou dali, entrando em uma porta.

- Vem, vamos sentar aqui. - o loiro se manifestou arrastando o moreno para sentar em uma das mesas por ali.

- Isso aqui é o que exatamente? - jeon pergunta olhando ao redor.

- Não é óbvio! É um clube horas. - falou e revirou os olhos. Jeon suspirou "sempre um doce" pensou e soltou um riso anasalado.

   Pediram algo para beber, enquanto esperava as bebidas, olhava ao redor, pessoas chegando, um cumprimentando outro, até que uma hora aquilo dali já estava totalmente cheio.

- Nossa aqui e sempre cheio assim? - perguntou quando já chegaram as suas bebidas, pegando-as e colocando na mesa.

- Quando eu vou cantar sim. - sorriu se achando, talvez nem tanto.

- Aham sei!

- Estou falando sério - riu da cara de jeon - ta, sim é sempre cheio...mas quando venho cantar enche mais.

- Puff...tá bom... - riu

   Ficaram conversando diversas coisas enquanto observavam o local e as pessoas que estavam ali . Depois de um tempo namjoon apareceu chamando yoongi, que se despediu do amigo e prontamente foi. Passaram alguns minutos e namjoon anunciou a entrada de "suga", jeon estranhou "mas não era o yoongi?" Pensou, mas depois essa dúvida desapareceu quando seu amigo apareceu ali desejando uma boa noite e depois de segundos começar a cantar, começou a rir ali sozinho com esse nome que yoongi escolheu, fazia completamente o oposto dele. Logo sessando os risos, olhou para o amigo ali em cima de um palco, não tão alto, e começando a presta a atenção nas músicas. Tinha que admitir que ele além de cantar bem, compõe também muito bem.

   Depois de bastante tempo curtindo e bebendo -bastante da parte de jeon- resolveram ir embora lá para as cinco horas da madrugada, também ja estava quase fechando o clube. Já estavam dentro do carro dirigindo em direção a casa da mãe de jungkook. Já yoongi não estava tão bêbado assim.

- Sério mesmo? Suga? - perguntou meio que atropelando as palavras.

- Sim, é um nome artístico muito legal, não gostou?

- É claro que sim, só que é o oposto do que você é. - riu fraco.

- Vai se fuder jungkook!!

- Vá vendo!

- Chegamos na sua casa jungkook...anda logo porque eu quero dormi. -falou já bocejando.

- Aish, xiiau bejão. - já saindo do carro mandou um beijo com a mão para o loiro e o que apenas recebeu em troca foi um dedo do meio, risadas e uma fumaça na cara.

   Pegou a chave em seu bolso da calça, com dificuldade é claro, e mais ainda para tentar abrir. Depois de uns três minutos conseguiu, adentrando a casa e fazendo o mínimo de barulho.

   Já chegando em seu quarto trancou-se e seguiu para a sua cama, se jogando lá mesmo. Quando estava prestes a cair no sono levantou rápido pegando apenas um cueca boxer vermelha e uma toalha, seguindo para o banheiro, entrou no box e ligou o registro,a água gelada caindo sobre seu corpo fazendo-o relaxar e acordar um pouco.

   Saiu e se enxugou, vestindo a boxer e seguindo para o quarto, sentou na cama e se olhou no espelho do guarda-roupa em frente a cama, respirando fundo e passando uma das mãos em seu rosto.

- Isso não vai adiantar nada. -falou baixo já fungando, deixando lagrimas descerem sobre seu rosto, jogou seu corpo de encontro com a cama e se cobriu, deitando-se de lado e com as pernas curvadas.

   Chorou muito, sentindo seu peito doer, uma tristeza o invadindo, soluçando cada vez mais, era difícil superar e apagar essa mágoa, esse aperto e dor no coração, com apenas bebidas e uma noite divertida fazendo esquecer por algumas horas sua realidade, sua dor. Querendo ou não, jungkook ainda o amava, mas iria fazer de tudo para deixar de o amar, "nem que eu precise me envolver com outra pessoa para isso. Nem que apenas eu só usasse essa pessoa, não ligando se ela iria sofrer ou não" pensou. Ele só queria que aquela maldita dor que estava sentindo desaparecesse.

   Não, na verdade jeon não queria aquilo, não queria usar ninguém para poder esquecer outra pessoa. A única coisa que mais desejava era poder amenizar, tirar aquela dor, mas não usar uma outra pessoa para isso. Se é que ele ao menos vai ter confiança para se envolver com alguma outra pessoa. Não confiava em mais ninguém, a não ser yoongi e sua mãe, fora isso ninguém mais, se manteria fechado para qualquer outra relação que tivesse.

   De tanto que ali chorou, caiu em um sono profundo, claro que acordaria tarde e nem sequer iria para o trabalho mais uma vez, e com toda a certeza acordaria com muita dor de cabeça.


Notas Finais


Falem oq estão achando dessa historia obg...
Talvez o próximo capítulo irá demorar...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...