História I Saw The Love In Your Eyes - Capítulo 10


Escrita por: ~, ~jenniferps e ~lausmendes

Postado
Categorias Cameron Dallas, Shawn Mendes
Tags Cameron Dallas, Ídolo, Magcon, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 31
Palavras 877
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Capítulo dez


Shawn’s POV


Estava cumprimentando o Nash quando percebo o Jack abraçando a Laura, vou imediatamente para o lado dela, passando o braço pela sua cintura e tento não demonstrar minha irritação.
— Pessoal, essa é a Laura. – Falo em voz alta. – Amor, esses são Taylor, Sammy, Nash, Hayes, G e o Jack acho que você já conhece. – Encaro ele. Crystal sorri pra mim em aprovação, e a Laura parece perdida, ainda olhando-o.
— É... Oi, pessoal. É um prazer conhecer vocês...
— Eu não sabia que minha garota estava namorando você, Mendes. – Jack sorri irônico. – Pela cara dela, acho que você deve estar apressando as coisas. Laura, podemos conversar um minuto a sós?
— P-pode ser daqui a pouco? Preciso de um minuto. – Ela responde.
Sinto a irritação correr pelas minhas veias e fico tenso. Minha vontade era tirar aquele sorriso idiota do rosto dele com um soco. Mas decido não entrar no jogo e me forço a sorrir, puxando a Laura ainda mais pra perto de mim.
— Essa viagem vai dar merda. – Sussurra Cameron.
— Não quero ser eu a te dar as más notícias, J, mas ela é a minha garota agora. – Me viro para a Laura. – Onde você quer sentar, amor? Vou pegar um lugar pra gente.
— É... Sim, podemos nos sentar ali atrás, Mendes. – Ela sorri nervosa e fecha os olhos em frustração.
— Vamos sentar, amor, vem. – Cam puxa a Crystal para uma poltrona.
— Depois bateremos um papo de homem pra homem, Mendes. – Jack diz ao se sentar ao lado de G.
Me sento com a Laura nas poltronas a frente de onde está o Cameron e dou uma olhada pra ele que diz "que porra é essa, Dallas?". Ela encosta a cabeça na janela do jatinho, suspirando.
— Shawn... É... Me desculpe por isso. 
Percebo que ela ficou bastante perturbada com o ocorrido e tento me acalmar.
— Ei baby, vem cá! – Puxo ela pros meus braços e a abraço. – Seu amigo de infância é um pouco abusado, mas não vamos deixar ele estragar a nossa viagem.
— Ele foi mais que um amigo de infância... – Ela diz. – Mil desculpas, Mendes, desculpa mesmo. Eu... eu só não sei o que fazer com ele aqui. – Seus olhos marejam, mas ela os limpa rapidamente. – Eu preciso de uma bebida.
Suspiro porque eu já imaginava. Mas não consigo ficar bravo com ela daquele jeito.
— Não chora, amor. Está tudo bem, eu estou com você! – Dou um beijo no rosto dela. – Fica aqui, eu vou buscar algo pra você.


Laura’s POV


Assim que o Shawn atravessa a cortina pra buscar a bebida, J se senta ao meu lado. Eu encaro ele.
— Por favor, Jack... Não dificulte as coisas pra mim. Eu tô tentando seguir em frente, mas é bem difícil quando você não me deixa em paz. – Abaixo a cabeça.
— Amor, eu não quero seguir e frente sem você. Lau eu te amo, eu ainda te amo muito, você não lembra de tudo que vivemos? Das nossas brincadeiras, brigas, nossos momentos íntimos. – Eu concordo e ele segura minha mão e beija levemente. – Por favor, volta pra mim. O Mendes não te ama, ele não é capaz de amar alguém, ele só liga pra carreira dele. Eu te amo mais que ele, volta pra mim e podemos ser felizes de novo. – Ele segura meu queixo e vai se aproximando.
Eu fico sem reação, encarando aqueles lindos olhos azuis. Ainda me sentia muito afetada por ele e por isso não conseguia pensar direito.


Shawn’s POV


Procuro um bebida pra Laura e encontro algo que parece whisky. Coloco um pouco em um copo e volto para o meu lugar. No caminho vejo uma cabeça loira do lado dela.
— Filho da puta!
Aperto o passo pra chutá-lo de lá rápido, mas só quando chego ao lado da poltrona é que percebo que eles estão se beijando. Fico parado, olhando a cena em choque, e o copo cai da minha mão, fazendo um barulho enorme no chão.
Laura se afasta bruscamente de J e dá um tapa forte no rosto dele, que geme em dor.
— Shawn... Eu... Eu posso explicar... Eu não... Eu não sei o que aconteceu...  Ele... Foi ele que... – Eu olhava para como se não pudesse acreditar no que estava acontecendo.
Jack a interrompe e me olha, sorrindo vitorioso.
 — Eu que beijei ela, mas você mesmo pôde ver o quanto ela ainda é afetada por mim, então Mendes, sai do nosso caminho que não precisamos de mais gente pra atrapalhar nossa história.
— Eu não tenho nenhuma história com você, Jack. Não mais, há 4 anos eu não tenho mais nada com você, então você pode parar com isso, beleza?
Senti meu coração se partir em vários pedacinhos. Talvez se eu tivesse só nervoso, eu teria quebrado a cara dele ali mesmo. Eu queria fazer isso. Mas eu estava machucado, e eu acho que eu nunca havia sentido isso antes. 
Antes que eu pudesse fazer qualquer coisa que eu me arrependesse, eu dei as costas pra eles. Queria poder sair e ir pra longe dali, mas infelizmente não podia, então me tranquei no banheiro minúsculo e sentei no chão, apoiando a cabeça nas mãos pra tentar me acalmar. Jack tinha razão, ela correspondeu ele. E eu odiava ele por isso. Eu me odiava por estar naquela situação.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...