História I Saw You Leave - Camren - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Camren
Visualizações 593
Palavras 1.214
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bebês, depois eu explico o sentido da Perrie na Fanfic. Certo? Mas ela irá ajudar muito o nosso casal lá na frente, não a vejam como uma inimiga por favor... boa leitura ♥

Capítulo 38 - Loves Are Just Fun


POV SECRET

Deitei em minha cama processando tudo aquilo. Enviei a foto e larguei o celular pelo meu quarto bagunçado. Ouvi meus pais me chamarem e os ignorei.

O bipe do meu celular tocou e o procurei. Assim que achei vi de quem se tratava e atendi.

Ligação on

XxX: Enviou a foto? Está tudo certo?

XxX: Sim, eu enviei! O que quer de mim?

XxX: Podemos ser uma dupla infalível se lutarmos contra elas, meu amor!

XxX: Eu não estou disposto a continuar, me desculpe.

XxX: Você tem noção do que está falando seu imbecil?

XxX: PARA! EU NÃO QUERO FAZER ISSO!

XxX: Você as tem na palma de sua mão, eu irei deixar com que decida.

XxX: Eu já sei o que irei fazer, e isso te diz respeito. Me deixa em paz agora!

XxX: Eu irei dominar esse jogo, presta atenção... Você irá fazer o que eu estou mandando! Entendeu?

XxX: Entendi...

XxX: Ótimo, onde conseguiu a foto que me mandou?

XxX: Eu estou observando aquela vagabunda já tem um tempo...

XxX: Continue as vigiando, não pare agora.

XxX: Eu vou pensar. Te ligo amanhã e te dou a resposta!

XxX: Eu estarei esperando, meu amor!

Ligação off

Joguei meu corpo contra a cama e fechei meus olhos. Desbloqueei meu celular e observei a foto. A garota dos olhos verdes caminhava pelas ruas, enquanto adentra numa casa e é recebida por uma loira que veste um pijama.

Está tudo registrado... Eu tenho tudo em minhas mãos, só basta usar todas as armas que tenho contra esse romance.

Uma coisa eu tenho certeza, Lauren e Camila não irão ficar juntas. Eu não irei aceitar.

 

POV LAUREN

Acordei e desci as escadas a procura dos meus pais mas não os encontrei. Lembrei que era o dia em que iriam visitar Taylor, não me chamaram...

Talvez seja melhor assim, levantei a manga da minha camiseta que cobria os meus pulsos.

Os cocei e olhei paras marcas que já estavam cicatrizadas mas que doíam na alma.

Eu me arrependi de ter me mutilado esses dias, fui frágil, fui fraca, fui inocente demais... Não soube lidar com os problemas a minha volta. E eu me culpo mentalmente por isso.

Subo as escadas com muita dificuldade por conta do sono e deito em minha cama novamente... Ouço o bipe do celular tocar e vejo que era Camila me ligando.

Bocejei e ignorei sua ligação. Imaginei que não deveria ser algo muito importante... Voltei a dormir com alguns raios de sol em meu rosto.

Franzi o cenho e me praguejei por não fechar a cortina. Mesmo assim não ousei levantar... A preguiça era maior.

 

{...}

 

12h, Los Angeles

Vesti uma camiseta branca e um short jeans deixando minha pele branca amostra. Fiz um rabo de cavalo mal feito , calcei meu tênis e passei meu perfume favorito.

Eu iria passear no parque com Perrie e Seth. O garoto parecia tão animado e me implorou tanto que eu não quis negar. Já Perrie, bufou com a idéia do garoto.

Coitado, ela não me parece ser uma boa mãe. É um pouco impaciente e não demonstra carinho e afeto pelo filho. Já que o mesmo foi inesperado, a vida da mulher virou de cabeça pra baixo.

Eu a questiono sobre praguejar o filho sem ter culpa alguma. Ela diz que faz isso no impulso, e que o ama acima de tudo. Eu não acredito, sei bem como o Seth irá crescer. Num mundo onde não se identifica. Numa família que desejaria morrer.

Eu já fui assim.

Observo sob meus óculos escuros a loira carregar o pequeno em seu braço, com algumas bolsas e brinquedos do menino. Ele sorria a todo instante.

— Titia Laulen — Gritou o menino correndo em minha direção

— Pequeno Seth — O abracei e Perrie revirou os olhos

— Esse garoto me tirou da minha cama macia e aconchegante para me expor a esse sol e bactérias nesse parque imundo que pode causar sérios danos a minha pele — Disse e eu ri

— Você é muito mesquinha — Confessei e ela franziu o cenho

— Vai lá com o seu Pequeno Seth — Disse mostrando o dedo do meio

Sentou-se em um dos bancos próximo ao parque e senti o meu celular vibrar no bolso do meu short. Era Camila novamente, achei importante atender. Já que desde cedo ela não para de me ligar.

Ligação on

Camila: O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO QUE NÃO ATENDE ESSE CARALHO DE CELULAR, LAUREN?

Lauren: Oi pra você também, Camz.

Camila: ONDE VOCÊ ESTÁ?

Lauren: Não grita, eu estou em um parque.

Camila: Em um parque? Com quem?

Lauren: Sozinha, Camila! Sozinha!

Camila: Eu vou voltar para Los Angeles amanhã mesmo, achei importante te dizer isso!

Lauren: O que aconteceu com suas férias?

Camila: Problemas, aconteceram diversos imprevistos.

Lauren: Que horas você embarca? Eu vou estar te esperando.

Camila: NÃO!

Lauren: Porque não?

Camila: Porque... Porque não oras! Eu irei te ver em sua casa, pode deixar!

Lauren: O que você tem?

Camila: Eu? Não tenho nada, Lauren. Eu não tenho nada! Mas que saco!

Lauren: Eu vou desligar. Não estou afim de te gritar comigo sem eu ter feito absolutamente nada para ser alvo da sua ignorância, deve estar de TPM. Nos vemos amanhã.

Ligação off

Bufei e coloquei o celular no meu bolso novamente. Mas que droga, o que ela tem? Porque está tão irritada? Porque não me deixou ir vê-la no aeroporto?

— Brigou com a namoradinha? — Perrie retrucou

— Não importa — Rebati e ela riu

— Lauren, eu já sofri muito por amor na sua idade. Brigar não é a melhor escolha — Disse calmamente e eu assenti

— Quantos anos você tem Perrie? — Perguntei curiosa

— Trinta e cinco anos — Riu e eu franzi o cenho

— Você deve mesmo se cuidar porque não parece nem ter 20 — Falei sincera, parece exagero mas é verdade

— É um elogio? — Perguntou soltando seus cabelos galegos do seu coque

— É.

— Obrigada!

Vi Seth correr em nossa direção suado e com uma bola em mãos.

— Você não vem Titia Laulen? — Perguntou manhoso enquanto se agachou em minhas pernas

— Daqui a pouco anjo — Disse rindo gentilmente e ele assentiu freneticamente

— Sente-se Seth, está todo suado — Perrie repreendeu o garoto que ficou com um bico enorme no rosto — Você quer água? — Tentou ser mais carinhosa

— Mama, você é muito chata. Se a Titia Laulen fosse minha mãe... — O menino ia dizendo e eu prendi o meu riso

— Fecha essa matraca já! — Perrie gritou irritada

— Perrie... — A repreendi e ela revirou os olhos

— Seth, meu amor, eu só estava tentando...

— Estava gritando comigo como sempre faz — O menino tinha lágrimas nos olhos agora

— Não meu amor... Eu não estava — Perrie o abraçava agora

Eu apenas os observava com os olhos cheios de lágrimas também...

Nossos pais são tão importantes em nossa vida, e quando não são presentes é doloroso. É quase inaceitável.

O bipe do meu celular vibrou e eu vi que era uma mensagem. Abri a foto e franzi o cenho, Camila abraçava um garoto aparentemente assustada em uma festa.

Em seguida, enviaram outras três fotos. Dessa vez, conversavam e riam. Meus olhos já estavam marejados.

“Bom... Parece que sua amada está se divertindo muito no Caribe. Xoxo, Someone.” — Número Desconhecido

 

Uma única lágrima desceu pelo meu rosto fazendo meu coração doer...

 

 

[Loves are just fun.]

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


meu twitter: @protectcabeyoo me sigam pls mores, quero ver vcs por la


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...