História I still love you - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Homem de Ferro (Iron Man), O Incrível Hulk, Os Vingadores (The Avengers), Thor
Personagens Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), James Rupert "Rhodey" Rhodes, Laura Barton, Maria Hill, Natasha Romanoff, Nick Fury, Pepper Potts, Sam Wilson (Falcão), Steve Rogers, Thor, Visão
Tags Abominavel, Betty Ross, Bruce Banner, Brucenat, Brutasha, Capitão América, Clint Barton, Emil Blonsky, Falcão, General Ross, Guerra, Homem De Ferro, Hulk, Hydra, Inimigos, Luta, Marial Hill, Marvel, Natasha Romanoff, Nick Fury, Passado, Rhodes, Romanogers, Sam, Sexo, Shield, Stasha, Steve Rogers, Tony Stark, Triângulo Amoroso, Ultron, Vingadores, Visão, Viuva Negra, Wanda Maximoff
Exibições 98
Palavras 1.999
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Acontecimentos


Bruce Banner ( POV ) 

 

 

Entro em casa após mas um dia de trabalho no hospital aqui perto. Havia me instalado aqui depois de ter fugido e por incrivel que pareça é um ótimo local para se esconder. Estou atualmente em Calcúta, novamente nesse lugar que trás certas lembranças. 

 

Ter ido embora tem seu lado bom, agora eu tenho certos controles em cima do Grandão. Posso controlar a transformação por certos momentos, não que eu vá me transformar mas preferi precaver-me contra possiveis ameaças contra mim. 

 

Coloco minha mochila no chão e acendo a luz da pequena casa que havia alugado. Me assustei por um momento, não esperava ver aquela pessoa ali, não agora..

 

- Bruce Banner, isso são horas de chegar em casa ?? - Tony pergunta sentado em uma das cadeiras da cozinha. A casa era pequena então tudo era junto. 

 

 

- Tony Stark, não sabia que me vigiava... - Dou de ombros. - É bom ver você. 

 

 

- Nossa Banner, esperava que ficasse todo bravinho por me ver. - Tony ri. 

 

 

- Nick já conversou comigo faz um tempo, Tony... Sei que vou ter que voltar para ajudar nas investigações. - Comento se sentando em uma das cadeiras enquanto sua feição fica confusa. - Ele não te contou ?? 

 

 

- Não. O desgraçado do tapa-olho não me contou !! - Faz drama. Era bom ver esse humor dele. - Achei que iria fazer aquele drama de sempre e dizer que não pode voltar. 

 

 

E no começo eu realmente fiz, não queria voltar. O fato de ver Natasha novamente me dava medo, não tinha coragem de olhar em seus olhos novamente e ver o ódio estampado. Nick havia me contado sobre Emil ter conseguido fugir da prisão. Eu não tinha noticias desse cara há muito tempo, desde nossa batalha para ser exato. 

 

 

- Bom, achei que só teria que ir mas tarde... 

 

 

- E teria, iria te buscar apenas daqui 2 semanas. - Fala. - Mas eu estive lá na base há alguns dias e vi algo que não me agradou nada nada. 

 

 

- Que seria ??? - Incentivo.

 

 

- Steve está dando em cima de Natasha. - Fala. - Eu não quero passar de fofoqueiro ou algo do tipo, mas vocês se gostam e não pode rolar dela ficar com Steve, amigão. 

 

 

Eu não desconfiava nada nada sobre o fato de Steve estar tentando algo com ela, sempre percebi que ele queria algo a mas. Mas oque eu vou fazer ??? Quando fugi era esse o intuito, queria que ela seguisse sua vida sem mim e pelo visto está dando certo. Pena que não saiu do jeito que queria, nas minhas contas eu não sofreria nada nada ao saber disso, e ao ouvir isso sair da boca de Tony me fez ficar mal. Bruce Banner perdeu a mulher que ama por pura burrice, talvez não desse certo de verdade mas ainda sim eu queria ter tentado. 

 

Mas minha maldita vida não ajuda, nunca ajudou... Tive o incidente com o Hulk que destruiu UMA CIDADE COMPLETAMENTE. Isso em si não é motivo para surtar ??? Para mim foi. 

 

 

- Obrigado Tony, mas acho que não tem nada que eu possa fazer em relação a isso. - Ele levanta uma sombranselha e cruza os braços totalmente contráriado, mas espera eu terminar. - Eu segui minha vid...

 

 

- Bruce você continua o mesmo idiota de sempre, meu deus !! Tem sorte de eu gostar muito de você cara. - Comenta seco e minha unica reação e rir, era bom ter sua companhia depois de tanto tempo. - Sabe porque eu sei que vocês ainda se gostam ?? - Pergunta e eu me mantenho quieto. - Vocês dois fizeram exatamente a mesma cara. Essa de que está sofrendo mas não assume de jeito nenhum. 

 

 

- Como está o lance dela com Steve ?? - Deixo a curiosidade falar mas alto.

 

 

- Agora você quer saber, né ??? - Pergunta se fingindo de ofendido. - Bom, eles estão mas juntos que antes... A nat ficou bem mal depois que você saiu, nem precisava falar eu mesmo percebi. Quando fui lá na ultima vez eles foram almoçar juntos, a cara do picolé de apaixonado é a melhor. - Ri.

 

Suspiro e logo volto meu olhar para minhas mãos, negar não era a melhor opção. Será que vou passar minha vida negando mulheres que sempre gostaram dem mim ?? Betty e agora Natasha. Eu sou um completo idiota mesmo. Sem dizer nada apenas me levantei e comecei a jogar todas as roupas dentro da mochila, não podia esperar mas. Não podia perder minha ruiva.

 

" Minha ruiva " 

 

Nem sei se um dia pude dizer isso... 

 

 

- É isso ai grandão !!! - Tony bate palmas enquanto não dou a minima. Tinha que ser rápido. - Eu trouxe um jato, chegaremos lá em poucas horas. - Avisa. - Mas do jeito que está ai... Talvez a gente pegue eles na cama. 

 

Mal terminou de falar e eu dei meu melhor olhar de " vou matar você " Ele simplesmente segurou o riso e permaneceu quieto enquanto eu jogava minhas poucas coisas ali. 

 

 

**

**

 

 

- Está de madrugada ainda, estão é melhor que fiquemos aqui e de manhã falamos com Nick. - Tony falou ao chegarmos na torre. - Mantive suas instalações. Nunca se sabe quando um amigo vai voltar. 

 

 

Mesmo estando sobre pressão foi impossivel não sorrir, Tony de longe era meu melhor amigo e eu não podia esquecer de agradece-lo por tudo oque fez por mim. 

 

 

- Obrigado cara. - Falo dando leves tapas em suas costas. 

 

 

- Sabe que pode contar comigo. - Sorri. - Se quiser matar Steve e jogar em algum lugar eu ajudo. 

 

 

- Tony !! - Repreendo. - Eu nem sei se vou fazer isso, só queria me desculpar. Você sabe como Natasha é, ela não vai querer falar comigo. 

 

 

- Pela primeira vez você terá que parar de ser um medroso amigo. Bruce Banner é o Hulk, sério que terá medo de falar com uma mulher ?? - Ri. - Cê ela não quiser, tudo bem. Você tem uma vida pela frente e mulher é oque não falta no mundo. - Incentiva e eu o encaro reprimindo uma risada, estava engraçado. - Não leve isso como elogio, mas você é boa pinta e só não pegou mas mulheres porque não quis.

 

 

- Olha Tony é melhor parar por ai.. - Sinto meu rosto corar enquanto ele ri. - Vou ir para o quarto, te encontro de manhã homem de lata. 

 

 

- Todo mundo me chama assim agora ?? Meu deus. - Ouvi seus resmungos quando entrei no elevador. Tinha que dormir um pouco, iria ter um dia cheio e nas próximas horas teria uma missão muito dificil : Conquistar Romanoff novamente.

 

 

**

**

**

 

 

Natasha Romanoff ( POV ) 

 

 

- Olá senhorita Romanoff. - Visão atravessa uma das paredes e sorri ao me ver. Estava na cozinha tomando café, não teriamos treinamento hoje então resolvi dar uma parada para descansar. 

 

 

- Visão, como vai ?? - Pergunto sorrindo com a educação do meu companheiro de equipe. Era tão educado que nem parecia que fora criado por Stark. 

 

 

- Vou bem, ainda estou me adaptando com os costumes humanos. Desculpe te-la assustado. 

 

 

- Não assustou, relaxa... - Falo. - Que tal um café ?? 

 

 

- Terei que recusar, não sei se posso experimentar essa culinaria humana. Vou me informar detalhadamente e se possivel voltarei para tomar um... 

 

 

- Café. 

 

 

- Café. Isso. - Fala e logo sai. É nesse momento que Steve entra na cozinha, sorri ao me ver. Até entendo o motivo de ver ele ali, ainda estava cedo e provavelmente os outros ainda estavam em seus quartos. - Capitão. 

 

Não quero admitir, mas nesses ultimos dias eu andei evitando Steve por um motivo bem idiota. Depois da conversa com Stark eu fiquei meio confusa, não ia conseguir ficar me iludindo. Eu ainda estou saindo com o Capitão, mas não significa que ficarei com ele, e muito menos com Banner. Desse eu quero distancia. Não sei quando ele virá, mas não quero olhar em sua cara e por outro lado eu quero, quero matar a saudade. Tony havia adiantado que o Abominável havia fugido. Emil estava preso ali há muito tempo, lembro que fui para o local da briga entre ele e o Hulk na época. Conhecia Bruce apenas de vista e não sabia o quão bom era, quem sabe naquela época daria certo ou não, já que ele estava fugindo de Ross e de sua filha Betty. 

 

 

- Porque está acordada há essa hora ?? - Pergunta se sentando. 

 

 

- Não dormi muito bem essa noite. - Comentei não querendo prologar essa conversa. 

 

 

- Está tudo bem ?? 

 

 

- Claro. - Sorriu por ve-lo preocupado comigo, era realmente um fofo. - E você Steve, porque está acordado agora ?? Teve uma noite ruim igual a minha ?? 

 

 

Steve me encarou por um momento e deixou um suspiro sair pela boca, mas um pequeno e timido sorriso voltou a aparecer em seus lábios. Era bom ver ele feliz. 

 

 

- Tambem não dormi bem, Nat. - Fala. - Passei a noite toda em claro. 

 

 

- Nossa, pensando em que ?? - Pergunto divertida me levantando  para colocar as coisas na pia do local.

 

 

- Você. - Me surpreende, minha face passou de divertida para chocada. Eu não sabia oque dizer nesse momento. - Natasha e..Eu gosto muito de você, sério. - Assume. - Eu já era apaixonado por você e depois daquele beijo eu me senti mas avontade para falar.

 

Mal percebi e ele já estava na minha frente me encarando como se esperasse algo, talvez uma resposta. O problema é que eu não tinha uma, não sabia oque falar... Quem diria, eu Natasha Romanoff não sei oque dizer para um homem. 

 

Steve pareceu perceber e logo sorriu novamente se aproximando cada vez mas e logo colando nossos lábios. O deixei continuar, queria aproveitar o momento mesmo que no fundo estava imaginando a mesma cena, mas com com outro. Nossas linguas se tocavam rápidamente, Steve parecia ter pressa e eu tentava acompanha-lo. Levei minha mão para sua nuca enquanto a dele fica presa em meus cabelos. Separei nosso corpos em busca de ar, tenho que admitir que beija bem. 

 

Steve abriu a boca para falar algo, mas Visão entrou na sala e eu consegui disfarçar bem nossa situação. 

 

 

- Olá novamente Senhorita Romanoff, Capitão. - Comprimentou. - Eu revi algumas informações e constatei que posso injerir essa bebida cuja senhorita tomava a pouco. 

 

 

- Qu.. Que bom Visão, eu já estou de saida mas Steve ainda não tomou seu café. Fiquei aqui e faça sua refeição com ele. - Aviso saindo rápidamente sem dar chances a ninguem. 

 

 

Não pensei muito e peguei o caminho para sala de Fury, sabia que ele estaria lá. Pensei que treinar com armas seria um jeito de tirar extravasar, porem teria que ter sua permissão. Sabia que ele estaria em sua sala agora e não vejo nenhum problema em ir lá nesse horario, não temos missões atualmente.

 

Adentrei a um corredor e logo vi a enorme porta, fechada como de costume. Dei leves batidas e não esperei resposta, acho que estava um pouco exaltada. Mas como toda atitude impensada eu me arrependi.

 

 

- Romanoff, pensei que batia na porta. - A voz de Tony debocha mas eu nem me dei ao luxo de ligar. Meus olhos se prenderam no moreno que já havia percebido minha entrada ali.

 

 

Bruce estava de volta, e eu não sabia oque dizer. Na realidade eu nem sabia mas oque estava fazendo ali. 

 

 

- Algum problema, Romanoff ?? - Fury perguntou normalmente enquanto engulo em seco. 

 

 

- Nenhum senhor, eu volto depois. - Falo tentando não manter contato visual com Banner, que já me encarava. Sem demorar muito já saiu da sala e fecho a porta, o unico lugar que posso ficar agora é em meu quarto. 

 


Notas Finais


Ficou bom ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...