História I Think I love you - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Coréia Do Sul, Dúvidas, Romance
Exibições 5
Palavras 1.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oeee, olha quem apareceu? Eu decidi fazer um especial, então até o dia 4 (Domingo) vai ter capítulos todos os dias. Por que dia 4 é aniversario do Jin!
Espero que vocês gostem desse capitulo.
Desculpe se ficou pequeno.
Até as notas finais.

(Essa garota na foto, representa a Marian ok?)

Boa leitura

Capítulo 2 - Chegando na mansão e Min Yoongi?


Fanfic / Fanfiction I Think I love you - Capítulo 2 - Chegando na mansão e Min Yoongi?

Ainda no aeroporto, havia dois carros para o transporte das duas brasileiras. As malas já estavam postas no carro, estava tudo pronto para irem até a nova casa, onde eles iriam morar.

—Pronto, agora entrem no meu carro, o motorista da nossa casa irá dirigir o outro até nossa casa. _Sun Hee falou abrindo a porta do carro.

—Vocês têm um motorista? _Luciana, mãe da Marian, perguntou impressionada.

—Ele é seu noivo. Como não sabia disso? _Marian perguntou incrédula para a mãe.

—Ah... Er... Vamos entrar. _Falou entrando no carro.

—Humpf, duvido até que ela saiba como é a casa dele. _Marian resmungou entrando no carro e se sentando ao lado do JungKook, já que sua mãe havia sentado na frente com Sun Hee.

(...)

A viagem foi longa, a casa do senhor Sun Hee era bem longe do aeroporto o que levava Luciana a pensar, há quanto tempo eles ficaram esperando elas no aeroporto? Pois com certeza deviam ter ido mais cedo devido à demora. Marian havia conseguido ficar acordada até metade do caminho, mas devido o cansaço da viagem, acabou dormindo. JungKook ficou acordado o caminho todo, conversando com Luciana - e com Marian antes da mesma dormir - o garoto acabou descobrindo muitas coisas do Brasil. Sun Hee vez ou outra, falava alguma coisa, mas sua atenção estava voltada para a estrada onde havia muitos carros passando de um lado para outro.

Quando chegaram, Sun Hee deu a volta no carro para abrir a porta para sua noiva.

—JungKook, você pode levar a Marian para o quarto dela? Acho melhor não acordá-la. _Sun Hee falou.

—Tá certo. _JungKook falou saindo do carro e dando a volta no carro para poder carregar a garota até o quarto.

Enquanto JungKook levava Marian ao quarto, Sun Hee apresentava Luciana para os funcionários da casa. Todos os empregados estavam postos em uma fila, todos vestidos com seus uniformes, que variavam devido o cargo, e com postura.

—Querida, esses são os nossos funcionários.

—Nossa. Quantas pessoas. _Luciana falou surpresa.

—Essa é a equipe responsável por cuidar da limpeza da casa. _Sun Hee falou apontando para as primeiras pessoas da fila. Havia três mulheres e dois homens. As mulheres vestiam um vestido roxo com um avental branco, e os homens um conjunto de calça e blusa roxa.

—É um prazer lhe ter aqui senhora. _A equipe falou fazendo uma reverencia.

—Essa é a equipe da cozinha. _Falou apontando para três mulheres que vestiam uma meia calça preta com um vestido branco e chapéu de chefe.

—Estamos ao seu serviço, Senhora. _Falaram repetindo o ato da equipe anterior.

—Essa é a equipe de segurança e os motoristas. _Sun Hee falou apontando para a equipe onde havia cinco seguranças e dois motoristas. Todos vestiam terno, gravata e chapéu.

—Nos certificaremos de está sendo uteis a senhora. _Falando repetindo a ato das outras equipes.

—E por ultimo. Esse é o Takashi, ele cuida para que tudo se mantenha em ordem aqui na casa, e também é o mordomo da casa. _Falou com orgulho apontando para um senhor que estava vestindo um terno cinza com calça social da mesma cor e gravatas.

—É uma honra senhora. _Falou reverenciando a brasileira.

—Eu acho que não estou acostumada a tanta gente trabalhando por mim. Mas é um prazer conhecer a todos. _Luciana disse meio envergonhada.

—Agora todos de volta aos seus postos. E quero que a equipe da cozinha prepare um jantar incrível para comemorar a chegada da minha noiva. Façam o suficiente para cinco pessoas, pois tenho certeza que o amigo do Kook virá. E claro façam com que dê para vocês também. _Sun Hee pediu enquanto segurava a mão da esposa a levando para seu quarto.

(...)

P.O.V Marian

Acordei e percebi está em um quarto com paredes roxas e o piso branco. Estava deitada em uma cama de casal forrada com um tecido branco, do meu lado direito havia um criado-mudo e na parede uma porta do teto ao chão transparente com uma espécie de cortina rosa. Do meu lado esquerdo havia uma porta e na parede um guarda-roupa. Na parede a minha frente havia uma escrivaninha e no chão alguns pufes brancos. E havia também algumas prateleiras brancas na parede. Era um quarto lindo.

Em cima do criado-mudo, havia um relógio, e nele marcava 17:23, só não sei ao certo se está com o fuso-horario da Coréia. Resolvi ir tomar um banho, entrei na porta que devia ser o banheiro e me surpreendi ao ver o tamanho daquele banheiro. Sem mais delongas entrei e tomei meu banho.

P.O.V Autora

 Marian logo saiu do banheiro e foi até uma de suas malas que estavam perto da porta. Tirou a primeira roupa que viu e a vestiu. Depois de pentear os cabelos a garota resolveu ir atrás da mãe. Quando saiu do quarto ficou maravilhada com a decoração do local, as paredes eram creme e o piso de cerâmica, preso nas paredes tinham lindos arranjos de rosas vermelhas. Logo a garota andou até uma escada onde devia dar ao primeiro andar.

(Obs: Apenas os funcionários da mansão, o Sun Hee e o JungKook sabem o português, os amigos do Kook e/ou outras pessoas falam o coreano (e se a Marian responder: inglês))

—E essa foi mais uma vitória de JungKook! _O garoto gritou na sala. Marian não entendeu uma palavra que escutou, mas reconheceu a voz do seu meio-irmão, pode-se assim dizer.

Olhou mais uma vez para a roupa que vestia que era, uma saia cintura alta branca e uma blusa com capuz azul clara, nos pés uma bota e na cabeça um gorro. (Link nas notas finais) Ajeitou a barra da saia que vestia e foi para sala, se deparando com Kook pulando e cantando uma musica coreana e um garoto apenas rindo.

—Er... JungKook? _Marian falou meio constrangida e quando o garoto a viu corou devido à vergonha.

—M-Marian? Er... Eu, bem... _Kook falava tentando pensar em algo. _Esse daqui é o Min Yoongi. _Falou apontando para o garoto de cabelos verdes que olhava confuso para os dois.

—O que raios, você está falando? _Yoongi perguntou.

—Ah... É Yoongi essa daqui é a minha irmã, ela veio do Brasil e a mãe dela vai se casar com meu pai.

—Anh... Ah sim! A brasileira. _Yoongi falou como se lembrar-se de algo.

—Sim. Eu... Eu vou ver se meu pai precisa de algo. _JungKook falou saindo da sala.

—Prazer. Eu sou a Marian. _A garota falou quando o moreno saiu da sala.

—E eu sou o Yoongi prazer. _O garoto falou estendendo a mão e sorrindo. Logo Marian segurou a mesma.

—Seu sorriso me lembra algo doce... Posso te chamar de Suga? _A garota perguntou sem pensar, e só depois formulou a frase e em seguida corou. _D-Digo! Eu... Bem é que... Não...

—Claro. _Yoongi respondeu rindo da garota tentando se explicar.

—E-Ei! Não tem graça para de rir. _Marian resmungou constrangida.

—Não valeu. _Suga falou em meio às risadas que ele dava.

—Ei vocês dois. Estão chamando para o jantar. _JungKook falou colocando a cabeça na sala mantendo o corpo fora do cômodo.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...