História I Think We're Doomed - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescentes, Guerra, Militar, Romance
Exibições 3
Palavras 640
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Policial, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - O Fim De Uma Lenda. Parte 1.


No dia seguinte acordei no hospital, com Robin deitada sobre a cama, e uma dor imensurável no peito direito.

- Hey, está com sono?

Ela acordou e disse.

- Newt! Finalmente...

Então me abraçou o mais forte que podia, como se nunca mais fosse me soltar, e aquilo estava começando a doer eu ainda tinha um buraco no peito.

- Vai com calma, se eu não morri com aquilo, vou morrer de tanto me apertar!

Depois entrou meu avô junto dos pais de Robin, Tracy e Luna. Então eu pedi para conversar em particular com meu avô.

- Meu Deus, Newt, como você está? Está se sentindo melhor?

- Ah, sim eu estou bem, pode ficar tranquilos hehe!

- Eu te devo alguma coisa meu jovem, você salvou as nossas vidas, se não estivesse lá... O que poderia ter acontecido???

Então eu parei e pensei "Nossa, eu matei aqueles 3 e salvei vidas, posso ser considerado um herói? Tipo o Batman, não, eu matei gente. Estou mais para o V, sim o V posso ser considerado o V.," Mas não foi por vingança desta vez (se não assistiu "V de Vingança" Você tem a necessidade de assistir agora).

- Ah, isso? Não foi nada hehe, eu não podia deixar que entrassem, eles estavam fora da lei! / Eu realmente disse isso, tentando puxar saco dos 2.

- Uau, que coragem meu rapaz, um dia quer ir à delegacia comigo? Depois podemos ir até a corte de Peter, o que acha da ideia? /Stella me concedeu um sonho, que era me aproximar deles para ser mais íntimo de Robin hahaha.

- Nossa, sério? Eu adoraria! /Eu respondi super animado.

- Pode ser dia 30/08??? /Disse Stella.

- Sim, amanhã eu já estarei melhor! /Depois dessa a felicidade já estava a milhão.

Quando eu já não imaginava que poderia melhoras, eis que entra Robin em meu quarto novamente, era praticamente impossível segurar a emoção que batia ao ver aquele ser de cabelos loiros adentrando o quarto.

- Então, eu tenho muito o que agradecer certo? Você salvou a minha vida e a vida de minha família! Obrigado, e é por isso que te amo. Meu melhor amigo!

Ai, aquilo poderia ter doido um pouco para pessoas supersticiosas, mas para mim, aquilo significava a melhor coisa que eu poderia ouvir em toda a minha vida! Ouvir um “Eu te amo” dela era o meu sonho, pelo menos o 2° porque o 1° era casar com aquela garota... Ela me abraçou e ficou deitada comigo, até cerca de 23:00. Ela foi embora e eu fiquei sozinho no quarto.

Quando deu 00:00, um segredo meu era que meus sonhos, eram o meu passado sempre, afirmei isso quando comecei a sonhar com tudo o que acontecia em meu dia a dia. Por esse motivo eu me lembro quase 1 noite por semana como meus pais foram assassinados, me odeio até hoje por mesmo sendo um bebe, observar toda aquela cena. Levantei da cama, com meu corpo todo praticamente em chamas e fui me olhar no espelho, eu estava com os olhos azuis iguais aos de minha mãe e meu corte no peito começou a cicatrizar e voltar ao normal, como um sistema de regeneração. Então por 4 segundos perdi o controle do meu corpo, apenas fiquei me observando ao espelho e comecei a lacrimejar sorrindo eu pensava. “Que merda está acontecendo aqui? Por que estou chorando? Não tem sentido algum tudo isso! ”.

Voltei a dormir, e quando acordei no dia seguinte, meu avô veio me buscar e insistiu que eu fosse ao colégio, quando cheguei no colégio fui recebido por toda a minha sala, como um herói. Só podia estar vivendo mais um de meus sonhos, mas não por muito tempo... O dia mais incrível para mim, ninguém imagina que seria também o mais catastrófico...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...