História I Think We're Doomed - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescentes, Guerra, Militar, Romance
Exibições 3
Palavras 744
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Policial, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Um Dia O Jogo Sempre Vira.


Eu, tinha 19 então tive que me apresentar, havia também uma unidade que continham apenas garotas, Tracy decidiu entrar junto. Fomos treinados por 6 meses, e quanto mais o tempo passava mais os dias que eu passava ao lado de Tracy se tornavam mais preciosos para mim, minha distância de Robin com o tempo foi assassinando o que eu sentia por ela e a proximidade com Tracy, foi criando algo dentro de mim que estava começando a vê – la de maneira diferente. Uma noite, ela estava treinando sua mira sozinha no campo, eu acordei e fui falar com ela, então  fui ajuda – la.

- Tracy! Não, não é assim. (Então eu colei atrás dela, segurei a arma junto e coloquei minha mão sobre a dela no gatilho)

- Olha, antes você mira, depois mantenha a concentração e então. Atira! Isso mesmo, muito bem minha garota.

- Obrigada Newt! Ainda não sei o que seria de mim sem você do meu lado.

Então ficamos um olhando para o outro, sem dizer nada foi quando nos aproximamos mais e nos beijamos. Então depois fomos ao gramado e ficamos deitado olhando para as estrelas, passamos cerca de 2 horas lá deitados conversando.

- Tracy, eu não sei quanto a você, mas eu te amo!

- Newt, eu também te amo!

- Então madame, você aceita namorar comigo?

- Você está brincando né? Não pode ser real... Isso é um sonho? Eu não quero acordar, é o melhor sonho da minha vida!

- Kkkkk, mas então??? Você aceita?

- Sim, sim sim sim sim um milhão de vezes SIM!

Então nos beijamos mais uma vez e ficamos abraçados a noite toda olhando para as estrelas, após 1 semana, a Rússia retirou as suas tropas e também suas ameaças, insinuando que não iria haver guerra. Então eu e Tracy retornamos para Richmond, junto de nosso esquadrão, que agora tínhamos nos tornado amigos : Harvey, Maggie e Marc. Harvey era um rapaz alto e moreno com os olhos azuis, forte e  muito bonito. Maggie era negra e linda, de cabelos cacheados e castanhos com os olhos verdes. Marc, era o nerd da equipe, asiático com o cabelo preto e liso, baixinho com aparelho e óculos.

Um dia marcamos de ir a um café, para conversarmos e chamamos Robin e Luna também, passamos a tarde toda juntos conversando e se conhecendo melhor, era perceptível um clima entre Luna e Harvey, Maggie e Marc eram praticamente namorados, diziam ser apenas melhores amigos mas eu tenho as minhas dúvidas quanto a isso.

- Gente, eu e Newt temos uma notícia para dar à vocês! /Disse Tracy.

- Mesmo? Conta vai. /Disse Luna.

- Nós estamos namorando! /Respondeu Tracy.

- YEEEEEEES. /Comemorou todos do grupo, ou quase todos.

Eu havia olhado para Robin antes, e ela definitivamente não era a pessoa mais feliz com aquela notícia, aparentava estar triste como se não fosse para aquilo acontecer.... Um tempo depois Robin começou a namorar com um cara chamado Ryan, Ryan era o sonho de qualquer garota, Forte, olhos azuis, loiro, legal, divertido e engraçado. Namoraram por 5 meses, até um dia que decidi ir visitar Robin e encontrei os 2 brigando e quando vi Ryan batendo em Robin, entrei na casa e comecei a espancar Ryan, e o expulsei dali.

- Você está bem? /Eu perguntei.

- (Chorando) Sim, essa não é a primeira vez que isso acontecer.

- E por que nunca terminou com ele?

- Porque ele ameaça a mim e minha família sempre que tentamos terminar... E agora ele provavelmente vai fazer alguma loucura!

Foi então que Ryan voltou a casa dela alguns minutos depois de sair, com uma arma e ameaçou matar nós 2, então o que eu pensava ter morrido dentro de mim, aconteceu de novo. Perdi o controle de meu corpo por alguns segundos, meus olhos ficaram lilás e isso nunca havia acontecido antes, quando meu controle retornou, só me lembro de ir para cima de Ryan e lhe dar um direto no queixo, depois pegar sua arma e dar um tiro em sua perna, depois chamei a polícia e o prenderam.

Depois, Robin me agradeceu e me abraçou, forte e sem me soltar de maneira alguma, então aparece Tracy e vem perguntar se está tudo bem conosco, eu respondo que sim e que ninguém se feriu a não ser Ryan (Robin fica apenas observando Tracy me abraçar, como se fosse ela quem devia estar no lugar de Tracy).



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...