História I wanna be yours. (Castiel e Nathaniel) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charli, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Dimitry, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lynn, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Tags Castiel, Castxnath, Nathaniel, Yaoi
Visualizações 87
Palavras 762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


+ 1 cap,dessa vez sobre Adelaide,mãe do Nath,que eu fiz bem querida mas cheia de segredos.
Misterioso né,aproveitem anjinhos,hoje tô feliz.
Mais de 1500 visualizações já,tô MUITO FELIZ!

Capítulo 20 - Exemplary wife


Fanfic / Fanfiction I wanna be yours. (Castiel e Nathaniel) - Capítulo 20 - Exemplary wife

Adel on

Sentei-me na cama,pensando em minha vida,e em tudo que eu fiz.

Tanto erros,que pareciam tão certos,tão bons,mas se tornaram infernais.

Meu querido Nathaniel,meu passarinho,finalmente voou,saiu desse inferno.

Eu sei que ele está feliz com Castiel,que eu vejo que o ama,os olhos daquele rapaz brilham como estrelas quando olham para meu filho.

Lembrei - me,os olhos de Francis um dia brilharam assim,porém ele parou de me amar e logo passou a me odiar depois daquilo...

Eu entendo ele me odiar depois do que eu fiz,mas ele descontou na parte que mais me dói,não em mim,mas em meu filho.Como ele pôde?Como se tornou tão frio?Porque o homem que eu amava até a morte fez eu querer mata-lo?

O erro foi meu,Nathaniel nunca teve culpa do que eu fiz,mesmo assim ele teve de sofrer nas mãos dele,e eu não fiz nada por puro medo,eu não teria medo do antigo Francis,eu amava o antigo Francis.

Ao menos uma parte de minha angústia se vai ao saber que meu filho está com alguém que o trata bem,que vai fazer de tudo para por meu marido atrás das grades.

Se ele conseguir estarei livre da maldade de Francis,quando o amava nunca pensei que diria isso...mas quero ele longe.

Lembro quando nos conhecemos,eu ainda estava em Paris,começando a carreira de modelo da qual eu desisti por culpa dele,eu tinha 14 ele 16,ele disse"Se eu fosse um agente,você seria a modelo mais linda que eu já vi",a Torre Eiffel era mais bonita naquele dia,andamos perto da Torre,ele me disse que era de Le Marais,Dancing Queen estava a tocar.

Tudo era lindo.

Em dois anos aquilo aconteceu,Nath não sabe,só eu,Francis,John e Ashiley sabemos. 

Não posso esconder isso para sempre,meu filho tem que saber o motivo do sofrimento dele,tenho que falar a verdade para Ambre e Nathaniel.

O motivo de eu tentar fazer tudo perfeito,com uma bela máscara sorridente e um corpo ainda jovem.

O motivo de Ambre ser mais amada por Francis que Nathaniel,o motivo de eu tentar afastar Daniel de Nathaniel.

Tudo desde o começo,cada pequeno segredo que escondi como uma esposa exemplar eu contarei amanhã.

Francis chega,saio de meus devaneios.

Jantamos,vamos para cama,ele quer transar,não posso falar nada,apenas aceitar,sexo sem sentimento,apenas para ele desestressar.

Isso é horrível,me sinto um objeto,uma boneca que ele usa e enfeita do jeito que quiser,para mostrar as pessoas.

Durmo,acordo com Francis já no trabalho,vou para casa de Castiel,chamo Ambre que nos últimos dias está muito triste.

Parto com o carro,Ambre está  quieta desde de oque fez seu "irmão" passar.

Chego a casa,bato na porta,Nathaniel atende surpreso,não sabe como reagir com Ambre ali de cabeça baixa,ela está arrependida do que fez e eu preciso contar aos dois oque escondi,mas antes eles tem que se resolver,eu percebo isso.

-A-ambre.

-Precisamos conversar,Castiel está?-Perguntei 

-N-não.

-Melhor pois é muito pessoal,Ambre pode entrar?

Ele pensou um tempo.

-.....Sim.

Ela entrou atrás de mim de cabeça baixa.

-Mas antes de contar oque tenho para contar Ambre quer dizer algo.-A empurrei para frente de Nathaniel.

Ela olhou para ele,chorando.

-Me..desculpe..Sniff,por favor...me perdoa..Sniff....não sei porque fiz aquilo....Sniff...me perdoa por favor....Nath me perdoa..Sniff.-Se abraçou nele chorando.

-Ambre-Ele disse calmamente-Olha pra mim,eu te perdoou,mesmo que você tenha feito isso por ciúme,eu sei que você tá arrependida,e foi graças a isso que eu estou aqui agora,te odiei na hora,mas você ainda é minha irmã,isso que voce fez não muda o fato de ter vivido comigo minha vida inteira.-Ele limpou as lágrimas dela e a abraçou.

-Muito..Sniff..Obrigado.-Ela falava entre soluços,chorando alto como uma criança.

-Me prometa que será uma pessoa melhor a partir de agora.

-Eu..Sniff. .serei..e-eu juro.

-Que bom maninha,mas agora mãe oque você tem para contar?

-Sentem-Disse enquanto Ambre se recuperava.

Esta na hora,o segredo que pode mudar tudo na vida deles será revelado.

-Serei direta,prestem atenção.

-Certo-responderam em uníssono.

-Ambre eu conheci seu pai aos quatorze anos,namoramos mas ele parou de me amar,me traiu com uma garota chamada Ashiley e eu o trai com John,o primo de Daniel.Mas Ashiley engravidou de Francis e eu engravidei de John na mesma época.

-M-mae oque isso significa?

-Ambre,Ashiley é sua verdadeira mãe e Nathaniel,John é seu verdadeiro pai.

Os dois estavam confusos.

-Mas como assim?-Ambre perguntou.

-Ashiley foi embora deixou você com Francis e virou prostituta,Ambre é por isso que seu pai te trata melhor.

-E Nathaniel,John  foi preso por tráfico de drogas e você ficou comigo,vocês são parecidos e nasceram na mesma época,mentimos que vocês eram gêmeos,por isso Francis não gosta de você Nath,a culpa é  minha.

-Isso é coisa demais para nós.-Disse Nath abraçando Ambre.

-Porque você cuidou de mim se eu sou filha de Ashiley?

-No começo eu não gostei,mas aprendi a te amar como filha.

-Preciso de um tempo para pensar.-Nath disse.

-Eu também - Disse Ambre.

Estavam assustados,confusos e sem reação.

-Certo eu vou pra casa,pensem o quanto precisem.

-O-ok.

Apesar do medo de como eles irão reagir,sinto um peso sair das minhas costas.




Notas Finais


Gente que sono,gostaram???
Comentem
Ignorem meus erros porque eu tô fazendo educação física para ter nota em linguagens(port,espanhol,ing,artes,educação física) no boletim,sou ruim em português e odeio educação física.
Tem coisa demais pela frente anjinhos boa noite ♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...