História I Wanna Be Yours Forever And After The End - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Emma Swan, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Amor, Emma Swan, Fanfic, Ouat, Regina Mills, Suspense, Swanqueen
Visualizações 20
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


E então, isso é um acontecimento raro de acontecer, postar dois capítulos no mesmo dia, pois é. É que não aguentei galerinha, espero que curtam.

Capítulo 2 - Chapter - 2


Washington ~ 03:00

Dias antes...

Emma corria com dificuldade, lutava contra a corrente a fim de chegar até o outro lado e salvar sua amada. Sabia que não poderia perdê-la novamente. Da última vez tinha sido por sua culpa, agora, seria por uma infeliz tragédia. Regina se afogava cada vez mais enquanto a maré empurrava a loira para longe. Seria ali talvez o fim de ambas senão fosse pela força e determinação de Swan.

A loira nadava, braçadas e mais braçadas, sua visão ficava cada vez mais turva, porém não tirava os olhos de sua morena. Estava próxima de Regina quando sentiu algo puxar seu corpo para baixo, pôs sua mão para fora d'água dando seus últimos sinais de vida, tentava se libertar, mas o que à puxava era ainda mais forte que ela.

Emma despertou num susto sentando-se na cama ainda com o lençol cobrindo parte de seu corpo. Arfava como se estivesse sufocando. Aquele pesadelo soara real demais para a loira. Um mau presságio se apossava de si, talvez fosse a culpa ainda a consumindo ou fosse algo ainda maior.

Sem mais conseguir dormir, ela se levanta de sua cama e caminha até a porta de seu quarto. Abriu-a saindo piscando algumas vezes seus olhos para que se acostumasse com a escuridão da casa.

Como morava em apartamento, foi fácil chegar até a cozinha. Por mais que a loira ocupasse um cargo importante no governo, sua humildade era maior que todo seu dinheiro. A verdade é que Emma pouco ligava para coisas luxuosas, preferia viver numa fazenda do que numa mansão cara. Simplicidade, esse era o forte de Swan.

Caminhou até a geladeira abrindo-a retirando de dentro uma garrafinha d'água para umidecer sua garganta. Debruçou-se sobre o balcão após beber um pouco da água, deixou a garrafinha de lado e apoiou sua testa nos braços suspirando pesadamente.

Swan sentia falta da mulher que amava, mais do que previa, e não ter sequer notícias dela desde que se viram pela última vez no ensino médio, acabava com ela.

    Flashback on

— Regina, eu estou indo embora. Eu e minha família iremos nos mudar para bem longe, eu não queria ir, mas preciso, mas antes precisava te avisar. - A loira dizia segurando suas próprias lágrimas enquanto que Regina segurava as suas também.

Receber aquela notícia tinha sido demais para Mills. Emma era sua única amiga e, por mais que soubesse que não era a única amiga da loira, sentia-se única quando estavam juntas. Ambas nutriam sentimentos pela outra, contudo, o medo de rejeição sempre às venciam. Não só a rejeição, mas o medo de não darem certo e isso acabar com a amizade de quase quatro anos.

O que Regina não sabia, era que a tal ida embora, seria algo forjado de Emma.

   Flashback off

Swan sentia seu rosto começar a ser banhado por algumas lágrimas, ela se culpava por ter escondido seus sentimentos. Se culpava por ter ido embora, por mais que houvessem razões. Hoje, tinha de conviver com a dor e a solidão. Os dias já não eram mais divertidos sem sua morena por perto.

***

Gabinete da Casa Branca ~ 13:00

Faziam alguns minutos que Emma tinha voltado do seu horário de almoço. Agora, estava em sua sala revendo pela última vez a agenda do presidente antes de repassa-la para o mesmo.

Um silêncio não muito incômodo pairou no ar, normalmente estaria tocando alguma música clássica em som ambiente, mas naquele dia era notório no semblante da loira que ela não estava muito bem.

Estava preste a sair de sua sala para se encontrar com seu amigo, o então aclamado Presidente dos Estados Unidos, quando teve sua porta escancarada por Jefferson, um geólogo recentemente contratado.

— No que posso ajudar, senhor Hatter? - Perguntou a loira o fuzilando com os olhos pela forma que o jovem adentrou sua sala.

— Senhorita Swan, creio que não tenho boas notícias. - Jefferson dizia pondo sob a mesa de Swan, um papel contendo gráficos geográficos. - Um amigo estava no Polo Norte fazendo pesquisas para o seu doutorado quando presenciou um fenômeno que há tempos vem sendo alertado. - A medida que o rapaz proferia cada palavra, a loira zombava por dentro.

— E que fenômeno seria esse? - Perguntava dando pouco crédito achando tudo aquilo muito ridículo.

— A crosta subterrânea que mantém a massa terrestre está aumentando numa escala muito mais alta como já previsto. Como se já não bastasse isso, o aquecimento global se elevou tanto que o gelo começaram a se quebrar. Houve relatos nos Polos Sul e Norte, até agora. Precisamos alertar o presidente!

Emma não pôde se conter e caiu na gargalhada ouvindo todas as baboseiras de Jeff. Ela não podia acreditar que basicamente ele estava alertando sobre um possível fim do mundo. Parou de rir quando por fim, começava a lhe faltar ar. Recompôs-se pegando o papel sob sua mesa entregando para o doutor Hatter.

— Faça me um favor, Hatter. Fique longe da sala do presidente e principalmente dele, pegue essa teoria de fim de mundo e guarde para você. Esta na hora de crescer, querido! - Saiu detrás de sua mesa carregando nas mãos a agenda do presidente e logo deixou a sala com um Jefferson raivoso para trás.

Swan meio que acreditava nas palavras de Jeff, só não queria admitir. Acreditava pelo fato dos seus pesadelos que tinha onde sempre tentava salvar Regina de uma possível tragédia causada pela natureza. Se fosse realmente acontecer, Emma não podia afirmar, o que podia era sua agonia. 

As palavras de Jeff não saíam de sua cabeça e se realmente estivesse para acontecer o fim do mundo, ela teria que salvar Regina, não importando onde ela estivesse. A morena sempre fora sua prioridade e isso não iria mudar com a distância. Pois se há algo que a loira aprendeu, é que se você ama alguém de verdade, você sempre a protegerá.

– Emma, não estou brincando, isso é mais que sério. Há vidas em risco, pessoas que moram no litoral, isso vai ser no mundo todo. - Jeff apareceu praticamente berrando, fazendo a loira se assustar e o puxar pela gola do casaco até um canto.

– Jefferson, eu não estou brincando, se quer dar uma de geólogo maluco, que dê em outro lugar. Olhe ao redor, acha que irão acreditar em você? Óbvio que não! - Falou já o soltando e se virando para ir embora, porém, parou quando o escutou se pronunciar novamente.

– Eu sei que você acredita em mim, bem lá no fundo, então por isso, Swan, eu te peço para tentarmos alertar o presidente.

O homem praticamente suplicou, porém, ela apenas o deixou ali e, tomando outro rumo, saiu da Casa. Precisava digerir tudo o que tinha lhe sido dito, então, nada melhor do que passear pelos jardins a fim de tomar um ar para processar as informações. 


Notas Finais


Para quem se pergunta, a fic é inspirada nos filmes O Dia Depois De Amanhã e 2012, dois dos meus filmes favoritos u.u
Não deixam de dar aquele feedback maravilhindo, galerinha, até o próximo ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...