História I Wanna Dream - Season Two - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs, The Walking Dead
Personagens Chandler Riggs, Personagens Originais
Tags Arya Lincoln, Chandler Riggs, Season Two, The Walking Dead, Twd
Visualizações 125
Palavras 1.476
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey sweethearts
Sorry a demora
Boa leitura s2

Capítulo 3 - Maddison Clark


Fanfic / Fanfiction I Wanna Dream - Season Two - Capítulo 3 - Maddison Clark

-Arya, precioso falar com você em particular-Robert entrou na sala e eu assenti, o seguindo mas parando no meio do caminho.

-Espera, o que você ia dizer, Lauren? -perguntei e ela se preparou para falar.

-Eu...

-Arya! -Alanna chamou rindo,fazendo Lauren gritar e atirar nela um cupcake.

-Eu to grávida, porra! -Lauren gritou e eu gritei, fazendo Kate gritar junto e nós começamos a rir. Eu abracei ela enquanto gritavamos e nós começamos a pular.

-Ai meu deus! -eu gritei novamente e me abaixei na frente dela. -Hello princesa ou princeso, saiba que a dinda já ama você! -nós começamos a rir e Robert limpou a garganta. -To indo, to indo.

Eu entrei na sala dele e me sentei na poltrona aconchoada. Ele se sentou na minha frente e me passou um script. Eu peguei e me escorei para ler. Meus olhos se arregalaram enquanto eu ia para o final. Eu reli o último parágrafo três vezes antes de levantar o olhar.

-O QUE?! -Eu gritei e ele sorriu, triste, dando de ombros. -Como assim você vai me matar?! Robert, você quer apanhar?

-Estamos na reta final, Arya - ele disse, se escorando na cadeira. -Não é só a Lydia que vai morrer agora. Tara, Carol e Dwight também vão.

-Puta merda -resmunguei relendo a cena.

-Nós vamos gravar essa cena hoje - eu o encarei, não acreditando.

-Mas eu nem li direito! -eu falei indignada.

-Você só tem uma fala. É só atuar -ele disse e eu suspirei.

-Certo -me levantei e saí andando com os olhos cheios d'água. Eu andei em direção ao camarim enquanto segurava o script contra o peito.

-Arya? -eu comecei a chorar, me virando e vendo Chandler parado me olhando com o cenho franzido. Ele caminhou até mim e me olhou. -O que foi?- eu entreguei a ele os papéis e ele leu rapidamente, logo deixando eles de lado para me abraçar. Eu comecei a chorar mais ainda depois disso.

-O que está acontecendo? -Kate perguntou já chorando enquanto chegava perto. Eu solucei, logo sendo apertada por Chandler.

-Lydia vai morrer -ele respondeu e Kate praticamente se atirou em nós.

-Você contou a ela? -ouvi a voz de Melissa.

-Sim -Robert respondeu e logo eles se juntaram ao bolinho, sendo seguidos por todo o resto.

***

Eu entrei no cenário e respirei fundo. Eu me abaixei no canto da cela onde minha personagem estava sendo mantida e escondi meu rosto em meio aos cabelos.

-Ação! -alguém gritou.

-Andem logo com isso -Jeffrey falou e eu gritei quando agarraram minha cabeça e fingiram bater contra a parede. Dois homens começaram a me arrastar para fora do local enquanto esperneava e eu fui largada em frente a alguém.

-Lydia? -eu levantei o rosto ao ouvir a voz de Chandler e o vi amarrado em uma cadeira a minha frente. Alguém parou ao meu lado e eu levantei o olhar, vendo Jeffrey ao meu lado. Ele sorriu e me puxou pelos cabelos, me levantando. Eu o encarei de queixo erguido.

-Sua garota é durona, hein?! Assim como você. -ele disse e riu, olhando para Chandler que se mantinha apavorado. -Quero ver se continua sendo enquanto essa puta morre aos poucos.

Ele se afastou um pouco, exibindo o machado de Rick. Em um movimento rápido, ele fingiu fincar o mesmo em meu estômago. Eu ouvi Chandler gritando enquanto eu deixava meu corpo amolecer e caia no chão como um saco de batatas.

-Soltem o pirralho -Jeffrey falou e Chandler foi solto. Ele correu até mim e se abaixou em minha frente, puxando meu corpo para si e deitando minha cabeça em seu colo.

-Lydia... -sua voz soava embarcada. -Eu sinto muito... eu sinto tanto...

-Não se preocupe... não dói -eu respondi e sorri fraco. -Quem diria... Eu estou morrendo nos braços do meu amor, do meu único e verdadeiro amor.

-Eu te amo tanto -agora ele chorava. Deixei que algumas lágrimas escorrecem. Eu sorri para ele, fechando os olhos.

-Seja feliz.

-Não. -ele disse e meu corpo foi balançado. - Lydia, abra os olhos. Não, não, não! Lydia! -ele gritava e eu ouvi a risada de Jeffrey. Meu corpo foi largado e eu senti Chandler se levantar. -Você já está morto.

-Corta! -alguém gritou e eu abri os olhos enquanto chorava.

-Ai, eu não to bem -eu disse soluçando. Jeffrey riu e estendeu a mão para me ajudar a levantar. Eu ignorei e levantei, cambaleando para trás e quase caindo. -Não quero papo com você, você me matou.

***

Eu mordi meu terceiro cupcake enquanto fungava e esperava Chandler e Kate ficarem prontos. A porta foi aberta e eu franzi o cenho ao ver uma garota entrando. A morena parou ao me ver e sorriu.

-Hey dear -ela sorriu e caminhou até mim. -Você deve ser a Arya. Me chamo Maddison Clark. -Ela estedeu a mão para mim, na qual eu apertei. -Sou a nova personagem.

-Nova personagem? -perguntei, confusa, enquanto limpava as migalhas de bolo da minha blusa.

-É, Luna Carson -ela disse e eu assenti, fingindo que havia entendido. Robert me matou para colocar outra no lugar? Ele quer apanhar?

-Hum... oi? -eu me virei, vendo Chandler entrar na sala e olhar a morena confuso.

-Chandler, não é? -ela se aproximou com a mão esticada e sorrindo. -Sou Maddison Clark, nova personagem.

-Ah, sim... -ele parecia tão confuso quanto eu. Chandler franziu o cenho, trocando olhares comigo.

-Maddison? -Robert disse, entrando na sala. -Achei que fosse chegar a Atlanta só amanhã.

-Consegui vir mais cedo -ela respondeu, sorrindo docemente. Por algum motivo, eu não fui com a cara dessa garota. -Se não for uma boa hora eu posso voltar amanhã e...

-Não, tudo bem - ele disse rapidamente. -Me acompanhe, por favor.

-Até parece que é educado -eu gritei enquanto eles saíam. Robert, sem se virar ou parar de andar, apontou o dedo para mim. Eu ri.

-Vamos? -Chandler perguntou e eu assenti.

-E a Kate?

-Ela disse que vai mais tarde, precisa gravar umas cenas que deram errado. -ele respondeu e deu de ombros em seguida. Eu me levantei e caminhei até ele.-Não é como se ela fosse se perder por Atlanta.

-Chandler... é a Katelyn-ele me olhou por alguns segundos enquanto saíamos do prédio.

-Tem razão.

***

-HEY! -eu gritei quando Lord Stark pulou em mim. Eu comecei a rir enquanto ele me lambia. Ele se atirou no chão e eu fiz carinho em sua barriga. -Quem é o cachorro mais maravilhoso do universo? É você. É você, garotão.

-Me sinto excluído -Chandler disse, se atirando no sofá da minha antiga casa e eu ri. Eu prendi a coleira no doginho que começou a dar a louca só de ver que iria passear.

-Eu não poderia ter escolhido um cachorro melhor para ser da Arya Lincoln -Chandler falou enquanto me seguia para fora da casa. Eu ri e neguei com a cabeça.

-Cala a boca.

Nós caminhamos em direção a casa ao lado e Chandler abriu a porta, entrando.

-MÃE! -Ele gritou e Gina deu um grito.

-Quer me matar do coração, moleque?! -ela disse, atravessando a sala e caminhando até nós. Ele riu e ela o abraçou, logo depois me abraçando. -Que saudades que eu estava de vocês. Chandler está se comportando? -Gina perguntou me olhando e eu neguei.

-Nem um pouco -eu disse e ele arregalou os olhos. -Foi pra longe da mãe e virou um selvagem.

-Arya! -ele me repreendeu. -Mãe, é mentira. -nós começamos a rir e ele fez uma careta pra mim, devolvi.

-Arya! -Grayson gritou, descendo as escadas correndo. -Que saudade que eu estava de você! -ele me abraçou e olhou para o irmão. -De você, não.

-Ótimo, agora sou o indesejado da família -ele saiu andando enquanto fazia drama. Eu ri e Gray me soltou, saindo andando atrás do irmão.

Eu me abaixei, ficando na altura do Lorde e fiz carinho em sua cabeça.

-ARYA!-alguém escancarou a porta e eu arregalei os olhos, olhando Vic entrar.

-Virou a casa da mãe Joana, isso daqui! - Gina gritou e nós rimos. Eu me levantei e ela se atirou contra mim, me abraçando. Lord Stark deu um ataque de ciúmes e começou a pular a nossa volta, tentando entrar no nosso meio e ser abraçado também.

-Que saudades -ela disse quando nos afastamos. -Como é Flórida?

-Maravilhosa, você iria adorar -ela fez uma carinha triste e eu ri, empurrando sem ombro. -Como está o Peyton?

-Ta bem -ela deu de ombros e riu -Ele transferiu a faculdade para Educação Física.

-Eu disse que ele não iria durar muito tempo em Contabilidade. -nós rimos e eu ouvi um grito e um estouro.

Nós nos entreolhamos e caminhamos até a cozinha. Eu comecei a rir quando vi Chandler caído no chão com Gray rindo ao seu lado. Tudo piorou quando Lorde passou correndo por mim, quase me derrubando, e literalmente se jogando por cima de Chandler. Eu dei uma crise de risos enquanto Chandler tentava o afastar.

-Arya, querida, você pode fazer a gentileza de tirar o seu cachorro de cima de mim? -O dog lambeu sua boca. -Eu agradeço.  


Notas Finais


Espero que tenham gostadoooo
Desculpem o cap meio sem sal
Sem açúcar
Tempero
E tudo o que há de bom
Mas prometo que os próximos vocês vão odiar... brincadeira s2

ATÉ A PRÓXIMA
NÃO ESQUEÇAM DE COMENTAR!

ONE KISS
ONE CHEESE
AND BYE


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...