História I Wanna Runaway - Season 2 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5sos, Annie Costinner, Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Visualizações 26
Palavras 1.701
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLÁ AMORES, I'M BACK.
Enfim, aqui estou eu com a segunda temporada, perguntei se alguém iria ler, obtive respostas :v
Por mais que foram poucas, ainda são pessoas querendo ler, e não vou deixá-las na mão hihi. Bom, vou tentar melhorar na escrita da fanfic, algo que fique mais intenso e talz e também queria dizer que coloquei os outros meninos da 5SOS na fanfic, pra dar mais um Up :D
Pra terminar aqui, queria pedir pra você deixar sua opinião nos comentários, eu fico TÃÃÃO feliz quando vejo que alguém gostou e teve disposição pra ir lá e deixar seu comentário, sério, isso anima meu dia :3
Obrigada, agora está livre pra ler a história.

Capítulo 1 - Reencontro


Fanfic / Fanfiction I Wanna Runaway - Season 2 - Capítulo 1 - Reencontro


Lá estava eu, sentada naquele avião, ouvindo música e folheando uma revista. Sim, eu estava voltando pros Estados Unidos depois de um ano, estávamos indo visitar uns parentes da minha mãe. Eu nem acredito que depois de tanto tempo eu estava realmente voltando lá, eu olhava pela janela do avião, apenas via nuvens e mais nuvens. Depois de algumas horas de viagem, a aero-moça alerta que em alguns minutos iríamos pousar o avião no aeroporto. Enfim, pelo menos algum de vocês devem estar curiosos pra saber oque aconteceu depois que me mudei pra Austrália e larguei minha "vida" toda nos EUA. Acredite, vocês saberão mais tarde.
[...]
Desembarcamos do avião e fomos em busca das malas, eu estava animada, mas nem tanto, então apenas peguei minha mochila e segui em direção á saída
_Filha? Aonde vai? - minha mãe pergunta me seguindo.
_Pra fora, ué! - falo parando e me virando pra ela.
_Espere seu pai.
Fiquei parada ali por alguns segundos, até que meu pai chega
_Vocês iam me deixar aqui sozinho? - fala.
_A Annie que estava pronta pra correr - minha mãe dá uma risadinha.
Bufo, viro as costas e prossigo andando, meus pais também vão para fora do local e chamam um táxi.
O esperado veículo finalmente chega, e adentramos no mesmo, então depois de uma hora mais ou menos, chegamos na casa de minha tia. Entramos, cumprimentamos todas as pessoas que haviam na casa, jogam conversa fora por algum tempo, até que minha tia se pronuncia
_Annie, querida, vai dar uma volta com a Bárbara e a Ashley - Bárbara e Ashley eram minhas primas, eram apenas 2 anos mais velhas que eu, elas se animaram com a idéia, me puxaram pelo braço e me levaram até a saída da casa. Andamos um pouco, no caminho conversamos sobre vários assuntos, então chegamos numa praça que havia ali perto, então comecei a observar o local, o dia estava ensolarado, a grama verdinha e aparada, crianças se divertindo, umas barraquinhas de sorvete e... Ahn? Vi um garoto alto e loiro andando por ali, mas não poderia ser, seria impossível! Mas, o jeito dele me chamava atenção, me lembrava muito o Luke, mas resolvi deixar pra lá, aliás, quais as chances de ser ele mesmo?
_ANNIE? OOII? - Ashley me chamou, me tirando do transe.
_Ah... Sim? - falo.
Bárbara ri e diz
_Vamos comprar sorvetes, você quer de qual sabor?
_Chocolate!
As meninas se dirigem até a barraquinha, então eu perco o garoto de vista, se bem que, a casa da minha tia era bem perto de onde eu morava antes, será que era o Luke? O meu Luke? Então me sentei no banco esperando as meninas voltarem, alguns segundos depois as mesmas retornam
_E aí, Ann, namorando alguém? - Ashley pergunta se sentando no banco ao meu lado.
_Não...
_Gostando de alguém? - Bárbara fala se sentando do meu outro lado.
_Ahn... Também não.
_Ai Ann, você nem parece um ser humano - Ashley revira os olhos.
Rimos e continuamos jogando papo fora. Depois de algumas horas, resolvemos voltar para casa, já estava começando á escurecer.
[...]
Já era hora de dormir, meus pais estavam jogando cartas com minhas tias na sala, e Ashley e Bárbara estavam se aprontando para dormir. Eu estava no corredor, trocando mensagens com meu amigo Jimmy, somos apenas amigos mesmo, nada a mais rolou entre a gente
_Annie! - chama Bárbara da porta do quarto.
_Oi Babs.
_Vem dormir, já arrumamos seu colchão.
_Am... Claro... - falei entrando no quarto, então me deitei no colchão, me despedi de Jimmy e em seguida me ajeitei pra dormir.
Passaram-se algumas horas, então acordo com a luz do sol adentrando o quarto,  me levanto e desco até a cozinha me deparando com minha tia Vera preparando o café
_Bom dia, querida! 
_Bom dia, tia - falo me sentando na bancada.
_Com fome? - ela pergunta.
_Sim, muita.
_Tudo bem, vou preparar panquecas.
_Tá...
Depois de tomar café, o resto do pessoal da casa acorda e descem até a cozinha, subo até o andar de cima e vou me aprontar, escovo os dentes, me troco, arrumo o cabelo e desco, chegando lá, chamo Ashley e Bárbara 
_Vocês podem ir comigo naquele parque de novo? - pergunto.
_Claro, mas o que você quer fazer lá? - Ashley pergunta cruzando os braços.
_Am... Sei lá, só gostei de lá...
_Tá, daqui a pouco vamos - Bárbara fala.
Na verdade eu queria voltar pra ver se eu encontraria o garoto loiro de novo, ou pra ser mais exata, o Luke.
[...]
_ANNIE! VAMOS! - Ashley grita lá de baixo. Deixo meu celular de lado e desco as escadas.
Depois de alguns minutos andando, chegamos no parque, nos sentamos na grama e começamos a conversar, mas eu não prestava muita atenção na conversa, estava mais preocupada em achar o Luke.
_Então, vocês ficaram sabendo? Aquela banda Bring Me The Horizon vai tocar aqui semana que vem - Bárbara diz.
_É, eu vi. Já ouviu falar da banda, Annie? - Ashley pergunta.
_Sim. Minha ex namorada é fã...
_Oi? Namorada? 
_É... eu sou... bi - falo.
_E é de quando isso? - Ashley pergunta.
_Eu namorei com ela quando eu estava na Austrália, mas aí a gente terminou... Foram 4 meses de namoro.
_Ah sim, entendi. Bom, como eu sabia que a Annie viria pra cá, eu comprei 3 ingressos pro show, então nós vamos, né?
_SÉRIO? PUTA MERDA ASH! - Bárbara exclama, fazendo todos do parque olharem pra ela - Tão olhando o que? Perderam alguma coisa?
_Babs! - falo,
_Tá, foi mal.
A Bárbara topou ir pro show, e claro, eu não podia recusar, então semana que vem eu já tinha oque fazer.
_Gente, vamos embora, estamos aqui há muito tempo - Ashley reclama.
_Podem ir na frente, eu vou ficar aqui mais um tempo, eu vou depois - falo.
_Tudo bem, mas não demora, já vai escurecer. Assenti e elas foram embora. Depois de mais um tempo ali, minhas esperanças de encontrá-lo acabaram. Me levantei e tomei o rumo em direção até a casa da minha tia. No caminho, peguei meu celular do meu bolso, quando levantei minha cabeça novamente... Ele estava lá. Ele estava de costas, andando pela calçada
_Luke? - sussurrei - LUKE?! 
Então aquele garoto se vira, e quando me vê, sua expressão era de surpresa, mas ao mesmo tempo de felicidade. Ele começou à andar até mim e eu corri ao seu encontro, então o abracei. 
_Não acredito que seja você - ele murmura.
_Nem eu... - sorrio.
Nos soltamos do abraço, e ele pergunta
_Q-Quer ir pra algum lugar?
_Eu quero.
_Ótimo, então vamos - falou enquanto começava a andar, então eu o acompanhei - Então...  O que faz aqui?
_Eu tô visitando uns parentes...
_E vai ficar quanto tempo?
_Duas semanas mais ou menos...
_Ah... Legal...
_Já faz um ano, certo?
_É! - ele fala bagunçando o cabelo e sorrindo.
_Como estã seus pais? A Yasmim?
_Estão todos bem. Yasmim está numa festa agora, provavelmente ela só volta amanhã.
_E como você está? - pergunto.
_Eu tô bem, eu acho. Esse é meu último ano no colégio, consegui uma bolsa pra poder jogar num time de futebol americano...
_Você não mudou nada! - falo dando uma leve risada.
_E você, como tá? Namorando?
_Não. Tá tudo normal, só estudando e essas coisas, nada de importante.
_O que achou de Austrália? - Luke pergunta.
_É bem legal lá, e bonito também...
_Eu sou Australiano, sabia disso?
_Sério? - falo me virando pra ele.
_Não querendo me gabar, mas você acha que esse charme todo vem de onde?
_Ha ha, engraçadinho.
_Aí, ta afim de pizza? 
_Claro. Eu vou ligar pra minha prima e avisar que eu só chego mais tarde - falo.
Luke assente e entra numa pizzaria, enquanto eu fico do lado de fora ligando pra Bárbara.
Alguns minutos se passam e Luke sai do local com uma caixa de pizza em mãos
_Pega - ele fala abrindo a caixa.
_Tá - falo pegando um pedaço, e ele faz o mesmo. 
Caminhamos até um lugar sem movimentação e ficamos por lá mesmo.
_Então... Alguma novidade? - falo tentando puxar assunto.
_Nope. Depois que você foi embora, continuou tudo a mesma coisa. Nada de legal aconteceu.
_Nadinha? Nada mesmo? 
_Não - riu - Mas e lá, como foi? 
_Hum... Tive dois namoros, mas nenhum deu certo... E...
_Talvez seja o destino... - me interrompe. Olho pra ele, que está olhando pra um ponto fixo no chão e mastigando sua pizza.
_Aí, acho que vou voltar pra casa - falo.
_Tudo bem. Vamos - ele diz se levantando.
_Não precisa ir comigo, eu sei onde fica.
_Mas, essa hora é perigoso...
_Qualquer coisa eu grito e o Batman vem me salvar.
_Como você é teimosa - bufa.
_Tá, vamos logo.
Começamos a andar e Luke me pergunta
_Como foi pra você depois que você foi embora?
_Difícil... Ter que deixar tudo aqui, recomeçar, deixar você... E com você?
_Me machucou... E eu não manti mais contato com você, porque eu tentava te superar, era difícil ouvir você e a Yasmim conversando no telefone e você contando como tudo era legal, as coisas novas... Me desculpa por isso.
_Não... Tudo bem. Eu senti muito a falta de vocês, não doeu só pra você.
_Ah, é mesmo? Por que não parecia, eu sempre me perguntava "se oque vivemos foi real, como ela pode estar bem?". 
_Acha mesmo que eu estava?
_Parecia que sim...
_Enfim, é aqui - falo parando em frente a casa.
_Entregue.
_Viu? Eu poderia ter vindo sozinha e nada teria me acontecido.
_Eu só quero proteger meus cidadãos - fala cruzando os braços.
_Ah, foi mal aí, senhor policial.
_Não se preocupe, cara donzela.
Sorrio e então prossigo
_Bem, eu preciso ir. Te vejo por aí.
_É - ele assente e coloca as mãos nos bolsos.
Entro na casa e logo recebo perguntas do tipo "onde você estava", "quem estava com você", "por que a demora" e etc. 
Depois finalmente fui tomar um banho, o fiz e fui para o quarto, me joguei na cama, e finalmente consegui dormir, depois daquele longo dia.
 


Notas Finais


Obrigada por ler, e não esqueça de deixar seu comentário ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...