História I Want You - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin
Exibições 13
Palavras 1.591
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee voltei mais rápido do que imaginei.
Boa leitura.

Capítulo 2 - Capítulo 2


O primeiro dia na faculdade não foi um bicho de sete cabeças, embora seja mais puxado do que o fundamental e o ensino médio.

Um garoto em particular chamou minha atenção, ele parecia do tipo que não fala muito, ele estava sozinho o tempo todo e não o vi falar com ninguém, a única hora que escutei sua voz foi na chamada, seu nome é Yoongi, se não me engano. Eu ouvi algumas pessoas falando dele, coisas do tipo “ ele é tão estranho” ou “ tenho dó dos pais dele, eles não merecem ter um filho assim”, não entendi nada, afinal o que ele fez pra ser tão julgado assim?

Uma garota simpática veio falar comigo, não me acho mas tenho a impressão de que ela está um pouco interessada em mim. Espero que esteja enganado pois sou gay e não quero magoa-la.

Tomo um banho e visto roupas confortáveis. Escuto meu celular vibrando em cima da mesa indicando que havia recebido uma mensagem, era um número desconhecido.

 ???:

Jungkook-ah, vamos nos encontrar no shopping às 15h. Você vai?

Eu:

Quem é?

???:

Sou eu, Jimin.

Eu:

Ah claro! Tudo bem, às 15h vejo vocês.

Jimin:

Ok :)

Vejo as horas, 14:06, desço as escadas e vou até a cozinha abrindo os armários e pegando algo para comer, passo pelo corredor indo até a pequena sala, ligo a TV e paro em um canal qualquer. Assim que termino de comer, pego um conjunto de roupas e vou para o banheiro tomar um banho breve.

Antes de sair de casa dou uma ultima olhada no espelho, fico satisfeito com meu reflexo, vou em direção à porta de saída e caminho até o ponto de ônibus que fica a uma quadra de onde moro. O ônibus está demorando muito, vejo as horas e percebo que chegarei um pouco atrasado. Espero mais alguns minutos e vejo um veiculo se aproximando, dou sinal e entro no ônibus me sentando no único lugar vazio.

Desço em meu ponto e caminho até o shopping, logo vendo os garotos de ontem na entrada. Me aproximo mais e Namjoon me avista fazendo sinal com a mão indicando que estavam ali, rio comigo ao ver seus gestos.

— Finalmente chegou — Tae diz me dando um abraço breve.

— Que filme vamos ver? — Pergunto. Tae  passa seus braços em volta de meu pescoço deixando-os apoiados em meus ombros.

— Um de terror — Hoseok diz com um cara de desgosto

— Todos gostam de terror, só você e o Jimin que são medrosos — Namjoon diz olhando para Hoseok e Jimin. Um riso escapa de meus lábios chamando a atenção de Jimin o fazendo ficar com o rosto vermelho. Ele fica realmente lindo envergonhado

Entramos na sala escura do cinema e nos sentamos, ao meu lado estava Namjoon e Jimin. O filme estava legal, não era assustador, mas mesmo assim pude ouvir os gritos de Hoseok e às vezes, com os cantos dos olhos, via Jimin desviando o olhar em alguma cena que daria medo e outras ele dava pequenos pulinhos na cadeira quando se assustava. Talvez estivesse tentando provar que não era medroso ou algo do tipo.

O filme acabou e decidimos ir embora. Apenas eu, Jin e Jimin ficamos no ponto, até que vejo o ônibus do Jin se aproximando.

— Até outro dia meninos — Diz Jin dando um aceno em forma de despedida subindo no veiculo, deixando-nos sozinhos.

Penso em algo para falar, mas nada vem na minha cabeça, como vamos com o mesmo ônibus não seria agradável ficar quieto todo o trajeto. O silencio estava se agravando mais, até que escuto uma voz quebrando-o.

— Está nervoso Jungkook-ah? — O mais velho me encara dando um sorriso de lábios.

— É que eu não consigo pensar em nada pra falar. — Encaro o chão. Sinto Jimin se aproximando e me puxando pelas mãos, meu coração bate forte.

— Vem, nosso ônibus chegou — Levanto meu olhar para o mais velho que solta minha mão, meu rosto fica quente.

Nos sentamos e ficamos conversando, aquele silencio de antes já não existia naquele local, Jimin é carismático, e tem uma risada contagiante. Minha casa nunca pareceu tão perto, desci do automóvel, e caminhei até meu apartamento. Chegando, ainda continha um sorriso em meus lábios, não sei por que, mas queria ficar mais tempo com Jimin.

Já estava deitado em minha cama quase dormindo quando recebo uma mensagem, leio o nome de quem havia me mandado, Taehyung.

Tae Tae:

Vamos nos encontrar amanhã?

Eu:

Claro. Onde vamos?

Tae Tae:

Sei la, tem um parque perto de casa, podemos ir lá

Eu:

Ta bom.

Hoje, o céu está nublado, o que faz eu ficar com mais sono e indisposição para a aula. Vejo o edifício logo à frente, me aproximo um pouco mais e vejo Hyun, a garota simpática que conheci, vou até a mesma parando em sua frente.

— Bom dia, Jungkook-oppa — sorri simpática.

— Bom dia, Hyun.

— Oppa, posso te fazer um convite? — Me encara sugestiva

— Claro.

— Você gostaria de ir no cinema depois da aula? — Lembro-me que já tinha marcado de sair com Tae.

— Me desculpe Hyun mas eu já tenho um compromisso — Digo meio envergonhado. Sua expressão que a poucos segundos era de esperança foi trocada pela decepção. — Mas se você quiser podemos ir outro dia, que tal amanhã? — Sorrio simpático na tentativa de consolar a garota.

— Claro oppa! — Um sorriso surge em seus labios ao ouvir minhas palavras.

Vejo os alunos caminhando em direção às salas com o sinal que acaba de tocar.

— Vamos — Digo olhando para Hyun, que assente com a cabeça.

★★★

Encaro a tela do celular vendo que Tae está atrasado, tinha me esquecido como ele sempre se atrasava. Sento em um banco próximo e olho a paisagem, o parque está um pouco deserto tem apenas algumas crianças que brincam com seus pais e um grupo pequeno de adolescentes que parecia ter por volta dos 15 a 17 anos.

Um cachorrinho aparece me encarando e senta à minha frente, me levanto e faço carinho em sua pequena cabeça, ele deve ter dono, já que tem uma coleira da cor verde em seu pescoço.

O pequeno animal tenta lamber minhas mãos, por que será que cachorros querem nos lamber quando estão gostando do carinho?

— KOOKIEE — olho ao redor e vejo um Taehyung correndo em minha direção.

— Atrasado, como sempre. — O mais velho para em ao meu lado ofegante.

Ficamos sentados um tempo conversando e, quando nos cansamos de ficar lá no parque, sugeri irmos para minha casa assistir algum filme. Passamos em uma loja de conveniência pra comprar alguns salgadinhos e refrigerantes, a loja era pequena, a vendedora era um senhora de idade que continha um sorriso estampado em seu rosto.

Chegamos em casa e assistimos um filme de comédia que estava passando na TV. O filme acabou e ficamos jogando video game. Hoseok, não parava de mandar mensagens pro seu namorado, isso era bom porque pude ganhar boa parte das partidas.

— Preciso ir Kookie. — O acompanho até a porta.

— Foi legal hoje — Digo com um sorriso no rosto — Me lembrou quando éramos mais novos.

— Sim, parece que não mudamos muito desde aquela época — Tae abre um sorriso largo.

Assim que Tae vai embora, tomo um banho longo, estava cansado um banho quente era tudo o que queria, não estava tão acostumado a sair de casa quando morava em Busan.

Visto uma roupa confortável e deito na cama caindo em um sono profundo.

★★★

O dia já começou horrível pra mim, primeiro meu despertador não tocou e acabei me atrasando pra aula, segundo, assim que cheguei tive que aguentar sermão da professora na frente da sala inteira, fala sério, um cara já está na faculdade e ainda tem que aguentar sermão da professora é de se envergonhar, e não preciso nem dizer das risadinhas e as piadinhas dos alunos né?!

O sinal toca indicando o intervalo, agradeço mentalmente por isso, já não aguentava mais aquelas aulas.

— Oppa, que horas vamos nos encontrar? — Olho para Hyun tentando entender do que a mesma estava falando.

— “ Nos encontrar”? Como assim? — Ela parece ficar meio confusa.

— Nós combinamos de ir no cinema — É mesmo, tinha me esquecido disso, sinto meu rosto corar um pouco. — Você se esqueceu?

— Sim, me desculpe — Minha voz sai um pouco baixa — Pode ser às… 19:00?

— Pode sim — Ela parece bem animada.

Passei o intervalo com a Hyun, ela é a única pessoa que falo daqui, se não fosse por ela ficaria sozinho todo o tempo.

As aulas pareciam durar uma eternidade, o último sinal toca e vou para casa.

Depois de comer, me jogo na cama onde tiro uma soneca.

Acordo e vejo as horas pelo celular, são 17:48, me levanto um rápido, não quero chegar atrasado e deixar a Hyun me esperando, vou direto ao box onde tomo um banho. Vou até o armário procurando algo razoável para vestir, pego uma camisa branca e uma calça jeans azul claro, que tinha alguns rasgos na perna propositalmente, calço um tênis preto e visto uma blusa qualquer. Vou até o espelho e arrumo um pouco meu cabelo, fico satisfeito com minha aparência.

Vou até a cômoda é pego minha carteira. O som da campainha tomou conta de meus ouvidos.

Quem será? Provavelmente aqueles vendedores chatos, eu tenho muito azar, justo agora que ia sair aparece alguém querendo me encher o saco.

Vou em direção a porta, quando abro a mesma, me deparo com Jimin, ele estava bem arrumado e em seu rosto tinha aquele sorriso que fazia seus olhos desaparecerem.

Mas… o que ele está fazendo aqui?


Notas Finais


Até o próximo capítulo
Bjs do utt pra vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...