História I want You - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7, JJ Project
Personagens JB, Jinyoung
Tags Bnior, Got7, Jj Project, Jjp, Lemon
Visualizações 94
Palavras 1.563
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Lemon, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hum... Olá >.<
Bem, estou postando isso morta de vergonha, já que foi minha unnie que me deu o plot.
Não tenho muito o que falar aqui, mas é basicamente puro sexo, então se não gosta, já sabe...
Me desculpe por quaisquer erros que possam vim encontrar e boa leitura. >.<

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction I want You - Capítulo 1 - Capítulo único

 

Jaebum se perguntou onde estava com a cabeça quando aceitou aquele desafio. No começo, achou que poderia ganhar facilmente de JinYoung, mas pareceria que a bebida nem afetava o mais novo. Jaebum já sentia a visão rodar, a bebida parecia estar fazendo efeito e a maioria de seus amigos já estavam ao chão. Porém, JinYoung ainda o desafiava e eles continuavam bebendo e apostando cada vez mais.

 

Não tinha sido uma boa ideia apostar quem aguentava beber mais, e tinha sido uma péssima ideia apostar seu próprio corpo. Acontece que não aguentou a provocacão do Park mais novo, insinuando que não era homem de verdade, que não conseguiria beber por muito tempo, e por conta disso, estava com medo de apostar tão alto.

 

Mas estava confiante em derrotar JinYoung, mesmo com seus amigos ao chão. Por quê não somente mais aquela vez?

 

- Confesso que não achei que o hyung fosse aguentar por tanto tempo. - O mais novo comentou, enquanto bebia mais um gole da bebida amarga.

 

- Eu te disse... Eu te disse que poderia ganhar de você, Park. - A voz do mais velho saiu engraçada, e o mais novo não prendeu o riso que saiu por sua garganta.

 

- Certo, certo. Mas eu ainda estou firme e forte, mas e você, hyung? Vai conseguir mesmo me derrotar?

 

- Claro que vou, JinYoung.

 

- Certo. Nesse caso, vamos mais uma rodada. - Respondeu o mais novo, colocando mais do líquido em seu copo e no copo do mais velho. O mais novo fora o primeiro a beber; dando duas golada no líquido e colocando o copo em cima da mesa novamente. Já Jaebum, levantou o copo com muita dificuldade, dando um gole pequeno e fazendo cara feia. JinYoung apenas revirou os olhos quando o mais velho colocou o copo em cima da mesa de forma precária e correu para o banheiro.

 

No final, JinYoung teria seu prêmio.

 

*


 

- Onde estamos? - Jaebum perguntou ao sair do carro. A rua estava bem escura por ser quase duas da manhã, e ainda sentia que poderia desmaiar ali mesmo.

Mas mesmo assim, ainda se mantinha acordado.Tinha apostado e tinha perdido, mas ainda era homem de palavra e mesmo que a vontade de correr para bem longe do seu melhor amigo fosse grande, ainda se mantinha ao seu lado.

 

- Em um motel, ora. Ou achou que eu não iria querer meu prêmio? - O mais novo sorriu, para poder então entrar no prédio. JinYoung fez sua reserva e não esperou pelo o mais velho, caminhando em direção ao elevador. O caminho percorrido até o quarto fora rápido, e logo Jaebum se encontrava olhando para a grande cama de casal. O quarto era bem decorado; cama de casal, tinha um espelho enorme no teto, uma cômoda pequena ao lado da cama e uma porta que levaria ao banheiro.

 

- Por quê essa cara, Jb Hyung? Nunca veio á um motel?

 

- Com um cara, não.

 

- Sabe Hyung... - O mais novo começou, enquanto começava a andar pelo o quarto. - Você não precisa ficar tão nervoso, não sou nenhum lobo mau.

 

- JinYoung, a gente precisa mesmo...

 

- Foi uma aposta. - A voz do mais novo saiu firme, e este se pôs a tirar casaco que usava, deixando que o mesmo caísse no chão. - E eu quero minha recompensa.

 

*

 

Jaebum não teve muita reação quando JinYoung juntou seus lábios aos dele. Apenas se permitiu fechar os olhos e aproveitar do beijo. Nunca imaginou que estaria naquela situação; com seu melhor amigo lhe dando um beijo voraz, enquanto apertava suas bunda e suas coxas. Caralho, quando que JinYoung tinha virado tão selvagem?

 

 

Sentiu o colchão afundar abaixo se si quando o mais novo o derrubou em cima do mesmo, subindo em cima de si. JinYoung puxou o lábio inferior do maior, para poder então, descer seus beijos para pescoço de Jaebum.

- JinYoung…

 

A voz do mais velho saiu baixa, necessitada.

 

JinYoung saiu do colo do mais velho, enquanto sorria malicioso e tirava a blusa branca que vestia. Viu o maior morder os lábios já vermelhos por conta dos beijos, e apenas sorriu. Sorriu porque faria Jaebum pagar por todas as provocações - mesmo sem ter intenção de ser. - Sorriu porque faria o mais velho implorar para se enterrar em si. Sorriu pois teria Im Jaebum pra si naquela noite.

 

Enquanto tirava suas roupas, JinYoung olhava diretamente para o coreano mais velho. Seu pênis também já começava a ficar duro, e pelo o que percebia, o de Jaebum não estava diferente. Após tirar todas as suas vestimentas, o menor parou em frente a Jaebum, fazendo o mesmo se levantar.

 

- Tira a roupa, Jaebummie.  - Jaebum não seria louco de desobedecer.

Enquanto Jaebum tirava suas roupas, JinYoung pegou o cinto caído no chão. Olhou para o maior e deu um sorriso malicioso, fazendo o mais velho lhe olhar confuso. Depois de ambos nús, JinYoung fez com que o mais velho deitasse na cama; para poder se deitar sobre o mesmo e tomar seus lábios em um beijo sedento.

 

JinYoung passou uma de suas perna para cada lado da cintura alheia, fazendo com que o pênis duro do mais velho tocasse em suas nádegas e o fizesse gemer. Rebolou sobre o pênis alheio e pegou os braços alheio, juntando ambos e amarrando na cabeceira da cama.

 

- JinYoung o que…

 

- Apenas uma surpresa. Não precisa ficar preocupado.

 

E Jaebum soube que estava fodido.

 

*

 

JinYoung chupava o pênis alheio com vontade; sua língua passava por toda o comprimento e bolas do mais velho. Enquanto que este, apenas sentia, sentindo vontade de puxar os cabelos pretos e estocar a boca que lhe chupava tão bem.

 

Estava louco de tesão, essa era a verdade.

 

- Me diz, Jaebum. - Começou o mais novo, deixando com que o pênis molhado do mais velho saísse de sua boca. - Alguma mulher já te chupou tão bem assim?

 

- JinYoung me solta…

 

- Resposta errada, JB hyung…

 

- Caralho JinYoung. Nenhuma mulher me chupou assim, ‘tá satisfeito? Assim como nenhuma me deixou tão louco de tesão.

 

O mais novo riu. Pegou o pênis alheio e o levou novamente para sua boca; passando a língua, deixando - o todo babado. Não queria enrolações depois.

 

*

 

Os olhos de Jaebum estavam mesclados de prazer, o suor estava em todo o seu corpo, ea respiração estava falha. Em cima de si, ou mais precisamente em cima de seu pênis, um JinYoung rebolava, sem se penetrar.

 

- Sabe Hyung, a gente poderia estar aproveitando mais, se você fizesse o que te disse.

 

- Eu não irei implorar pra foder você, JinYoung. - Respondeu.

 

JinYoung assentiu, fazendo com que a cabecinha do pênis alheio entrasse um pouco em seu canal apertado. Ambos gemeram com tal contando.

 

- Tem certeza que não vai pedir?

 

O mais velho negou com a cabeça, tentando em vão soltar suas mãos do nó.

 

- Caralho, JinYoung. Me solta que é pra mim comer você direito.

 

- Então implora.

 

E Jaebum implorou. Pediu com a voz rouca e baixa, para que o menor sentasse em si. Para que o menor deixasse matar todo os seus desejos. E JinYoung concedeu ao pedido. Concedeu porque nem ele próprio aguentava mais se segurar.

 

Desceu no pênis alheio devagar, sentindo todo o pênis de Jaebum entrar em seu canal apertado. Mordeu o lábio inferior com força, não se importando se iria sangrar. Ao estar com o mais velho todo dentro de si, subiu um pouquinho.

 

Jaebum não era muito grande, mas era grosso, e JinYoung estava feliz por finalmente matar sua vontade do maior. Levou suas mãos aos ombros largos e apertou ali enquanto descia, subia e rebolava no colo alheio.

 

Dos lábios vermelhos saia apenas os gemidos e pedidos por mais. JinYoung enterrou seu rosto no pescoço alheio, deixando ali beijos e chupadas que ficaram marcadas por alguns dias. Não se importava.

 

- Me solta, JinYoung. Me deixa eu te foder.

 

O Park assentiu, desfazendo o nó que prendia as mãos do mais velho. Jaebum logo o virou na cama, fazendo com que o menor ficasse por debaixo de si. Levantou as pernas do mesmo para o alto  e assim o penetrou; ora forte, ora rápido, ora fundo.

 

Os gemidos foram ficando mais altos de acordo que o orgamasmo vinha chegando. Jaebum levou suas bocas até os mamilos alheio; passou sua língua em cada um, os chupando em seguida. JinYoung puxava seus cabelos com força, xingando.

 

Não demorou para o mais novo gozar apenas com os corpos estimulando seu pênis. Jaebum veio logo após, se derramando dentro do outro. Jaebum deixou com que sua respiração voltasse ao normal, para poder sair do mais novo e se deitar ao seu lado.

 

JinYoung deu uma risada fraca por conta da respiração ainda falha, e chutou de forma precária a perna alheia.

 

- No final quem ganhou o prêmio foi você, Jaebum Hyung.

 

- Você é tão convencido.

 

- E você fica lindo implorando meu corpo.

 

O maior fez careta, mas logo riu, puxando o mais novo para mais perto de si.

 

- Sabe JinYoung, você tem razão. Quem acabou levando o prêmio foi eu, e por isso acho que eu deveria aproveitar um pouco mais. Topa uma segunda rodada?

 

- Você ainda aguenta uma segunda rodada, Jaebummie?

 

- Quer apostar?

 


Notas Finais


Foi isso >< Se você leu e gostou, ficaria feliz de ler o seu comentário.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...