História I Want You Completely! - VHope. - Capítulo 9


Escrita por: ~

Visualizações 99
Palavras 1.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura.

A visão continua com a HoSeok! a imagem do cap não tem nada haver com a aparência dos person's nesta fic.

Bjus.

Capítulo 9 - 009.- Policiais Saradões.


Fanfic / Fanfiction I Want You Completely! - VHope. - Capítulo 9 - 009.- Policiais Saradões.

Eu: Porque você está aqui? Já não bastou lá na sua casa? - Falei totalmente ruborizado. Minha bipolaridade atacou, Me deixando com certa raiva de sua ousadia. - E-Ei, Como você chegou aqui tão rápido? - Indaguei, O vendo fazer uma cara desconfortável. Logo lembrei que eu estava sem camisa alguma, Olhei para meu abdome, Logo voltando para TaeHyung. Fiquei alternando surpreso o olhar, Sua risadinha gostosa chegou em meus ouvidos.

TaeHyung: Eu tenho carro. Além disso.. Não sei, Bateu vontade de te ver. Você é tão perfeito. - Sorriu quadrado.

Eu: M-Mas.. - Tentei pensar em algo, Estava tão irritado que subia fumaça das minhas entradas respiratórias.. - Vai ficar querendo. Ou melhor, Já me viu? Até. - Iria fechar a janela, Até sentir uma respiração atrás de mim. - O qu..- Senti uma mão nas minhas costas. Imediatamente olhei para ver quem era, Acabei me arrepiando ao ver.

YoonGi: Oi Hô. - Seu olhar também percorreu meu corpo. Senti espasmos, Pesos de quatro olhos sobre você não é algo que eu almejo. - Você já pensou em ser modelo? - Olhou para TaeHyung, Sorriu abafado. Seu risinho gengival era algo dos céus. - TaeHyung, Bad Boy escolar. O que fazes aqui? - Pude sentir uma leve rixa emanado no ar entre a minha janela, YoonGi e TaeHyung.

TaeHyung: O que faço ou não nem chega a ser da sua conta. - YoonGi riu debochado. - A mesma coisa vale para você, Por isso não irei perguntar por que ti está aqui, Mesmo que isso me intrigue.. - Senti uma impotência, Queria parar a briga mas me senti fraco.

Eu: T-Tae.. É melhor você subir, Tá quente ai fora. - Falei o mais rápido que pude, Sai da janela vendo YoonGi me seguir. Deitei na cama,Ele se manteve em pé. Uma onda de vergonha percorreu meu corpo. - É-É.. Eu vou colocar uma camisa. - Corri até o closet. Ouvi sua risadinha que logo parou, Provavelmente TaeHyung já tinha chegado no meu quarto.

Voltei correndo afim de evitar briguinhas desnecessárias. Havia vestido uma camisa de tecido molinho, Na cor verde.

Eu: Então.. Porque ambos decidiram invadir minha casa dessa forma tão afrontadora a minha vergonha? - Eles sorriram, Tão fofos sorrindo.

YoonGi: Não tinha nada para fazer em casa, A não ser escrever e responder emails dos fãs. - Meus olhinhos brilharam. Me sentei na cama convidando os dois para também se sentarem.

Eu: Porque nunca respondeu os meus? Ainsh, Faz tanto tempo que eu mandei! - Inflei minhas bochechas.

YoonGi: Hum.. Possivelmente por que ainda não cheguei no seu. - Sorri.

TaeHyung: Enquanto isso, No acre. - Bufou. - Ah, YoonGi Emo gótico escolar,  Vi você sentado na minha frente hoje e depois sumiu. Que mágica você fez? - YoonGi o encarou. Jurei ver eles vestidos de policiais, Policiais saradões, Segurando cassetetes e com algemas nos aros da calça. Raios saindo de seus olhos enquanto eles olhavam um ao outro. Me arrepiei ao pensar em ambos trajados a policiais.

YoonGi: A mágica chamada "gazear." - TaeHyung assentiu. - Você e o HoSeok devem ter aproveitado bastante o intervalo, Certo? - Corei. Senti meus coração parar enquanto o sangue apostava corrida tampando minha audição.

TaeHyung: Mas é claro que estávamos. - Me olhou mordendo os lábios. Não TaeHyung! Não!

YoonGi: Você não cansa? Pensa que muitos não percebem suas intenções? - Apenas tentei ficar calado e quietinho diante da briga a minha frente. - A primeira garota que ficou com você, A.. Qual era mesmo o nome dela? Ah, Park Boom. Estranhamente mudou de cidade quando vocês terminaram. Depois veio você com a novatinha, Você lembra do nome dela? - As palavras de YoonGi.. Doiam em meu coração.

TaeHyung: Você consegue lembrar sozinho, Não preciso lhe explicar. - Apertou o punho.

YoonGi: SooHyun, Ela não teve que ser transferida né? - Min em momento algum desviava o olhar de TaeHyung. Kim pelo contrário, Olhava para mim, Sôfrego. Mas asseguro que ele não está sofrendo mais que eu.

Posso estar sendo enganado como todas as outras que ele já ficou. Porque sempre esteve com garotas? Fez isso comigo só para tirar da minha cara? Eu sou apenas mais um na sua coleção de corações machucados, certo? Você fez isso comigo por diversão.

TaeHyung: Cala a boca YoonGi. Você não está vendo como o Hobi está? - Senti vontade de estapear o rosto de ambos presentes. Meus olhos já lacrimejavam impiedosos.

YoonGi: Ora, Vamos Bad Boy escolar. Não o coloque nisso. - Min me olhou, Seu olhar era de "Desculpa, Não sei o que há entre vocês. Só quero te alertar sobre ele." - Umas das mais recentes.. Wendy! Até ontem vocês estavam saindo, De repente ela desapareceu.. Que peninha.. Realmente achei que você tinha encontrado sua metade da laranja. 

TaeHyung: Emo gótico escolar, O que faço ou deixo de fazer não é da sua conta. Você anda interessado de mais na minha vida né? Até já decorou o nome das garotas. - Não segurei minhas lágrimas ao ouvir isso. Elas caíram dolorosamente. Tentei segurar para ão soluçar, Mas era quase uma tentativa inútil. - Kim NamJoon.. Esse nome é familiar? Não? Kim SeokJin? Que tal? - Cansei, Respirei fundo. YoonGi parecia atordoado com isso.

YoonGi: O que você tem haver com isso? - Perguntou irritado.

Eu: Minha casa não é um ring de briguinhas pessoais. Se resolvam em outro lugar. Estou cansado, Se retirem por favor, Preciso descansar, Tenho aula amanhã. - Reclamei, Mesmo temendo a mim mesmo por ter falado tão rudemente. - Ah, E por favor.. Não se prendam ao passado. O presente é a única coisa que temos para viver, Pois do presente depende o futuro. - Levantei da cama. Fui atéa porta de meu quarto, Os convidando a sair. - Até amanhã. - Nenhum dos dois se moveram, Nenhum parecia querer sair dali.

TaeHyung: Você vai mesmo acreditar nas palavras dele? - Me olhou decepcionado.

YoonGi: Você não confia em mim? - Também me olhou, Sua feição triste..

Eu: Apenas peço que vão para casa e me deixem aqui. - Minha voz vacilou no último momento da frase. YoonGi assentiu, Parecia saber como eu me sentia. Foi o primeiro a se levantar, Chegou até mim me deixando um selar na bochecha. - Até. - Ele sorriu, Passou pela porta e provavelmente andava pelo corredor em direção a saída. - Bem que eu estava estranhando tudo isso ter acontecido tão rápido. Diga-me Tae, Quando pretendia me abandonar? - Já sentia novamente a sensação de algo escorrendo pelo meu rosto.

TaeHyung: Como? - Se levantou, Vindo apressado até mim. - Eu nunca iria te abandonar! -  Seus olhos estavam centrados aos meus. Ele limpou minhas lágrimas com o polegar. O empurrei levemente para ele se afastar. - Você realmente acreditou nele? Qual é HoSeok! - Sorriu.

Seu sorriso para mim serviu apenas para confirmar tudo. Me sinto um idiota.. Como acreditei nisso tudo? Fui tão fácil.. Me enojo.

Eu: Vai embora. Eu só irei olhar na tua cara porque estudamos na mesma sala. - Novamente o convidei a sair.

TaeHyung: Se eu não tivesse vindo, Isso teria acontecido? - Sua voz era algo misto. Raiva, Tristeza..

Eu: Se YoonGi não tivesse me contado, Sabe-se lá quando e o quê aconteceria. Será que você ficaria com duas pessoas ao mesmo tempo? O que você não faria pela as minhas costas. - Falei decepcionado.

TaeHyung: Você tem que me ouvir, Isso é apenas uma rixa de infância. - Pegou na minha mão. A puxei com raiva, Se ele me tocar novamente, Não respondo por mim.

Eu: Ah, Claro, De infância. Por isso que vocês são duas crianças imaturas! - Peguei em seu pulso, O puxando para fora do meu quarto. - Só vai para casa igual ao YoonGi, Ele soube entender. Pede umas aulas para ele depois, Ok? Prometo que não irá se arrepender! - O deixei lá mesmo. Entrei no meu quarto, Já fechando a porta.

Escutei seus murmúrios ao lado de fora, Seu pequenos murros em minha porta. A única coisa que fiz diante da situação foi Correr e me jogar em minha cama, Abracei meu urso de pelúcia sentindo as lágrimas escorrerem.

Eu: Porque estou chorando? Isso foi apenas uma nuvem passageira. - Pensei comigo mesmo, Falando coma  voz embargada. - Afinal, Isso não significou nada para ninguém. Nada. - Tratei de pegar meu notebook.

JungKook aceitou minha solicitação, Não exitei em mandar uma mensagem desesperado.

[J-Hope] Kook! Eu preciso de você agora! Responde.. 13: 25 (Visualizado.)

[J-Hope] Isso não deveria ter acontecido.. Poxa, Eu estou tão mal. 13: 26 (Visualizado.)

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...