História I will always remember you- Eu sempre me lembrarei de você - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 3
Palavras 658
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Violência
Avisos: Álcool, Estupro
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capitulo Único


Fanfic / Fanfiction I will always remember you- Eu sempre me lembrarei de você - Capítulo 1 - Capitulo Único


"Era noite, lá no céu havia apenas uma testemunha: A Lua"
2020
Eu sei que errei, pequei, eu simplesmente fiz, me arrependo amargamente de tudo, não sabia onde estava com a cabeça. Me perdoe Deus, me perdoe Tay.
2014
Brad havia se tornado um homem forte, extremamente arrogante, ele não ligava para o que Tay precisava, muito menos para os filhos deles.
Em uma noite fria de novembro, estavam Tay e Joanna, a filha mais velha, olhando televisão e o pequeno Tom estava brincando no meio da sala, quando de repente, Brad chega bêbado, olha bem para a sala e diz:
- Eu já não falei que não quero bagunça na minha casa?
Então Brad sobe as escadas resmungando e grita:
- Taylor, vem pra cima, deixe as crianças.
Tay ouve, faz sinal com a cabeça de que está tudo bem para as crianças, e vai para cima.
Chegando no quarto, ela avista Brad na cama sentado, tirando o cinto, ele olha pra ela e a chama:
- Vem cá amorzinho, vou te ensinar a me obedecer.
Ela sente tanto medo que não se mexe, Brad se irrita e levanta, pega ela pelos cabelos, a arremessa contra a parede e começa a bater nas pernas dela com a cinta, ela começa a chorar e a gritar.
As crianças,lá em baixo, ouvem tudo e não podem fazer nada... então tudo fica em silêncio.
Joanna com medo do que tivesse acontecido, chama a polícia e depois sobe, ela abre a porta e se depara com uma cena horrível...
- Você matou a minha mãe. Seu desgraçado.
Então ele percebe que realmente matou a Tay, e que a guria iria abrir a boca, então ele pega ela, a atira no chão e começa a bater nela e a tirar a parte de baixo da roupa dela, ela grita, mas não tem saída, ele a estupra.
1 hora depois, a Polícia chega e invade a casa e o prende. Joanna é levada para o hospital, assim fica provado o estupro.
Joanna e Tom vão para casa dos pais de Tay.
2020
Joanna cresce, tem 21 anos, vira uma linda mulher, e ela é feminista e nunca visitou seu pai na prisão.
Tom cresceu, hoje ele tem 10 anos, vive com os avós.
2030
Joanna virou uma sociológa, ela tem dois filhos, um de cinco e um de dois anos. 
Tom tem 20 anos, está na faculdade de medicina.
E ambos nunca visitaram seu pai na prisão.
06 de novembro de 2035
Stanford University
- Hoje, eu sou uma mulher, mãe de dois filhos lindos, e que nunca conheceram sua avó por conta daquela pessoa que eu deveria chamar de pai, mas eu não posso, porque ele assassinou meu bem mais precioso, e me abusou logo após. Então meninas e meninos que estão me vendo hoje, agradeçam a Deus os pais que Ele deu a vocês, porque eu perdi a fé no momento que vi minha mãe morta.
Logo após esse discurso, Joanna e Tom se reencontram depois de tanto tempo, então os dois vão ao cemitério visitar sua mãe.
- Mãe, todo ano, nós viemos aqui, te trazemos flores, e eu sempre tenho a mesma dúvida, porque Deus fez isso comigo e com Tom? 
Ambos saem do cemitério
No dia 07 de novembro de 2035 
Brad estava sendo levado para o hospital mais próximo da prisão de segurança máxima.
- Dr. Thompson, o preso está morrendo, tem que salvá-lo.
- Okay, mande-o para o quarto rapidamente.
Tom entra no quarto e tenta de qualquer modo salvar a vida daquele detento, mas não obteve sucesso.
No dia seguinte, Joanna e Tom caminhando pela rua, eles avistam um jornal, que tinha a notícia.
Morreu na madrugada, Brad Thompson, o assassino de Taylor Thompson, agressor e estuprador de Joanna Thompson. Sua última frase foi: Me perdoe Deus!
Tom olha para baixo e escorre uma lágrima, então ele pensa:
 Seu filho da... 
Então eles vão embora.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...