História I Will Love You Forever - Imagine BTS - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7
Personagens G-Dragon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys (bts), Big Bang, Got7
Exibições 50
Palavras 1.470
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeeeeeee Pandinhaaaaaas!! Tudo bem com vocês! Espero que gostem desse capítulo! ❤❤
Ps: esse ficou um pouco maior pra compensar o de ontem que ficou um pouco menor do que o normal!

Capítulo 8 - Cap 7: Why Fight?


Fanfic / Fanfiction I Will Love You Forever - Imagine BTS - Capítulo 8 - Cap 7: Why Fight?

                Pov's Yoongi

- O que caralhos você ta fazendo aqui?

GD - Oi Yoongi, estou feliz em te ver também!

- Oi o cacete G Dragon! O que você ta fazendo que aqui? - como podem ver eu tava super alterado.

GD - Vim falar com a S/N!

- Vai atacar ela de novo, como fez da última vez?

GD - Não, eu só quero conversar com ela, como uma pessoa normal.
   Eu tava querendo voar no pescoço do filho da puta. Apesar de já ter se passado dois anos, eu ainda queria matar esse infeliz.

                Pov's S/N

   Eu estava tomando refrigerante e escuto o Yoongi falar com alguém lá fora. Prestei atenção na voz e vrá, era o G Dragon. Eu larguei o copo em cima da pia e saí correndo. Cheguei lá fora e percebi que se o Yoongi estivesse armado, G Dragon não tinha mais lugar pra levar tiro.

- Oi GD! Quanto tempo né? - falei isso torcendo para que ele não falasse o que aconteceu de manhã.

GD - Como assim quanto tempo? Nós conversamos hoje de manhã! - ele olhou pro Yoongi e viu que o mesmo ferveu -  Até nos beijamos!

   Yoongi olhou pra mim com uma cara de: "QUEEEEEEEEE? Por que você não me falou?". Então pensei  "Ihhhhhh Fodeu".

- Quer entrar?

GD - Não, obrigado! Eu só ia te dar um beijo, mas já vi que não vou poder! Até mais princesa, e futuro cunhado.

    GD é, e sempre foi, muito desaforado. Desde o começo de tudo, ele nunca foi com a cara da minha família. Nem com minha Omma, nem com meu Appa, e muito menos com o Yoongi. Acho que se eu voltasse com ele minha vida seria um inferno.
    Quando GD dobrou a esquina com seu carro, Yoongi me puxou pra dentro de casa.

- Ou espera! Tenho que fechar o portão! - disse tentando voltar pra fechar o mesmo.

Yoongi - Espera o cacete S/N! - ele tava alteradasso, mas ele não teria a coragem, nem a audácia, de fazer algo comigo.

    Entramos e ele me empurrou no sofá e ficou de pé, de frente comigo.

Yoongi - Por que você beijou esse filho da puta? Você não lembra o que ele te fez? - ele gritou comigo. Confesso, tava com medo de responder. Por quê? Porque eu sou desaforada também, eu sei que eu ia falar alguma merda e sei lá, tomar um tapa na cara.

- O que é que tem Yoongi? Foi só um beijo, um beijo que na verdade estava com saudades! - fui desaforada? Mais é óbvio.

Yoongi - Não importa se foi um beijo ou um aperto de mão! Você deveria manter distância dele! Quer saber, ele não te merece! Você está proibida de falar com ele!

- Você sabe o tempo que eu me isolei dos meninos? Eu me prendi do resto dos garotos! O único menino que eu conseguia ficar perto foi o Mark! - me levantei e fiquei cara a cara com ele - Eu sei o que ele me fez, mas você não sabe. Ele me trancou em uma caixinha fazendo com que eu não pudesse chegar perto dos meninos por medo, mas com o beijo, ele destrancou a caixinha, e agora eu me sinto livre. Na verdade, eu o beijei porquê eu quis! E se eu ligar pra ele e pedir pra que ele venha aqui, eu vou beijar ele de novo, sabe por quê?  Porque a vida e minha e eu faço com ela o que eu quiser! E você não pode interferir nela, sabe por quê? Porque nem ao menos do mesmo sangue nós somos!

     Quando eu disse as penúltimas palavras Yoongi ergueu a mão, como se fosse me dar um belo tapa no rosto. Eu já sentia meu rosto ardendo, já me via caída no sofá ou no chão, e ele olhando em meu olhos e dizendo "- Nunca mais fale comigo assim!" . Mas quando ele escutou que não éramos irmãos de verdade ele não teve coragem de me bater. Somente abaixou a mão e deixou uma lágrima cair. Me pesou a consciência. Eu tinha apunhalado o coração do meu irmão com a maior falta de senso possível.
    Yoongi simplesmente saiu da sala, subiu as escadas e se trancou no quarto. Isso mesmo, no meu quarto (que na verdade era dele também). Eu subi atrás dele, mas não deu tempo de falar com ele antes dele se trancar lá dentro. Eu tinha a chave reserva do quarto, mas resolvi deixar ele lá mesmo, depois que ele saísse eu tentaria falar com ele. Do lado de fora do quarto dava pra escutar ele chorando. Meu coração estava apertado, eu estava querendo voltar à cinco minutos atrás e desfazer tudo, ou melhor, voltar à três anos e nunca ter conhecido o G Dragon, ele só estava trazendo desgraças na minha vida. Eu encostei na porta e fui deslizando até me encontrar sentada no chão. Eu não consegui mais segurar o choro, abracei minhas pernas e desaguei. Chorei tanto que acabei dormindo ali mesmo.
    Quando acordei, já eram 20:17. Eu estava na minha cama, olhei para os lados e não vi o Yoongi. Fui até o banheiro e ele havia deixado um bilhetinho grudado no espelho:

"Senhorita S/N, estou voltando pra Seul. Provavelmente a senhorita irá ficar bem, já que não temos nenhum parentesco.
            Grato Sr. Min Yoongi"

   Eu entrei em desespero. Desci as escadas correndo e procurei em cada canto da casa. Yoongi não estava mais lá. Comecei a chorar igual uma desesperada. Só peguei minhas chaves e meu celular e fui correndo para a casa de Mark. Toquei a campainha e Mark apareceu. Eu somente o abracei. Quando eu o soltei, ele me disse para entrar. Eu estava entrando quando me deparo com alguém no sofá. Isso mesmo, meu irmão tinha simplesmente ido pra casa do Mark. Meu coração se aliviou. Fui até a cozinha beber um pouco d'água, Yoongi veio atrás de mim. Pegou um copo, colocou um pouco de refrigerante e voltou para a sala. Eu fui atrás. Ele se sentou no mesmo sofá e eu me sentei no outro ao lado de Mark. Ficamos em completo silêncio, dava pra se escutar o ruído do vento nas janela.

- Mark posso comer alguma coisa? Eu ainda não jantei!

Mark - Lógico que pode S/N!

   Me levantei e fui até a cozinha.

Yoongi - Acho que também vou comer alguma coisa!

   É impressão minha ou Yoongi estava me perseguindo. Abri a geladeira e peguei um pouco de refrigerante. Fiz um lanche natural com algumas coisas que Mark tinha na geladeira. Me sentei e comecei a comer. Yoongi se sentou ao meu lado. Estávamos comendo tranquilamente, mas sem nem olhar na cara um do outro. Eu me levantei e Yoongi também. Estávamos de pé, encostados na bancada e mexendo no celular. Quando de repente:

Yoongi - Nós podemos não ter o mesmo sangue, mas se você precisar do meu eu te dou! - ele disse sussurrando com a cabeça baixa, mas ainda alto o suficiente para mim ouvir.
  
    Eu pulei e o abracei muito forte.
- É por isso que eu te amo! Mesmo eu sendo uma completa idiota com você, você ainda é doce comigo! Eu te amo meu Suga! - eu disse o abraçando e ele retribuiu o abraço.

Yoongi - Por favor, não repita mais aquelas palavras! Elas podem quebrar um coração, não importa o quão frio ele seja!

- Me desculpa mesmo! Não importa o que eu diga, eu sempre vou te amar! (Autora: Onwt <3)

Yoongi - Eu sei disso! E saiba que eu só estava me intrometendo na sua vida para te proteger.

Mark - É assim que eu gosto de ver! Vocês dois não deveriam brigar nunca! - Mark tinha brotado na cozinha.

Yoongi - Eu sei Mark. S/N vamos pra casa, porquê amanhã você tem aula!

- Então vamos! Tchau Mark, amanhã de manhã eu volto! - fui até ele e o abracei.

Mark - Tchau princesa! Até amanhã.

    Entramos em casa e fomos para a sala. Se você está se perguntando por que eu não fui na escola hoje, é simples. Hoje a direção da escola marcou uma reunião com os professores, sobre o que é? Num sei. Mas amanhã teria aula normal, eu ia ter que dormir cedo. Então subi e arrumei minha cama pra mim dormir. Fui ao banheiro, tomei um banho no chuveiro mesmo e escovei meus dentes. Coloquei meu pijama e fui chamar o Yoongi pra dormir. Quando ia descer as escadas, Yoongi vinha subindo a mesma.

Yoongi - Vamos dormir princesa!

    Subimos para o quarto e dormimos abraçados.
                     Continua...


Notas Finais


Então esse foi o capítulo de hoje! Espero que tenham gostado! E muitíssimo obrigada pelos favoritos! Bjs e, tchaaaau! ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...