História I Will Protect You- Imagine Park Jimin - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lu Han, Rap Monster, Suga, V, Xiumin
Tags Anjos, Demonios, Imagine, Jimin, Você
Exibições 93
Palavras 1.304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Deixa eu contar uma pequena historia que aconteceu comigo...

Você sabem do MAMA 2016 ner? Vai acontecer AMANHÃ as 07:00... E o que aconteceu comigo? Recebi falsas noticias avisando que seria hoje... O que eu fiz foi, ontem coloquei o despertado para as 6:00 para ficar adiantada... Fui a 1ª da casa a corda não comi nada ansiosa... Chegou 7:00... e nada de MAMA fiquei desesperada, então entrei nos grupos do whats e vi que era só amanhã -_- não tinha nada para fazer decidi fazer esse cap hoje.


Boa leitura~ Não me matem.

Capítulo 11 - Capítulo 10- Feliz aniversário !!


Fanfic / Fanfiction I Will Protect You- Imagine Park Jimin - Capítulo 11 - Capítulo 10- Feliz aniversário !!

    Capítulo 10- Feliz aniversario ____!!

 

Faz uma semana que voltei para casa, porem não estou indo para o colégio. Motivo um, já passei de ano, motivo dois, não sou obrigada a nada.Não vou para outro cômodo da casa só fico no meu quarto, Ella sempre trás comida para mim, mais só como quando realmente estou necessitada. Só fico no meu quarto, mexendo no meu celular o dia inteiro, uma vez ou outra recebo alguma noticia “dele”, ainda bem que ninguém descobriu nada ia estragar a “boa” reputação dele, mesmo que no fundo eu queira isso, não posso denúncia.

 

(2 semanas depois...)

- ____, não quer descer mesmo?- Disse Ella só mostrando a cabeça na porta.

- Quando sair tranca a porta ok?- Falei fria sem tirar os olhos de meu celular.

Ella não falou mais nada,só ouvi a porta ser trancada... Ultimamente essa tem sido minha relação com Ella, só falo com meus amigos virtuais quando perguntam se estou bem respondo e que sim, e meus colegas do colégios sempre perguntou porque não estou indo mais, nenhum deles sabem o que aconteceu então só respondo que já passei e não preciso mais ir.- Estava tomando Milk Shake, minha bebida favorita, substitui uma refeição e isso é muito bom, e mexendo no celular quando escuto a por ser destrancada não dei atenção pois pensei que era Ella, a porta foi aberta e encostada, esperei um tempo para a mesma ser fechada pelo individuo que abriu mais não, me levantei com raiva para fechar, quando cheguei perto dela a porta recebe uma voadora, com o susto caiu pra trás olhando incrédula com o que acaba de acontecer.

- Diaba porque não está indo para escola!?- Exclamou Taehyung vindo em minha direção.

- Desde quando tem essa intimidade, para me chamar assim inferno!?- Exaltei levantando.- E porque está aqui!?

- Primeiro, desde que sou seu amigo, e posso fazer isso.- Deu um sorriso sacana.- Segundo, porque eu quis.

- Ta, agora vai embora.- Apontei para porta com uma expressão de estressada no rosto.

- Você não abre essa janela não? Quarto escuro da porra, e porque esse ar ligado vinte quatro horas? Quer morrer congelada?- Falou abrindo minha janela e desligando meu ar, me mostrando, porque só dava para ver meus olhos e minha boca.- Menina quer ficar albina? E essas olheiras? Está trocando o dia pela noite é?

- Taehyung vai se foder, de mim cuido eu.- Nesse momento ele me empurra para dentro do closet e me deixa na frente do espelho, me deixando surpresa com minha aparência.

- ____, essa é você?- Perguntou atrás de mim.

Estava horrível, tinha literalmente ficado branca em apenas três semanas nem sei se isso é possível, minha olheiras estava pretas pois não dormia, meu pescoço para baixo ainda estava as cicatrizes meio rosadas, e tinha emagrecido muito.

- Taehyung... Quem é essa?.- Perguntei chorando e ele me abraçou por trás.

- ____, tem pessoas que se importam realmente com você, e o que faz em reposta disso? Não se cuida e tentar se matar lentamente, se fodendo para essas pessoas que se importam. - Sussurrou em meu ouvido.

- Desculpa Taehyung, desculpa... – Chorava, ele me virou para si e me olhou serio.

- Só te desculpa se começa a se cuidar, e não é só pra mim que tem que pedi desculpa.

- T-Ta, agora licença.- Empurrei ele para fora peguei uma roupa, lingerie e uma toalha, entrei no banheiro.

Estava com um cheiro muito ruim porque há tempos não tomava um banho de verdade, lavei meus cabelos escovei meus dentes, me esfreguei bem, tinha esquecido como era boa a sensação d’água  morna cair sobre seu corpo. Saí já vestida e vi Taehyung mexendo em meu celular, esse ato fez meu sangue ferve.

- Agora entendo porque não dorme.- Disse sem tirar os olhos do mesmo.

- Te dou três segundos para lagar essa merda!- Falei sem sair do lugar.- Um... Dois... Três....- Taehyung não largou então pulei em cima dele fazendo com que caísse em cima dele na cama.- Me dá esse lixo agora!

- Vai me comer mesmo?- Seu olhar foi direcionado ao meu joelho, que o mesmo estava entre suas pernas quase atingido seu membro, uma de minhas mãos estava em seu peito definido e minha boca próxima a sua. Tudo isso para pegar a droga de um celular.- Só um aviso, sou virgem, vá com calma.- Sorriu maliciosamente.

- Idiota!- Bati em seu peito e rir, então resolvi brincar.- Taehyung...- Disse manhosa sorrindo maliciosamente e descendo para perto de seu membro.

-____ o-o que vai fazer?- Perguntou corado e surpreso com meu ato.

- Uma coisa que tenho vontade de fazer desde que te vi.- Falei com a voz sexy abrindo sua calça, ele não impediu nada só ficou observando tenso. Segurei na barra de sua calça, e desci com tudo mostrando sua Box azul escura.- Hahahah... Imperdível!- Fui muito rápida e peguei meu celular tirando uma foto de Taehyung em seguida, fiquei rindo de sua cara até o mesmo levantar e me fuzilar com os olhos.

- Você é uma garota morta.- Disse enquanto abotoava a calça, nesse momento corri as escadas indo para sala, ouvia os passados pesados atrás de mim me dava medo.

- Consiga me pegar primeiro! Hahah!- Tentei correr mais rápido, estávamos rodando o sofá que não era pequeno, tentei correr quando para outro lugar tropecei no tapete caindo de cara no chão. Ouvi então um barulho de foto sendo tirada.

- Que linda.- Me ajudou a levantar e mostrou a foto parecia uma noiada.- Tenho que ir ____.- Olhou a hora em seu celular e guardou, fiz uma cara triste.

- Fica mais um pouco... Por favor. À tempos não me divirto assim.- Ele sorriu.

- Fico feliz que te faço feliz, mais realmente preciso ir. Vai a escola amanhã?

- Não.- Falei seca.

- Então venho te visitar, depois da escola.- Sorri.- Agora tchau.- Deu um selar em minha testa.

- Tchau Taehyung.- Segui ele até a porta.

- Me chama de Tae, ok? Da preguiça ouvir meu nome inteiro.- Falou isso e saiu. Entrei em casa e vi ela saindo da cozinha.

- Bom dia ____.- Falou normal.

- Bom dia Ella!- Corri para me quarto e me tranquei de novo.

(1¹/² ano depois...)

Tae me convenceu a ir ao ensino médio, me prometeu não me deixar sozinha, e até hoje está cumprindo sua promessa. Ele tem sido a segunda melhor pessoa que apareceu na minha vida, sendo que primeira é Ella, mesmo não falando muito com a mesma. Tae me ajuda muito com minha depressão até esqueço que tenho ela quando estou perto dele, porem quando fico sozinha toda noite começo a chorar... Continuo me cortando Tae e Ella sabem, não consigo esconder nada deles, mais sempre me impedem de fazer isso.

Tae:

Você: 10 minutos caralho!! (3:25)

Tae: 9 agora... (3:26)

Você: Vou sair aqui, tchau boa noite Tae. (3:26)

Tae: Boa noite. (3:27)

Desci as escadas e fui para a cozinha, estava com fome, abrir a geladeira e vi um bolo com duas velas, uma de um e outra de seis.Em todos meus aniversários Ella me acorda com um bolo isso já é tradição.

- Já vou fazer dezesseis anos Ella, não sou mais criança.- Falei pra mim mesma, e peguei o bolo de lá colocando no balcão.

3:33... Daqui a dois minutos vou fazer dezesseis anos, vai fazer dois anos que aquele incidente aconteceu comigo... e nunca tirei da cabeça aquela cena. Estou no segundo ano do ensino médio com meu melhor amigo, que sempre muda a cor do cabelo parecendo um gay...

3:34... Acendi as velinhas, o celular apitou. 3:35, fechei os olhos e assoprei as mesmas que estvam no bolo.

- Feliz aniversario ____...- Disse assoprando.

- Feliz aniversario ____!!


Notas Finais


Chegamos as notas finais eeeh! O que será que vai acontecer no próximo?

E é nesses capítulos que vocês me matam se não continuar logo... E eu não sei se vou postar amanhã... Pois quero posta o primeiro cap da fic do Kookie :3

VOTEM NO BTS... ELES PRECISÃO DE 60 MILHÕES DE VISUALIZAÇÃO NO BS&T

Até aproxima~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...