História I Will Protect You- Imagine Park Jimin - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lu Han, Rap Monster, Suga, V, Xiumin
Tags Anjos, Demonios, Imagine, Jimin, Você
Exibições 88
Palavras 1.379
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Primeiramente, desculpa não postar ontem... Visita em casa vocês sabem como é...
E segundamente, vou pedindo logo desculpa pelo capitulo sem sal...;-; Ele era muito necessário na historia, se não colocasse vocês não iam entender nada e comer meu cu-q?

Boa leitura ;-;~

Capítulo 8 - Capítulo 7- Vou falar com ele.


Fanfic / Fanfiction I Will Protect You- Imagine Park Jimin - Capítulo 8 - Capítulo 7- Vou falar com ele.

Capítulo 7- Vou falar com ele.

 

- Como assim meu pai Ella? Ele não estava no Canadá?- Perguntei meio desesperada.

- Está aqui, por isso você vem direto para casa.- Falou apreensiva.

- Certo... Até mais tarde.- Disse num suspiro.

... Ella disse que a ultima vez que vi ele foi a nove anos atrás no incêndio da minha casa... E eu não lembro dele, não lembro do seu rosto... Me sinto como se nunca tivesse visto ele na vida. Comecei a ficar ansiosa, voltei para sala olhando para tela do celular que estava preta, o professor tinha entrado e eu sequer prestei atenção nas aulas, duas de matemática e uma de línguas...

O intervalo começou eu ia saindo quando Yoora e outra garota que desconheço bloquearam minha passagem.

- Então vai com a gente?- Yoora foi direta.

- Tenho que ir direto para casa hoje.- Disse sorrindo.

- Certo então- Respondeu meio triste.

- Podem me chamar outro dia? Prometo que vou!- Falei apertando meu celular contra o corpo.

- Vamos chamar sim. Vem Naguii, os garotos estão nos procurando.- Disse saindo.

- Sabia que ela não iria.- A amiga de Yoora disse se referindo a mim.

Desistir de sair, e fiquei sentada na minha cadeira imaginando o que aconteceria se aceitasse sair com elas, acho que me divertiria não é?

O intervalo acabou, e as duas ultimas aulas eram Ed.Física então gazeei, na verdade peguei minha coisas e fui embora, não avisei para Hyun-Ki vir me buscar, queria andar pensar com calma no que vai acontecer quando chegar no meu destino e ver meu pai. Acho que são três quilômetros até minha casa, só sei que chegue bem cansada. Quando entrei ele estava sentado de pernas cruzadas mexendo no seu celular e um de seus braços apoiado no mesmo, eu fiquei estática ele ainda não tinha me visto, quando abaixou o celular olhou em minha direção e seus olhos estavam levemente abertos surpresos.

- Olá ____.- Sua voz grossa me causou arrepio.- Você cresceu.

- O-Oi... N-Nove anos não é mesmo?.- Disse toda desajeitada.

- Mais nem tanto.- Se levantou.- Vim passar um mês aqui a negócios, e vou resolver um deles agora. Tchau ____.- Ele não olhou no meus olhos, mas quando se aproximou senti um cheiro muito forte de álcool.

- T-Tchau.- O mesmo saiu batendo a porta.

Subi para meu quarto, e entrei no meu closet e fiquei me olhando no espelho do mesmo... “Mais nem tanto...”

- Não sou tão baixinha assim!- Disse insultada.

- Claro que não! Você tem 1,60m e todas as garotas da sua sala é acima de 1,70 e só tem quatorze anos.- Dizia Ella entrando no closet.

- Dá pra parar!?- Disse tirando minha roupa ficando só de lingerie.

- Porem fique feliz! Olha o tamanho desses peitos maiores que o meu!- Falou pegando no mesmo.- Essa cintura mais linda que da sua mãe, essa bunda, coxas... Sorte de quem for seu namorado.- Terminou.

- T-Ta...- Respondi corando um pouco.

  - Só falo a verdade, você tem um corpo que nenhuma coreana tem e deseja ter. E o melhor seu corpo é natural.- Respondeu saindo.

Voltei a me olhar para o espelho, e vi que Ella estava certa, mas não me sentida assim. Depois de um tempo me vesti, uma blusa manga longa cinza e um short curto preto desfiado, fiz um coque bagunçado e calcei minhas meias. Amo ficar de meias é um costume desde pequena como diz Ella. Saí do closet e me deitei na cama mexendo no celular.

(...)

Três semanas se passaram, daqui a sete dias meu pai vai embora e o mesmo nem olha para minha cara, só trocamos uma frase por dia e uma a noite, “Bom dia” e sempre desço a madruga para beber água e ele ta lá bebendo vodka e sempre diz “Boa noite”. Com Ella ele sempre fala normal, mais quando é comigo nem olha nos meus olhos... Meus pensamentos foram interrompidos por Yoora e Naguii.

- Oi ____!- Falou Naguii acenando com a mão.

- Olá.- Respondi sorrindo.

- Lembra que você prometeu sair com a gente da próxima vez?- Yoora.

- Os garotos ficaram loucos perguntando por vocês, porque nós duas dissemos que a ____ iria.- Disse Naguii dando um grande sorrindo, me fazendo corar com sua frase.

- S-Sim lembro.- Abaixei a cebeça.

- Vamos amanhã como é sábado pode ir?- Perguntou Yoora.

Meu pai toda sexta e sábado nem para em casa, Ella com certeza deixaria, então não tem problema.

- Posso sim!- A respondi.

- Ótimo! Passe seu endereço iremos ir te buscar as 15:00 pode ser?- Falou pegando um papel e uma caneta.

- C-Claro! É *****.- Ela a notou tudo.

- Certo até amanhã ____.- Yoora disse se retirando.

- Tchau ____!- Naguii saiu junto.

- Tchau!- Disse as duas.

Estava super ansiosa! Pela primeira vez ai sair com meus colegas pegar o numero deles e fazer amigos! Todas as aulas passaram sem nem perceber e isso era bom. Cheguei em casa e falei logo com Ella a mesma ficou super feliz por mim, vestir uma blusa bem larga parecendo um vestido e um short curtinho e minhas meias lógico. Desci e fui comer alguma coisa.

- Nossa...- Disse Ella sem nenhuma reação.

- O que foi unnie?- Disse abrindo a geladeira.

- Sexy sem ser vulgar.- Falou olhando dos meus pés a cabeça.

- Estou começando a achar que você é lesbisca. Sinto muito em lhe informa que gosto de homens.- Respondi seu comentário tirando meu Milk shake da geladeira.

- Sua idiota!- Jogou água em mim.

Olhei para meu Milk shake e não pensei duas vezes, e joguei nela. Isso que dá jogar alguma coisa em mim.

- Bem feito.- Reponde correndo para ela não me pegar.

Ella é minha melhor amiga sempre esteve comigo que me lembre, sempre tem um conselho para me dar quando estou mal, e tenho um grande respeito um pouco na verdade.

(...)

Já era 14:00 resolvi me arrumar tomei um belo banho e entrei no meu closet, vestir uma meia calça preta transparente, com um camisão preto com duas listras brancas na barra e nas mangas, com uma bota cano curto, uma bolsa de franja preta, finalizei com um colar de prata e deixei meus cabelos soltos. Não passei pó se não pareceria um fantasma fiz só um delineador de gatinha para destacar meus olhos, para minha boca um batom mate vermelho, passei perfume e desci as escadas, Ella me olhou de boca aberta.

- Como estou?- Falei girando.

- Incrivelmente linda! Mais atrasada, rápido já estão lá fora à um tempo.- Me respondeu abrindo a porta, por um estante quase ia ter um ataque cardíaco.- Divirta-se.

- O-Obrigada, tchau...- Respondi descendo as escadas e indo ao encontro dos meus colegas, o garotos abriram a janela do  carro e me acararam daquela forma estranha.

- Que linda você ta ____!- Falou um deles e corei.

Estavam em três carros como todos são menores de idade os pais levaram, chegamos lá entramos em um prédio escrito karaokê, nunca entrei em um fiquei super entusiasmada, porque sempre os personagens de animes iam neles. As garotas começaram a cantar, depois os garotos, por fim eles deixaram eu cantar só que sozinha fiquei morrendo de vergonha mais cantei, pensei que minha voz era feia porque todos me olhavam incrédula porem começaram a aplaudir.

- Minha vez!- Yoora pegou o microfone da minha mãe e fui me sentar.

Ela não cantava tão bem assim, então todos ficaram se distraindo na vez dela. Estava olhando meu celular quando sinto alguém pegando na minha coxa olho para direção da mão e vejo um garoto bem bonito se aproximando eu acho que era para me beijar, então coloquei minha bolsa em sua boca e levantei.

- Tenho que ir, tchau.- Sorri, e saí em seguida.

Não conhecia esse barriu então procurei no Google maps. Estava andando meio perdia e incomodada com os olhares alheio, quando olhei para vitrine de um bar e vi meu pai bebendo. Um lado meu dizia para não ir, e seguir a estrada, porem o outro estava dizendo que era para falar com ele, e esse lado estava mais forte.

- Vou falar com ele.- Disse entrando.


Notas Finais


De novo desculpa por esse cap...;-;
Mais vou logo dizendo próximo promete. Acho
Se eu fosse leitora eu já estava fazendo teoria... Hahah :')

Até a próxima^^~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...