História I wish I hadn't met you, appa - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Life Is Strange
Tags Bts, Chloe Price, Life Is Strange, Namjoon Pai
Visualizações 251
Palavras 304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 3 - A hora chegou


Eu aceitei a derrota. Não tem jeito. Eu já ouvi falar do Sejin e não esperava algo assim do que posso pré dizer dele. Eu sei que está doendo para minha avó, já que ela me criou a vida toda e vou fazer isso por ela e não por mim. Mas está doendo para mim também, tipo, cara, minha vida é aqui. Minhas fugidas pela janela, os dias de aula, desenhar, pintar o cabelo, ler, andar e respirar. Não consigo imaginar minha vida fora daqui. Sem ser ao lado da minha avó.

Mas agora eu estou indo morar em uma casa cheio de homens de 30 anos. Viver uma nova vida. Ir para uma nova escola. Fingir para a mídia que eu estou feliz. 

Tudo vai ser diferente agora e eu não sei como lidar com isso. Eu estava tão acostumada com a comodidade, com minha avó fazendo tudo para mim. Agora tudo vai mudar do nada. Pela primeira vez eu to com medo. Se eu conseguisse chorar eu estaria chorando muito.

Tenho que respirar fundo, entrar naquele avião e esperar para conhecer a pessoa que eu mais odeio na vida.

E então, chamam meu voo.

Chegou a hora.

Levanto e minha avó também levanta e nos olhamos. Meu all star do pé direito ja está desamarrado como sempre. Ela me puxa pra um abraço, aproveita e acaricia meus cabelos azuis.

- Desculpa. - Sussurro no ouvido dela.

- Vou sentir sua falta. - Ela responde, mas sei que não vai.

- Tenho que ir. - Ajeito a touca na cabeça e olho para ela. - Até qualquer dia desses.

- Até. - Ela continua com uma expressão triste e eu avanço em direção ao portão de embarque. Não quero olhar pra trás, não quero olhar pra trás.

Olho para trás e ela não está mais lá.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...