História I wish you were here - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki
Tags Naruhina
Exibições 131
Palavras 3.442
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


... Géeeeeente uma one-short...
e ja avisando que já estou providenciando o prox. cap da minha outra fic "A amante amada" ...
esse fic derrepente tipo sonhei com ela.
tiver como expiração a musica da minha diva "Avril Lavigne" I Wish you were here... quem ja escutou a musica saber o quanto ela e linda, que não escutou eu indico que escutem e linda... mas enfim...
espero que gostem seuuus lindos bjoooos. ♡♡♡




AVISO AS PALAVRAS EM ITÁLICO SAO LEMBRANÇAS DA HINATA...

Capítulo 1 - Cap. Unico


 Nem parecer que ja se passaram 3 meses que você se foi, como um vento passageiro você passou por aqui. So me restaram as boas lembranças e recordações.

 Quando descobrimos sobre sua tal doença, passou pela minha cabeça que era algo passageiro...

 Mas na verdade eu so não queria acredita no real problema, e você, você sempre se mostrou forte e imbalavel lembro-me até hoje como eu fiquei quando soube de sua doença, lembro-me da sua reação quando descobriu.

 Estavamos atrasados pelo primeiro dia de aula do nosso último ano do ensino médio.

  " — Vamos Hina -chan, estamos atrasados - O loiro corria eufórico pelos corredores da escola, puxando a linda morena pelo braço, que tentava ao máximo acompanhar os passos do amigo.

 — Mas devagar Naruto -Kun, ja estamos próximo de nossa sala - Tentava a morena inutilmente acalmar o amigo, mas Naruto sempre foi impulsivo, com seus 17 anos não tinha mudado praticamente nada, so na altura, tornou-se um adolescente muito alto para sua idade, mas isso não incomodava o loiro pelo contrário so o valorizava mas, assim pensava a linda morena.

 Chegaram em frente a porta, e como o esperado Naruto adentrou na mesma sem bater ainda puxando a morena.

 — Gomen Sensei perdimos a hora - justificou o loiro, Hinata por outro lado permanência quieta, esse era seu jeito Tímida. O professor os olhou e se pronunciou.

 — Espero que essa perca de horário não se torne frequente - Comentou o professor, que por sinal não era nada intolerante — Vão se sentar , ou vão ficar ae servido de estátuas. - esbravejou o homem.

 Naruto e Hinata caminharam até onde seriam seus lugares até o fim daquele ano letivo. Um ao lado do outro, muitos na sala ja nem estranhavam a aproximação de ambos, eram assim desde de bem pequeno.

 A aula continou, depois veio mas dois professores e enfim o intervalo muito esperado por todos, aos pouco a sala ia ficando vazia, Naruto esperava a morena terminar de arrumar os materiais assim que a mesma terminou seguiram para o refeitório, chegando lá avistaram o seu grupo de amigos e resolveram se junta a eles. Se aproximando da mesa ja se ouvia comentários sobre eles.


 — Hina-chan - chamou uma linda menina de exóticos cabelos rosa — O baka do Naruto dormiu até mas tarde hoje de novo, não foi? - Eram amigas desde de novas e a rosada conhecia o tal sentimento que a perolada nutria pelo melhor amigo.

 — Como sempre você acertou Sakura-chan - Respondeu a morena se sentando ao lado da mesma, a mesa estava composta por, Shikamaru o Gênio da turma, Sasuke o sério, Kiba o palhaço, Ino sua tão desbocada, amiga, Sakura a agressiva, Temari a mãe... sim ela por ser a mas velha se sentia no direito de os aconselhar e dar bronca, o que na opinião da morena era muito bom, Sai o pintor, Gaara o tanto faz, Shino o anti-social, Tentem a despojada, Hinata a tímida e Naruto o Baka.

 Todos eram amigos desde de pequenos, moravam na mesma rua, e sempre andaram junto.

 — Oque será que o Dobe tava fazendo ontem para acorda tarde hoje - Perguntou Sasuke zombateiro, era sempre assim a amizade deles se basevam e chigamentos e ironias.

 — Nada que seja da sua conta Teme - respondeu o loiro ironicamente.

 — iiiih la vai comecar a trocar de elogios do casal - começou Ino cinicamente.

 — Voce divia ficar calada porca -chan senão vai sobrar pra você - Se intrometeu Sakura.

 — A pelo amor de kami, so de pensar que hoje ainda e o primeiro dia de aula da vontade de chorar, ja que vou tem que aturar isso tudo durante o resto do ano, agrhh - Reclamava tentem.

 — Isso e muito problemático - disse shikamaru suspirando— e melhor eu ir pegar os lanches.

 — Vamos te ajudamos - Se prontificou Shino e Gaara se levantando e para tomar o mesmo caminho que o moreno de coque.

 — PERAII VAMOS TAMBÉM - gritou Naruto se levantando e correndo, sendo seguido por Kiba.


     Ficaram so as meninas.


 — Então Hina ja se declarou para o Baka do naruto - Ino perguntava curiosa, era de conhecimento de todos do grupo o sentimento da perolada pelo mesmo, menos para "ele".

 — Não, Ino -chan -respondeu a morena — Vou espera mas um pouco.

 — Hina você tem tomar coragem, não sabemos o dia de amanhã - Falou Sakura encarando a amiga — você ja esperou tempo demais, ja esta na hora de assumir esse amor - comentou Sakura com ternura na voz, Hina apenas sorriu para amiga.

 Chamando a atenção das meninas Tenten resolveu se pronunciar. — O que aquele tumulto ali meninas -Perguntou a morena.

 — Sei não, mas bora lá ver - Chamou a Ino, ja se levantando e sendo seguida pelas meninas.

 Hinata seguiu as meninas mas cena que viu a tirou o chão, Naruto estava caído desmaiado enquanto Sasuke o chamava e tentava conter o sangue que escorria pela narinas do loiro, Shikamaru logo ligou para uma ambulância Gaara ligava para os pais do mesmo e Kiba e Shino foram chamar a direção, Hinata estava sem ação.




   (…)






 Agora estava ali naquela maldita sala de espera daquele maldito hospital, estava aguniada e não conseguia esconder, os pais de Naruto estavam na mesma situação, ate que um médico entrou na sala.

 — Familiares de Uzumaki Naruto ? - chamou o homem, olhando um papel em sua mão.

 — Aqui - Respondeu Namikaze Minato serio, mas mostrava tambem uma grande preocupação afinal era seu único filho.

 — Podem me acompanharem - Falou o doutor, Hinata permaneceu quieta, ate escuta a doçe voz de Kushina mãe de Naruto.

 — Vamos querida você tambem e a família dele - Chamou a ruiva carinhosamente, Kushina era uma mulher admirável, a sim a morena os acompanhou.


 (…)




 Chegando no quarto Hinata observava o estado em que o loiro se encontrava estava dormindo tão serenamente, logo o médico falo sobre o estado dele.

 — Bom sinto-lhe informa que a notícia que tenho para dar não e nem um pouco agradável - Suspirou o homem não que ja não tivesse acostumado em dar aquele tipo de notícia, mas sabia que fazia parte da sua profissão, as vezes se arrependia de ter escolhido tal profissão mas agora era tarde para volta a atrás — Fizemos todos os exames necessários para chegar em uma conclusão nada agradável, encontramos um tumor no cérebro do paciente. - Kushina arregalou os olhos de lágrimas, Minato queria ser forte mas tava dificil.— Examinamos bem a fundo e descobrirmos que e maligno, sinto-lhe informa mas seu filho esta com câncer. "

  " Meu mundo caiu quando escutei aquilo."

 O médico falou que o tumor ja estava um pouco avançado, que a quimioterapia so ia alonga um pouco mas sua vida, pois não tinha curar. Esperei você acorda, assim como seus pais.

 " Quando você acordou, me encarou e em seguida encarou sua mãe, com uma cara confusa. Sua mãe se aproximou e te abraçou chorando. Seu pai fez o mesmo eu apenas observava com lágrimas nos olhos.

 — Porque dessa choradeira, eu tou bem - Você dizia sorrindo um sorriso que nunca vou esquecer.

 — Meu filho temos algo pra ti falar - o loiro encarou o pai, Minato continou — Você esta com câncer - Soltou de uma vez, Naruto o olhou e depois olhou sua mãe e até entao olhou Hinata que chorava baixinho.

 — Não quero que chore Hina, quero que sorria pra mim, Afinal sei que ainda viverei muito, tou certo - Assim você deu aquele sorriso, o sorriso por qual me apaixonei.
…"



 (…)



 Depois daquele dia você não se abalou de maneira nenhuma, Eu tinha medo, medo de ti perde mesmo você não sendo meu. Depois daquele dia decidi me declarar o mas rápido possível.

 Nossos amigos no início ficaram apreensivo, mas atitude de Sasuke foi a que mas nos comoveu. Depois que você saiu do hospital dois dias depois, você fez questão de ir para escola na quinta, sua mãe não queria deixar mas seu pai a convenceu, afinal você tinha que aproveitar cada minuto. Lembro-me quando você falou para nossos amigos no intervalo.

  " Numa mesa no centro do refeitório estava um grupo de amigos...

 — Bem galera tenho algo pra falar - chamou o loiro sorrindo, que o visse nem imaginária que carregava uma bomba relógio no corpo.

 — Diz logo baka, daqui a pouco acabar o intervalo e eu ainda nem comi - comentou Kiba.

 — e Dobe agilizar ae que facilitar pra nós - Sasuke dizia deseteressado.

 — Se vocês não parerem de falar nem tem como eu contar, ttebayo - Gritou o loiro emburrado — Ja que tão com pressa vou falar de uma vez. - Suspirou ele e continuou — Eu tenho câncer. - soltou ele encarando a todos.

 Todos ficaram sem o que dizer, Hinata ja abaixava a cabeça para chorar, enquanto os outros buscavam entender o que acabaram de ouvir.

 — C-como assim? Perguntou Sakura.

 — Descobrir a dois dias, depois daquele incidente, o médico falou que a quimioterapia so iria a longa minha vida um pouco, pois tumor que tenho e maligno. - Explicou o loiro um pouco sério, mas logo sorriu, não queria preocupa os amigos, so queria aproveita cada segundo com eles.

 Sakura ja chorava com Ino abraçada, Tenten permanência séria, Gaara refletia um olhar preocupado o ruivo considerava o loiro como um irmão, quando ele mas precisou Naruto não exitou em ajudá-lo. Sasuke foi o que mas surpreendeu a todos, levantou-se de onde estava e o abraçou o loiro.

 — Vamos nos encarregar que seus últimos dias sejam os melhores meu irmão.- Comentou o moreno...
"


 Depois daquele dia tudo mudou, sim pra melhor, passamos a fazer tudo junto, não desperdiçamos nenhum segundo. Quando você começou a quimio, fazia de tudo para não se abalar, mas eu percebia que estava se esgotando, mas como e cabeça dura que você era não desistia e nem voltava atrás de sua palavra.

 Naquele tempo mas doque nunca as meninas me incentivaram a me declarar, e com um empurrazinhao de sua mãe finalmente criei coragem. Era um domingo e nevava muito, mas mesmo assim você chamou todos para jantarmos e seu restaurante prefiro. Fomos todos.

  " Estavamos todos sentados ja tínhamos jantado apenas conversávamos banalidades, mas eu tinha que ir embora.

 — Bom , ja vou indo - falei chamando a atenção de todos.

 — Mas ja Hina - falou Sakura, eu apenas assentir com a cabeça — Acompanhar ela Naruto, agente daqui a pouco ja vai, e vocês moram um do lado do outro. - justificou a rosada, mas eu entendi a ação dela no fundo agradecia.

 — Por mim tudo bem, então até amanhã a todos - Naruto aceitou de prontidão, se despediu de todos e seguimos lado a lado.

 O silêncio ja começava a me encomodar, essa era a chance então tinha que aproveitar resolvi pegar a coragem que guardei para aquele momento.

 — Naruto... Eu queria te falar algo - falei me admirei comigo mesmo pos não guaguejei.

 — Eu tambem Hina, alias ja fazia algum tempo que queria ter essa conversa, depois que descobrir que posso morre a qualquer momento isso passou a ser um objetivo - Vi ele suspirar, e continua — Desde da primeira vez que ti vi naquele inverno soube que nada daquilo era por acaso, quando te defendi daqueles valentão, não me arrependo de ter apanhado por você desde la soube oque era ser admiração, pois você passou a ser isso pra mim, mas com isso veio os medos me fazia de desentendido por fazer, medo de estragar nossa linda amizade, mas agora aqui quero que saibar que você passou a ser meu lugar ensolarado - Você terminou de falar, e eu chorava, corrir pra te abraçar.

 — Eu te amo tanto Naruto - kun, tanto que não quero passar um minuto longe de você - e Finalmente me declarei.
"


 Passamos a namorar, a turma ficou muito contente sua mãe chorava de alegría quando contamos para ela, você sorria um sorriso lindo, me sentia feliz ali.

 O tempo passou e logo o ano chegou ao fim, você continuava a quimio para estabilizar seu estado, apesar do estado avançado, não parecia, você não demostrava suas dores tudo para não nos fazer sofrer.

 O pessoal estava eufóricos com a festa dos formando daquele ano, e foi na noite da festa que me entreguei pela primeira vez a você.


 " A festa estava linda, todos estavam la, agora era uma nova fase para cada um ali, mas um passo para o futuro, Naruto parecia cansado.

 — Vamos Naruto -Kun, você precisar descançar - Disse a morena preocupada com namorado.

 — Sim vamos, quero aproveitar o resto da noite com você minha Hime - Hinata corou com comentário do loiro, — Jae pessoal espero voces amanhã na minha casa sem falta - Intimou o loiro.

 — Nos iremos Dobe, so não se esforce muito essa noite - Zombou Sasuke, Hinata corou ainda mas com o comentário do amigo.

 — Sasuke-kun não fale essa coisas não ver como a Hina fica - comentou Sakura repreendendo o namorado que apenas deu de ombro — Então até amanhã …

 Depois de nos despedimos de todos saímos caminhado de mão dadas, apenas apreciando a noite, depois de 15 minutos chegámos, você me convidou pra entrar eu aceitei prontamente, afinal ja esperei tempo demais. Sua mãe e seu pai tinham saído e so chegaria no dia seguinte, então não me preocupei.

 Assim que entramos, você e guiou ate seu quarto e cada passo que eu dava sentia minha buchechas quente, entramos no quarto, faz muito tempo que não entro no mesmo, reparei em uma pequena mundaças.

 — Espero que seu pai não fique bravo - Comentou ele — Vou tomar um banho, depois que sair você entrar, tudo bem? - Me perguntou ele, eu apenas confirmei com a cabeça, ele entrou no banheiro.

 Fiquei admirando o quanto, tinha muitas fotografias, de nossos amigos, adoravamos tirar foto, a maioria daquelas fotos eu tinha mas uma me chamou atenção, era uma foto minha na cômoda do lado da cama dele, eu não me lembro bem quando ele tirou, mas eu era bem menor.

 Me assutei quando escutei sua voz, parecia mas rouca que o normal.

 — Tirei essa foto no dia que nós conhecemos, na verdade pedir pra oka-san tirar. - Justificou ele coçando a nuca, sinal do seu nervosismo — Bom pode entrar no banheiro, aqui tem uma toalha e uma blusa minha - Falou ele eu corei, assim entrei no banheiro praticamente correndo.

 Bufei assim que entrei no banheiro, por que eu tinha que ser tão tímida, agrrh! Tomei um banho rápido, me enxuguei e olhei para a camisa dele, era laranja e grande ia fica um vestido em mim, " Quer saber e agora ou nunca" pensei, assim sair so de toalha.

 Naruto estava deitado apenas com uma calça moleton preta, parecia dormi, mas sentir minha presença ele abriu aquelas orbes que tanto amo. Corei do jeito que ele me olhava, antes de ele falar algo tirei a toalha, estava determinada.

 Assim que tirei a toalha andei ate ele que estava sentado na beira da cama, seus olhos estava arregalados se não fosse minha vergonha eu riria dele.

 — Naru - kun - chamei-o sensualmente.

 — Hinaa - foi a unica coisa que ele falou antes de me arragar e me jogar na cama — Esperei por isso tanto tempo que e até difícil de acreditar. - disse ele com sua voz rouca, sentir minha intimidade pulsar, soltei um gemido abafado.

 — Me faça sua Naru-kun - Minha sanidade ja tinha escafetado a muito tempo.

 Sem pensar duas vezes, Naruto a beijou ferozmente, o beijo começou feroz depois foi se acalmando e virando um beijo apaixonado.

 Naruto passava suas grandes mão grossa e áspera nas curvas da morena, Hinata gemia, isso ja estava enlouquecendo o loiro, que botou uma das mãos no seio da morena que ja delirava apenas so com os toques.

 Sem mas demora ele chupou o seio com vontade, Hinata gemia mas e mas, ja sentia sua intimidade molhada, Naruto desceu as maos até as partes do meio da morena.

 Estocou uns dos dedos na intimidade enxarcada, da morena, que gemia.

 — Aaaaah Naru-kun, - O loiro ao ouvir seu nome tão sensual saindo da boca da morena delirou.

 — Hina, você ja esta pronta pra mim? - Perguntou o loiro. Hinata apenas acenou com a cabeça.

 Naruto com a confirmação separou as pernas da morena, ainda a olhando no olho, Hinata corava, tirou seu membro da cueca que pulou pra fora, Hinata ao olhar arregalou os olhos, Naruto a encarou e soltou uma risadinha sacana.

 — Prometo não te machucar minha Hime. - disse o loiro ja invandido a morena, que no começo sentiu uma Ardência e uma dor aguda, mas logo a passou e a morena so sentia prazer.
"

 Depois daquela noite me sentir preenchida, foi tão maravilhoso. Droga, que eu faria para ter você Aqui comigo Eu queria que você estivesse aqui.

 Quatro mêses se passaram, Passamos momentos loucos e incríveis, começamos a cursa faculdade, eu de medicina junto de Sakura e Ino, e você direitos, que pena que você não conseguiu concluir.

 Naquela noite meu mundo caiu, quando recebi aquela notícia que você estava internado em estado grave, sua mãe me ligou desesperada dizendo que você, chamava por mim, peguei o carro de meu pai e acelerei.

 Quando cheguei na recepção do hospital disse meu nome e me orientaram ate onde você estava, passei por corredores ate encontrar uma cabeleira vermelha. Kushina correu e me abraçou.

 — E-eu p-pensava q-que ele estava fazendo a Quimio, mas soube que ele ja tinha abandonado a um mês e meio - Explicou ela, eu não sabia disso, sentir minhas buchechas molhadas, logo a enfermeira saiu da sala.

 — Hinata - chamou-me ela, olhei pra ela — Ele a chamar - depois ela saiu dizendo que logo voltava com o médico.

 Olhei pra Kushina e Minato que apenas acenaram, e entrei no quarto ele parecia dormi, eu chorei quando o ouvir daquele jeito sua pele bronzeada não tinha mas aquele brilho igual ao seu cabelo, me aproximei e toquei em uma de suas mãos.

 — Hinata - chamou ele fracamente.

 — Sim meu amor, estou aqui e não sairei ate você ficar bem - Falava entre o choro.

 — Hina m-me desculpe, e-eu não queria prolonga mas isso - falava ele - E- eu te amo Hinata obrigada por ficar comigo ate o fim, agora quero que me prometa uma coisa - Tossiu ele eu queria falar mas também queria escutá-lo assim ele continuo — Q-quero que você seja feliz, siga em frente e realize seus sonhos, não pare sua vida, quero que saiba que sempre vou te amar - assim ele levou a mão ate a minha face e a segurei.

 — Você não pode me deixar Naruto-kun, você vai sair dessa meu amor - eu suplicava entre os choros.

 — Eu te amo meu amor, obrigada - depois disso escutei o baruto irritante pela sala, vi enfermeiras entrar na sala e falarem e gritarem e depois disso apaguei. [/i]


 Me acordei horas depois encontrando minha irmã, meu pai e todas as meninas, vi a tristeza estampada na cara de todas ali, Sakura chegou até mim e me abraçou, precisou so disso pra eu cair na real, chorei chorei como nunca chorei, você entrou em óbito naquela noite.

 Foi a noite da minha desgraça mas também foi da minha alegria, pois foi naquela noite que descubrir que carregava o pedacinho seu dentro de mim.

 Agora estou aqui, pra ti falar que estou com dois serzinho dentro de mim um menino e uma menina, Kushina ficou tão feliz.

 E eu, bom estou a mil também quero que o menino seja sua cara, mas seja como for os amareis e protegerei eles de tudo e de todos. Saiba meu amor que sempre, sempre vou te amar e mesmo que o nossos filhos não te conhecendo falarei o quanto você era amoroso, e que a onde você estiver os amar e os proteger. Te amo meu amor.

 Assim a bela morena depositou o girassóis na lápide e saiu caminhando, com sua barriga de quase 8 mêses era bem grande. Assim ela caminhou ate o carro e saiu.


                                                                       O amor de Hinata e Naruto era            tão puro que comovia a todos.          Amor eterno




Fim... ♡◇♡

Notas Finais


Querooo saber se fuii bem ???? bjooos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...