História Ï WÖNT GIVË ÏN - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Asking Alexandria, Bring Me The Horizon
Personagens Ben Bruce, Denis Stoff, Oliver Sykes, Personagens Originais
Tags Asking Alexandria, Bring Me The Horizon, Pierce The Veil
Exibições 32
Palavras 1.355
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lírica, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora
Eu tava ocupada e acabei abandonando a fanfic por uns dias, desculpa mys loves
Mas agr ta aq dnv :3

Capítulo 10 - Take another step, take another breath


Fanfic / Fanfiction Ï WÖNT GIVË ÏN - Capítulo 10 - Take another step, take another breath

Juliet's POV

Eu acordei com o Christofer batendo na minha porta, eu levantei e abri, ele me olhou e disse:
- Olha o estado de quem já está atrasada pra escola. - ele olhou sério.
- O que??- eu falei bem assustada pro meu gosto.
- É sério, já são 6:30 da manhã.
- Desgraça. - bufei.
- Igualmente.
- Obrigada.
- Vamos descer por que eu não sei fazer nada pra comer, e não quero colocar fogo na sua cozinha.
- Ai ai - dei uma risada abafada - Vou me arrumar e já desço.
- Ok - ele fez positivo com a mão.
Eu coloquei uma calça Skinny branca rasgada e uma blusa do Guns n' roses, prendi meu cabelo num coque desarrumado e coloquei meu vans preto. Tirei meu celular do carregador e peguei meu fone. Desci as escadas e o Chris estava na cozinha comendo salgadinhos de queijo. Peguei da mão dele e falei:
- Eu não deixei você pegar meu salgadinho garota. - ele fez uma careta engraçada, e eu ri.
- Obrigado.
Ele pegou da minha mão, e eu dei um soco de leve nele.
Eu fiz panquecas e um café, terminamos de comer e já eram 7:20 da manhã, a aula começava 8:30. Logo eu falei pro Chris:
- Drew, eu acho que vou procurar um trabalho, o dinheiro que a tia Jen me deixou tá pouco e..
- E nada, eu vou trabalhar ok?
- Eu também vou.
- Ei Ju, você me deixou morar com você, é o minímo que eu posso fazer.
- Sim, mas eu também quero ter meu dinheiro, entende?
- Claro, eu te ajudo.
- Sério?
- Sim, e por falar em trabalho, eu vou formar uma banda.
- Ah que legal Chris - eu sorri, surpresa.
- Já combinei com meus amigos, e o pai de um deles é o dono de uma gravadora.. Mas eu... Eu sou meio inseguro com essas coisas..
- Você consegue, eu sei que consegue. - eu sorri, e ele retribuiu.
Sim, ele conseguiu me surpreender, e muito, desde que eu conheci o Chris ele sempre foi muito timído e tal.
Mas, eu sei que se ele confiar em si mesmo, vai conseguir o que quer.
Eram 8:10.. O Chris pegou a chave do carro e me chamou pra gente ir.
Eu entrei no carro e ele ligou o rádio e estava tocando Thunderstruck, do AC/DC. Nós cantamos que nem loucos.
Chegamos na escola e a Kina e o Vic estavam me esperando na porta da escola.
Eu e o Chris fomos até eles.
- Oi gostosa - a Kina me deu um abraço.
- Oi delicía. - o Chris me olhou meio estranha, mas depois riu.
- Oi sedução - eu falei pro Vic.
- Oi cara de bolacha - ele sorriu e eu abraçei ele.
Nós quatro fomos até a sala, e eu pude ouvir uns murmurinhos de uma garota, percebi que era a Stefany mas eu nunca tinha visto ela nessa sala.
Dei de ombros, segui até o meu lugar.
Mas uma garota entrou na minha frente e falou:
- Ei, saí daí, esse é o meu lugar queridinha.
- Seu, tem certeza?
- Claro, pergunta pro Denis querida.
- Interessante não é? Ninguém perguntou. - a Kina retrucou.
Ela riu sarcástica e disse:
- Querida, eu vou sentar aqui, você e sua amiguinha entenderam?
- Ei Stefany, para. - o Denis chegou e falou pra ela.
Eu olhei pra ele, havia uma tristeza em seu olhar, eu via isso.. Nossos olhos se encontraram e eu desviei..
Denis se sentou em seu lugar e Stefany foi sentar no colo dele, ele tentou dizer algo para ela, mas ela o beijou..
Eu agi como se isso não me afetasse, só agi, isso me afetava, me dóia por dentro..
Dei de ombros e fui sentar do lado da Kina, Vic e o Chris foram sentar perto da gente também. A Kina falou:
- Essa vadia se transferiu de sala só por causa do meu irmão. - ela bufou com raiva.
- É uma desgraçada, ela acha que pode dominar qualquer menino por ai... - o Vic falou - Menos eu.
- Claro, você é gay - o Chris falou e nós rimos.
- Eu sei, ja comi você né delicía - o Vic respondeu
- Sim marido - o Chris fez uma voz de gay.
A Kina e eu rimos sem parar das viadagens deles dois.
O professor chegou, era um professor novo pelo que parecia...  E a Stefany e como toda vadia vagabunda, foi até a mesa dele e empinou a bunda pra todos, eu pude ver o Denis estava de cabeça baixa ouvindo música...
Eu pensei em ir falar com ele, mas logo desisti quando a Stefany foi se oferecer pra ele de novo.
O Christofer pareceu perceber o meu olhar pra ele.
- Ta com ciúme dele né? - ele parecia claramente decepcionado.
Eu me atrapalhei toda e voltei a terra.
- Não.. Claro que não.. - eu respondi reparando na expressão dele.
- Bem que você podia..
- O que?
- Sei lá.. Tentar esquecer ele.. Me dar uma chance..
- Ahn.. - eu olhei pra ele, ele estava com uma expressão meio feliz ou preocupada.
- Nada sério, só se você quiser.. - ele falou meio atrapalhado.
- Ok - eu sorri.
- Sério isso Chris? - O Vic e a Kina falaram juntos.
Eu e o Chris rimos, eles também..
- Tá me traindo Ju - a Kiih fez uma carinha fofa, tentando parecer triste.
- Não Kiih - abraçei ela.
O Chris e o Vic riram, e logo o professor pediu pra todos se sentarem nos devidos lugares.
Ele se apresentou como Sr. Hillard e de repente o Vic fez uma voz engraçada e perguntou:
- Você é casado?
A sala inteira caiu na risada e o Sr. Hillard tentou procurar quem tinha feito aquela pergunta.
Ele desistiu e falou:
- Não, não sou casado.
Eu pude ouvir algumas meninas falando algo sobre "vou pegar ele", "já é meu".
- Mas eu não sou gay, foi só uma pergunta, obrigado. - o Vic continuou.
Todo mundo riu pra caralho de novo.
- Palhaço - eu falei pro Vic.
- Sou, trabalho no circo.
- Percebe-se - eu ri.
Eu, Kina, Chris e o Vic, ficamos rindo e conversando a aula inteira.
No final da aula eu dei um abraço na Kih e no Vic.
- Ju, vem logo. - ele pegou na minha mão.
A Ki e o Vic me olharam maliciosamente.
- Cuidado Juliet, o Chris é um monstro na cama. - o Vic falou, e nós explodimos na risada.
Estava tudo bem, até que o eu e o Chris trombamos com o Denis, que percebeu que estavámos de mãos dadas, ele tentou nem ligar, mas deu pra ver, ele dava uma de durão.. Mas não era nem um pouco, eu me senti mal, mas ele também fez com que eu me sentisse triste, e muito.
O Chris e o Denis se olharam por alguns segundos se encarando até que o Denis seguiu em frente, indo até Kina e Vic.
O Chris disse:
- Você gosta dele?
- Talvez?
- Aham
- Eu acho que falei talvez, e não sim.
- Tá, esquece isso então.
Nós dois falamos sobre coisas aleatórias e besteiras o caminho inteiro..
Chegamos em casa, eu fui abrir a porta e quando consegui, entrei, logo em seguida Chris entrou.
Eu joguei a bolsa no chão, eu me virei pra ele, que me olhava de cima abaixo sorrindo, e perguntei:
- Ahn.. O que foi..? - perguntei corada.
- Ju... - ele me puxou me agarrou - Já chega - ele sussurou no meu ouvido.
Eu sorri pra ele, e respondi baixinho:
- É, mesmo..?
- Eu não aguento mais garota - ele sorriu e levantou os braços.
Eu o empurrei no sofá com força, ele me puxou, fazendo com que eu caísse em cima dele. Eu me ajeitei, ele me olhou profundamente, eu sorri, e ela me lascou um beijo, e eu correspondi.








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...