História Ice cream of flakes (oneshot) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Moonbin, Personagens Originais
Tags Astro, Imagine, Moonbin, Oneshot
Visualizações 33
Palavras 1.039
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Hentai, Poesias, Shoujo (Romântico)
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Dongsaeng fofinha
Não morre!
Beijos!

Capítulo 1 - My favorite ice cream


Fanfic / Fanfiction Ice cream of flakes (oneshot) - Capítulo 1 - My favorite ice cream

Eu caminhava normalmente como todos os dias, estava indo a sorveteria, meu lugar favorito em todo o mundo. Cheguei no estabelecimento e me sentei, logo a moça apareceu e ao me ver abriu um sorriso, pois eu era uma cliente assídua, ela me olhou e parou em minha frente

Garçonete: O de sempre né?

S/n: Sim...

Disse timidamente,  e fiquei ali esperando meu delicioso sorvete de flocos, quando, de repente, um ser passa pela porta e se senta em uma das mesas, fiquei chocada ao vê-lo entrar, estava tão lindo, suas roupas só o deixavam ainda mais fofo, seu nome? Moon Bin, vulgo garoto mais bonito da escola, vulgo crush eterno (notice-me senpai ;-;) eu não conseguia tirar os olhos do garoto que ao perceber que eu estava literalmente babando por ele sorriu mínimamente e eu virei o rosto, estava mais vermelha que um tomate, se um buraco surgisse ao meu lado me jogava nele.

Depois de muito tempo esperando,( se passaram apenas 5 minutos na linguagem normal ;-;) foi uma eternidade, tentei parecer o menos nervosa possível, só tentei mesmo, porque quase engasguei quando o garoto se sentou em minha mesa, ele me olhou e sorriu

S/n: O...que...você...quer...?

Disse extremamente nervosa

Binnie: É que você estava me olhando e eu queria saber o por quê....

Buraco eu preciso de você

S/n: Eu...não...estava...olhando...não!

Disse e dei uma colherada no Sorvete

Binnie: Não? Sério? 

Senti que meu coração ia explodir quando o jovem rapaz se aproximou de meu rosto, ele passou seu polegar no canto de minha boca e depois lambeu

Binnie: Estava sujo! E eu também adoro sorvete de flocos!

S/n: Ahh...que...que...legal!

Não tinha coisa melhor pra dizer, vou morrer, não estava crendo no que estava acontecendo, logo a garçonete apareceu e entregou o sorvete dele, que era do mesmo sabor que o meu, um tão saboroso e divertido sorvete de flocos, e pra fechar a garçonete ainda parou e disse

Garçonete: Vocês são um lindo casal!

Ele envolve seus braços em meus ombros e sorri

Binnie: Eu sei!

A garçonete saí, e não sei como mas consegui ultrapassar todos os tons de vermelho, ele olha pra mim e solta a última pérola

Binnie: Você é fofa!

S/n: Acho que preciso ir ao banheiro! E talvez ao médico!

Sussurrei a última frase, mas ele deve Ter ouvido por acabar soltando uma risada fraca, me levantei e fui ao banheiro, lavei o rosto e dei vários tapinhas pra ver se eu voltava ao normal, eu era literalmente apaixonada por Moon Bin, e só de estar próxima dele sinto que meu coração vai sair do peito a qualquer momento, voltei para mesa e ele continuava ali sentado sorrindo de um jeito fofo, e eu ainda estava me perguntando porque ele estava fazendo isso, me sentei de volta e terminei de tomar meu sorvete sem dizer nada, e ele não parava de me olhar nenhum segundo, me levantei

Binnie: Já vai?

S/n: Sim, só vou pagar!

Binnie: Não precisa!

S/n: Por que não?

Binnie: Porque eu já paguei!

S/n: Por que fez isso?

Binnie: Segundo a garçonete você é minha namorada, e eu tinha que fazer esse cavalheirismo

S/n: Entendi, obrigada então! Fico te devendo

Binnie: Então eu vou cobrar

S/n: Faça isso!

Sai dali e fui fazendo meu caminho de volta para casa, mas percebi que o garoto me seguia, olhei pra trás perplexa, voltei a andar, e ele continuava a me seguir, então parei e o encarei

S/n: Posso ajudar?

Binnie: Quero cobrar agora!

Ele me puxa pela cintura e rouba um beijo, fiquei estática no começo, mas aos poucos fui me envolvendo, e logo estávamos em um ósculo profundo e intenso, a falta de ar se fez presente e nos separamos

S/n: Por que fez isso?

Perguntei ofegante

Binnie: Se aceitar vir comigo, eu conto!

Ele me esticou a mão e eu a peguei, ele foi me guiando pelas ruas, até que chegamos em frente a uma casa

Binnie: Convido a dama a entrar na minha humilde residência

S/n: Que formalidade, mas eu aceito!

Entramos e eu me sentei no lado, ele pegou dois sucos e os colocou na mesinha de centro depois se sentou ao meu lado, ele estava corado e sorria para mim, estava completamente envergonhada, e ele também parecia nervoso

Binnie: Sabe...é que...eu...eu...eu

S/n: Calma! Respira!

Binnie: Eu gosto muito de você S/n! Me apaixonei por você já faz um tempo

Fiquei parada e chocada, abri a boca Incrédula, e ele abaixou a cabeça triste

S/n: Também sou apaixonada por você Moon Bin!

Ele levanta a cabeça e abre um sorriso lindo

Binnie: Sério?!

Assenti com a cabeça e ele me abraçou e me roubou mais um beijo, aquilo era maravilhoso, Ele gentilmente me deita no sofá ficando por cima, suas mãos deslizaram pelo lado de meu corpo parando na cintura onde ele apertou levemente me fazendo arfar contra seus lábios, uma de suas mãos desceu mais um pouco adentrando minha saia, num impulso segurei as mãos dele

Binnie: Desculpa! Estou indo muito rápido?

S/n: Não, eu só me assustei, é que...

Binnie: Você é virgem?

Assenti envergonhada

Binnie: Não precisa ter vergonha, vou fazer com muito carinho e cuidado!

Ele me da um beijinho na testa, mas uma vez ele passa as mãos por minhas pernas, subindo pelas coxas, parando no cós de minha calcinha, e a puxa lentamente, logo seus dedos me preencheram me fazendo gemer arrastado, ele fazia movimentos de vai e vem, até que me descaso em seus dedos, ele termina de tirar minha saia e me pega no colo me levando pro quarto dele, ele põe na cama e fica de pé, ele começa a se despir na minha frente, e que visão, ele abre uma gavetinha e tira de lá um preservativo, ele reveste seu membro e volta a ficar por cima de mim, ele me olha e sorri, penso que isso foi pra me distrair, pois quando me dei conta ele já estava dentro de mim, uma lágrima involuntária caiu de meu olho, Moon Bin estendeu sua mão e a limpou deixando um carinho em minha bochecha

Binnie: Princesas não devem chorar!

Sorri para ele

Binnie: Isso, o sorriso mais lindo do mundo!

Mexi o quadril indicando que ele poderia começar a se movimentar, a dor era incômoda e aguda, mas logo ela foi se transformando em um prazer intenso, nossos gemidos ecoavam pelo cômodo, quando terminamos deitamos um do lado do outro suados e ofegantes

Binnie: Pode não ser o melhor momento, mas, namora comigo?

S/n: Claro Binnie!

Nos abraçamos e dormimos de conchinha.

Acho que amo ainda mais sorvete de flocos!






Notas Finais


E ai morreu?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...