História Ice Heart - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Personagens Effie Trinket, Finnick Odair, Gale Hawthorne, Haymitch Abernathy, Katniss Everdeen, Peeta Mellark, Plutarch Heavensbee, Primrose Everdeen
Exibições 142
Palavras 1.224
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 35 - Verdade dita


Prim nos deixou sozinhos, haymitch olhou minha sala toda, e sorriu.

_bem simples sua casa, imagino que deve ter sido difícil se reacostumar com tudo isso de novo.

_não foi pra examinar meu estilo de vida que você veio, então diga logo.

_calma lindinha, foi sobre peeta que vim falar, dizer umas coisas que você não sabe, explicar o que realmente aconteceu.

_vai querer limpar a barra do seu sobrinho, eu dispenso mais mentiras.

Ia me levantar mais ele me impediu.

_katniss é serio, ele não fez por que quis, ele não sabia que tinha pessoas lá, ele teve tantas perdas quanto você acredite.

_haymitch não venha como defensor dele, peeta precisa pagar pelo que fez e não ser inocentado.

_katniss eu sei o que é perder alguém que ama, e o garoto perdeu duas coisas importantes naquele dia, assim como você.

Lembranças das palavras de annie, um certo acidente, a aparência de peeta, só podia ter sido no mesmo dia. Então ele já havia sido punido.

Haymitch tirou algo so bolso e me entregou, era uma foto, uma mulher loira com olhos azuis, feições perfeita mais com ar de mistério. Se parecia um pouco com willow.. era sua mãe. .

_essa é. .

_sim, se chamava cressida, noiva de peeta, a mulher mais desprezível que você possa imaginar, peeta conheceu seus encantos mais também seus desencantos. Quando se é novo demais, acaba se iludindo por certas mentiras.

_o que quer dizer? O que você veio exatamente fazer aqui?

_vim te contar a verdade, peeta fou culpado sim, mais também foi usado por ela.

Encarei a mulher da foto e já a odiava, sem nem ter conhecido. Coitadinha de willow ter tido uma mãe como essa.

_peeta a conheceu na capital, logo depois que terminou os estudos, os pais dele queriam que o filho tivesse um futuro diferente dos deles...mais peeta nasceu com esse dom de fazer coisas deliciosas, seu sonho era ter sua própria padaria,era sonhador e ingênuo demais.

Continue olhando a foto e escutando o que haymitch tinha a dizer.

_quando ele voltou para o doze, foi com ela, já estavam noivos, e desde o começo sabíamos que ela não era flor que se cheirasse, ela queria afastar ele de todos, mentia e iludia ele como podia. Peeta como nunca se apaixonou foi fisgado pela pior espécie que existe.

_ele não ouvia vocês?

_não, os pais queriam separar os dois, mais peeta mudou depois que conheceu ela, ficou frio e idiota..

Haymitch dizia mesmo, poucas vezes vê ele passar a mão na cabeça de peeta, e já imaginava o que ele não fez antes pra alertar o sobrinho.

_ela só trouxe desgraça pra vida do garoto, sugou ele de todas as formas, ate que ele estava vendo no que estava se metendo, mais ela o prendeu mais ainda, engravidou e o idiota como você bem sabe, ama aquela menina, não ia deixar a pequena ser criada longe de seua olhos.

Uma pena grande, willow não teve muita sorte em sua curta vida.

_depois que willow nasceu, foi que as coisas começaram a piorar, peeta e cressida brigavam constantemente, eu e effie levamos a menina para o distriti quatro, peeta não tinha sanidade para cuidar de ninguém muito menos a mãe dela...

_tadinha...

_da mesma forma que eles se amavam, ou melhor dizer, ele amava aquela mulher, era fácil ela conseguir o que queria, colocou na cabeça dele que a área aonde era a mina, seria o melhor lugar para se construir a padaria, e como estava cego, acabou caindo nas mentiras dela.

_mesmo assim ele estava no meio haymitch não tem como você defender ele.

_não tenho e nem quero, eu o alertei sobre isso, mais ele não me ouviu, e acabou cometendo o pior erro de sua vida. Mais eu posso provar que ele não sabia que havia trabalhadores no dia, ela omitiu isso, junto com o prefeito assinou os papeis, e foi com peeta para ver a explosão.

Imagens daquele dia começaram a vim na minha cabeça, o quanto foi doloroso esperar notícias e ter esperança de que meu pai estava vivo. Mais foi apenas seu corpo que saiu daquela mina, nada mais do que isso.

Apertei o braço do sofá voltando a sentir raiva de peeta, eu ainda o odiava, era difícil perdoar algo assim.

_katniss ele é culpado sim, mais você tem que entender, ele estava cego, ela o enganou, ele era novo não sabia a burrice que estava fazendo, naquele mesmo dia ele perdeu a mulher que amava, ela não o merecia mais ele a amava mesmo assim, a explosão foi fatal, ele ficou ferido como você viu, carrega as marcas ate hoje.

_não justifica o que ele fez, haymitch não adianta você dizer e querer inocentar ele, peeta fez mesmo assim, mesmo se não tivesse sido meu pai, ele matou vários pais de familia, pessoas inocentes. Não sei como ele não foi preso.

_foi dado como acidente, o prefeito cobriu tudo com mentiras, ele e o pai de peeta eram muito amigos, e ficou por isso mesmo.

Não se podia confiar em ninguem, todos eram mentirosos.

_já disse o que queria, agora podi ir embora.

_ele nos deixou novamente katniss, partiu para a capital para se isolar. A mãe de finnick esta preocupada com o que ele possa fazer, todos estamos. Eu sei como ele é quando esta sofrendo.

_eu também estou e não estou pensando em me matar.

_katniss, peeta é diferente, ele precisa de você, ele ama você de verdade, você que conseguiu trazer ele de voltar, mostrou a luz quando ele só conhecia a escuridão. Estava se tornando uma pessoa melhor, por sua causa, por favor eu peço que reconsidere e o perdoe. Ele já pagou pelo que fez, ele não merece sofrer mais...

Haymitch estava me pedindo uma coisa impossível. Não podia perdoar peeta, muito menos ajudar ele, se não conseguia nem me ajudar. Suspirei e coloquei a mão em meus olhos, estava doendo, a quem eu queria enganar.

Sentia falta dele, e só de pensar que ele podia fazer algo contra a si mesmo, meu coração entrava em desespero.

Haymitch me abraçou me confortando.

_eu sei que doi docinho, mais juntos vocês dois podem superar isso. Dê mais uma chance a ele.



Haymitch me consolou como um pai faz com uma filha. Era assim as vezes que me sentia com ele, como se fosse sua filha, parecia ate idiota de se dizer, mais haymitch estava muito doce ultimamente.

_sinto muito por tudo que aconteceu, mais vocês dois tem que se perdoar, não podem deixar o que sentem morrer.

Enxuguei o rosto e olhei para minhas mãos estava tremendo.

_preciso de tempo haymitch, não é fácil.

_nunca vai ser, mais você precisa dar seu primeiro passo.

Ele se levantou e foi ate a porta, me acalmei mais e o acompanhei ate fora.

_você nunca foi tão doce, o que aconteceu?

_vou ser pai, e de alguma forma isso está me mudando.

_parabéns.

_obrigado, pense no que eu falei katniss, os dois precisam de uma segunda chance. Não deixe o amor morrer.



Ele apertou meus ombros antes de me abraçar de novo em despedida.

Ele se foi como uma sombra, agora sabia um pouco do passado de peeta, mais não mudava muita coisa. Acho que essa frieza ainda iria me matar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...