História Iceberg- Min Yoongi/Suga - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Chanyeol, D.O, Hyung Won, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, V
Tags Bts, Drama, Exo, Hentai Bts, Hot, Hot Bts, Incesto Bts, Incesto Suga, Min Yoongi, Revelaçoes, Romance, Sadomasoquismo, Sehun, Suga, Teen, Tragedia, Yoongi
Exibições 27
Palavras 850
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Aman-se os nossos desejos


Uma vida nada fácil, uma criança perdida entre os furacões da vida, sozinha, só ela e o mundo.
A pequena garota saiu de casa, andou pelas vagas e silenciosas ruas, viu as mais desgraçadas cenas, quase foi pega...
Eu disse "quase", caso Sehun não aparecesse alí naquele exato momento, a pequena poderia estar presa em cativeiro por algum velho nojento, sendo abusada cruelmente e perdendo sua pura inocência.

Os anos passaram, a pequena garota se transformou em uma bela mulher, baixinha, não tão magra nem tão gorda, ela se sentia feliz do jeito que era, ninguém tinha uma opinião melhor que a dela para o que poderia vestir.

Era livre.

Sehun também estava lá, viu sua pequena crescer, obter  segurança ao seu lado.
Seu perfume o maravilhava, cada toque, cada ação o deixava mais apaixonado por aquela que ele tanto cuidou, poderia se  dizer que ele era um pai para ela...Tsc...ele a amava, seu amor era maior que algo familiar, era muito mais forte.

Mas, o coração da nossa pequena geminiana não permitia isso, não a permitia namorar, criar raízes com alguém, não sabia sobre a capacidade de "amar" de se "apaixonar" que ela poderia algum dia encontrar dentre si.

Era algo impossível para ela.

"Em última análise, amam-se os nossos desejos, e não o objeto desses desejos."
Friedrich Nietzsche

Você ama como aquilo te faz bem, ama o jeito que te deixa, ama como você recebe o amor, nossa pequena tinha noção disso, sabia que se esse objeto que a desse amor fosse uma pedrinha, ela também iria amar, a carcaça é algo tão inútil, um detalhe tão insignificante, os humanos são realmente nojentos, hipócritas e egoístas.

Será que você realmente ama alguém, ou só ama como ele te faz bem?

~


-Quarta-feira, quatorze  de janeiro.


Era uma linda manhã de quarta-feira, agora mulher, achava um dia lindo, não podemos opinar, já que para ela, todos os dias são bonitos.

Menos aqueles onde à tempestade habita.

Assim que deram exatas nove horas, a grande, "nem tão grande", Hoshi estava vestida formalmente para seu quarto dia de trabalho, seu corpo tomava uma bela forma em sua roupa, sua confiança em si mesma e seu belo sorriso eram de todas, suas melhores curvas. Hoshi parou em frente de seu espelho e contemplou a mulher que virou, uma linda mulher de um e cinquenta e quatro, longe de ser alta, mas estava bela, isso que importa.

Para aqueles que a vissem de longe, ela era metida, arrogante, mas só aquele que à conhecia sabia que ela era um dos mais doces bolos.
Agora Hoshi tinha uma vida formada, uma garota empolgada e inteligente mantinha seus pensamentos sobre suas responsabilidades, para ela, saber a diferença é algo importante.

Já de dez horas Sehun acordou, deu falta de sua tão amada dentro de sua casa, seu perfume ainda pairava sobre os móveis formando um sorriso em seu rosto.
Ah como ele amava aquela garota!

Ele queria conquistar, queria destruir o gelo do coração da pequena e fazê-la o amar, vê-lo como homem.

O que não demoraria muito.

Quebraram-se todos aqueles que tentaram.
Menos ela, a única que saia ilesa.
Até aquele dia.


~


-Quarta-feira, dezoito de outubro, vinte e duas horas e trinta minutos.


Nossa pequena estava cansada, estava exausta de tanto ter trabalhado aquele dia.
Esperava anciosa para ir à casa e encontrar seu namorado, Sehun conseguiu conquistar o seu coração.

E quebrá-lo ao mesmo tempo.

Ao abrir a porta da sua casa sentiu um cheiro diferente, um perfume, algo novo, pensou em mil coisas, dentre elas, que ele comprou algum presente.

Seu sorriso bobo se formou, anunciando que estava estupidamente feliz por ele aparecer na sua vida.

Ela foi em direção à  porta do seu quarto.

Que louco, ela pensou.
Às coisas mudam tão rápido e o mundo gira tão devagar.
Até um dia atrás ela era indefesa, uma garotinha perdida em meio de tantos problemas, pensou em como seu amado a fazia feliz, em como ele cuidava de ajustar todos os detalhes para que tudo ficasse perfeito.
Ela precisava se ajustar psicológicamente há um bom tempo, e era agora que ela estava fazendo isso.

Suspirou e se encostou na parede do corredor, fechou os olhos e sentiu um peso sair das suas costas, talvez o alívio de estar em casa e ver se amado.

Que ilusão.
É tudo uma ilusão.

De um dia para o outro, mudou. De uma pequena menina que abandonou a escuridão da sua casa, para uma mulher completa. Como as coisas mudam, não é mesmo Hoshi?...Elas mudam muito rápido, e com elas, as pessoas.

Abriu os olhos e deixou eles se perderem em meio daquela imensidão de parede bege, tão conturbada, tão problemática, só ele era seu concerto.
Se desencostou da parede e abriu a porta do quarto.

"Que ilusão.
É tudo uma ilusão."

"Menos aqueles onde à tempestade habita."

Sua vida era cinza.
Ele aprendeu à gostar de cinza.
De todas as cores ele a deixou escolher o cinza, ele tirou toda a coloração da sua vida.
Como ela poderia brilhar de novo?

Nossa pequena estrela.


Notas Finais


○○○○○○○○

Hoshi: Nome Japonês que significa estrela.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...