História Ichigo Pedreiro - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Anju634

Postado
Categorias Ao no Exorcist, Bleach, Death Note, Durarara!!, Inu x Boku SS, Naruto, Pokémon, Yuri!!! on Ice
Personagens Amaimon, Ash Ketchum, Christophe Giacometti, Grimmjow Jaegerjaquez, Ichigo Kurosaki, Izaya Orihara, Kakashi Hatake, L Lawliet, Light Yagami, Mephisto Pheles, Mikado Ryuugamine, Misa Amane, Natural Harmonia Gropius "N", Orihime Inoue, Otabek Altin, Personagens Originais, Phichit Chulanont, Pikachu, Raito Yagami, Renzo Shima, Rin Okumura, Rukia Kuchiki, Satan, Senbonzakura, Serena, Shizuo Heiwajima, Shura Kirigakure, Soushi Miketsukami, Szayelaporro Granz, Toushirou Hitsugaya, Ulquiorra Schiffer, Urahara Kisuke, Uryuu Ishida, Victor Nikiforov, Yukio Okumura, Yuri Katsuki, Yuri Plisetsky, Zabimaru, Zangetsu
Tags Anju634, Bleach, Comedia, Dora Aventureira, Fanfic, Ichigo Pedreiro, Me Mata, Morte Da Dora Aventureira, Musor, Natural, Tá Né, Ulquiorra Morceguinho, Yanchan
Visualizações 24
Palavras 1.526
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Super Sentai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Ulquiorra e o pé de feijão


A sua amiga Sekhmet, filha do Deus do Chaos estava passando o dia com ele e juntamente com ela, o seu leal conselheiro Nora (que significa sem teto, tadinho ;-;) e o deus de Infere, Anúbis. Então, Ulquiorra devia assumir a responsabilidade de um dia ótimo. Ulquiorra então decidiu levá-los para o seu chalé em plena Londres. 

-ulquiorra... Você tem uma galinha?- perguntou a garota após entrar no quintal do mesmo que era cercado pela cerca de arame que solta glitter da barbie.

-o nome dela é pipoquinha- respondeu o morceguinho. 

Uma galinha com um lacinho roxo sai correndo e o mais novo começa a gritar igual um retardado, mas logo todos lembram que ele era um retardado e isso para de ser uma observação importante. 

-VEM PARA MIM, JUREMA- ele berrava igual uma cabra. 

-mas o qu- Sekhmet ia falar algo mas uma galinha que usava uma roupa bugada de Gehenna (sério, é muito bugado) pulou na cara dela e a fez refém- TEM UM DEMÔNIO ATRÁS DE MIM.

Enquanto isso Anubis que estava fazendo cosplay de Lawliet e sendo emo gótico como sempre, apenas observava os os idiotas com uma galinha em seu ombro. Por sua vez, Nora que tinha uma parte de si felina, estava correndo atrás de uma galinha que fugia da empregada, dona Neide, que usava um uniforme da akatsuki e um avental da barbie moda e magia glitter rosa versão limitada, claro porque não pode sujar o uniforme.  Eles notaram que estava muito difícil de pegar a galinha, então Neide fez um pega popó no jutsu e conseguiu pegar a galinha. 


'_' paguem um hospital para a gente


-que bom que tudo aquilo acabou- disse a única garota do grupo. 

-aham- ele olhou para Anúbis- molha isso direito, seu retardado- disse fazendo com que Anúbis tacasse o foda-se e jogasse logo toda a água do baldinho de 500ml da peppa pig- agora precisamos de sol- ele olhou para Sekhmet e ela usou seus poderes do sol para tirar todas as nuvens do céu e fazer o lugar ficar com 58°c- agora só esperar- disse enquanto saia da forma de amoeba e voltava a ser um hollow normal. 

Eles esperaram pacientemente até a semente dar sinal de vida. Sentaram em um banquinho de madeira e continuaram esperando. Foram longos 4 segundos e logo depois, um pé de feijão enorme começou a nascer, ele ficou tão alto que passava das nuvens. 

-a gente tem que ir logo. 

Ulquiorra começou a subir no pé de feijão seguido de Sekhmet e Nora. Anúbis, como era fodão sentou no ar e começou a flutuar até o topo. 

Eles logo chegaram nas nuvens e Nora que havia chegado alguns segundos antes disse algo que mudaria o rumo de toda a história, algo que não iria ser notado por mais ninguém, algo simplesmente inédito. 

-só tem nuvem aqui. 

Ulquiorra pegou sua mochila e abriu, logo a Dora Aventureira apareceu com o seu macaquinho de nome não relevante.

-o que nós precisamos para encontrar o caminho certo? Um relógio, um vibrador ou um mapa?- ela ficou no vácuo porque ninguém ainda tinha entendido como aquela satanista tinha aparecido ali- Responde seus buceta. 

-er... Um vibrador?- chutou Ulquiorra. 

-CERTA RESPOSTA- Dora se jogou das nuvens e caiu no chão, logo chegou Anitta e a Pabllo Vittar e ambas começam a rebolar na cara dela. 

Ulquiorra pega o vibrador e começa a verificar o caminho certo. 

-pra lá- aponta para o nada- 1.000 km pra lá. 

-que? - Nora quis contestar, mas já era tarde demais para isso, visto que Ulquiorra, o mestre dos magos já tinha começado a sua jornada em busca de seja lá o que ele estivera procurando. 

Muitas horas depois ambos chegaram no castelo, eles tiveram que roubar algumas nuvens e beber a água delas, tá certo que eles não sabiam que eram as únicas nuvens que iriam para a África, mas isso é mero detalhe. 

-usem isso- ulquiorra pegou umas sacolas e jogou em cada um- se vistam logo que a aventura promete. 

Ele começou a tirar suas roupas bugadas do Hueco Mundo e começou a vestir a fantasia que ele comprou na feirinha da 25 da sininho.

-por que isso já?- Nora que agora era o Peter Pan, perguntou. 

-sei lá mermao- Sekhmet colcou o seu último acessório, a capa vermelha. 

-... - Anubis não tinha o que falar então ele só mandou a parada dos pontinhos mesmo. 

(reticências) 

(foda-se, eu falo como eu quiser) 


-Cuidado soldado- ulquiorra falava enquanto atrapalhava a visão de todos com suas asas falsas- há rumores de que neste castelo, habita um gigante. 

-gigante?- Nora perguntou. 

-sim, então a gente precisa ir com cuidado. Assim poderemos roubar os ovos de ouro dele.-respondeu. 

-tá mas como se acha uma galinha que põe ovos de ouro?- Sekhmet perguntou o óbvio. 

-o que você acha que eu tô tentando fazer?- Ulquiorra balança seu saquinho de ouro em pó. 

-dando uma de maluco retardado- Nora disse e saiu dando a mínima pra opinião do Ulquiorra. 

-... - novamente Anúbis não tinha o que falar, nesse ponto ele já até sente pena dos seus colegas. 

De repente mas não tão de repente mas mesmo assim repentinamente, uma voz grave ecoou pelas paredes de pedra de onde estavam, até porque ninguém sabe ao certo onde eles estavam, nem eles que estavam lá sabiam. 

-Q U E M O U S A E N T R A R N O M E U C A S T E L O? 

-ih serjão sujou- como previsto, Ulquiorra manchou a fantasia de sininho com suas fezes. 

-NÓS VIEMOS ROUBAR SEU OVO- gritou Sekhmet. 

-Q U E M O U S A R O U B A R M E U O V O? 

-Que?- Nora perguntou.

-que o quê? - o gigante perguntou para a pergunta de Nora. 

-É que sua fala é espaçada e eu não entendi muito bem. 

-ah ok. Eu perguntei quem ousa roubar meu ovo. 

-ah sim, vamos de novo então, certo? 

-ok- depois de alguns segundos a pergunta se repetiu- Q U E M O U S A R O U B A R M E U O V O? 

-NÓS OS CAVALEIROS DO HORÓSCOPO- A garota do grupo pegou um canudo e apontou para o nada- VENHA SE FOR CAPAZ DE ENFRENTAR A TENEBROSA GUERRA DOS CANUDOS. 

-bora logo começar esta bosta-Anubis foi interrompido quando um garoto menor que ele apareceu no salão- quem é você, garoto? 

-SE CURVEM AOS PÉS DO GIGANTE DO PÉ DE FEIJÃO. 

Ulquiorra, o menor dali ficou de frente para o tal garoto e descobriu que o mesmo batia em seu ombro. 

-muleque tu é menor que eu. 

-é que meu pai foi morto pelo João. 

-ah boxei. 

Anúbis que estava super sério e também broxado porque achou que ia lutar com um gigante, olhou nos olhos do cara. 

-vô te dar um tiro. 

E Nora que estava com raiva por ter ficado com sede sem necessidade e pegado a nuvem das crianças da África, virou o Kakashi e meteu o espadão no cara. 

-ai... Meu.. Coração- e o sujeito morreu. 

Mas aí Ulquiorra lembrou do óbvio. 

-ELE NÃO DISSE ONDE TAVA A GALINHA. 

-deve estar ali- chapéuzinho vermelho apontou para uma placa de ferro enorme que dizia "AQUI ESTÁ A GALINHA DOS OVOS DE OURO" 

-Bora logo acabar com esta bosta-Anúbis seguiu para a sala e todos seguiram ele. 

Mas eis que aquela parece ser uma pegadinha, seria o Silvio Santos, o Hokage das Trollagens? 

Um monte de porco zumbi entra na sala preparados pra matar. Ulquiorra sem nem pensar duas vezes pega sua galobola. 

-PIPOQUINHA, EU ESCOLHO Você- ele joga a galobola e pipoquinha se liberta. 

A galinha evolui para Pipocão, deixando todos sem ação. 

-PIPOCÃO, CHOQUE DO MICRO-ONDAS- Pipocão acerta um choque daqueles que provoca incêndio e acaba com todos os porcos que viraram bacon-está foi uma ótima luta, agora descanse- ele guarda a Pipocão. 

-agora sim a gente põe as mãos nos ovos do gigante anão.- eles seguem as palavras da guria esquecida e andam para a sala seguida.

Nesta sala, um velho idoso senhor de idade os espera sentado em seu cajado, o que provavelmente ele usou para abrir o mar vermelho na novela da Record. 

-a gente vai matar ele também?- perguntou Nora para o seu sem-seio, Ulquiorra. 

-ele é o cara que vendeu os feijões. 

-meus jovens pandaws.. 

-fala logo seu velho idoso senhor de idade.

-tenha calma, minha jovem aprendiz... - o homem pegou uma florzinha- a vida é bela. 

-tacar a peixeira em muleque baitola pra ver se vira macho- Ulquiorra pega a peixeira que ele roubou do seu irmão Lawliet. 

-vocês aprenderam algo muito importante hoje- o idoso continuou. 

-tá, mas cadê o ouro?- Nora perguntou.

-não há ouro algum, só há o bem mais precioso, a amizade. 

-esse cara tá falando sério? 

-acho que sim. Bora matar ele- Ulquiorra pegou sua zampakutou. 

-mas isso é importante-ele disse antes que Ulquiorra arrancasse sua cabeça. 

-vamos turma.- ele fez um falow mas o que ele não sabia era que alguém havia tirado sua foto e na manhã seguinte o ego teria sua manchete "Vasto Lorde assiste LubaTv". 


Notas Finais


°_°
Sei lá.
+Aqui jaz Musor+


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...