História Icy Embrace - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor Gay Teen, Frozen, Romantico
Exibições 5
Palavras 425
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Lembrando v6 q a fic é interativa e se vc quiser entrar é só deixar sua ficha nos comentários. Boa leitura e até lá em baixo📖😘

Capítulo 2 - Pés gelados


Fanfic / Fanfiction Icy Embrace - Capítulo 2 - Pés gelados

*bocejo* Caraca, não acredito que dormi aqui. Me levanto do pequeno sofá e caminho em direção ao banheiro em meu quarto, mas minha meia prende no chão (sim, eu durmo de meias, me julguem) eu puxo com mais força e ela se solta, dando a impressão de que estava grudada. Vou em direção ao interruptor e acendo a luz e percebo pegadas de GELO no carpet! Corro em direção ao quarto dos meus pais e bato na porta com certo desespero enquanto chamo por eles. Meu pai a abre e eu o pego pelo braço e corro até meu quarto, quando abro a porta eu aponto e digo

-Olha, olha lá pai, no carpet.

-Caramba Max, que bagunça que você fez aqui!?

-M-mas não fui eu, eu... Eu...

-Porque você fez isso?

-Mas eu n...

-O que tá acontecendo aqui?- diz minha mãe ageitando o roupão por cima da camisola.

-Olha só o que o Max fez.

-Mas não fui eu!- Digo em um tom mais alto.

-Como você ous...

-Espere, querido olhe.- Minha mãe diz apontando para a janela aberta.

-Meu Deus, será que entrou alguém aqui? Mas porque molhariam seu quarto inteiro?

Eu estava olhando para meus pais, e quando meu pai diz isso, me viro e o carpete está encharcado.

-M-ma-mas.

-Você deixou a janela fechada ontem não é Max?!- Diz meu pai com cara de desconfiança.

-Bom, sim mas, eu estava com calor e a abri.

Meu pai faz uma cara de decepção e põe a mão no rosto, minha mãe vai para trás dele e põe a mão nos ombros dele e eles seguem de volta para o quarto, ela me olha e meio que sussurra.

-Vá se arrumar.

Eu a obedeço e sigo para o banheiro, tomo banho, faço minhas higienes, saio e ponho uma calça jeans preta meio larga, o uniforme do colégio e um blusão cinza, ponho um tênis branco com vermelho, pego minha mochila e desço até a porta de casa onde o motorista já estava me esperando e ele segue para a escola, no caminho minha barriga ronca. Droga, nessa correria toda até me esqueci de tomar café.

-João, pare em uma lanchonete por favor.

-Sim senhor Max.

João encosta o carro e eu entro na lanchonete enquanto ele me espera do lado de fora. Menos de 5inco Minutos depois eu saio com um pastel de presunto e queijo e uma latinha de suco de uva, nós entramos no carro e seguimos para a escola. Quando chego logo avisto meus amigos.

-Iai galera! Digo acenando...


Notas Finais


Agora pra história continuar preciso de pelo menos um casal de amigos, deixem suas fichas nos comentários fiquem com Deus e xau.u


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...