História I'd Come For You - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Abaddon, Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Chuck Shurley, Claire Novak, Crowley, Dean Winchester, Gadreel, Garth Fitzgerald IV, Hannah, Jody Mills, John Winchester, Kevin Tran, Lúcifer, Mary Winchester, Meg Masters, Miguel, Naomi, Personagens Originais, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Tags Castiel, Dean, Mel, Sam, Supernatural
Exibições 22
Palavras 623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello gente linda tudo bem ?

Bem, essa fanfic eu dedico para os leitores de Causing Hell.
Pois eu só vou voltar com ela ano que vem... Existem tantas coisas para arrumar....

Enfim ! Espero que essa fanfic agradem os leitores de Causing Hell e os leitores que caíram aqui agora.

Bjssss e boa leitura.

Capítulo 1 - Piloto


Fanfic / Fanfiction I'd Come For You - Capítulo 1 - Piloto

POV MELANIE

E aqui estou eu, em mais um dia da minha vida chata e solitária. Hoje felizmente é sábado e eu não tenho que ir pra escola. Eu pularia de alegria se eu não tivesse que ficar em casa com a minha "Familia Feliz". Serio eles são as pessoas mais nojentas e horríveis que eu já conheci.

— Melanie sei que você esta acordada. Levanta e coloca uma roupa pra limpar a casa. — diz Susan senhora minha mãe.

— Vossa alteza deseja mais alguma coisa ? —pergunto.

— Que você pare de trancar a droga da porta. — diz ela forçando a maçaneta.

— Você vai quebrar a porta ! Que saco eu já estou descendo. — digo brava.

— Vai logo então sua maldita ! Eu vou sair com as minhas amigas e quando eu voltar quero essa casa um brinco ! — diz ela, que logo depois sai pisando duro.

— Vadia cretina.— digo me levantando.

Tomo um banho e coloco um trapo qualquer e desço pra cozinha. Caio está lá e quando me vê abre um sorriso. Eu na hora vou pra perto das gavetas de facas.

— Olá coração. Como passou a noite ? — diz Caio senhor meu pai. Ele se aproxima por trás.

— Com uma faca em baixo do travesseiro caso você tentasse entrar no meu quarto. — digo apontando uma faca pra ele.

— Adoro quando você fica brava.— diz ele sorrindo.

— Você adora ficar de gracinha. Até a hora que eu cortar a sua lingua — digo fincando a faca no balcão de madeira bem ao lado da sua mão.

— Ei cuidado com isso.. É afiada pode machucar.— diz ele se afastando.

— Eu sei. Essa é a intenção. — digo saindo de perto dele.

— Bem coração... Eu vou indo então..
Quer que eu mande alguém pra trazer algo que você goste ? — ele pergunta.

— Quero. — digo

— Oque quer ? — ele pergunta provocativo.

— Quero que me dêem a noticia que você morreu decapitado.— digo saindo da cozinha.

Cara nojento. Escroto. Não existe ninguém mais nojento que o Caio. Serio tudo oque eu queria era decapitar ele. Esse tarado de merda. Ele acha que eu sou uma das vagabundas dele. Acha que só porque ele é meu "pai" pode fazer oque quiser comigo. Mas ele não pode.

Não vejo a hora de fazer 18 anos. Pra mim fugir daqui de uma vez. Eu moro aqui des dos meus 7 anos de idade. Antes eu morava num orfanato cheio de freiras. Elas me acharam ainda bebe, numa caixa de papelão enrolada com uma jaqueta. Eu também estava com um colar e um bilhete  que estava escrito : O nome dela é Melanie. Cuide bem do meu bebê.
( Eu uso o colar todo santo dia junto com a jaqueta. E ainda tenho o bilhete.)

Depois de 7 anos morando no orfanato, Susan e Caio me adotaram. Tudo porque eu era a mais "bonitinha" do orfanato. No começo eles até eram legais. Mas depois mostraram como eles eram desprezíveis.  

As vezes eu me pergunto porque eu tenho tanto azar na vida... Primeiro fui abandonada. Depois fui adotada por uma vadia cretina e um monstro nojento. O que fiz pra merecer isso ? Eu me tornei uma pessoa tão fria por causa da Susan e do Caio... Sempre fui uma amor de pessoa até eles chegarem e me adotarem....

Sempre quis saber quem eram os meus pais.. Será que eles estão vivos ? Por que eles me deixaram lá sozinha ? Será que eles eram mafiosos ? Bandidos ?

Tudo é realmente muito confuso.. Acho que estou destinada a viver com essa duvida pra sempre....

                —CONTINUA......


Notas Finais


E AI GENTE ?
GOSTARAM ?
OQUE ACHARAM DA MELZINHA ?
A VIDA DELA É REALMENTE MUITO DIFÍCIL ....
FIQUEM LIGADOS LOGO OS WINCHESTERS VÃO APARECER !

BJSSSSSS E ATÉ O SEGUNDO CAP !

Playlist pra você ouvir enquanto lê a fic

http://www.youtube.com/playlist?list=PLjvOnXy9DxMExkPjXf05RRavcGoaLeUbV


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...