História Idas e vindas - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Tags Amor Doce, Castiel, Debrah, Lysandre, Original
Exibições 17
Palavras 724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mai um capitulo bem quente para vocês.

Boa leitura.

Capítulo 3 - Uma noite inesquecível


Fanfic / Fanfiction Idas e vindas - Capítulo 3 - Uma noite inesquecível

Depois de dois meses com a minha rotina de faculdade e trabalho, já conseguia me acostumar com essa vida. Já tinha amizades na faculdade, e Ambre já havia parado de implicar comigo.

Agora em casa eu me sentia um pouco solitária com a viagem do meu irmão. Por um lado estava feliz pois ele tinha realizado o sonho dele do emprego perfeito e teria que ficar um ano fora do país em seu serviço na Europa.

O fina de semana já havia chegado e eu queria sair para fazer algo,  e resolvi ir com Alexy para uma das baladas badaladas da cidade.

Chego lá ele me puxa para pista de dança e começa a dançar igual um louco e enquanto ele estava distraído dançando vou até o bar e pego umas bebidas para nós dois, depois de um tempo fico um pouco cansada e vou para o bar e fico sentada lá tomando umas caipirinhas. Quando vejo o Castiel sentando ao meu lado.

- Olha quem eu encontro aqui. Está sozinha?

- Não eu estou com o Alexy. Neste momento recebo uma mensagem do Alexy pedindo desculpa pois tinha ido embora com um boy magia sedução.- Bom eu estava com ele. – Ele riu.

- Então somos nós dois aqui abandonados.

- Como assim você abandonado? Você é o cara mais cobiçado, qualquer garota adoraria ficar com você é só olhar para o lado e vê as meninas te dando mole.

- Mas elas querem só o meu dinheiro, o meu status, a minha beleza. - Ele bebe um gole de conhaque. – Nenhuma delas querem a minha personalidade o meu caráter.

- Se você fosse um pouco menos metido e olhasse os outros como igual.

- Eu trato as pessoas bem. Eu te defendi da Ambre.

- Mas depois na faculdade me trata como se eu nem existisse e as vezes no serviço é um pouco ignorante também.

- Mas eu sou seu chefe, tenho que exercer autoridade. – Discutimos enquanto tomamos alguns copos de bebidas variadas.

- Você pode mostrar autoridade sem ser estupido.

- Gostei de você, é uma menina sincera.

 - Obrigada. O que te levou a vim aqui.

- Eu terminei com a Debrah.

- Ah sim. – Lembrei de algumas vezes que ela sempre ia ao escritório dele.

 

Depois de muita conversa fora e algumas bebidas estávamos no meio da pista de dança igual loucos dançando, uns segundos depois começa a tocar uma musica romântica.

- Eu amo essa musica. – Grito.

- Eu também. – Ele responde.

- Achei que não curtia muito essas coisas.

- Eu curto muita coisa. Você que não me conhece.

- Eu adoraria conhecer melhor.

- Serio?

- Quem sabe não seja hoje?

- Talvez.

Ele chega perto de mim e faz nossos corpos colarem e em um instinto minha boca pede para beija-lo e eu atendo sem nem pestanejar. Sintor um calor expandir pelo meu corpo e o beijo com um beijo profundo.

- Vamos para um lugar melhor. – Ele sussurra em meu ouvido.

Eu concordo e então saímos da balada e pegamos um taxi e fomos para a casa dele.

Chegando – lá ele me puxa e me dá um beijo selvagem e pe leva para o seu quarto. No quarto ele me prensa contra a parede e pega na minha coxa deslizando sua mão debaixo do vestido e jogo ele em cima da cama e tiro a blusa dele, e beijo o seu pescoço e dou leves chupões até que chego em baixo em sua calça e tiro rapidamente junto com sua cueca deixando ele completamente nu, dou umas chupadas em seu membro e ele gemia cada vez que eu fazia. Ele me deixa de joelhos na cama para tirar o meu vestido me deixando só de calcinha e me pegando contra o seu corpo  e logo em seguida me deitando na cama e beijando meu corpo e descendo até chegar me baixo.

Ele tira a minha calcinha e logo depois começa a chupar minha intimidade, até que depois de um tempo ele sobe em cima de mim  começa a penetração, com leves movimentos de vai e vem meu corpo anseia por mais, naquele momento tudo o que eu quero é Castiel, seu corpo sua mente e seu coração.

Logo depois de um logo tempo naquele sexo selvagem, intenso ficamos extasiados, e entre carícias beijos dormimos.

 

 


Notas Finais


O que será que vai acontecer? Será que essa história vai dar em alguma coisa.
Logo estrei postando outros capítulos para vocês.
Se passarem aqui deixe um comentário isso é importante para mim, quero saber seus pensamentos, sugestões e se estou fando um bom trabalho.

Beijo na bunda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...