História Idas e vindas - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Apolo, Camus de Aquário, Dohko de Libra, Hades, Hyoga de Cisne, Hypnos, Ikki de Fênix, Julian Solo, Kanon de Gêmeos, Kiki de Appendix, Mascára da Morte de Câncer, Minos de Grifon, Miro de Escorpião, Mu de Áries, Poseidon, Radamanthys de Wyvern, Saga de Gêmeos, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shun de Andrômeda, Sorento de Sirene, Thanatos
Tags Shun de andromeda
Visualizações 113
Palavras 3.415
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem pela demora gente , mas realmente estou sem tempo para escrever .
Aqueles que ainda acompanham a fic e aos que comentam e favoritam e até mesmo aqueles que apenas leem muito obrigado e espero que sinceramente estejam gostando da história .

Capítulo 22 - Capitulo 23


Fanfic / Fanfiction Idas e vindas - Capítulo 22 - Capitulo 23

Shion não sabia que cara fazer diante da cena que se desenrolava a sua frente , estava tão perplexo que as palavras lhe faltavam e o gosto horrível de pântano e estrume em sua boca não colaborava para lhe ajudar a encontrar as palavras . 

Diante de um grande mestre perplexo estavam Atena e Shun em uma irritante guerra de comida , como diria o grande mestre , em nada parecendo uma deusa e um cavaleiro e sim duas crianças de seis anos .  

Shion pensou se deveria interromper a dita brincadeira , mas achou melhor não . Notando que o jantar entre os três havia se perdido entre pedaços queimados de arroz e molhos picantes de macarrão , resolveu descer até libra e jantar com seu amigo de longa data e deixar os dois se divertirem . 

Chegando em libra Shion deu de cara com Dohko em sua versão mais nova por assim dizer lhe esperando de braços cruzados e encostado em uma das pilastras que sustentavam a parte exterior da casa . 

- Me esperando ? - Inquiriu o grande mestre assim que avistou o amigo . 

- Que pessoa convencida !!! - Exclamou o velho mestre – O que o faz pensar que eu estava esperando você ?  

- Se não estava me esperando então a quem esperava ? - Rebateu Shion com um sorriso , um tanto raro em seu rosto . 

  - Ninguém . Apenas estava apreciando o ar da noite . Não posso ? - Com aquilo Shion se pós a gargalhar , uma coisa que só se permitia na frente do velho companheiro de armas . 

- Se é o que diz ...... Não vai me convidar para entrar ? - Falou o grande mestre sorrindo para o amigo , que também lhe sorria agora . 

- Claro !! Por favor oh grande mestre , entre – Debochado e brincalhão como sempre , foi o que Shion pensou enquanto estampava em seu rosto um sorriso de orelha a orelha . 

Assim que entrou na casa de libra deu de cara com uma mesa posta para dois lindamente enfeitada e uma música deveras agradável . 

- Não acha que já está meio velho para isso ? - Shion falou encarando o amigo . 

- Não - respondeu Dohko simplesmente e guiou o amigo ao seu lugar – Sou velho apenas em idade , mas minha alma e meu corpo ainda são jovens hahaha.... 

- Há controvérsias – Respondeu o antigo cavaleiro de áries rindo junto ao .... bom se passaram mais de duzentos anos , mas eles ainda se diziam apenas amigos – Admita estava me esperando . 

- Sim , eu estava te esperando – Dohko encara o companheiro sentado a sua frente e completa – Estou te esperando há 250 anos Shion e esperaria mais 200 se no final dessa espera eu pudesse te-lo em meus braços novamente . 

Shion sorri ternamente com a declaração , embora nunca tenha dito em altas palavras sempre amou Dohko de libra e mesmo se passasse milênios continuaria o amando enquanto existisse . Foi com esses sentimentos transmitidos pelo olhar que Shion resolveu se expressar em gestos e depositou um doce e cálido beijo nas mãos de Dohko que fechou os olhos e ficou a disfrutar a sensação de ter o lábios de seu amado tocando sua pele . 

O jantar entre os dois transcorreu muito bem , entre conversas nostálgicas e lembranças de um passado distante há declarações subentendidas de amor eterno aquelas declarações tão verdadeiras que não há necessidade de serem expressas em palavras . 

Antes no entanto de Shion tomar o rumo para o templo do patriarca , Dohko o puxou e o prendeu entre seus braços roubando um selinho que acabou por se aprofundar e se tornar um beijo profundo , cheio de amor , ternura e principalmente saudade . 

- É valeu apena espera esses dois séculos - Disse Dohko soltando Shion com muito custo – Minha vontade é de leva-lo ao meu quarto e terminamos essa noite da maneira que ela deveria terminar – Shion encarou o amado e sorriu também não queria ir embora , mas era o patriarca e como tal tinha que manter a compostura – Se eu pedisse para que apenas por hoje esquecesse seus deveres você o faria ?  

- Sabe que também não quero ir embora - Começou Shion encarando os profundos olhos negros do amado que tanto o fascinavam e seduziam desde de adolescência quando eram apenas dois jovens aspirantes treinando para se sagrarem cavaleiros – Por mim eu ficaria aqui agarrado com você e mataria essa saudade de duzentos anos , no entanto eu ainda sou o grande mestre e você ainda é o cavaleiro de libra e antes de nossos corações temos um dever para com Atena . 

- Certinho como sempre , mas você está certo . Nosso dever com Atena sempre virá primeiro e antes mesmo do dever que temos para com nossos corações ou com nós mesmos – Dohko concordou com Shion embora estivesse com vontade de mandar toda aquela história de dever para o submundo e tomar o amado nos braços para nunca mais solta-lo - È melhor você ir antes que aqueles moleques voltem de Touro . 

- Então é por isso que as casas acima estavam tão silenciosas – Shion sorriu e balançou a cabeça - Apenas espero que eles não acabem bêbados . 

- Espere sentado então meu amigo , amanhã de manhã terá que jogar um bando de marmanjo para fora da cama a ponta pé e balde d'água - Ria Dohko se lembrando que seu pupilo provavelmente estaria entre esses marmanjos e acabou por transformar a risada em cara de desgosto fazendo dessa vez com que Shion ri-se . 

                                         --------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No templo principal algumas horas antes :  

Atena e Shun faziam uma guerra de comida que acabou forçando o grande mestre a se retirar e descer até libra para jantar com seu amigo de batalhas e grande amor .  

Assim que Shion se retirou Atena avisou o cavaleiro de libra pelo cosmo e recebeu um grande obrigado e uma promessa de bolinhos primavera no dia seguinte , e foi essa mensagem que pós fim a guerra de comida . 

- Foi muito legal você ajudar o mestre ancião com essa surpresa para o grande mestre – Disse Shun sorrindo para a Deusa e limpando o rosto com um pano tentando tirar uma mancha de farinha dali . 

- Era o mínimo que eu podia fazer por eles – Disse a deusa também tentando limpar o rosto – Acho o amor deles muito lindo e me sinto culpada por ter sido responsável pela separação deles. 

Shun nada pode argumentar pois em tese aquilo era a verdade , mas queria de alguma forma poder consolar a amiga afinal era para diminuir o peso que a jovem carregava que o rapaz que odiava lutar se submeteu ao um treinamento que por muitas vezes quase lhe custou a vida . 

- Tenho certeza que eles não acham isso – Disse Shun recebendo um sorriso triste como resposta – Olha ..... eu não sei você mais eu estou com fome e eu não acho que o que tentamos fazer aqui seja comestível então que tal tomarmos um banho e irmos jantar fora . Aproveitando que o grande mestre estará um tanto o quanto ocupado . 

A jovem deusa não pode deixar de sorrir para o amigo e concordar com a proposta , estava realmente precisando sair um pouco do santuário e o convite de Shun era a desculpa perfeita para isso . 

- Sim vamos fazer isso – Falou animada – Vamos tomar banho e nos trocar . 

Dito e feito em menos de vinte minutos ambos estavam limpos e perfumados e prontos para sair . 

- Agora o que vamos falar para eles quando estivermos descendo ? - Inquiriu a deusa , nunca na vida havia saído escondida e nem sabia se com doze guardiões nas casas abaixo se isso seria possível . 

- Não vamos descer as doze casas – Disse Shun sorrindo para a deusa e se lembrando das vezes em que saía escondido do submundo para ir ao Olimpo ou ao templo marinho , claro sempre era jogado no tártaro depois disso , mas era divertido irritar Hades – Vamos no usar o teleporte , me diga em que cidade deseja jantar minha deusa ? - Shun pegou a mão da deusa e fez uma reverencia exagerada e sorriu sapeca .  

- Eu gosto  muito de comida espanhola – Respondeu a deusa sorrindo para o amigo , realmente feliz de te-lo ali . 

- Madri ou Barcelona ? - Encarou a jovem a sua frente , que em nada lembrava uma deusa e sim uma menina recém descobrindo o mundo assim como ele . 

- Me surpreenda – Disse a deusa e o jovem sorriu provocador , como aprendeu com Apolo a fazer . 

- Se é o que deseja – Pegando a deusa pela cintura , Shun colou seus corpos e em piscar de olhos estavam em ......... Estocolmo ?  

- Achei que iríamos para a Espanha ? - Inquiriu a jovem deusa confusa . 

- E vamos – respondeu o jovem – Bem vinda a feira internacional de Estocolmo aqui se reuni um pedaço de cada país , desde comida até danças típicas entre outras coisas . Essa feira é como uma verdadeira volta ao mundo , mas sem sair do lugar . - Shun encara a jovem que se via surpresa  com o lugar – Aqui só encerra depois da meia noite , então vamos aproveitar que a noite é uma criança . 

Com essa fala Shun pega a mão de Saori e arrasta por entre as barraquinhas e os restaurantes e como a garota disse que gostava de comida espanhola foi em um restaurante espanhol que Shun a levou . 

LOS SABORES DE ESPAÑA  

Esse era o restaurante em que o jovem levara a garota , um lugar não muito grande ou movimentado que tinha um clima agradável e boa comida seguida de música espanhola de um bom gosto inquestionável .  

      - Júan !! - Shun chamou o garçom para atende-los . 

- Já veio aqui ? - perguntou a jovem deusa . 

- Não - Respondeu simplista , e vendo a cara de confusão da jovem resolveu explicar – mas já fui para Madri aonde fica a sede desse restaurante , cujo o dono por sinal é um amigo meu . 

- Então esse Júan ....- Saori não pode completar o pensamento pois foi interrompida por um jovem de belos cabelos negros e expressivos olhos azuis com um charmoso sotaque espanhol .  

- Usted deves ser o único ser em todo el grandioso mundo que llama él dueño del restaurante como se llama a um garçom - Falou o belo rapaz arrancando uma suava risada do jovem . 

- Bom em tese você é um garçom aqui – Disse Shun de bom humor , ouvindo alguns  impropérios em espanhol como resposta – Olha a boca temos uma donzela aqui . 

O jovem espanhol arregalou os olhos por fim notando a jovem que estava sentada na mesa na companhia de Shun . Ruborizando da cabeça aos pés o belo latino balbuciou um pedido de desculpas para a moça e saiu correndo cozinha adentro mandando outro garçom para atende-los e fazendo Shun gargalhar . 

- Aquele era ? - Saori olhou inquiridora para Shun . 

- O dono do restaurante e meu amigo – Respondeu o jovem divertido – Daqui a pouco ele deve estar voltando para falar mal de mim e se desculpar direito com você e como o bom folgado que é irá jantar conosco . 

Saori olhou para seu cavaleiro e amigo , e pode finalmente notar a extensão de sua mudança que por sinal parecia te-lo deixado além de mais alegre mais bonito , a jovem não pode deixar de ruborizar com esse último pensamento , agradecendo ao seu pai Zeus por seu cavaleiro não ter notado .  

- Certamente você voltou além de mudado cheio de surpresas – Comentou a jovem vendo um sorriso triste se desenhar nos lábios finos de Shun .  

- Mudei mais do que gostaria – Respondeu o jovem  se arrependendo logo depois pois acabou por fazer a garota que queria alegrar se sentir culpada – Mas foi por necessidade caso o contrário eu não sobreviveria ao treinamento com aqueles caras . 

Shun ria de nervoso vendo a jovem se sentir cada vez mais culpada por te-lo mandado ao treinamento . O pobre cavaleiro não sabia o que fazer definitivamente consolar garotas não era o forte dele a prova disso estava  na frente dele e no incidente com Ártemis , no qual a deusa da caça se apaixonou por um humano e quando foi tentar falar com ele levou um fora e no rompante de descontentamento e ira quase destruiu metade do Olimpo , sobrando para Shun ser sacrificado para acalmar a ira da deusa que acabou por cair em depressão e ele quase foi assassinado por Apolo por causa daquilo , Shun apenas não foi morto porque sua grande amiga e deusa favorita ( depois de Atena, claro! ) interviu tirando Ártemis da depressão Shun deveria sua vida eternamente a Deméter depois disso .  

Shun é tirado de seus devaneios por dedo sendo estalados a sua frente , era Júan que havia dispensado o outro garçom e ido atender os pedidos daqueles dois , e agora chamava a atenção de Shun . 

- Então senhorita me desculpe pela cena de agora a pouco – Falou o jovem se dirigindo a Saori de maneira galante fazendo Shun revirar os olhos de tédio como se já tivesse visto aquela cena tantas vezes – Se me permitem agora irei anotar seus pedidos . 

- Aceito suas desculpas Júan - disse Saori sorrindo para o rapaz que parecia estar lhe paquerando ?! - Quanto aos pedidos é a primeira vez que venho aqui e não sei direito o que escolher já que todos os pratos parecem deliciosos – Continuou a jovem olhando o cardápio - O que recomenda ?  

- Certamente você não sabe como tratar uma garota Shun – Disse Júan fazendo o jovem franzir o cenho – Como pode ficar ai viajando na maionese e deixar de dar atenção a uma moça tão linda – Shun revirou os olhos com a cantada velha e indireta do amigo e sem que Saori notasse lhe deu um belo chute na canela . 

- Bom você está certo eu certamente não sei como tratar uma garota , pois se soubesse jamais a teria trago aqui – Devolveu Shun , em um tom de lamentação como se aquela fosse sua maior fraqueza . 

- Senhorita eu recomendo que tenha cuidado com esse cara – O jovem espanhol tornou a falar – Ele é um belo de um conquistador . 

    - Desculpe , mas é difícil de crer nisso pelo que eu conheço dele – Respondeu       Saori rindo delicadamente – No entanto esta é uma informação interessante . 

Shun só foi  notar o rumo que a conversa estava tomando quando a jovem deusa passou a encara-lo como que pedindo explicações e foi nesse momento que Shun desejou te-la levado em qualquer outro lugar que não fosse ali . 

- Estamos aqui para provar da boa culinária espanhola e não falar de minhas eventuais boas companhias passadas – O cavaleiro pigarreou lançando um olhar mortal ao rapaz que não parecia ter noção de perigo - Então meu caro o que o chef nos recomenda ?  

- Bom .... - O jovem espanhol pigarreou tomando um fisionomia séria , deixando de brincar para realmente atender os jovens a sua frente – Para essa noite tão agradável recomento para a entrada Gaspacho seguido da paella a moda da casa e por fim crema a él rum de sobremesa e claro com um belo , leve e doce vinho tinto para acompanhar . Para o vinho eu recomendo Bodegas Toro Albala da seleção de 1946 .  

Atena encarou Shun que lhe sorriu e por fim deixando de fingir olhar o cardápio , confiava completamente na sugestão do jovem espanhol e sabia que se ele tinha sugerido aqueles pratos era porque aqueles eram os melhores .  

- Pois bem seguiremos a sugestão apenas mude o vinho para um Pesus 73 – O jovem assentiu e terminando de anotar os pedidos saiu dali deixando os jovens a sós . 

- Então ...... - começou a deusa assim que o rapaz se retirou – Como se conheceram ? E quem são suas eventuais boas companhias ?  

Shun encarou a jovem a sua frente , notando pelo olhar que a mesma lhe lançava que não conseguiria escapar daquelas perguntas e foi por esse motivo e também por não ter nada a esconder que resolveu abrir o jogo e contar logo a história , enquanto a comida não chegava . 

- Na época que eu estava no olimpo sem querer descobrir que algumas deusas ocasionalmente desciam ao mundo humano , muitas vezes sem permissão , e foi durante uma dessas saídas que elas fizeram escondidas que eu acabei sendo arrastado junto contra a minha vontade ratifico – Shun tomou um gole de água enquanto se lembrava da primeira vez que escapou escondido do Olimpo junto as deusas e continuou a história - Nessas saídas íamos para vários lugares diferentes no mundo e eu acabei conhecendo várias culturas e pessoas . Em uma dessas saídas fomos para a Espanha , era apenas para passarmos o dia fazendo excursão pelo país , mas Ártemis ficou com fome e como ela consegue ser muito chata de estômago vazio resolvemos comer em um restaurante próximo da rua em que estávamos que era bom o restaurante do Júan . Afrodite que estava conosco resolveu cantar um cara que ela julgou bonito e isso irritou a namorada que xingou ela de tudo quanto foi nome que você possa imaginar , como Afrodite é sempre doce e delicada – Notasse a ironia na voz do cavaleiro nessa última parte – Deu um tapa na garota que retaliou com outro tapa e assim nossa pequena escapada se tornou uma grande confusão com mesas , cadeiras , copos e pessoas voando por todo o lugar . No final do dia Zeus apareceu furioso pelo tumulto , as deusas ficaram confinadas em seus palácios por um tempo e eu tive minha carga horária de treinos dobrada ao menos no final de tudo descobri um bom lugar para comer e fiz um novo amigo . Ocasionalmente eu conseguia escapar dos treinos e ia junto a algumas deusas ou com as musas comer . 

Atena encarava abismada seu cavaleiro se perguntando como não havia ficado sabendo de tudo aquilo e principalmente o motivo de ninguém ter gravado e lhe enviado o vídeo que com certeza deveria ser bem engraçado . Rindo internamente enquanto imaginava a briga das deusas a jovem não notou quando a comida havia chegado apenas o notando quando Shun tocou de leve sua mão . 

O resto da noite transcorreu tranquila , a jovem deusa da sabedoria apreciou não só a comida como a atmosfera do lugar . O clima frio da cidade e a música de fundo que tocava apenas tornou a noite muito melhor e mais divertida , no final quando desfrutavam a sobremesa com o vinho o amigo de Shun se juntou a eles tornando tudo muito melhor do que já estava e fazendo a deusa rir de maneira que não fazia desde o final da guerra santa .  

Quando chegou a hora de ir embora a jovem senhorita Kido se despediu do belo espanhol prometendo visitar seu restaurante em Madri na Espanha qualquer dia que desse , o jovem sorrindo de orelha a orelha a cortejou e disse que a estaria esperando fazendo com que Shun revirasse os olhos .  

O cavaleiro e a deusa retornaram ao santuário tão sorrateiramente quanto saíram e bem a tempo de pegar Shion retornando ao templo principal com olhar distraído e ar sonhador . Detrás da parede que se escondiam ambos riram um para o outro constatando que a noite do grande mestre fora até melhor do que a deles e sem serem notados seguiram para seus quartos aonde se jogariam em suas camas exaustou e se entregariam aos braços de Morfeus , enquanto esperavam mais uma vez a carruagem de Apolo tomar os céus da Grécia os despertando para um novo dia cheio de surpresas . 

Mas deixemos essas última parte para depois , por hora vamos apenas observar seus rostos serenos e felizes entregue ao cálido abraços do senhor dos sonhos . 


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo especialmente da parte do Shion e do Dohko , eu achei que eles mereciam isso e acho que eles são um dos melhores casais yaois que existem no mundo de saint seiya .
Mais uma vez me desculpo pela demora dos capítulos .
beijos do Orfeu e boa noite .
^u^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...