História Idas e vindas do amor - KAISOO - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Colegial, Do Kyung Soo, Exo, Kaisoo, Kim Jong In
Exibições 219
Palavras 1.124
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oieeeeee!!!!!!

desculpa a demora pra postar, é que eu estava sem tempo pra escrever por causa da faculdade......... mas vou tentar compensar vcs com esse capitulo!


Obrigada por ler e desculpem qualquer erro de português!!!!

Capítulo 4 - Capitulo IV - Primeiro amor


Fanfic / Fanfiction Idas e vindas do amor - KAISOO - Capítulo 4 - Capitulo IV - Primeiro amor

Do Kyung-soo (ABRIL DE 2006)

 

- ei Kai...... o que vc vai fazer nesse final de semana??? - perguntei pro mais novo assim que chequei a escola e colocando meu braço sobre seu ombro..... na verdade estava tentando fazer isso, apasar de ser um ano mais velho que ele, o mesmo era muito mais alto que eu.

- coruja hyung..... - dei um tapa em sua cabeça e o mesmo fez cara de choro -  é assim que vc trata seu saeng?? eu vou te denunciar por agressão a menor incapaz........ 

- menor? incapaz?? cade ele ??? eu nao estou vendo nem um menor e incapaz........ - ele começou a rir e eu tambem nao consegui conter uma risada - olha o seu tamanho Kim Jong-in........ se alguem aqui é menor incapaz sou eu......

- ainda bem que vc sabe hyung....... - ele diz baixo.

- como é que é saeng desrespeitoso??? eu sou seu superior e vc me deve respeito!!!  - ele bate continência e eu começo a rir alto -  para de graça garoto...... e então?? vc tem planos ou não para o final de semana??

- por que hyung??? vc quer me chamar para um encontro???

- para de falar besteira garoto....... é que os pais do Chanyeol vão viajar e ele quer fazer uma festa la na casa dele..... entao ele disse pra te convidar....  

- ah! então isso é um encontro com o Chan hyung........ - revirei os olhos e ele riu -  vc fica tão bonito quando esta com ciumes.....

- ciumes.... eu.... deixa pra la....... vc vai ou nao??  - ele balança a cabeça de forma positiva -  ok! eu vou falar pra ele então...

 

~ QUEBRA DE TEMPO ~ 

 

Na festa da casa do Chan, apos beber algumas cervejas em torno de umas 3,4, 6,9...... sei la quantas latinhas, escuto alguem falar comigo

- hyung?? hyung vc esta bem?? hyung vc esta bebado?? quantas latinhas vc bebeu??

-shiuuuu...... eu..... nao estou "babado".........eu só bebi umas...... umas 3...... 

- nao...... vc esta bebado sim...... só que eu contei foram umas 6.......  - sorri e acariciei seu rosto.

- que gracinhaaa....... vc...... vc ficou cuidando do seu hyung.......  - ele fica corado e eu começo a rir.

- Chan hyung.....  - eu escutei ele chamando o mister dumbo e o abracei e beijei seu pescoço - hyu- hyung o que..... o que vc esta fazendo???

- eu....... eu beijei seu pescoço....... - ele fica como um pimentao e eu começo a rir alto, depois me aproximo de sua orelha  -  vc nao queria um encontro?? entao eu vou te dar algo muito melhor que isso!!!!  - mordo o lobulo de sua orelha e sorrio malicioso. Ele fica me olhando imovel, então seguro sua mao e começo a puxa-lo para o quarto  - vem logo NiNI.......

 

 

(DIAS ATUAIS)

 

No meio da entrevista o senhor Kim Jong-in, começa a fazer perguntas que achei um pouco estranhas. 

 -Desculpa perguntar mas, até que ano você estudou lá?? É que também fui aluno de lá, mas não me lembro de você.....

- Eu estudei lá até me formar......mas na época eu nao me chamava Do Kyung-soo e sim Kim Kyung-soo.....  - lhe expliquei e o mesmo franziu o cenho.  - É uma longa história..... mais pra encurtar um pouco, meus pais se separaram e eu fiquei com a minha mãe, no divorcio acabei indo morar com minha mãe  e ficando com o nome de solteiro dela......

Comecei a lhe contar um pouco do meu passado conturbado e quanto mais eu contava, mais o mesmo ficava estranho, comecei a me preocupar com ele, apesar de ser jovem e forte, ele nao me parecia nada bem.

- Senhor Kim Jong-in.... o senhor está bem?? quer que eu chame alguem?? -  perguntei preocupado

- Senhor?? Hyung sou eu o Kai..... vc não se lembra de mim??   - ele me perguntava um pouco alterado.

- Desculpa senhor Kim Jong-in...... o senhor deve estar me confundindo...... eu não de conhecia até hoje, se eu conhecesse com certeza lembraria......

Ele me parecia muito familiar, mais era impossivel eu conhecer alguem como ele e nao me lembra. Me levantei e me curvei.

- se eu te conheço mesmo, me desculpe por esquecer do senhor........ acho que a entrevista acabou..... esperarei ancioso por sua resposta..... - me curvei novamente e quando estava para sair,  o senti me abraçar por tras e beijar meu pescoço.  - Senh-Senhor Kim Jong-in o que..... o que senhor esta fazendo??? - perguntei vermelho como um pimentao.

- eu....... eu beijei seu pescoço....... - ele começou a rir alto, depois se aproximo da minha orelha  -  vc nao queria um emprego?? entao eu vou te dar algo muito melhor que isso!!!!  - ele morde o lobulo da minha orelha e sorri malicioso. Me viro e fico o olhando imovel, por que........ por que isso me parece tao familiar???

- vc ainda nao se lembra de mim?? kkkkkkk vc continua lento como sempre coruja hyung...... mas nao se preocupe...... eu te farei lembrar.......  - ele me puxa pela cintura e me joga em um sofa do escritorio.

- o que vc esta fazendo??? vc é louco??? - falo quando ele sobe em cima de mim e segura minhas maos em cima da minha cabeça, me impossibilitando de me mexer.

- se eu sou louco?? se eu sou louco é por sua culpa hyung......  - ele começa a me beijar e apesar de estar me debatendo para sair dali, eu sinto meu coraçao bater mais rapido, como se eu sentisse saudades daqueles labios e sem pensar o retribui.

Quando ele para de me beija, consigo me soltar dele e o mesmo começou a rir.

- pra quem nao queria ser beijado por mim...... ate que vc aproveitou bastante.......... 

- cala a boca...... essa empresa é uma piada...... eu vou te denunciar por assedio sexual.......  - ele ri mais mais alto -  do que vc esta rindo???

- eu estou rindo porque vc nao vai fazer isso...... nao se vc quiser trabalhar nessa empresa.....

- e quem disse que quero trabalhar tanto aqui???  - antes que ele respondesse, me viro e vou em direçao a porta.

- te vejo aqui na segunda - feira as 8:00..... e nao se atrase!

Nao respondo ele e vou embora, ao chegar no elevador minhas pernas amoleceram e eu segurei na parede pra nao cair.

- o que foi tudo isso??? Coruja hyung?? a onde eu ja escutei isso??? - algumas memorias do passado me vem a cabeça e entao começo a rir.     - nao..... nao deve ser ele...... é só uma conhecidencia........ nao é como se só ele me chamasse assim......... esse cara arrogante e presunçoso não pode ser o meu primeiro amor............


Notas Finais


e ai gente? gostaram?? eu devo continuar??

deixe seus comentarios se gostaram ou nao...... criticas construtivas tambem são bem vindas!!! ☺☺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...