História Idéias para fanfics. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach
Personagens Byakuya Kuchiki, Grimmjow Jaegerjaquez, Hisana Kuchiki, Ichigo Kurosaki, Isshin Kurosaki, Kenpachi Zaraki, Kouga Kuchiki, Orihime Inoue, Personagens Originais, Renji Abarai, Riruka Dokugamine, Rukia Kuchiki, Toushirou Hitsugaya, Ukitake, Ulquiorra Schiffer, Urahara Kisuke, Uryuu Ishida
Tags Bleach, Ichigo, Ichiruki, Rukia
Visualizações 55
Palavras 1.537
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Inspirado no filme A noiva cadáver de Tim Burton.

Capítulo 2 - Noivos cadáveres.


Fanfic / Fanfiction Idéias para fanfics. - Capítulo 2 - Noivos cadáveres.

O clima estava como sempre ,frio e sem cores, nem parecia que um casamento estava sendo realizado naquela manhã cinza de domingo, não se diz que casamento é felicidade? Talvez sim,mais esse não era o caso de Ichigo Kurosaki, o ruivo de olhos castanhos estava naquele altar apenas por obrigação, ele não queria casar,não com a noiva que lhe arranjaram. A garota a seu frente era o sonho de qualquer homem,linda e formosa, mais não era isso que Ichigo buscava em uma mulher, só o exterior não contava, ele queria alguem de opinião,de personalidade que não fosse fresca e sua noiva era exatamente o contrário ao que ele buscava e para piorar ela ainda era mimada.

-Agora a aliança!-O padre disse.

Um garoto entregou a Ichigo uma caixinha com o anel. O ruivo pegou a aliança, segurou a mão da noiva para colocar o anel.

-Orihime Inoue!-Ichigo fez uma pausa,uma sensação estranha subia- le a garganta.-Com essa aliança eu peço a você, que seja mi...

No momento em que ia por a aliança no dedo da moça Ichigo cuspiu um jato de sangue assustando a todos os presentes, o ruivo deu alguns passos para trás caindo de joelhos cuspindo mais sangue, Ichigo apertou forte a mão sobre seu peito caindo no chão,a igreja inteira levantou, a família do ruivo correu até ele para socorre-lo.

-MEU FILHO! -uma mulher ruiva se ajoelhou ao lado de Ichigo.

O jovem sentia o oxigênio ficar cada vez mais escasso, ele podia jurar até que estava ouvindo seus órgãos derreterem dentro de si.

Do repente tudo ficou escuro.



Ichigo abriu seus olhos vendo tudo branco por uns instantes e pouco a pouco sua visão retornou até ele notar que estava deitado então resolveu sentar divagar por que estava se sentindo um pouco tonto,o ruivo sentia seu corpo estranho, o lugar em que se encontrava era um beco e ele estava em um... Caixão?

-Vejo que já acordou!-Ichigo viu sair das sombras um homem que lhe era conhecido, mais que era impossível estar alí, diante dele.

-Kaien!?-Ichigo ficou de pé ainda desorientado-Não é possível. Você esta morto!

O moreno de olhos verdes sorriu para o ruivo.

-Você não esta melhor que eu!-O moreno apontou para um espelho na parede do beco.

Ichigo se olhou no espelho sem acreditar,sua pele estava branca como mármore, ao redor de seus olhos haviam círculos negros e profundos.


                        ****

-Até que não é tão ruim!-Kaien tentou animar o primo.-Você vai ter essa carinha de vinte pra sempre... isso se as larvas não comerem sua carne, toma cuidado cara elas só deixam o osso...

O moreno parou de falar ao ver a cara fechada do ruivo.

-Desculpe.-Kaien resolveu mudar de assunto.-Mas me conta, pela roupa que você esta usando devo concluir que deixou alguém viúva.

-Não acredito que estou morto!-Ichigo resmungou ignorando o moreno.

-Pode acreditar!-Kaien apontou para o ruivo.-Se parar para reparar você não esta respirando ,seu coração não bate mais, a único coisa que ainda funciona é o júnior!

-Júnior?-Ichigo levantou uma das sombrancelhas sem entender.

Kaien sorriu,chegou perto do ruivo e sussurou em seu ouvido.

-O carinha dentro da sua calça!

Ichigo empurou o primo para longe de si, se ele ainda fosse vivo certamente estaria corado.

-Quer dizer que ainda da pra...

-Vem comigo recém-chegado!-Kaien enganxou um dos braços ao redor do pescoço do ruivo.-Vou te levar a um lugar especial.

                        ****

Ichigo e Kaien estavam sentados em uma espécie de bar onde as mulheres (mortas) dançavam sensualmente para os homens (mortos),nas palavras de Kaien ali era o melhor lugar para se sentir vivo de novo.Várias mulheres tentavam puchar conversa com o ruivo mas o mesmo não dava atenção a nenhuma já Kaien estava com duas,uma em cada perna, ambas loiras, uma estava sem uma parte do cabelo mas o moreno não parecia se importar pois a beijava com ferocidade.

De repente várias luzes coloridas foram ligadas e apontadas para um palco, um esqueleto começou a dedilhar uma música elétrica em um piano.

-Preparisse para o show!-Kaien cutucou o primo.

Todas as luzes foram apagadas deixando apenas uma acesa que tava distaque a um esqueleto com uma cartola no crânio e apenas um olho.

-Estão preparados para uma trágica história de romance, paixão e assassinato a sangue frio?-o esqueleto perguntou dramaticamente.

Todas as luzes coloridas foram religadas relevando uma silhueta feminina vestida de branco de costas para eles.

-Vamos lá!-Vez um som estralhando os ossos.

Ichigo olhou para Kaien que apenas deu de ombros.

    "Hei, caros difuntos,a sua atenção.

        Eu sei que vocês tiveram dição.

     Vou contar a história melancólica demais de uma noiva cadáver sedenta de paz"

 O esqueleto cantou e a mulher se virou sensualmente para eles.

       " Vai,vai chegar sua vez.

         A morte vira,não importa o freguês.

           Você pode até se esconder e rezar.

          Mas do funeral não ira escapar"


Ichigo não tirava os olhos da garota. Ela era linda,cabelos curtos na altura dos ombros com uma mecha caindo em seu rosto na cor negra, baixa, seu braço esquerdo estava apenas no osso, ela véstia um vestido de noiva tomara que caía e um véu,o vestido estava raspago do lado direito montrando as costelas expostas, mas o que mais surpreendeu o ruivo foi o fato que ela lhe atraía.

           "A nossa garota era mesmo um pitéu."

Os esqueletos apontaram para a morena que fez uma pose sexy.

          " Mas um dia encontrou um sujeito cruel.

           Ele era bonito mais sem um tustão e a pobre garota gamou no vilão."

O esqueleto a girou com facilidade e voltou a cantar.

         " O irmão disse não, ela não quis ouvir.

      Então os pombinhos tramaram fugir."

O coro de esqueletos cantou o refrão.

    "Vai,vai chegar sua vez.

       A morte vira não importa o freguês.

         Você pode até se esconder e rezar.

     Mas do funeral não ira escapar"

A morena olhou na direção do ruivo e Ichigo sustentou aqueles olhar pelo de um jeito mórbido e apagado.

       "Eles então combinaram de ir se encontrar,no meio da noite o segredo guardar.

    O vestido da irmã serviu muito bem,quem tem amor não precisa de bens."

A morena debolou segurando a bara do vestido o levantando mostrando as belas pernas brancas.

             "Exceto umas coisas por precaução, como as jóias da casa,um anel de um milhão"

O esqueleto mostrou o dedo anelar.

       "Nevoeiro escuro as três da manhã, ela pronta pra ir mas e o galã?"

-E então?-Todos no recinto perguntaram em coro.

       " Ela esperou!"

-E então?

       "No meio das sombras! Seria o rapaz?"

-E então?

         " O coração batendo"

-E então?

        " E então queridos tudo ficou escuro..."

As luzes do local foram apagadas por alguns instantes, quando religadas o esqueleto da estava deitado sobre o piano.

       "Quando ela abriu os olhinhos tava morta então, as jóias roubadas que desilusão"

        "Vai,vai chegar sua vez.

          A morte vira não importa o freguês.

      Você pode até se esconder e rezar.

       Mas do funeral não ira escapar."

O esqueleto se jogou na platéia e a garota pulou no colo do ruivo que ficou sem reação com a atitude da mulher.

-Oi docinho.-A morena sorriu para ele.-Me contaram que é um recém-chegado.

-É.-Ichigo não desgrudou os olhos do rosto pálido da morena.

-Tão jovem!-A garota passeava livremente as mãos pelos ombros do ruivo.-Morreu em seu casamento?

Ichigo fez que sim com a cabeça.

-Sou Rukia.-A morena se apresentou.-Que tal comemaramos sua chegada em outro lugar?

-Seria ótimo!-Ichigo afirmou.

Rukia segurou a mão do ruivo e saio correndo em direção a umas escadas, deixando todos ainda cantando a música.




Ichigo caiu na cama com Rukia em baixo de seu corpo sem desgrudar os lábios dos dela.

-Você é fria!-Ichigo disse rindo.

-Você também!-Rukia retrucou.

Ichigo a apertou forte contra seu corpo,um gemido baixo escapou de sua garganta quando Rukia enrolou as pernas ao redor de sua cintura precionando seu corpo contra o dele,através de sua calça a morena sentiu o quanto ele a desejava.Ichigo se inclinou tomando os lábios dela novamente, o ruivo percorria a extensão das costas da garota encontrando um zíper lá, ele sorriu satisfeito deslizando o zíper,Rukia o ajudou puchando o vestido para baixo, ela não usava nada além de uma calcinha por baixo o que deu menos trabalho para Ichigo, o maior tirou o terno que vestia ficando como tinha vindo ao mundo, Rukia sorriu de um jeito malicioso ao ver o corpo do ruivo. Ichigo agarrou a calcinha da garota a escorregando pelas belas e frias pernas da menor, o ruivo se posicionou entre as pernas da menor, seu corpo ficou tenso e ele entrou dentro dela, Rukia mordeu os lábios apertando as coxas em torno de seus quadris.

-Isso... é... incrível...-Ichigo sussurou.

Rukia o puxou para dentro de seu corpo fazendo Ichigo ofegar,o ruivo segurou as coxas da morena passando a mover os quadris com mais força,ambos gemeram quando Ichigo fez pressão dentro do sexo da garota.

Rukia o beijou de forma intença segurando o rosto do ruivo entre as mãos,de repente uma corrente elétrica passou entre eles causando uma sensação prazerosa em ambos, por poucos segundos eles poderiam jurar que sentiram seus órgãos voltarem a funcionar, foi como voltar a viver, mesmo que por poucos segundos. Rukia ergueu o quadril de encontro ao do ruivo para prolongar o orgasmo enquanto sentia-se ser preenchida por um líquido gelado. Ichigo se derramou dentro da garota.O ruivo tombou sobre o corpo da menor.

-Você foi incrível docinho!-Rukia beijou a testa do ruivo.

-Meu nome é Ichigo!-O garota saiu de cima da morena deitando ao lado dela.

-Então...-Rukia fez um carinho com sua mão esqueletica no rosto do ruivo.-...você foi incrível Ichigo!  


Notas Finais


Só pra vocês terem noção.
Eu já tenho o enredo de todas as histórias.
Depende de vocês.
Comentem, favoritem,compartilhem.
Deixem sua opinião sobre o capitulo.
Até segunda que vêm!
( ˘ ³˘)♥͡° ͜ʖ ͡°(͡°# ͜ʖ# ͡°).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...