História If - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias R5
Personagens Personagens Originais
Tags Ross Lynch
Visualizações 20
Palavras 1.023
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


4 capitulo, espero que estejam a gostar!!!

Capítulo 4 - Red Head


POV Violet

9h46

-Violet Clearwater!

-AH!-acordei de repente com alguém em cima de mim-Foda-se Megan, 'tás aqui a fazer o quê?

-Bom dia também se usa. E estou aqui porque acordei cedo e quero ir passear.

Olhei para ela e virei-me para baixo , queria continuar a dormir.

-Nem penses que me ignoras menina!

-Tou com uma dor de cabeça enorme... não vou sair de casa.

Senti os cobertores caírem da cama e o frio apoderou-se de mim. Olhei para Megan que estava sentada no chão com os cobertores na mão.

-Como é que não tens sono? A que horas chegaste a casa ontem?-falei baixo e com a voz rouca por causa do sono.

- Saí logo depois de ti, mas eu tenho um sono estranho, quanto mais tarde me deito mais cedo me levanto.

-Arghh, odeio-te.

Levantei-me da cama e fui para a casa de banho. Tomei um duche de água fria e lavei o cabelo que estava com um cheiro estranho. Saí do chuveiro e peguei na toalha para me secar. Fui até ao espelho e com a mão limpei o vapor que cobria o vidro. Tinha os olhos inchados e vermelhos.

Saí da casa de banho e entrei no quarto, Megan tinha posto uma roupa em cima do pequeno puff quadrado que havia no canto do quarto e a cama estava feita, a janela aberta fazia entrar uma brisa fria.

Vesti-me em silêncio e quando acabei Megan estendeu-me um copo com um líquido estranho.

-O que é isso?- perguntei enquanto apontava para o líquido meio esbranquiçado do copo.

- É para a ressaca.

-Nunca mais bebo álcool. -Disse sentindo o líquido escorrer pela garganta, tinha um sabor horrível e um travo ainda pior.

Fui escovar os dentes e saímos de casa. Estava frio lá fora mas o sol brilhava, ajeitei o casaco e pus os braços em volta do corpo.

10h35

Estávamos num cafézinho e tinha á minha frente um café e uma torrada, Megan havia pedido a mesma coisa e fomos conversando sobre coisas aleatórias, até que ela finalmente me perguntou o que tinha preso na garganta desde a noite anterior.

-Que se passou entre ti o Ross? Quero dizer... ontem.

Olhei para a chávena em cima da mesa enquanto me tentava lembrar do que aconteceu.

Flashback on

-... ela foi-se e a culpa é tua....

Senti a respiração dele próxima do meu rosto e fiquei parada.

Flashback off

O resto eram apenas pontas soltas que não conseguia ligar.

-Não sei bem....-respondi nervosa.

-Como assim não sabes? Espera achas que tu e ele?-ela perguntou e percebi logo onde queria chegar.

-Não. Ele só me deixou á porta de casa, não aconteceu nada, mas não me lembro bem do resto.

-Hmm ok, olha quem chegou! -Megan olhava para a porta com um sorriso e olhei também.

Os cabelos ruivos encaracolados aproximava -se e os olhos verdes fitavam-me.

-Bom dia!-Brian havia chegado com um sorriso no rosto.

-Bom dia!- Megan e eu respondemos em coro.

-Ahm Violet?-o ruivo tinha me chamado.

-Sim?

-Porque é que ontem não me pediste que te levasse a casa? Sabes que eu ia logo.

-Eu... Brian eu sei onde queres chegar, eu não sei porque é que o Ross me levou a casa ok? Mas não aconteceu nada. -respondi enquanto o olhava nos olhos.

-Tu conhecias aquele rapaz?- ele havia continuado com as perguntas.

-Qual rapaz?- fiz-me desentendida, a verdade é que não sabia a que se referia.

-Aquele que estava a tentar dançar contigo ontem. O Ross foi ter convosco e ele foi-se logo embora.

-Hmmm...-tentei esforçar-me por me lembrar mas não conseguia- não me lembro muito bem do que aconteceu, mas e depois?

-Bem depois o Ross puxou-te lá para cima, então eu segui-vos, tinha medo que ele te levasse para um quarto ou assim....

-Continua....

-Ele entrou numa casa de banho e trancou a porta. Não consegui ouvir nada por causa do barulho.

-Ahmm.. eu estava com dores de cabeça e ele ia me dar qualquer coisa para tomar-pensei mais um pouco- Hmmm sim,foi isso.

-Bem pronto, o que interessa é que estás bem e pronta para outra certo?-Megan havia se pronunciado.

Eu e Brian rimo-nos e continuamos a falar.

Megan e eu éramos melhores amigas fazia quase 4 anos, estávamos no último ano do secundário e em breve iríamos para a faculdade. Brian havia se juntado a nós há dois anos atrás.

-Brian estás quase a fazer 17 ,qual é a sensação?-Brian completaria 17 anos daqui a uma semana.

-Honestamente? Exatamente igual.

Megan e eu rimo-nos. Já se havia passado cerca de uma hora e Megan levantou-se.

-Bem embora esteja a gostar da conversa, tenho que ir para casa, vemo-nos amanhã na escola ok?

Eu e Brian despedimo-nos dela e fomos também embora.

-Anda eu acompanho-te a casa.

Assenti e eu e Brian fomos a conversar pelo caminho.

-Hey, ahm eu estava a pensar e tu nunca me contaste porque é que não gostas do Ross. Quer dizer eu também não ,pessoalmente acho que é demasiado convencido, mas, contigo parece ser algo mais pessoal.

-Eu não gosto de falar sobre isso...

-Mas ás vezes é bom falar sobre as coisas!

-Brian, não quero falar sobre isso!

Vi que se havia encolhido e parado.

-Ok desculpa. Eu só estou preocupado contigo. Ultimamente não andas bem e tenho a certeza que aquele cabrão tem alguma coisa haver com isso.

Brian tinha razão ,em parte, eu não andava bem, mas a culpa não era do loiro, pelo menos não completamente.

-Eu só não ando a dormir bem, ele não têm nada haver com isso.-senti-me mal, ele tinha um pouco haver com isso mas não queria que Brian me enchesse com mais  perguntas.

Havíamos chegado á porta de minha casa. Ia entrar quando sinto Brian segurar a minha mão.

-Desculpa, eu não gosto de te ver assim...

Segurei na mão dele.

-Eu estou bem a sério.-esboçei um sorriso.

-Ainda bem.

Brian continuava com a minha mão na sua e olhava para mim. Senti ele aproximar-se. Os nossos rostos ficaram próximos.

-Brian...-senti a respiração dele cada vez mais perto- já falamos sobre isto.

Afastei-o e soltei a minha mão.

-E-eu desculpa não sei o que me deu...

-Adeus.

Dito isto virei-lhe costas e entrei em casa.

Quando nos conhecemos Brian desenvolveu uma espécie de crush por mim, mas desde início que eu lhe dizia que apenas o via como um amigo. Ele havia respeitado isso e no ano anterior  tinha-me dito que havia passado.

Espero que isso seja verdade, não aguentava partir-lhe o coração outra vez.


Notas Finais


Que acharam do Brian?? Estava mortinha por escrever isto kkkkk
Que acham de Vrian??(nao tenho jeito para escrever ship names sorry)
Obg por lerem 🦄🦄🦄🦄 espero que estejam a gostar e até á próxima!
Ps:Comentem por favor!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...