História If - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias R5
Personagens Personagens Originais
Tags Ross Lynch
Visualizações 20
Palavras 1.247
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bem eu ando a postar várias vezes ao dia,tenho as ideias todas na cabeça então vou escrevendo para não me esquecer 😅 Espero que estejam a gostar!!!

Capítulo 5 - Surprise


13 de Outubro, 8h20

A aula de Matemática tinha começado á 20 minutos, o único barulho que se ouvia era das canetas a raspar no papel e o som dos botões das calculadoras. A professora era muito picuinhas e mandava vir com o mínimo som de conversa que se ouvisse.

Ouviu-se um "toc toc" vindo da porta. O rapaz pediu licença para entrar e desculpa pelo atraso.

-Da próxima vez não entra na sala, e o mesmo serve para o resto de vocês. Sente-se Kingsley.

Brian não costumava chegar atrasado, na verdade era muito pontual. Passou pela minha mesa e sentou-se atrás de mim. Não me dirigiu o olhar nem murmurou o "bom dia" a que estava habituada todas as quintas-feiras de manhã. Estávamos assim desde domingo, depois de lhe ter virado as costas. Não me dirigia a palavra, não sei se porque estava chateado ou com vergonha, mas eu não gostava de ser ignorada.

O resto do dia correu normalmente, exceto pelo facto de o meu melhor amigo não me falar e a minha melhor amiga ter passado os intervalos com o grupinho irritante com quem andava ultimamente. Não que ela se tivesse afastado, tinha o direito de ter mais amigos e eu nunca a julguei por isso, apenas  não gostava pelo facto de ser AQUELE grupo.

Cheguei a casa á hora de almoço e encontrei a minha mãe que saía para o trabalho, eram quase 14h e a sua hora de almoço acabara.

-Xau querida, vemo-nos logo!

Despedi-me com um beijo na bochecha e entrei em casa.

Estava silêncio, a casa estava vazia. Também não deveria estar á espera de outra coisa. Éramos só nós as duas que vivíamos ali desde que os outros se foram. O meu irmão mais velho estava a estudar na Europa e o meu pai trabalhava lá. Estavam a viver juntos na Dinamarca. O meu pai conseguiu um ótimo emprego lá e o meu irmão uma bolsa de estudo. Mas eu era feliz, a minha mãe era muito presente. Tinha um horário flexível pois era chefe do seu departamento na empresa. Ela trabalhava na I-nstinct, uma empresa liderada por Riker Lynch, irmão mais velho do Ross. Ela trabalhava lá desde que era o pai dele o dono da empresa, mas quando ele morreu,  Riker que sempre havia apreciado o trabalho da minha mãe subiu-a de posto, ela trabalhava na parte das comunicações.

Já tinha almoçado e estava no quarto a fazer os trabalhos de casa , quando o telefone começou a tocar.

Chamada on

- Oi.

-Violet,  tenho novidades para ti!!!

-Olá para ti também Megan,também está tudo bem comigo, obrigada por perguntares.

-Oh está bem, mas não vais adivinhar o que aconteceu!

-O quê?

-O Jack, ele pediu-me em namoro!

-Oh.... E tu aceitaste?

-Claro que sim! Não sou estúpida, aliás eu já gosto dele desde o ano passado então fiquei mesmo feliz.

Consegui imaginar o sorriso na cara dela ao contar-me aquilo.

- Parabéns então...

- Estás chateada?

-Não, só achei sei lá repentino.

-Nós começamos a falar mais no Verão sabes?

-Não vou dizer mais nada então, kkk.

-Mas há mais!!

- O quê?

-Bem sabes que o Brian faz anos no sábado, então, ele tem uma casa perto da praia e disse que podíamos fazer a festa dele lá!

-Tipo uma festa surpresa?

-Sim!!

-Eu gosto da ideia, mas o sítio não sei...

-Porquê?

-O Brian não gosta do Jack e dos amigos dele. Duvido que os queira na festa dele, muito menos usar a sua casa.

-Pois mas não ia dizer isso ao Jack!

-Porque não vens até aqui e organizamos tudo?

-Ok até já!!

Chamada off

Mas qual era a ideia dela? O Brian ia matar-nos se eles fossem á festa dele.

17h02

  - Ok então como pretendes fazer?-Megan tinha chegado á 20 minutos e estávamos a lanchar na sala.

-Porque é que não fazemos a festa na casa dele?-disse mordendo um bocado da minha sandes.

-Achas que ele não vai suspeitar se nós aparecer-mos lá com balões? Não te preocupes é para a tua festa, olha já agora é suposto ser uma surpresa por isso finge que não sabes de nada! - Megan fingia que estava a falar com Brian enquanto abanava a sandes dela na mão.

- Claro que não! Falamos com os pais dele, eles adoram-nos , de certeza que podem pedir aos irmãos para o distrair durante o dia enquanto preparamos tudo.

-Hmmm até que é boa ideia! E quem vamos convidar?

-Já fiz uma lista... que achas?- tirei o papel dobrado que estava no bolso dos calções e entreguei-lhe.

-Parece-me bem!Já agora , o Brian tem andado a evitar-me, sabes porquê?

-Não é só a ti. Desde domingo que não me fala.

-Porquê?-disse Megan dando uma golada no sumo de laranja.

- Porque dei-lhe uma tampa. Ele tentou beijar-me e eu bem ,afastei-o.

-COMO?!- Megan tinha-se engasgado e começou a tossir compulsivamente.-Porque é que eu só soube disto agora?

- Não queria humilhá-lo ainda mais...-olhei para o copo enquanto também bebia um pouco do líquido laranja.

-Achas que ele gosta de ti?

-Não sei, há um ano atrás ele disse que não. Mas eu agora já não sei de nada...

- Tu gostas dele?

-Não. Sabes perfeitamente disso, sempre o vi como uma espécie de irmão.

-Tenho a certeza que quando ele vir a festa que lhe preparamos vai voltar a falar connosco!

Sábado, 15 de Outubro

Estava quase na hora da festa. Brian tinha estado o dia todo com o pai e os irmãos para passar o seu aniversário e eu, Megan , Mrs.Kingsley e Fran, a sua irmã mais nova, preparávamos tudo para a festa.

-Violet e Megan, vão pôr os balões no jardim e Fran querida larga o telemóvel e ajuda-me a decorar o bolo!- Fran tinha 15 anos era cerca de dois anos mais nova que nós, era ruiva tal como o irmão e os olhos verdes tais como os da mãe olhavam para nós a pedir socorro.

Ri-me da situação mas ia valer a pena.Ele ia adorar!

As pessoas começaram a chegar e iam ajudando no que podiam, uns colocaram a música, enquanto outros acabavam de levar a comida para as mesas.

Eram 20h00. A carrinha cinzenta dos Kingsley estacionava do lado de fora e apagamos as luzes.

Estava tudo escuro e o silêncio transbordava. Ouviam-se vozes do lado de fora e a porta abriu-se.

-SURPRESA!!- as luzes acenderam-se e alguns balões rebentaram, pessoas começaram a saltar dos esconderijos enquanto iam todos abraçar Brian que se encontrava com um sorriso enorme ainda na porta.

Deu-se início á festa e o ambiente instalava-se. Senti alguém tocar-me nas costas.

-Obrigada.-Brian encontrava-se á minha frente com a cabeça baixa como que a pedir desculpa.

-Fico feliz que tenhas gostado!-dito isto dei-lhe um abraço e puxei-o para dançar comigo.

-Já agora ainda tenho a tua prenda para te dar.-disse- lhe ao ouvido pois a música estava alta.

Peguei-lhe na mão e encaminhei-o para o seu quarto. Assim que chegamos á porta tapei-lhe os olhos e entramos.

-Mantém os olhos fechados!-disse enquanto fechava a porta atrás de mim.

-Ok podes abrir!

Ele abriu os olhos e ali estava. Um teclado novo com um grande laço vermelho em cima estava em cima da cama.

Vi que ele estava calado.

-Não gostaste? Andavas a dizer que querias um destes á algum tempo então achei que....-fui interrompida por um abraço, os braços fortes rodeavam-me e ouvi um "obrigado" perto do meu ouvido.

-Acho que é melhor voltarmos não? Amanhã já podes tocar!-disse com um sorriso enquanto me desfazia do abraço-  Vamos?

Ele assentiu e descemos. O resto da festa foi fantástico, toda a gente se divertiu e os primos dele decidiram fazer um espetáculo de magia. Resumindo Brian acabou com uma tarte na cara e toda a gente se riu. Ele estava feliz, e o melhor de tudo era que já falávamos.


Notas Finais


Sei que não está grande coisa , mas achei que as coisas entre a Violet e o Brian tinham que ficar resolvidas, kkkk
Daqui a pouco vou postar outro que já tenho escrito. OBG ás pessoas que estão a acompanhar, são poucas mas não interessa, obg á mesma!!!🦄🦄🦄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...