História If - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias R5
Personagens Personagens Originais
Tags Ross Lynch
Visualizações 3
Palavras 1.615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Honestamente não pensava que ia chegar sequer ao 3° capítulo mas já vamos no sétimo e meu deusss eu estou a amar a experiência de escrever!!!
Espero que gostem!!!

Capítulo 7 - Halloween


31 de Outubro, 12h58

POV Ross

-Já sabes de que te vais disfarçar logo á noite?-Jack estava deitado na minha cama a brincar com uma bola de ténis.

-Não faço a mínima ideia.- respondi rapidamente, estava a mandar mais convites para a festa que iamos organizar naquela noite.

-Hmm, a Megan quer que eu vá de pirata, acho que ela também vai e era suposto irmos de igual.

-E que tal? Como é estar numa relação a sério?- disse enquanto me ria.

-Estranho, mas bom, eu gosto mesmo dela. Ela faz-me feliz, e, beija extremamente bem.

- Já a fodeste?

-Meu eu gosto dela, não,  não a fodi.- ele levantou-se e atirou-me com a bola de ténis que consegui apanhar antes que me acertasse na cara.

-Ok desculpa, já foste para a cama com ela? Foi isso que eu quis dizer.

-Vamos apenas dizer que há coisas que é melhor ficarem dentro do quarto- ele disse e piscou-me o olho.

-Hmmm sei.... já está tudo pronto para logo á noite?

-Sim,vai ser a melhor festa do ano! Acredita que quem não for vai-se arrepender. Ainda não me acredito que os meus pais me vão deixar usar a casa da praia.

Jack era vamos dizer um menino rico, os pais davam-lhe tudo o que ele queria mas nem por isso ele era mimado ou egoísta. Era boa pessoa.

-Quais são os teus planos para hoje? Na última festa nao foste para a cama com nenhuma gaja, acho eu. Não me acreditei muito quando me disseste que só levaste a Clearwater para casa.

-Foi isso que aconteceu já te disse um milhão de vezes. Porque raio é que te mentiria?

-Como queiras, mas aposto que não vais resistir durante muito mais tempo para a "conheceres melhor".- ele disse e consegui ver um sorriso perverso formar-se-lhe nos lábios.

-Não tenho intenções de "conhece-la  melhor".

-Porque não? Ela é boa.

-É verdade, mas ela não é o tipo de gaja que simplesmente iria para a cama comigo porque sim.

-Acho que é a primeira vez que oiço Ross Shor Lynch dizer não a sexo.

Continuamos a falar de assuntos aleatórios e fomos almoçar.

Mais tarde iríamos para a casa para organizar tudo para a festa.

19h46

Já tínhamos levado tudo, eu ia a conduzir enquanto Jack escolhia uma estação de rádio que estivesse a dar música. Iamos para minha casa onde eu e Jack nos iríamos vestir para mais tarde irmos para a festa.

O trânsito estava insuportável por isso demoramos mais uns 20 minutos até chegarmos a minha casa.

Saímos do carro e fomos para o meu quarto.

Jack estava a ter um pouco de dificuldade a vestir o fato e como eu não sabia como ajudá-lo decidi chamar a cavalaria.

-Quem é a cavalaria?

-A tua namorada, quem é que havia de ser, ela é que quis que vestisses  isso!

POV Violet

-Megan a sério, já te disse que não vou a mais uma das tuas festas! Da última vez correu mal.

-Sim mas desta vez eu vou estar lá contigo!

-Tu e o teu namorado. O Brian não vai e eu não quero fazer de vela.

- Não vais fazer de vela anda lá veste-te.

Rosnei-lhe e fui em direção ao armário. O que raio é que haveria de vestir?

Pensei um pouco e decidi disfarçar-me de Harry Potter. Afinal eu sempre gostei dos livros e dos filmes. E não tinha que ter muito trabalho.

Vesti uma saia preta e uma camisa branca com uma gravata vermelha e dourada. Coloquei o manto que tinha usado na Comic-Con alguns anos antes e na varinha que tinha guardada ao lado. Desenhei um raio na testa e calcei-me.

- Pronto vamos então.

-Vamos ter que fazer uma pequena paragem antes.

-Onde?

- Já vais ver.

POV Ross

Ouvi a campainha tocar e precipitei-me para a porta. Abri a mesma de rompante e vi que Megan havia chegado. Mas não estava sozinha.

-Onde é que ele está? -ela perguntou apressada, afinal já estávamos atrasados.

-Lá em cima  primeira porta á direita.

Ela apressou -se a subir as escadas enquanto segurava no vestido para não tropeçar.

-Belos óculos Clearwater.

-Posso dizer o mesmo Lynch.

Dei-lhe espaço para que entrasse enquanto ajeitava os óculos que tinha postos, tinha -me disfarçado de "nerd".

-Sem dúvida muito original. -ela comentou enquanto olhava para mim.

-Gostas?-provoquei-a passando as mãos pelo cabelo.

-Pessoalmente devias adotar esse look.

Ri-me do seu comentário e peguei na varinha que trazia na mão.

-Funciona?

-É igual ao teu cérebro por isso não.

-Feriste os meus sentimentos.

-E tu feriste-me a vista.

-Andas muito engraçada, Clearwater- disse enquanto me aproximei dela.

-Também tenho sentido de humor.

Coloquei uma das minhas mãos na sua cintura e puxei-a para perto. Com a mão que me restava afastei os cabelos que lhe cobriam a orelha. Aproximei- me e sussurrei-lhe ao ouvido.

- Não parecias tão incomodada com a visão quando me viste só de toalha.- disse isto no tom mais baixo e sexy que  consegui atingir, mordi-lhe de leve o lóbulo da orelha e senti o seu corpo estremecer.

-Pensava que não mordias.- ela havia me respondido no mesmo tom.

Olhei para ela com um sorriso malicioso nos lábios. Nunca pensei algum dia ver-me naquela situação com ela. Mas tinha que admitir, agradava-me.

Ouvimos passos barulhentos das escadas e separamo-nos. Megan e Jack desciam já prontos e fomos para o meu carro.

Violet sentara-se á frente no banco do passageiro e Jack e Megan haviam se sentado no banco de trás.

Violet encarou a janela o caminho todo enquanto Megan e Jack cantavam a música que se ouvia na rádio.

Parei o carro. Havíamos chegado. A grande casa já estava cheia e ouvia-se  música por todo o lado. As luzes coloridas passavam através dos vidros e toda a gente parecia divertir-se.

1h23

A festa continuava e tal como Jack tinha dito, aquela era provavelmente a melhor festa do ano. Toda a gente bebia e dançava alegremente. Os rapazes tinham vestidos os fatos mais absurdos mas definitivamente cômicos, já as raparigas esforçavam-se por ver qual mostrava mais pele e sem dúvida qual delas a mais sexy.

Algumas tinham vindo falar comigo, ao que parece mesmo com óculos fundo de garrafa ainda atraia o sexo oposto.

Ao longe vi Megan a dançar com mais umas raparigas e Jack acabara de se sentar ao meu lado com duas bebidas na mão.

-Já me dói os pés de tanto dançar!Aquela rapariga é completamente louca!- ele disse enquanto olhava para Megan - mas e tu? Estás a divertir-te?

-Estou ótimo! Olha onde está a Clearwater?

-Hmm acho que a Megan disse que ela foi lá fora apanhar ar porque estava muito calor.

-Ok obrigado!

Peguei na bebida que o moreno me oferecera e bebi-a de uma vez só. Já tinha bebido um pouco mas nada que não se aguentasse.

Dirigi -me a uma das saídas e procurei Violet com o olhar. A praia estava vazia exceto por alguns casais que tinham fugido da festa.

Ao longe vi-a enrolada no manto sentada na areia perto do mar. Aproximei-me.

-Estás bem?

-Ah? Ross! Não sabia que estavas aí. Ahm, sim estou ótima.

-Estás aqui a fazer o quê?- perguntei enquanto me sentava perto dela.

-Está demasiado calor lá dentro.

-Ah ok.

Permanecemos em silêncio mais alguns minutos quando ouvi outra vez a voz dela.

-Quero ir para a água.

-O quê? Estás doida?

-Bêbada provavelmente. Mas só se vive uma vez não é?

Vi que ela havia tirado os sapatos, pousou os óculos, e tirou o manto.

-Espera tu vais mesmo?

-Claro! Também vens?

- Não sei se é boa ideia..

-Anda  lá ou tens medo que apareça um tubarão Lynch?

Ela ajoelhou-se á minha frente e tirou-me os óculos da cara, em seguida começou a desapertar os botões da minha camisa. Os dedos finos passaram pelo meu corpo, estavam frios mas a sensação era agradável.

Acabei de despir a camisa e levantei-me. Ela pegou-me na mão e entramos na água. Não estava muito fria porque estava frio cá fora, mas mesmo assim custou um pouco a entrar.

Quando dei por mim ela já havia mergulhado e eu fiz o mesmo, nadei até perto dela e comecei-me a rir, a água começava a tornar-se agradável passado algum tempo e formavam-se pequenas nuvens de vapor sempre que falávamos.

Pousei os pés no chão. Senti a areia tocar- me nos dedos e algumas pedras que se encontravam no fundo foram mais abaixo com o meu peso.

Violet mergulhava mais  uma vez e emergia  á minha frente, esfregou os olhos e abriu-os, a lua refletia no seu olhar.

Não consegui resistir, não sei se fora o álcool ou simplesmente queria aquilo demasiado , mas puxei-a para mim e encostei os nossos lábios.

No ínicio ela não teve reação , já me tinha preparado mentalmente para qualquer dor física que ela me ia causar mas não senti nada. Ela apenas aprofundou o beijo e puxou-me mais para ela. O meu peito nu tocava na camisa molhada que vestia, os nossos lábios encaixavam-se um no outro e a minha língua travava uma batalha com a dela. Era um beijo calmo que se foi tornando mais feroz á medida que o tempo passava, coseguia sentir o álcool que vinha dela o que tornava o beijo mais apetecível. Separamo-nos por falta de ar. Não queria que acabasse. Queria ficar ali com ela o mais tempo possível antes que ganhassemos consciência do que estávamos a fazer.

Ela respirava profundamente , segurei-lhe na mão fria e conseguia sentir o seu coração bater ofegante.

Encostei a minha testa á dela e preparei-me para explorar todos os cantos da sua boca uma vez mais, mas antes que tivesse tempo já a boca dela se encontrava na minha. O beijo continuava cada vez mais selvagem e desci para o seu pescoço, onde deixei uma leve marca e ouvi um gemido sair dos seus lábios ,roxos por causa do frio.

-É melhor voltarmos-sussurrei-lhe ao ouvido. A verdade é que não queria ir-me embora mas achei o mais acertado, antes que as coisas se tornassem mais íntimas.

-Eu disse que ia ser divertido...- Violet disse com os lábios encostados aos meus onde deixou um beijo rápido e em seguida foi-se embora.


Notas Finais


Bem vamos apenas dizer que eu morri, resuscitei e morri outra vez.
Será que Voss é real? *não sou boa com ship names, sorry*
Comentem abaixo o que acharam!! E obg Pamela, pelos comentários kkkkk
🦄🦄🦄🦄🦄🦄🦄🦄🦄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...